Terça-Feira, 25 de Julho

10/06/2012 - Copyleft

Onde há democracia no mundo?

por Emir Sader em 10/06/2012 às 20:50



Emir Sader

No auge da guerra fria, os EUA impunham intervenções militares onde consideravam que a “democracia” estava em perigo. Tinham primeiro que caracterizar o governo como ditatorial ou que haveria um risco de um golpe que liquidaria a democracia. No Brasil foi assim, como as manchetes da imprensa o comprovam.

Depois da guerra fria as coisas ficaram mais complexas para os EUA. Se consideram que o selo democrático é conquistado conforme os critérios liberais – eleições periódicas, pluralidade partidária, separação dos poderes, imprensa livre (“livre” quer dizer privada), em vários países surgiram e se consolidaram governos que obedecem a esses critérios, mas que desenvolvem políticas que contrariam os interesses norteamericanos.

Uma nova moda surgiu com a visão de Fareed Zakaria (ex-editor do Newswek, atualmente na Time) jornalista nascido na India, naturalizado norteamericano, com a ideia de que há governos que cumprem com os rituais do liberalismo, mas que nao seriam democráticos, porque não incentivam o capitalismo, que seria o habitat natural da democracia. Entre esses governos estariam os da Venezuela, do Irä, da Bolivia, do Equador, entre outros.

Agora um outro politólogo norteamericano, William Dobson, publica um livro na busca dos “neoditadores” e a imprensa daqui, colonizada, reproduz imediatamente a lengalenga deles. Significativamente a preocupação “democrática” dele se volta justo para países cujos governos tem antagonismos com os EUA: Irä, Venezuela, Russia, China. Para ficar evidente que seu problema não é com o sistema politico ou a estrutura social – democráticos ou nao -, mas com as posições politicas e ideológicas desses governos.

Nem pensar em países como a Arábia Saudita, o Kuait, o Yemen, o Marrocos, o Afeganistao, o Iraque, Honduras, entre outros, que não têm nada de democráticos, nem pelos estreitos critérios liberais. Mas que são aliados incondicioonais dos EUA. Não é democrático quem é nacionalista, quem desenvolve políticas internas de caráter popular, quem não se subordina aos interesses dos EUA.

Tags: Internacional





José Osivan Barbosa de Lima - 21/06/2012
Na verdade o sistema capitalista neoliberal devido ser um sistema explorador. Esse sistema tem medo do socialismo que quer construir uma sociedade mais justa e igualitária.


Raimundo W. S. Melo - 16/06/2012
Deveria ser instituído o Troféu Drone de Guerra. Quem seria o vencedor este ano?


Elvira - 15/06/2012
Faltou incluir a DITADURA SANGRENTA DO BAHREIN, e a ARÁBIA SAUDITA que esse autor de encomendas não considerou. Fica evidente a DESONESTIDADE INTELECTUAL dele, E pior, a malícia subterrânea, enrustida. Aliás, nos EUA não há mais Habeas Corpus, liberdade de reunião e de expressão (Ocuppy), ampla defesa (Bradley Manning), devido processo legal (Guatánamo). Conclusão: EUA são uma NEODITADURA clara.


Marcia Eloy - 15/06/2012
Ver o comunismo como um bicho papão é uma visão politicamente primária. Quando Hitler atacou a antiga União Soviética, os Estados Unidos, ainda não haviam entrado na guerra, e estavam esperando que Hitler acabasse com o comunismo,e realmente os nazistas destruiam tudo que encontravam pela frente, fábricas, estradas de ferro, rodovias, etc...Os russos foram os heróis da 2ª guerra, lutaram quarteirão a quarteirão,e foram empurrando os nazistas para tras. Aí os EEUU,junto com aliados, entraram na guerra e fizeram um acordo com os russos de dividir a Europa ao meio.A linha divisória seria Berlim. Os russos chegaram primeiro a Berlim, poderiam ter continuado sua marcha e invadirem outros países, não fizeram, respeitaram o acordo.E quem refez toda a União Soviética, fábricas, rodovias, estradas de ferro, foi Stalin e ainda fez com que ela chegasse a ser a 2ª potencia do mundo. Logo vamos dar a César o que é de César. Porque em matéria de Direitos Humanos, poucos países tem moral para falar sobre o assunto.


