Terça-Feira, 29 de Julho

 

04/06/2013 - Copyleft

Daniel Dantas é um dos investigados do Inquérito 2474


Maria Inês Nassif
Wilson Dias/Abr

O empresário Daniel Dantas é um dos investigados pelo Inquérito de número 2474, mantido em segredo de Justiça pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e relatado pelo presidente do tribunal, Joaquim Barbosa, paralelamente à Ação Penal de número 470, que condenou 38 réus do caso chamado de “Mensalão”. Em decisão monocrática datada de 14 de abril de 2011, em que os advogados de Dantas pedem vistas aos autos do inquérito secreto, Barbosa despacha favoravelmente, alegando que Dantas é parte do processo.

No mesmo documento, Barbosa informa que recebeu uma petição de Dantas para que seja instaurada uma “investigação criminal a fim de apurar a responsabilidade pelo vazamento do relatório do inquérito [2474]”, pedido pelo empresário, e dá um prazo de cinco dias para a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre esse pedido.

O documento foi encontrado pelo internauta Stanley Burburinho em pesquisa ao site do Supremo Tribunal Federal (STF), que acusa mais cinco decisões monocráticas de Barbosa (isto é, somente da sua responsabilidade) relativas ao Inquérito 2474.

No site do STF, existe apenas o despacho da decisão monocrática de Barbosa sobre a Petição Avulsa 21.350/2011, mas o documento do ministro é esclarecedor de que Daniel Dantas é parte envolvida no Inquérito secreto. E também informa que, naquela data (14 de abril de 2011), os volumes principais do inquérito secreto estavam com o Procurador-Geral da República. No Supremo, encontravam-se apenas os apensos, que foram liberados para as vistas do advogado do empresário.

Abaixo, a íntegra da decisão do ministro Joaquim Barbosa sobre a petição de Daniel Dantas:

“Despacho (Referente à Petição Avulsa 21.350/2011: Trata-se de pedido de vistas dos autos desse inquérito ([2474], formulado pelo Senhor Daniel Valente Dantas.

Os volumes principais estão sob análise do Procurador-Geral da República, para manifestação sobre as últimas diligências realizadas e o relatório apresentado pela Polícia Federal.

Por se encontrarem na secretaria deste Tribunal apenas os apensos do presente inquérito, e por haver menção ao nome do peticionário, defiro o pedido de vistas a todos os documentos atualmente localizados neste Supremo Tribunal Federal.

Encaminhe-se a petição à Procuradoria-Geral da República para que se manifeste, no prazo de 5 dias, sobre o pedido de ‘instauração de investigação criminal a fim de apurar a responsabilidade pelo vazamento do relatório do inquérito’, formulado pelo peticionário. Publique-se e Intime-se.

Relator”


Créditos da foto: Wilson Dias/Abr




Oylas pereira dos santos - 07/06/2013
Com este comportamento, podemos afirmar que estamos diante de um renovado, Joaquim Silvério dos Reis. Vergonha é o sentimento que diminui a nossa raça neste momento, em especial aos de caráter ilibado.


Carlos - 05/06/2013
Excelente matéria, desmascara Joaquim, deixando a dúvida a serviço de quem está esse Sua Excelência, pois a serviço da Justiça é que não é. Além disso, minhas homenagens ao Stanley Burburinho.


ricardo silveira - 05/06/2013
Quanto mais se sabe mais aumenta a indignação. Por que Dantas não foi incluído entre os 40 do "mensalão"? Foi decisão monocrática do Joaquim? Embora com vídeo sobre suborno em rede nacional o Gilmar deu dois HC em menos de 48 horas para tirar Dantas da Cadeia e os colegas do STF o respaldaram. E agora, vai continuar tudo do mesmo jeito?


Jorge Guerreiro - 05/06/2013
Esqueceram de falar que, na festa das privatizações FHC (que continuam, agora na Saúde e na Educação, p.ex., só que com outros nomes e menos badaladas), o grupo Opportunity ficou TAMBÉM com o METRÔ DO RIO!


Mardones - 05/06/2013
Resta saber se além de Gilmar Mendes, o min Barbosa também tem regalias junto a advogados de Daniel Dantas como parentes empregados em escritórios, mordomias pagas no exterior etc. Alguns aqui lembram que o PT 'dorme'. Na verdade, o partido não dorme, pelo contrário, sabe muito bem que o min da Justiça viajou à europa para defender interesses do Daniel Dantas antes de ocupar o cargo. Nessa lama, há gente do PSDB, DEM e PT no bolso do banqueiro baiano. Sem falar nos juízes! Conseguir dois HC's com o Gilmar Mendes foi a prova cabal de que, assim como a Globo, o Daniel Dantas tem os poderosos nas mãos (bolsos). Não custa lembrar que por causa das privatizações da era FHC, Daniel Dantas passou a controlar as ligações telefônicas de meio mundo de gente. Imagina o que as nossas 'autoridades' não andaram conversando e ficou registrado nos HD's que o Protógenes apreendeu na parede falsa do apartamento do Dantas no Rio de Janeiro e o min Eros Graus mandou sequestrar e mantém sabe-se lá onde. k k k k k k


