Sábado, 30 de Agosto

 

30/09/2006 - Copyleft

"Delegado da PF vazou fotos em ação articulada com PSDB"


Marco Aurélio Weissheimer - Carta Maior
Arquivo

PORTO ALEGRE - O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, disse neste sábado, que o delegado da Polícia Federal, Edmilson Bruno, foi o responsável pelo vazamento das fotos do dinheiro à imprensa, em uma ação articulada com a oposição, notadamente o PSDB. Segundo Tarso, na sexta-feira, o delegado chamou seis jornalistas, passou para eles em CD com as fotos do dinheiro e afirmou “Eu estou fazendo isso para f...o governo e o Lula”.

A informação foi confirmada pelo assessor especial do presidente lula e chefe de campanha, Marco Aurélio Garcia, ao site Terra Magazine. Segundo Garcia, após manifestar sua intenção de arrebentar Lula e o governo, o delegado teria dito: “agora eu vou subir para fazer o boletim de ocorrência sobre o furto das fotos porque eu preciso me cobrir”.

Em entrevista coletiva à imprensa, em Porto Alegre, Tarso Genro disse que o delegado responsável pela perícia da investigação sobre o caso do dossiê fez uma encenação como se as fotos lhe tivessem sido roubadas. “Ele cometeu um duplo delito. Fez um registro falso de Boletim de Ocorrência, de uma parte, e de outra, vazou documentos para fins políticos, documentos que pertencem a um processo que está sob segredo de justiça”.

“Isso é tão ou mais grave do que o envolvimento de qualquer pessoa na compra ou elaboração de qualquer dossiê”, acrescentou o ministro. Ele anunciou que já foi aberta uma sindicância administrativa pela Polícia Federal para apurar a responsabilidade do delegado no caso. Durante a entrevista, Tarso Genro destacou que estava falando em nome do governo.

“A manifestação institucional do governo neste momento é de que se trata de um atentado político, que repete um cenário conhecido no país, e que merece uma rejeição tão profunda e radical como a produção e compra de dossiês. Na opinião do governo, isso é uma ação política da oposição, chefiada pelo PSDB, que vinha reiteradamente requisitando essas fotos mesmo sabendo que elas estavam sob segredo de justiça. Portanto, estamos autorizados a concluir que se tratou de uma articulação política de baixo nível, de baixo calão, que visa perturbar o processo eleitoral e gerar impressionismos de última hora”, acrescentou.

Delegado admite ser autor do vazamento
O delegado Edmilson Bruno confessou, neste sábado, que foi o responsável pelo vazamento das fotos e anunciou que, em uma entrevista coletiva na segunda-feira, dirá “coisas surpreendentes”, informou a Agência Estado. Inicialmente ele havia negado ser o autor da distribuição das fotos com o dinheiro apreendido pela Polícia Federal. Segundo sua primeira versão, o CD com as fotos havia sumido de seu arquivo pessoal entre quinta à noite e sexta de manhã. Ao perceber o desaparecimento do CD, relatou então, admitiu ter feito ligações para alguns jornalistas para checar se alguém tinha o CD.

Foi ele quem comandou a operação na madrugada de 15 de setembro, no Hotel Íbis, em São Paulo, onde foram presos Valdebran Padilha e Gedimar Passos com o dinheiro. Há 10 anos trabalhando na Polícia Federal, ele declarou-se “apartidário” e que teria votado em Lula em 2002.

Para Tarso Genro, o eleitor brasileiro tem maturidade, inteligência e experiência para não cair em armadilhas deste tipo. “Assim como a população não aceita dossiês falsos ou verdadeiros comprados, também não aceita esse tipo de atitude que vem sendo sintetizada em várias manifestações, particularmente através do presidente do PSDB (Tasso Jereissati) e de seu candidato (Geraldo Alckmin). Essa é a manifestação institucional e oficial do governo e do presidente Lula a respeito do assunto”.

