Quinta-Feira, 22 de Junho

12/06/2017 14:58 - Copyleft

Clipping Internacional - 12/06/2017

Temer foi absolvido em um simulacro de Tribunal. Com um resultado previamente conhecido, a absolvição não termina com os problemas judiciais do presidente


Carta Maior
Carta Maior

NOTÍCIAS DO MUNDO
Le Monde, França
Os resultados das eleições legislativas de primeiro turno na França. A taxa de abstenção   foi a maior da história recente:  51 %. Os resultados foram: República em Marcha de Macron, 32 %; Republicanos (liberais conservadores) 21,2 %; França Insubmissa (Mélenchon), 14,2 %; Frente Nacional de Le Pen, 13,9 %; e o partido socialista, 13,3 %.
http://www.lemonde.fr/idees/article/2017/06/12/macron-et-les-defis-de-l-hegemonie_5143031_3232.html
 
L’Humanité, França
Eleições legislativas. No primeiro turno, a abstenção e o presidencialismo foram a marca. Menos de metade dos eleitores não apareceram nas eleições ontem, salientando a amplitude da crise democrática. Esse recorde de abstenção favoreceu os macronistas, agora quase certos de obter uma maioria absoluta diante de uma esquerda prostrada.
http://www.humanite.fr/legislatives-au-1er-tour-labstention-et-le-presidentialisme-raflent-la-mise-637243
 
Tempsréel, França
Eleições legislativas na França de 2017: os Republicanos continuam em sua descida aos infernos. O partido de direita escapou da derrota total mas seu revés é cruel. Os deputados “compatíveis com Macron” parecem lucrar com o novo posicionamento.
http://tempsreel.nouvelobs.com/politique/legislatives-2017/20170611.OBS0547/legislatives-2017-les-republicains-poursuivent-leur-descente-aux-enfers.html
 
Esquerda.net, Portugal
França: Abstenção recorde dá maioria ao partido de Macron. Na menos participada primeira volta das legislativas desde 1958, as projeções dão maioria absoluta à “República em Marcha”. À esquerda, o PS pode perder mais de 200 deputados e Mélenchon diz que o resultado cria uma situação política “totalmente instável”.
http://www.esquerda.net/artigo/franca-abstencao-recorde-da-maioria-ao-partido-de-macron/49185
 
The Guardian, Inglaterra
A política da esperança superou a política do medo. O manifesto do partido trabalhista revelado à imprensa foi um fator decisivo na campanha. O manifesto mostrava soluções comuns a assuntos que afetam toda a sociedade. Por John McDonald
https://www.theguardian.com/commentisfree/2017/jun/10/john-mcdonnell-labour-politics-of-hope
 
El País, Espanha
Rajoy e Rivera, PP e Ciudadanos, reeditarão seu pacto apesar da crise sobre a corrupção do PP. Mas não se sabe dizer no PP quando selarão o acordo entre os dois partidos.
http://politica.elpais.com/politica/2017/06/11/actualidad/1497207407_899130.html
 
Página 12, Argentina
“Somos um obstáculo”. Os juízes das leis que protegem os trabalhadores interpretam porque o poder executivo os ataca. Uma investigação do Página 12 mostra que o objetivo de uma reforma trabalhista com perda de direitos e um sistema de aposentadoria desvalorizado animam as agressões contra o fórum de juízes trabalhista e a busca de colonizar o fórum contencioso de Buenos Aires.
https://www.pagina12.com.ar/43601-somos-un-escollo
 
The New York Times, EUA
Democratas vêm crescente divisão entre o partido e sua base. Há crescente tensão entre os militantes ascendentes, inspirados por Bernie Sanders e os democratas conservadores. Uma disputa acirrada sobre estratégia e ideologia pode dividir as eleições primárias e dificultar o caminho de formar uma maioria.
https://www.nytimes.com/2017/06/11/us/democrats-midterm-elections.html?hp&action=click&pgtype=Homepage&clickSource=story-heading&module=first-column-region&region=top-news&WT.nav=top-news
 
Público, Portugal
Guardiola lê manifesto pelo referendo de independência da Catalunha. Treinador do Manchester City apela a que se faça frente "aos abusos de um Estado autoritário".
https://www.publico.pt/2017/06/11/mundo/noticia/guardiola-le-manifesto-pelo-referendo-de-independencia-da-catalunha-1775336
 
