Antifascismo

Chico Buarque e seu apoio à Frente Nacional contra a Censura

A FNCC publicou mensagem no Facebook que explica bem a que veio e o próximo evento em Belo Horizonte

29/11/2018 11:28

(Reprodução/Facebook)

Créditos da foto: (Reprodução/Facebook)

 
Chico Buarque declarou apoio à Frente Nacional Contra a Censura - FNCC, que será realidade no dia 21, quando será lançada em Belo Horizonte. O evento se dará no Palácio das Artes. Chico saúda o movimento e afirma ser necessário que artistas, bem como brasileiros esclarecidos em geral, se manifestem enquanto é tempo. A escalada dos movimentos ditos conservadores, mas que na realidade são fascistas é grande, e é preciso reagir.

Esses movimentos conservadores se valem de intimidação e de violência, tanto nas ruas quanto nas redes sociais, contra a liberdade de expressão, disse Chico. E, nos últimos meses, eles, os fascistas travestidos de moralistas, iniciaram uma cruzada moralista para cobrir as reais intenções, que é desviar a atenção do público para isso enquanto o Brasil é desmontado por Temer e sua patota. O Brasil vai sendo dilapidado.

A Frente Nacional Contra a Censura publicou mensagem no Facebook que explica bem a que veio e o próximo evento em Belo Horizonte.

“Passando por cima de direitos democráticos elementares; a onda obscurantista que assola o País vem condenando exposições, peças de teatro, apresentações de dança, shows e outras atividades artísticas e culturais e promove retrocessos em vários aspectos da vida nacional. Tal movimento visa controlar e cercear as liberdades de pensamento, de criação e manifestação artística legítimas de nosso povo.

Seguindo esse caminho de resistência, entidades da sociedade civil, intelectuais, artistas, personalidades e ativistas de diversas áreas e segmentos democráticos em âmbito nacional estão articulando uma – Frente Nacional Contra a Censura – a ser lançada formalmente no dia 21 de novembro, no Palácio das Artes.”



*Publicado originalmente no Jornal GGN



Conteúdo Relacionado