Lucas Rafael Chianello - 15/06/2012
"Toda a pessoa que formula um pensamento com uma certa lógica e irrefutável e que contrarie a discurseira alienante logo é taxado de lacaio do imperialismo. É por estas e milhões de seres humanos trucidados sob as botas dos Maos, Stalins e Polpots da vida é que o comunismo cavou a própria sepultura".



Sim, com certeza. Inglaterra, França e Alemanha financiam contrarrevolucionários brancos, Hitler invade, o Japão invade a Manchúria, faz de mais de 200.000 mulheres coreanas escravas sexuais do exército e Stalin, Mao e Polpot que são os sanguinários e cavaram a cova do comunismo.


Alexandra de Alvim Pinto - 14/06/2012
Excelente! Há algum tempo venho refletindo sobre isso: com o fim da guerra fria e o fracasso da guerra contra o "Terrorismo", qual seria a justificativa ideológica à ser construída pela política imperialista dos EUA para controlar a economia mundial à serviço das indústrias bélicas capitalistas. Muito bom!


flavio - 14/06/2012
Toda a pessoa que formula um pensamento com uma certa lógica e irrefutável e que contrarie a discurseira alienante logo é taxado de lacaio do imperialismo. É por estas e milhões de seres humanos trucidados sob as botas dos Maos, Stalins e Polpots da vida é que o comunismo cavou a própria sepultura.


flavio - 14/06/2012
Caro Zé: o Cumunismo que não se salvou de si mesmo em praticamente todos os lugares que se tentou implantá-lo não tem as minimas chances de salvar nada.


pedro castro - 14/06/2012
Caro Emir

Salvo engano democracia so rima com capitalismo no sentido absolutamente relativo!!!

Cordialmente

Pedro castro


Pedro - 14/06/2012
O império tem sempre um lacaio intelectual à disposição. Entre nós, por exemplo, eles abundam.


OSWALDO FUZARO - 13/06/2012
É a lengalenga da imprensa daqui colonizada versus a imprensa daí tipo "chapa branca" defendendo 'A Democracia totalitária" de´lá! há 59 anos eu ouço essa lengalenga.No centro desse tiroteio que não muda nada, o povo continua sendo usado, como diriam os antigos, como inocentes úteis que morrem pela pátria sem saber porque. realmente direita e esquerda de merecem, o povo é que não merece.


Armando Drummond - 13/06/2012
Acho que o critério para definir a democracia deveria ser a distribuição de renda, afinal não é quem ganha mais que manda?


marcos cesar gouvea - 13/06/2012
Sugestão de leitura: "A Guerra Particular de Lenin", de Lesley Chamberlain


ze - 13/06/2012
O Comunismo Oriental salvará o mundo da ameaça capitalista.


Raimundo W. S. Melo - 12/06/2012
Complementando: e onde o povo é soberano e pacífico.


Gustavo - 12/06/2012
Professor,

Por favor: qual o nome do livro?

Obrigado!

Cordiais saudações.

Gustavo


Leonardo - 12/06/2012
É claro que não podemos compactuar com a hipocrisia daqueles que criticam apenas os crimes do inimigos, e não criticam os crimes da Arábia Saudita, por exemplo.

Mas não podemos, de jeito nenhum, defender regimes como o do Irã. Basta lembrar que alguns daqueles que participaram de manifestações nas ruas de Teerã depois das eleições, foram enforcados naquele mesmo ano.

O primeiro princípio, acima de todos, é não defender regimes que adotam a pena de morte, como o Irã, a China, a Arábia Saudita, os EUA.