Este episódio, acrescentou, representa um fato perturbador do processo eleitoral e também da investigação. “O Estado brasileiro, através da Polícia Federal, vinha apurando o caso do dossiê sem interromper qualquer tipo de ação policial ou administrativa sobre o assunto. A visão política do governo é de que isso é uma ação da oposição, particularmente do PSDB, perturbado politicamente pela provável e, na nossa opinião, já efetiva, vitória do presidente Lula nas eleições deste domingo”.

Para Tarso, trata-se de um segundo episódio Abílio Diniz. “Naquela oportunidade, foi utilizada uma imagem para vincular o candidato Lula aos seqüestradores do Abílio. Agora, as fotos vazadas pelo delegado têm o evidente objetivo de vincular o episiódio de São Paulo à candidatura Lula. Trata-se de um jogo de imagens que conta com a claríssima colaboração de decisiva parte da chamada grande mídia”, declarou ao site Terra Magazine.

Estavam presentes na coletiva, em Porto Alegre, jornalistas de alguns dos principais meios de comunicação do país: O Globo, O Estado de São Paulo, RBS, Rede Globo, Rede Bandeirantes, SBT e Rede Record, entre outros. Vamos ver agora como a imprensa noticia a denúncia do ministro Tarso Genro: se vai dá-la com o destaque que merece ou se vai escondê-la, ou minimizá-la.


Créditos da foto: Arquivo




Myrna Vieira - 30/09/2006
È Lula de novo!!! Golpistas vão chorar lágrimas de croco amanhã!!!! aguardem!!!!!


Gustavo Conde - 30/09/2006
Se a Globo, Folha e Estadão vão apurar o escândalo da "compra de fotos" eu não sei (na verdade , tenho certeza que não). Mas que isso gera mais um ponto no dispositivo anti-golpe do eleitor, não tenham dúvida: "por que investigaram a compra do dossiê e agora não investigam a "compra de fotos?". Toda a grande imprensa tem encarnado uma voz de oportunismo sim, claro, mas de uma ingenuidade sem igual. Ela acha - precária em suas análises, acuada em sua impotência retórica, nula em sua auto-crítica - que a opinião pública não entende a linha de montagem da notícia. Depois do Lula, ficou clara a capacidade de análise do cidadão comum, que paga seus impostos (milhas à frente dos mais bem pagos articulistas). Minha tese sobre essa insanidade noticiosa fadada ao fracasso: não é só preconceito de classe. É uma patologia que se chama: "trauma de exclusão da cena política (TECP)". Foi-se o poder de manipulação tão caro aos Frias, Marinhos e Mesquitas. Evaporou-se. Ou se reciclam ou abrem falência. O pequeno Frias, todos jornalistas próximos sabem, arde por não ter linha direta com o Lula (e me respondam: por que Lula iria querer um interlocutor sem talento e inteligência como o Otavinho?). E de soberba inveja e TECP eles se encolerizam (mais ou menos com Laurence Olivier quando dá um tapa em Kirk Douglas em Spartacus). Haja psicanalista para essas criaturas depois da derrota eleitoral.


Caio M. A. de Castro - 30/09/2006
A Carta Maior está tendo a mesma atuação dos "jornalões" brasileiros. Nada ainda foi provado contra o PSDB, portanto a manchete é manipuladora. É triste ver que a Carta Maior está tendo a mesma atitude do resto da imprensa. A diferença é que enquanto o resto da imprensa faz tudo para favorecer o Alckmin a Carta Maior faz tudo para favorecer o Lula.


