Colunista
01/06/2015 - Copyleft

A corrupção é na FIFA, mas a notícia é contra o PT

A corrupção é instrumentalizada para desmoralizar o PT. É uma estratégia que busca destruir o capital simbólico do PT no imaginário social.



Já não surpreende a prodigiosa capacidade de setores do Judiciário, do Ministério Público e da Polícia Federal produzirem “notícias” selecionadas a respeito de investigações – também selecionadas – de casos de corrupção.
 
Assim como também não surpreende o balé sincronizado entre tais setores e os grupos dominantes de comunicação, que se municiam de determinadas “novidades” para empreender um padrão permanente de massacre midiático que visa atingir o PT, Lula e Dilma. Nesta estratégia vale tudo; é a política na fase UFC.
 
O estouro do escândalo de propinas na FIFA replica em cheio numa dinastia corrupta que controla o futebol brasileiro e a CBF há décadas. E expõe a conexão entre a entidade e os negócios nebulosos de compra dos direitos de transmissão na TV.
 
As revelações do caso não parecem suficientes, contudo, para encorajar ações vigorosas da mídia, da PF, da Receita Federal, do MP, do Judiciário. Além disso, no Congresso a camarilha é acobertada pela chamada “bancada da bola”.
 
Estranhamente, o escândalo da FIFA cedeu lugar no noticiário para uma ação espetacular da Polícia Federal contra pessoas conhecidas do Governador de Minas Gerais, o petista Fernando Pimentel.
 
Esta mesma Polícia Federal, entretanto, recentemente revelou incrível inapetência para investigar o caso do helicóptero de propriedade de família de políticos mineiros, apoiadora do Aécio, que foi detido transportando 450 quilos de cocaína! O crime segue sem esclarecimento até hoje.
 
A corrupção é instrumentalizada para desmoralizar o PT. É uma estratégia persistente e bem trabalhada, que busca destruir o capital simbólico do PT no imaginário social. As denúncias, assim como os momentos de sua divulgação, são escolhidos considerando critérios de conveniência e de forte simbologia política.
 
Foi num 15 de novembro, por exemplo, em pleno feriado da Proclamação da República, que os implicados no chamado “mensalão” foram presos.
 
No próximo dia 11 de junho se inicia o 5º Congresso do PT. Não será surpresa se, às vésperas do Congresso, alguma operação for armada, alguma prisão espalhafatosa for realizada ou uma notícia de grande impacto contra o PT for lançada. Qual a ação espetacular, “épica”, que está sendo preparada pelos programadores de vazamentos seletivos?