Fernando Luís - 12/06/2012
Os Estados Unidos são o carcinoma do mundo.


Raimundo W. S. Melo - 12/06/2012
Onde há democracia no mundo?

Entre outros indicadores, há democracia nos países, pobres ou ricos, onde:

As escolhas dos dirigentes, realizadas direta ou indiretamente, não estejam manipuladas pelo poder econômico, midiático, nem por qualquer outro poder instituído;

Os recursos públicos e as ações governamentais estão priorizadas para os interesses e as necessidades prementes da população ;

Os direitos das minorias nunca sobrepõem o interesse coletivo;

Os valores humanísticos da igualdade e solidariedade anulam a ganância e a usura;

A apreciação das culturas locais e a valorização das nacionalidades são elementos para a integração com outros povos e países, que fortalecem a postura de internacionalidade.



José Noronha - 12/06/2012
E a teocracia do Tibé e a judodemocracia de Israel, onde os palestinos não são cidadãos, é mais "democrática"?


ADNAN EL KADRI - 12/06/2012
Caro EMIR será que esse Dobson pensa que somos imbecis ou trouxas!

Ele que vá com sua arenga safada falar para a turma dele.

Aqui estamos atentos às manobras do Império e seus asseclas, encastelados na chamada grande imprensa.

Estamos tão atentos que sabemos onde estão os traíras de sempre - Folha, Estado, Globo, Veja (digo lixo impresso), et caterva.

EMIR vamos continuar dando pau na canalha colonizada.

Hugo Chavez será reeleito para o desgosto do Império e a felicidade da América do Sul.


Gilson Raslan - 11/06/2012
Não seguiu a cartilha do Tio Sam não é democrático. Democrático são os EEUU com suas prisões-masmorras, suas torturas, seu apego aos banqueiros e aos milionários em detrimento dos necessitados.


jauri n.da silva - 11/06/2012
Professor!Socorreos aposentados que o Lula,embora seja

classificado como popular,fez com os aposentados que ganhavam mais quie um salario mínimo.Que fôrça estranha

força fez com que ele e seu partido, clometesse tamanha

injustiça? Decifra isso para nos, com sua lucidez e respeitabiidade.

Abraços,


Pedro II - 11/06/2012
Não deveria ser novidade para ninguém que o conceito de DEMOCRACIA que é válido é aquele criado principalmente pelos EUA nos pós guerra, ou seja vou invadir o seu país ,tomar conta de tudo que é seu, tomar as sua riquezas, e vc vai ficar caladinho me aplaudindo. Segundo o sr. FRIEDMAN, um dos pais do Neoliberalismo ou Neoescravagismo, a DEMOCRACIA deve facilitar o lucro.. Quem não se enquadrar no conceito de democracia dos VAMPIROS americanos era ou ainda é considerado COMUNISTA.


Maria C - 04/07/2012


Foi um tal Samuel ....que disse que mais de 84% das pessoas já estão loucas. Quanto mais urbanas mais loucas. Já não fazem análises. Não conseguem antever que devido ao final do uso dos recursos materiais do planeta estaremos a vagar sem rumo, e isso já num futuro próximo. E iremos diminuir em número e em qualidade até que desapareça uma grande parte, e fiquem apenas uns poucos, sem tecnologia, sem condições de viver , anão ser começando a reusar a Natureza que se recuperará mansamente. e os idiotas ficam aí a discutir asneiras. Se haverá um sentido nisso é que quando já formos poucos os saudáveis o Comunismo já se instalará naturalmente, pois ninguém nesse momento vai tolerar o capitalismo e nem haverá necessidade dele. Isso se um malucão tipo Obama não acionar o gatilho tentando ficar vivo com seus amigos, o que bem pode acontecer. Ocorre que isso não lhes garante a vida, pois tudo estará muito destruido.

PARCERIAS