Sexta-Feira, 31 de Outubro
Hora a Hora: 

03/11/2010 11:20 - Copyleft

A BALA DE PRATA PÚRPURA TRAZ A MÁCULA DA PEDOFILIA

por: Saul Leblon



Complacência com pedófilos na alta cúpula da Igreja sonega ao Vaticano autoridade moral sobre o voto cristão: 55% dos católicos brasileiros votam em Dilma e ignoram a aliança entre a extrema direita religiosa e política travestida em pacto anti-aborto, envelopado hoje com ares de súmula do Santo Ofício na primeira página da Folha. Foi preciso Lula lembrar que o Estado brasileiro é laico, enquanto o coro dos 'professores' tucanos acalenta a genuflexão das urnas a um Vaticano encralacrado no celibato pedófilo. Bento XVI ainda não subscreveu a Carta dos Direitos Humanos da ONU --porque não menciona Deus-- e retirou seu apoio à Unicef, que defende o planejamento familiar e o uso de preservativo contra a aids. A mesma ala da Igreja encastelada na Opus Dei, que agora apoia Serra, abençoou Salazar, em Portugal; Franco, na Espanha; Pinochet, no Chile; Videla, na Argentina e o Golpe de 64





- 04/11/2010
É aquilo que Sérgio Cortela, teólogo da PUC afirmou quando da ´eleição` do cardeal Ratzinger ao pontificado romano: a Igreja Católica não atravessará o Terceiro Milênio a persistir nesses dogmas ultrapassados.A ICAR assim como o sistema de representação político instituído pela Democracia Ocidental, igualmente, estão desacreditados, e somente não morreram a falta de um sistema mais moderno de instituição política. Acredito, lamentavelmente, que o sucedâneo desses dois sistemas já se avizinhou no horizonte: o fundamentalismo islâmico vai chegar ao Ocidente com força total e redentora àqueles que padecem de uma renovação espiritual e moral. Teremos de volta a teocracia e o moralismo das leis de Talião, do olho por olho e dente por dente, outra vez. Quem viver, verá...

PARCERIAS