Fabiano Boldrini - 30/09/2006
Caio, pelo menos a Carta Maior diz de que lado está e quem apóia.


cid elias - 30/09/2006
Revisão das concessões públicas dos meios de comunicação JÁ! CPI da mídia JÁ! Ao nobre companheiro C. Frederico, não faça uso da leviandade neste espaço democrático, não distorça os fatos , por gentileza. Não foi o PT que seguiu o caminho dos teus ídolos. Foram alguns poucos membros, das centenas de milhares de filiados, na maioria comprados por lacerdistas, mesmo assim provas praticamente inexistem. Já O serrassuga foi CONDENADO recentemente a devolver 200 MILHÕES Surrupiados do Brasil, sabias? E agora me cite um membro do governo CONDENADO PELA JUSTIÇA, não por ti nem pelo imprensalão vendido, vamos lá, unzinho...eu tenho vários outros barões da tucanagem com sentenças condenatórias e tudo mais, quer ver? Tenho a condenação do Ricardo Sérgio, membro da campanha do alkcmin, ele e mais ma corja de corruptucanos, quer ver? Estes do dossiê se filiaram, quer dizer, SE INFILTRARAM a mando dos golpistas, há pouco mais de um ano. O Valdebran era do pdt, mas foi antes do pmdb, e era antes de ser do pmdb e do pdt, militante do partido do bob jeff, entendeu ou quer mais informações? O outro preso pelo delegado do bico grande , o gedimar...é advogado e ex-policial federal, mesmo assim NEM IMAGINOU QUE O VENDOIN TAVA GRAMPEADO E NÃO SABIA DIREITO O NOME DE QUEM DEU A ELE O dinheiro! Fala sério meu! Foi tudo montado pelos adeptos do banho de ética com agua do esgoto da daslu! Será que começastes a entender agora?


Carlos Frederico Brauns - 30/09/2006
A falta de ética da oposição é notória. Triste foi ver o PT tentar seguir o mesmo caminho. Felizmente o PT não tem a mesma competência em assuntos escabrosos. Vamos ver a cobertura do restante da Imprensa. Apesar dos pesares acredito que Lula vencerá ainda no primeiro turno.


nirdo laden - 30/09/2006
Ao treinee jr da daslu, primero comentário do artigo: leia bem a mátéria rapazote, preste atenção para não dizer estultices como esta comparação estapafúrdia dos meios amarronzados do IMPRENSALÃO com um espaço sério, que não inventa escândalos para os manés acreditarem. Está escrito que o Del. do bico grande confessou,e eu já havia lido em sítios não adeptos ao golpe que existe a gravação das conversas deste crápula com teus heróis, e para provar a inverdade que postastes, vá lá nos noblats, josias, reinaldos, uols para ver o que tu achará sobre o caso, vá...aliás estes venais que citei lhe esperam de braços abertos porque tuas palavras extraídas da cartilha da daslu combina bem com aquelas baboseiras e mentiras que existem naqueles lamaçais travestidos de blogs. Vade retro!


Thiago Esteves - 30/09/2006
É meus caros, onde estão as mais de 100 CPIs contra o governo Alckmim que foram engavetadas em São Paulo, afinal quem pagou os 400 vestidos da primeira-dama paulista e os milhões dados ao médico particuladar e deputados aliados do ex-governador paulista. Não estou legitimando a compra de um suposto dossie mas que as denúncias contidas também deveriam ser investigadas isto deveriam. Ou vamos cair naquele papo contra mim não existem provas ou os denúnciantes não têm qualificação, mas contra meus inimigos todas as possibilidades devem ser investigadas.


Adnan El Kadri - 30/09/2006
O min. Tarso Genro denunciou, a tempo e hora, o delegado da Polícia Federal que entregou as fotos, que estavam em segredo de justiça, para tentar fraudar a vontade popular em 1º de outubro, com a intenção nefastae e golpista de inverter o resultado eleitoral que se aproxima, para tristeza dos molóides do PSDB, pois LULA VENCERÁ . Atiraram contra o governo durante 1(UM) ano e meio, através das cpis bufas e pífias e não conseguiram jogar areia nos olhos do povo brasileiro. Repudiamos mais esta tentativa truculenta das forças anti-nacionais tocaiadas na oposição! Após o 1º Turno, conforme o resultado o povo brasileiro exigirá respeito e punição a estes canalhas. Até a Vitória em 1º de Outubro, com Lula de novo Presidente do Brasil.