keyloser - 05/06/2013
Na minha opinião, crimes financeiros, quando provados, a pena deveria ser retirar todos os bens que o criminoso adquiriu, deixando sua família apenas com o suficiente para uma vida simples, sem luxos., Isso sim, seria uma punição, pois esses caras jamais irão presos pois seus advogados conhecem os juízes certos, políticos, etc. Já o Ministério Público deve ser mais incisivo neste quesito, pois não é possível que ladrões desse naipe fiquem livres. Ou teremos que dar razão a Ulysses Guimarães que disse certa que, no Brasil, sí vão prá cadeia os indivíduos integrantes dos tres p's(preto, pobre e prostituta).


Jorge Ernesto Couto de Castro - 05/06/2013
E eu ainda tenho que ouvir que a esquerda é corrupta, que o PT não presta, que o Lula é um cínico, e taí esse exemplo, como podem algumas pessoas terem dois pesos e duas medidas e só quererem enxergar o que convem ou o que as agrada.


Ana Cruzzeli - 05/06/2013
Agora me baixou uma duvida. Se Daniel Dantas está envolvido, poderia esse inquerito 2474 ser de 2002 para trás, o envolvimento de Daniel Dantas na era Fernando Henrique Cardoso? Se isso é o que diz o inquérito policial o Pizzolato nem réu deveria ser, afinal não era o presidente do BB naquela ocasião. Tudo bem, é isso que ele vive gritando, mas essa informação do Stanley da a prova de que Pizzoalto precisava, mas sobretudo dá a dimensão do carater maligno do Joaquim Barbosa. Não há defesa para o que o ministro fez. Negou pedido para um e anteriormente cedeu para outro? Não há santo que dê jeito nessa criatura. Acabou para o Joaquim, é CNJ e Congresso. Processo de impedimento e investigação para saber se alguém está chantageando o Joaquim ou pagando. Não dá para um cristão entender como um cara pode fazer tanta maldade a tantas pessoas que não seja pela remuneração paralela


Amauri - 04/06/2013
Esse daniel dantas é um dos da "elite global", só pode, veja bem, PROVAS em abundancia dos seus crimes, mas desenrolar conseguir sair de "vitima" e tornou réus o delegado e o juiz que lhe invesdtigaram. Como pode isso? so no Brasil mesmo! E não é só o daniel dantas, tem o paulo maluf, o lalau(prisão domiciliar)ou seja TODOS os grandes casos de repercusão terminam invariavelmente em PIZZA.


J.Carlos S. Pereira - 04/06/2013
O banqueiro-bandido sabia o que estava dizendo quando declarou publicamente contar com "facilidade$" no$ tribunai$ $uperiore$.


José Ricardo Romero - 04/06/2013
Rola o maior esgoto no STF. A fedentina está insuportável. Em qualquer país sério, promotores e juízes já estariam atrás das grades! Enquanto isso, lá no planalto, a Dilma dorme, o zé da justiça dorme... No congresso, o PT dorme. E em algum lugar no exterior, recebendo alguma comenda, o Lula dorme. Só vão acordar quando o golpe jurídico/midiático, escancarado agora por essas últimas revelações, depuserem o governo e impedirem o PT.


carlos saraiva e saraiva - 04/06/2013
Meu caro José Ricardo, ninguém está dormindo. O problema não é de covardia. O problema é politico. O problema é de luta politico-ideológica. Ao governo, não cabe se posicionar. Ao M. da Justiça, também. O PT, sim ficou na defensiva na época. Fez , talvez uma leitura, incorreta da correlação de forças. Fruto de uma falta de unicidade, pois uma facção, foi tomada por um sentimento, moralista pequeno-burgues. Agora o PT, tem se posicionado, bem como o Lula. Acho, que o PT, deveria fazer um manifesto à nação , bem como recorrer à instâncias internacionais. Porque não o faz, porque não tem respaldo da imprensa(pelo contrário), não tem respaldo, da própria esquerda(pelo contrário). Salvo vozes, de alguns jornalistas e escassos "intelectuais". Os movimentos sociais, têm se posicionado tímidamente, pois é uma pauta que não os sensibiliza diretamente. Mesmo assim, concordo , que o PT, mesmo sabendo que receberá uma contra ofensiva agressiva, deveria se posicionar de maneira mais veemente. E gostaria, que a esquerda, se posicionasse, assumindo o lado na disputa de classe mais claramente.

Mais Lidas

Editorial

Blog do Emir

Leia Mais

PARCERIAS