CM8 Internacional

CM8 Internacional - 02/12/2018

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

02/12/2018 10:09

Fábrica têxtil na China: O crescimento do país está desacelerando mais do que os especialistas previram. (Agence France-Presse - Getty Images)

Créditos da foto: Fábrica têxtil na China: O crescimento do país está desacelerando mais do que os especialistas previram. (Agence France-Presse - Getty Images)

 

1 - NOTÍCIAS DO MUNDO

MÉXICO. Presidente Amlo assume o poder com promessa de transformar o México - mas ele pode cumprir? O esquerdista deve ser empossado com uma onda de esperança de que ele possa consertar a pobreza, a corrupção e o crime em nome dos mexicanos comuns. (THE GUARDIAN, Inglaterra)

https://www.theguardian.com/world/2018/dec/01/mexico-andres-manuel-lopez-obrador-president

FRANÇA. A oposição acusa o governo de incentivar a violência para desacreditar o movimento dos “Coletes Amarelos”. Mélenchon do “França Insubmissa” denunciou "a incrível perseverança contra os manifestantes pacíficos", enquanto Philippot acusou Macron de "procurar o incidente". (LE MONDE, França)

https://www.lemonde.fr/politique/article/2018/12/01/gilets-jaunes-l-opposition-accuse-le-gouvernement-d-encourager-les-violences-pour-discrediter-le-mouvement_5391375_823448.html

FRANÇA. Coletes amarelos: em Paris, grupúsculos nacionalistas e de extrema-direita aparecem. O Libération conseguiu identificar vários personagens de movimentos de extrema-direita e numerosos símbolos e slogans. A extrema direita está tentando se travestir de amarelo.

https://www.liberation.fr/france/2018/12/01/gilets-jaunes-a-paris-groupuscules-nationalistes-et-d-extreme-droite-s-affichent_1695418

https://www.liberation.fr/france/2018/11/30/l-extreme-droite-tente-de-se-rhabiller-en-jaune_1695316

FRANÇA. Na França, o movimento se radicaliza. Pelo menos 224 detidos em Paris durante um protesto dos coletes amarelos. Embora os números do governo apontem para um comparecimento menor do que nas manifestações de 17 e 24 de novembro, a magnitude das altercações e o número de detentos evidenciaram a radicalização do movimento de protesto. (PÁGINA 12, Argentina)

https://www.pagina12.com.ar/159369-en-francia-el-movimiento-se-radicaliza

ARÁBIA SAUDITA. Novas revelações agrava ainda mais “MBS”, o príncipe herdeiro Mohammed ben Salmane. Mensagens interceptadas pela CIA reforçam suspeitas sobre o papel do príncipe herdeiro saudita na morte do jornalista na Turquia. (TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça)

https://www.tdg.ch/monde/nouvelles-revelations-incriminent-mbs/story/15024267

ARGENTINA. Austeridade, Argentina ao Fundo. O G20 encerra este sábado. Esteve apenas de passagem na Argentina. Já o FMI entrou para ficar. Pela 21ª vez, esta instituição dita as regras num país que se afunda na austeridade. Inflação, desvalorização da moeda e contração da produção impuseram que o ajustamento acabasse por ser ajustado. (ESQUERDA.NET, Portugal)

http://www.esquerda.net/artigo/g20-austeridade-argentina-ao-fundo/58338

ARGENTINA. O G-20 terminou sem um acordo final e foi o grande teatro que Macri costumava pedir mais oxigênio de Lagarde e Trump. O naufrágio macrista espera que o barco do G-20 o resgate do colapso da economia, ao mesmo tempo em que é adotado para salvar vidas do Fundo Monetário Internacional facilitado pelos Estados Unidos. A confluência de interesses de Christine Lagarde e Donald Trump para salvar Mauricio Macri tem o objetivo político de evitar o retorno do populismo e o econômico de ajudar bancos e fundos de investimento que foram enterrados até os pescoços com o festival recorde de títulos emitidos por Argentina nos últimos três anos. (PÁTINA 12, Argentina)

https://www.pagina12.com.ar/159401-relaciones-carnales-2

EUA. Morreu o senhor da Guerra: George H. W. Bush (1924-2018). O pai do ex-presidente George W. Bush morreu esta sexta-feira aos 94 anos. O 41º presidente a ocupar a Casa Branca, entre 1989 e 1993, foi responsável pelo genocídio no Iraque durante a primeira Guerra do Golfo. (ESQUERDA.NET, Portugal)

http://www.esquerda.net/artigo/morreu-o-senhor-da-guerra-george-h-w-bush-1924-2018/58336