José Elias Dos Santos - 04/10/2006
Quem tem telhado de vidro não joga pedra na casa dos outros. Lembrem-se dos oito anos do governo de FHC. Se Lula tivesse maioria no congresso como FHC não haveria tantas CPIS de coisas q já existiam desde o governo passado.


Luiz Seixas - 04/10/2006
Reproduzo e-mail que enviei à FENAPEF, entidade que congrega os policiais federais: "A FENAPEF insiste em divulgar notas da FSP minimizando os crimes cometidos pelo delegado Edmilson P. Bruno, como se ele sequer fosse culpado de quebra de sigilo. Discordo. Insisto em reafirmar que ele conspirou para derrubar um governo, o que configura sedição e traição. Conspirou para influir no resultado das eleições gerais, o que configura subversão e crime contra a ordem pública. Finalmente, desobedeceu a ordens superiores e a uma determinação do Poder Judiciário, o que configura quebra da hierarquia e crime de desobediência. A única pena possível para tantos crimes é expulsão sumária dos quadros da PF e cadeia."


Rodrigo - 03/10/2006
A maneira como essa matéria foi elaborada, remonta única e exclusivamente à uma versão da história, a fonte que mais fala é petista e a matéria voltasse única e exclusivamente à uma acusação infundada, mais que partidária, contra o PSDB, esconde o mais importante, que no meu vêr é se o PT tentou comprar o tal dossiê e o dinheiro de quem é.


Alivan José Curi - 03/10/2006
Parabéns ao Delegado Edmilson Bruno, por ter tido a coragem de ser honesto com a sociedade brasileira, nós estamos precisando de homens como o Sr., Delegado. Temos que darmos um basta nessa currupção que assola o país e leva o maioria dos pobres a situação de miséria em que presenciamos. Continue agindo assim, você merece promoção e não punição, conforme estão querendo fazer.


oscar antunes pimentel dantas - 02/10/2006
sou a favor da divulgação das apurações. No caso do caseiro o COAF foi muito mais ágil na delação. Precisamos ser transparentes em tudo, inclusive na apuração de fatos ligados aos "amigos do rei." Se fosse um de nós simples mortais o que aconteceria ?


Jean Ricardo Zizzari - 02/10/2006
A bancada petista aqui está parecendo uma quadrilha. Quer desviar o foco do escandalo onde o PT mais uma vez foi envolvido responsabilizando toda culpa no delegado que fez a prisão dos bandidos. Estão jogando no lixo a honra de uma pessoa honesta e limpa que está a 10 anos na coorporação. Porque não mostrar ao povo brasileiro o crime explicito no qual o partido estava se envolvendo? A resposta é simples escondemos a sujeira e os comandantes do país continua impunes. É UMA VERGONHA! Delegado Edmilson Bruno está de parabens pela coragem de mostrar ao povo brasileiro a verdade.


Felipe S Cardoso - 02/10/2006
Um Delegado do Policia Federal com 10 anos de carreira, como este delegado Bruno que vazou as fotos, ganha mais ou menos R$ 15.000,00 por mês. Qual não deve ter sido o valor que recebeu para divulgar as fotos, tendo em vista que certamente perderá seu cargo, por ter cometido três crimes?


Felipe Guerra - 02/10/2006
Caio, quero defender suas idéias sobre a matéria em questão, pois se tu és um leitor assíduo da Carta Maior, com certeza leu o artigo em que os editores manifestavam suas preferências eleitorais (atitude que demonstrou a verdadeira cara da Agência, mostrou sua postura de comprometimento com a verdade e a transparência), ma os que te criticam não tiveram essa oportunidade. PSDB e PT é farinha do mesmo saco sim, por isso recomendo aos eleitores de HH que saiam do seu domicílio eleitoral e vão fazer algo mais agradável do que acompanhar essa sujeirada chamada 2º turno, não esqueçam de justificar para não ficar com problema no TSE!! Dia 29 meu voto é para o SOL, praia e água de côco!


