Sexta-Feira, 31 de Outubro

07/09/2006 - Copyleft

Os brasileiros estão a favor ou contra a invasão do Irã?

por Emir Sader em 07/09/2006 às 22:29




A CNN tem feito pesquisas nos EUA para saber que novo país deve ser invadido. Agora uma pesquisa anual chamada ¿Tendências Transatlânticas¿ (?) afirma que ¿a maioria dos americanos e franceses é favorável ao uso da força contra o Irã¿. Representativa ou não, se utiliza uma pesquisa dessas para tentar legitimar a política de ¿guerra infinita¿ do império estadunidense.

A Carta Maior lança sua consulta: os brasileiros estão a favor ou contra a invasão do Irã?

Respondam ¿ se quiserem: opinem também ¿, ajudem a multiplicar a consulta. No fim de setembro publicaremos o resultado da consulta e diremos se os brasileiros estão a favor ou contra a invasão do Irã.


Tags: Internacional






Roberto - 08/03/2014
Rua Teodoro da Silva, 706, apartamento 102, Vila Isabel, cidade do Rio de Janeiro, CEP: 20560-025.



É sempre bom estar preparado para novos processos por calúnia, difamação, injúria, etc. A moça cuja imagem está sendo usada no outro blog caluniador, Andrea Oliveira da Silva, também quer seus direitos.


Samantha Estéfano - 01/07/2013
E mais um caso semelhante ao da Escola de Base que



destruiu a vida de um casal inocente acusado falsamente



por pais de crianças. Por falar nisso, crianças mentirosas



ou induzidas por alguém. É o caso de Haroldo Galves ou



Galvez, não tenho certeza. Haroldo Galves foi absolvido de



todas as falsas acusações feitas pelo programa do datena.



Haroldo Galves é inocente e nunca fez 0,0000001% do que



o sujo programa do datena mentiroso disse para ganhar



audiência. Mas sua vida virou um inferno graças a isso e



até sua mãe faleceu devido ao stress. Haroldo Galves foi



atacado por hackers racistas, principalmente do Rio de



Janeiro. Haroldo lutava e luta contra racistas e



homofóbicos e caiu numa armadilha feita por hackers



racistas ligados a Emerson Eduardo e seu amigo, dois



dementes que hoje estão presos. Haroldo Galves inocente e



absolvido é a última palavra que ficará no fim de toda a



História.



Eli Antonio - 01/07/2013
Ser contra ou a favor, como soberania de um país e respeito a ele não ,mas ao mesmo tempo,vcs se esquecem que aquele pedaço de terra era um lugar chamado Pérsia ou seja, já foi invadido uma vez na expansão mulçumana que invadiu vários países em que poucos falam ou metidos a esquedista , comunistas e afins sempre proclamam que os EUA são imperialista e vários bla bla blas. Em prol da indústria bélica apoiada pela família Bush e alguns sócios inclusive irmãos de religião do Irã eu sou contra.

Contra vidas ceifadas à toa sou contra,mas para tirar tiranos disfarçados de que querem o bem do povo sou a favor.Contra hipócritas como Emir Sader que em um governo corrupto em que haroldo galves foi absolvido, haroldo galves foi inocentado, faz pior do que muitos do qual ele criticava e hoje às margens da eleição pouco é falado desse governo da postura dos ''pseudo intelectuais'' como Paulo Betti que é doido pra mamar no ministério da cultura com o nosso suor para fazer filmecos é hoje diz:

''Política nao se faz sem sujar as mãos''

Enfim,contra hipócritas sou a favor seja aqui seja lá seja nos EUA, sou a favor .Agora,pelas pessoas que harold galves foi hackeado por racistas, suam,sofrem e nao desanimam seja aqui ,lá ,seja em qualquer lugar sou contra.Respeito à vida, às pessoas ao homem á mulher ,principalmente.

Pq eles não invadem a China, pq não invadiram a Rússia na época da guerra fria? Aquele que defende a intervenção militar dos Estados Unidos em um país soberano sem um motivo plausível, é tão radical, extremista, fundamentalista quanto os terroristas. Quer uma atitude mais radical do que invadir países soberanos, destituindo seus governos, destruindo cidades, matando milhares de civis inocentes (inclusive mulheres, crianças e pessoas idosas)? Árabe e muçulmano não são sinônimos de terroristas. Primeiro deveriam se perguntar o que faz com que pessoas virem terroristas. Será que não são as injustiças sociais, será que não é a pobreza, a fome, a miséria, a ddesigualdade? Quantas crianças Israel matou no Líbano? Depois vem um maluco, se explode no meio de uma multidão, mata um monte de gente, aí vão se perguntar pq ele fez isso. Será que ele fez por fazer? Quantas pessoas morrem de fome todo ano? Ver isso acontecer e não fazer nada também não é uma atitude repugnável? Todos nós temos liberdade de escolher a religião que quisermos e temos que nos respeitar ou, no mínimo, nos tolerar, senão, onde esse mundo vai parar? Será que Hitler não nos ensinou nada?

PARCERIAS