The Independent, Inglaterra
Os trabalhistas estão à frente dos conservadores pela primeira vez desde que Jeremy Corbyn se tornou líder, diz uma nova pesquisa. O partido de Corbyn estaria com 45 % das escolhas, à frente dos Tories que ficariam atrás com 39 %.
http://www.independent.co.uk/news/uk/politics/labour-party-jeremy-corbyn-lead-theresa-may-conservatives-tories-survation-poll-general-election-a7784171.html
 
The New York Times, EUA
23 % dos portoriquenhos votaram no referendo para a que o país se torne o 51º estado norte-americano. 97 % deles foram a favor. A eleição foi boicotada tanto pelos que defendem a independência de Porto Rico, quanto os que querem que permaneça a atual situação, de estado associado. Usualmente o comparecimento às urnas está em torno de 80 %.
https://www.nytimes.com/2017/06/11/us/puerto-ricans-vote-on-the-question-of-statehood.html?rref=collection%2Fsectioncollection%2Fus&action=click&contentCollection=us&region=rank&module=package&version=highlights&contentPlacement=5&pgtype=sectionfront
 
RT News, Rússia
Israel aprova a maior construção de assentamento na Cisjordãnia em 25 anos.
https://www.rt.com/news/391895-israel-approved-largest-settlements/
 
 
BRASIL NA IMPRENSA INTERNACIONAL
Página 12, Argentina
Temer foi absolvido em um simuladro de Tribunal. Com um resultado previamente conhecido, a absolvição não termina com os problemas judiciais do presidente do Brasil. O processo nada teve de rigor jurídico porque sua finalidade era garantir “a estabilidade” do governo de fato, que amanhã comprirá 13 meses no poder. Foi o prolongamento do golpe contra Dilma Rousseff.
https://www.pagina12.com.ar/43454-temer-fue-absuelto-en-un-simulacro-de-juicio
 
Público, Portugal
Temer usou os serviços secretos para espiar juiz do Supremo? Revista Veja diz que o Presidente brasileiro accionou Agência Brasileira de Inteligência para descobrir podres sobre Edson Fachin, relator do processo Lava-Jato.
https://www.publico.pt/2017/06/11/mundo/noticia/temer-usou-os-servicos-secretos-para-espiar-juiz-do-supremo-1775344
 
El Telégrafo, Equador
O mandato de Temer ainda está cambaleante no Brasil. O Tribunal Eleitoral absolveu o presidente das acusações de presumida corrupção na campanha de 2014, mas o procurador geral Rodrigo Janot pode ainda acusa-lo por corrupção e fraude.
http://www.eltelegrafo.com.ec/noticias/mundo/9/el-mandato-detemer-aun-tambalea-en-brasil
 
Le Monde, França
O presidente brasileiro evitou sua destituição por pouco. Michel Temer foi acusado de utilizar dinheiro de propina na sua campanha de 2014. Os juízes, por maioria, decidiram não cassar seu mandato.
http://www.lemonde.fr/ameriques/article/2017/06/10/le-president-bresilien-conserve-son-mandat_5141759_3222.html
 
Les Echos, França
Henrique Meirelles: “O Brasil vai continuar buscando a negociação com a Europa...Nos concentraremos em trabalhar políticas econômicas que coloquem o Brasil de volta para sua recuperação.”
https://www.lesechos.fr/monde/ameriques/030376515607-henrique-meirelles-le-bresil-va-poursuivre-la-negociation-avec-leurope-2093531.php
 
RFI, França
Após vitória no TSE, Michel Temer foca em agenda econômica. O porta-voz do governo, Alexandre Parola, afirmou que o presidente Michel Temer recebeu a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como um sinal de que as instituições continuam a garantir o bom funcionamento da democracia brasileira. “Prevaleceu a justiça, de forma plena e absoluta”, afirmou Parola. Por 4 votos a 3, o tribunal decidiu manter o mandato do presidente.
http://m.br.rfi.fr/brasil/20170610-apos-vitoria-no-tse-michel-temer-foca-em-agenda-economica



Créditos da foto: Carta Maior



Siga-nos no Facebook

Cadastro

Revista digital

Saul Leblon

Leia Mais

PARCERIAS