Janes Rodriguez - 02/10/2006
Paulo Zoroastro: que bom que isso valesse pro PT também, né? Um monte de gente foi acusada sem provas a imprensa demoliu as reputações, ajudou a eleger Maluf, Collor e Clodovil e deixou um homem com a biografia do Genoino de fora. É dessa justiça e dessa imprensa que vc tá falando????


Fernanda Ol. - 02/10/2006
esse delegado eh um patriota, apenas isso! ah, antes que eu esqueça: PT, já foi tarde!


Marcos - 02/10/2006
Janes, o Genoino foi eleito. Não sei se para o bem ou para o mal, mas melhor que Maluf, Clodovil e Russomano, com certeza ele é.


Paulo zoroastro - 01/10/2006
Infelizmente, para Tarso Genro, o brasil não é Cuba e vivemos numa democracia. Assim, todas as alegações devem ser provadas. Não basta "achar". Prove e sou o primeiro a apoiar a impugnação de Alckmin e qualquer outro.


Antonio Pinto de Oliveira Neto - 01/10/2006
Este nosso Presidente Lula traz consigo um poder, sem o qual este Brasil jamais tornar-se-ia uma nação. Ao não usar de meios escusos para barrar a investigação de crimes e bandidagens que sempre estiveram aí, Lula vai desmascarando esta pseudo república e seus vestais. Sem desnudar o falso, não haveria possibilidade de surgir o verdadeiro. Nestes episódios finais, desnudou-se de vez a dita "grande imprensa", com cenas explícitas de racismo, sadomoralismo, cumplicidade com interesses mesquinhos de uma minoria e, principalmente, desprezo total pelos brasileiros que não frequentam seu mundinho de suposto luxo e riqueza. Devemos também esta revelação ao Sr. Presidente Lula.


Maria - 01/10/2006
A GLOBO nâo vai falar sobre o assunto pq ela tem que fazer drama com a cobertura da queda do avião da GOL. Eu queria saber pq se faz pesquisa de intenções de votos na véspera da eleição, não me recordo de ter acontencido isso antes. Alguém pode me responder?! Aqui na minha cidade os carros c/ propaganda circularam hoje, sábado, véspera da eleiçao, como se fosse o primeiro dia da mesma. Eu não estou entendendo mais nada!!!


Mariah - 01/10/2006
Pois é, seu Paulo, uma democracia pela metade, só para alguns. Porque não foi divulgado o conteúdo do dossiê? Porque a imprensa não divulgou, ou melhor, alardeou tambémo envolvimento do PSDB na máfia das sanguessugas? Você tb gosta de democracia , mas só para ti, não é mesmo. Isso é pensamento de ditador.


Leônidas - 01/10/2006
Ô Caio, pimenta nos olhos dos outros é refresco!!! A verdade doi não é??? A cara do lobo está aparecendo, à medida que o desespero cresce!!! Não vejo tendência eleitoral na matéria, apenas uma análise sobre a curiosidade editorial!!! Porque uma tendência política é abordada com profundidade e a outra não? Pense e vote!!! (sem manipulação claro)


Caio M. A. de Castro - 01/10/2006
Caro Nirdo, Não entendi o pq que vc me chamou de trainne da Daslu. Eu apenas critiquei a atitude da Agência. Eu votarei no Lula, e não aguento a hipocrisia de algumas pessoas do PSDB, mas não é por isso que eu vou defender uma atitude dessa. Isso torna ilegitima qualquer critica que vc faça a grande imprensa brasileira. Se vc critica as mentiras que eles publicam, vc também deveria criticar a manchete que foi dada pela Carta Maior a essa reportagem. Se vc apóia isso, só pq a manchete é contrária ao PSDB, então não tem pq vc estar enfurecido com a grande imprensa. Me entristeci também com o seu maniqueismo, quer dizer que por causa de eu ter feito uma crítica construtiva à Agência Carta Maior (da qual eu sou um leitor assíduo), eu sou um tucano, neoliberal e trainee da Daslu. Me poupe né. Pense sobre isso, e tenha um bom voto amanhã. Eu iria votar no Cristovam, mas não gostei da participação dele no debate da Rede Globo, principalmente quando ele disse que não iria mudar a política econômica; mas agora vou votar no Lula para impedir o segundo turno e impedir uma vitória do PSDB.