EUA. O legado ignorado de George H.W. Bush: Crimes de Guerra, Racismo e Obstrução à Justiça. (THE INTERCEPT, EUA)

https://theintercept.com/2018/12/01/the-ignored-legacy-of-george-h-w-bush-war-crimes-racism-and-obstruction-of-justice/

ECONOMIA MUNDIAL. O crescimento global esfria, deixando cicatrizes de '08 não curadas. Apenas alguns meses atrás, a sorte do mundo parecia cada vez mais robusta. Pela primeira vez todas as grandes economias estavam crescendo em uníssono. A economia global está agora enfraquecendo palpavelmente, mesmo com a maioria dos países ainda lutando contra os danos da última crise. Muitas nações estão estagnadas ou a caminho. (THE NEW YORK TIMES, EUA)

https://www.nytimes.com/2018/12/01/business/global-economy-growth.html?action=click&module=Top%20Stories&pgtype=Homepage

ISRAEL. Polícia de Israel recomenda PM Netanyahu ser acusado de suborno. Autoridades alegam que Netanyahu favoreceu a empresa de telecomunicações Bezeq em troca de uma cobertura mais positiva dele e de sua esposa. (AL JAZEERA, Catar)

https://www.aljazeera.com/news/2018/12/israel-police-recommend-pm-netanyahu-charged-bribery-181202085100719.html

Especial - Reunião de Cúpula do G-20

THE GUARDIAN, Inglaterra

Acordo do G20 dá apoio à ordem mundial 'baseada em regras', mas conforma-se a Trump nas reformas comerciais. Conselheiro de segurança nacional dos EUA, John Bolton, assume linha dura. Líderes mundiais assinaram um acordo que reafirma um compromisso fundamental das maiores economias do mundo com o comércio multilateral e com uma “ordem internacional baseada em regras”, mas cede às exigências dos EUA de reforma urgente da Organização Mundial do Comércio (OMC).

https://www.theguardian.com/world/2018/dec/01/g20-leaders-donald-trump-rules-based-order-wto-reform

TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça

Argentinos protestam contra o G20. Dezenas de milhares de pessoas marcharam em Buenos Aires para protestar contra o G20 em um país em crise.

https://www.tdg.ch/monde/argentins-manifestent-g20/story/17633020

LE MONDE, França

No G20 em Buenos Aires, Emmanuel Macron apanhado pelos "coletes amarelos". O chefe de Estado parecia querer aproveitar a cúpula para sair de um momento do clima de protesto na França. Em face da violência de sábado, ele teve que deixar sua reserva.

https://www.lemonde.fr/politique/article/2018/12/02/au-g20-a-buenos-aires-emmanuel-macron-rattrape-par-les-gilets-jaunes_5391464_823448.html

LES ECHOS, França

O G20 termina com um balanço misto. Apesar das fortes tensões que cercaram a reunião de cúpula, os chefes de Estado do G20 chegaram a uma declaração final sem alívio. No clima, o status quo domina.

https://www.lesechos.fr/monde/ameriques/0600255667932-buenos-aires-le-g20-sacheve-sur-un-bilan-mitige-2226324.php

EL PAÍS, Espanha

O G20 se une contra as mudanças climáticas diante da rejeição de Trump. O documento final da cúpula declara a irreversibilidade do acordo de Paris, com a única dissidência dos Estados Unidos.

https://elpais.com/internacional/2018/12/01/argentina/1543695176_289487.html

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal

G20 ou G19. Acordo de Paris não tem apoio dos EUA. Os membros do G20, com exceção dos Estados Unidos, reafirmaram hoje o apoio ao acordo de Paris para limitar o aquecimento global, numa declaração que menciona ainda "problemas comerciais", mas sem condenar o protecionismo.

https://www.dn.pt/mundo/interior/g20-reafirma-apoio-a-acordo-de-paris-com-excecao-dos-eua-10265114.html