Paulo zoroastro - 01/10/2006
Esquece, Caio. Esse pessoal não tem capacidade de atingir o nível de compreensão que vc, sabiamente, expôs. Estão cegos, ideologicamente. P.S.: Não voto nem PT, nem PSDB. É tudo farinha do mesmo saco.


Clélia Coelho - 01/10/2006
É desta sórdida orquestração do PSDB que precisamos ficar atentos. Mais do que nunca precisamos defender o nome do LULA e não permitir que os "bonzinhos" da nação (Jereissati e outros) voltem a fazer o jogo do esconde-esconde que muito bem conhecemos. O país das maravilhas do FHC que nada apurava, passou para a nação a falsa idéia de que a corrupção é deste governo. Não é e não concordamos com compra nem venda de dossiês. A política brasileira precisa abolir esta vergonhosa prática. Quem milita com LULA conhece seu compromisso ético. O Alkmim é FHC de novo, com jogo de cena e o lixo para debaixo do tapete. Não podemos permitir que a GLOBO mantenha no imaginário coletivo que "ela" faz e desfaz presidentes. Quem faz e dezfaz presidentes é o povo livre, expressando sua vontade soberana. Mesmo com o casal Boner (a "sorriso monalisa" e o "caricatura do personagem Charada ou Pinguim" do seriado Batmam e Robin) demonstrando o que não deve fazer uma mídia respeitosa, a nação barsileira dará seu recardo neste 1º de outubro. Que a máscara desta imprensa manipuladora e tendenciosa caia neste domingo. A eleição só está começando, podemos garantir a reeleição do Lula já no 1º turno. Vamos ao voto! É LULA de novo com a força do povo!


Helena - 01/10/2006
Caio, entendo tua atitude de querer manter a imparcialidade e o equilíbrio. Só que Carta Maior é uma pequena gotinha, uma voz que se levanta para chamar a atenção para o outro lado da questão. Ela precisa divulgar aquilo que os outros (todos) jornais e TV não dizem. E não foram fatos inventados.Não critico um jornal ter posição, contanto que de forma aberta e declarada e não camuflada, disfarçada, querendo que se acredite que são imparciais enquanto todos divulgam só aquilo que lhes interessa e manipulam a informação. Saõ duas coisas diferentes. Pense um pouco e você irá concordar comigo Carta Maior precisa fazer um contra-peso para que se possa eqilibrar um pouco esse injusto desequilíbrio. Vejo apenas que CM mostra o outro lado que a grande midia quer esconder.


Willians Barros - 01/10/2006
Enquanto isso, o OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA continua censurando os comentaristas que ousam chamar Alberto Dines, o capo daquele sítio, de corporativista presunçoso.


kleber matos - 01/10/2006
Oposição com delegado, só no Brasil. Se aparelha de fora, imagine de dentro. haja tapete!


Sigma - 01/10/2006
Então seria melhor encobrir tudo para que a sociedade brasileira de nada soubesse?


seival - 01/10/2006
Tarso é rodado e sabe que a manipulação da mídia é recorrente no Brasil quando o candidato compadre não implaca. Se houver segundo turno, coisa que duvido, vai ser necessário montar uma verdadeira operação de guerra enfrentar o golpismo sabotador da vontade popular.

Mais Lidas

Editorial

Blog do Emir

Leia Mais

PARCERIAS