2 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

RFI, França

Ceticismo climático de Bolsonaro põe em risco benefícios econômicos da transição energética. O Brasil chegará à 24ª Conferência das Nações Unidas para Mudanças Climáticas (COP24, de 2 a 14 de dezembro), em Katowice, na Polônia, fragilizado pela desistência do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PFL), de acolher o encontro no ano que vem, a COP 25, como estava previsto. Mas o que o Brasil pode perder deixando de ser um ator estratégico nas negociações climáticas? Dois ambientalistas ouvidos pela RFI estimam que o prejuízo, além de diplomático, será sobretudo econômico.

http://m.br.rfi.fr/brasil/20181130-ceticismo-climatico-de-bolsonaro-poe-em-risco-beneficios-da-transicao-energetica

EL PAÍS, Espanha

O passo silencioso de Michel Temer para o G20. O ainda presidente brasileiro se despede das cúpulas internacionais com uma defesa do multilateralismo contrária à posição de seu sucessor

https://elpais.com/internacional/2018/12/01/argentina/1543689929_944835.html

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal

No Brasil há enfermeiros a fazer de médicos e doentes a desistir do tratamento. A saída de médicos cubanos está a agravar a prestação de cuidados de saúde no interior do país. A reportagem na Bahia. Com a ausência dos médicos, muitos enfermeiros mantiveram os postos abertos e assumiram as atividades permitidas para a profissão.

https://www.dn.pt/mundo/interior/brasil-ha-enfermeiros-a-fazer-de-medicos-e-doentes-a-desistir-do-tratamento-10255073.html

THE NEW YORK TIMES, EUA

O novo líder do Brasil quer aliviar as leis de armas. Os apoiadores estão prontos e treinando. O presidente eleito Jair Bolsonaro quer tornar mais fácil para os “mocinhos” terem armas de fogo, embora a maioria dos brasileiros ache que a posse de armas por parte de civis deve ser proibida.

https://www.nytimes.com/2018/12/01/world/americas/brazil-gun-laws-rights-bolsonaro.html?rref=collection%2Fsectioncollection%2Famericas&action=click&contentCollection=americas&region=stream&module=stream_unit&version=latest&contentPlacement=1&pgtype=sectionfront

EL ESPECTADOR, Colômbia

Bolsonaro comparou manter indígenas em reservas com animais no zoológico. Jair Bolsonaro, presidente eleito do Brasil, também afirmou que os índios estão em uma "situação de inferioridade" em relação a "nós" e que não se justifica ter reservas naturais para eles, já que isso é prejudicial para o país.

https://www.elespectador.com/noticias/el-mundo/bolsonaro-comparo-mantener-indigenas-en-reservas-con-animales-en-el-zoologico-articulo-826734

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Mark Weisbrot  - Pelo Mundo, Iemen (The Guardian, Inglaterra)

“O Congresso dos EUA, finalmente, estão forçando o país a sair do Iêmen. Já não era sem tempo”

https://www.theguardian.com/commentisfree/2018/nov/30/congress-finally-pushing-us-withdraw-yemen

Martin Granovski – Economia Política, Argentina (Página 12, Argentina)

“A vitória dos predadores” (Bush pai e Menem; Trump e Macri)

https://www.pagina12.com.ar/159389-la-victoria-de-los-depredadores

Carlo Bianco – Economia Política (Página 12, Argentina)

“Entre canibais”

https://www.pagina12.com.ar/159410-entre-canibales

Paul Krugman – Economia Política, Brexit (The New York Times, EUA)

“O Brexit, as fronteiras e o Banco da Inglaterra – quão ruim será o Reino Unido deixar a União Europeia?”

https://www.nytimes.com/2018/11/30/opinion/brexit-borders-and-the-bank-of-england-wonkish.html?rref=collection%2Fsectioncollection%2Fopinion-columnists

Mario Weinfeld – Política, Argentina (Página 12, Argentina)

“Anotações desde uma cidade sitiada”

https://www.pagina12.com.ar/159379-apuntes-desde-la-ciudad-sitiada

Ricardo Martner – Política, América Latina (Página 12, Argentina)

“AMLO contra Bolso”

https://www.pagina12.com.ar/159413-amlo-contra-bolso




Conteúdo Relacionado