CM8 Internacional

CM8 Internacional - 06/12/2018

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

06/12/2018 08:16

A pobreza aumentou no Brasil, segundos dados oficiais (@AgenciaTelam)

Créditos da foto: A pobreza aumentou no Brasil, segundos dados oficiais (@AgenciaTelam)

 
1 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA. Fogo cruzado no governo Macri. “Cambiemos” está dividido quanto à “licença para matar” da ministra Bullfirch. "Não se renuncia ao humanismo por causa da demagogia eleitoral", disse Carrió, que exigiu que a regulamentação seja discutida no Congresso. O ministro e Garavano a enfrentaram, com o apoio de Macri. A travessia chegou à Justiça: um magistrado de Buenos Aires declarou a nova regulamentação inconstitucional e proibiu sua aplicação na cidade. (PÁGINA 12, Argentina) https://goo.gl/wpsa8N 

EUA E CHINA. Prisão da líder da empresa de telecomunicões Huawei causa tensão entre Pequim e Washington. Ela foi presa no Canadá. Meng Wanzhou enfrenta um pedido de extradição dos Estados Unidos. Segundo a imprensa, Washington suspeita de violação das sanções dos EUA contra o Irã. (LE MONDE, França) https://goo.gl/c97G7j 

FRANÇA. "Coletes Amarelos": Macron anuncia que o aumento do imposto sobre o combustível está finalmente "cancelado" (LE NOUVEL OBSERVATEUR, França) https://goo.gl/FgVauG 

MÉXICO. O Supremo Tribunal Mexicano garante seguridade social às empregadas domésticas. O corpo máximo da Justiça determina um prazo de até três anos para registrar todos as trabalhadoras domésticas. (EL PAÍS, Espanha) https://goo.gl/k8H3Ku 

AMÉRICA LATINA. Uma em cada três jovens latino-americanos não estuda nem trabalha. As 'ninis' contam com 12,5 milhões de mulheres entre 15 e 24 anos, segundo estudo da fundação chilena “Espacio Público”. (EL PAÍS, Espanha) https://goo.gl/Rt74kb 

FRANÇA. Imposto sobre o carbono. «Uma solução seria taxar as empresas mais poluentes», em substituição ao imposto sobre o combustível que provocou o movimento “jalecos amarelos”. Para salvar o princípio de um imposto sobre o carbono, devemos primeiro restaurar a justiça fiscal, disse o economista Maxime Combes. Ele apontou que um imposto sobre carbono só pode ser útil para orientar as escolhas quando as escolhas existem. (L'HUMANITÉ, França) https://goo.gl/uB4hpY

FILIPINAS. Duterte encoraja filipinos a matar bispos católicos porque eles são inúteis. "Seus bispos, mate-os. Esses bastardos são inúteis. Tudo o que fazem é criticar ", disse o presidente em discurso em Manila. (LA VANGUARDIA, Espanha) https://goo.gl/mbMyn7 

MEIO AMBIENTE. Emissões de gases do efeito estufa aceleram como um "trem de carga em crescente velocidade" em 2018. Em todo o mundo, as emissões de gases do efeito estufa crescem em ritmo acelerado neste ano, disseram pesquisadores na quarta-feira, colocando o mundo no caminho para enfrentar as mais severas consequências do aquecimento global. (THE NEW YORK TIMES, EUA) https://goo.gl/1spdSk 

EUA. Não condene os nacionalistas brancos, disseram ao chefe da diversidade dos Assuntos dos Veteranos depois dos incidentes de Charlottesville, mostram e-mails. Um alto representante da Casa Branca no Departamento de Assuntos de Veteranos tentou silenciar o diretor de diversidade da agência, que - após a violência racial no ano passado em Charlottesville - pressionou por uma condenação contundente que estava em desacordo com a resposta do presidente Trump, recém divulgada.  O tenso intercâmbio no Department of Veterans Affairs ocorreu quando o presidente Trump culpou “muitos lados” pelo confronto do ano passado em Charlottesville, sem destacar nacionalistas brancos e neonazistas. (THE WASHINGTON POST, EUA) https://goo.gl/wCvodX 

EUA. George H.W. Bush (1924-2018), criminoso norteamericano de guerra. Jeremy Scahill detalha os crimes de Bush, a propaganda doentia dos memoriais da mídia corporativa e o rastro de sangue, morte e lágrimas que Bush deixa para trás. (THE INTERCEPT, EUA) https://goo.gl/v3n5Ve 

EUA. Como o falso testemunho e uma máquina de propaganda massiva dos EUA fortaleceram George H.W.Bush e sua guerra no Iraque. (DEMOCRACY NOW, EUA) https://goo.gl/ZumF9J 

2 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

PÁGINA 12, Argentina | "Um dia o Brasil se juntará aos Brics". Em uma carta, Lula da Silva defendeu o multilateralismo e o diálogo que motivaram a criação do bloco há 15 anos. O ex-presidente resgatou as conquistas do bloco das economias emergentes e disse sentir vergonha pelo tratamento ofensivo demonstrado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro em relação a instituições e países amigos. Ele considera que o futuro presidente se concentrará nos Estados Unidos. https://goo.gl/VnaaKu

THE GUARDIAN, Inglaterra | Investigação da Lava Jato atinge a Glencore e a Trafigura. As traders de commodities Glencore, Vitol e Trafigura estão sob investigação por suspeita de pagar mais de US $ 15 milhões de propinas à estatal brasileira Petrobrás, abrindo um novo capítulo na investigação “Lava Jato”. Policiais federais no Brasil disseram que estavam examinando supostamente operações de combustível corruptas envolvendo a Petrobras. https://goo.gl/sRAj9c

PÁGINA 12, Argentina | Aumento da pobreza no Brasil. O número de pobres no Brasil aumentou para 55 milhões, 26,5% da população total, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). https://goo.gl/HgerKz

EL DIÁRIO, Espanha | Educação no Brasil de Bolsonaro: sem Marx, sem Che e sem repúdio da ditadura. O Ministro da Educação, Vélez Rodríguez, é a favor de um regime militar incondicional e professor emérito da Escola de Comando e do Estado Maior do Exército. Eles querem evitar que a "educação de gênero" e a "reescrita da história" desmantelem valores como "preservação da vida, da família, da religião e do patriotismo". https://goo.gl/dDDkzk

EL DIÁRIO, Espanha | O primeiro deputado indígena do Brasil: "Bolsonaro não vai ter tão fácil". Em entrevista com Joênia Wapichana, advogada e primeira indígena eleita para o Parlamento brasileiro. Ante as ameaças de Jair Bolsonaro contra as reservas indígenas, ele responde: "Há um dever federal de demarcar essas terras e eliminá-las não é tão fácil quanto o presidente imagina". "A própria sociedade brasileira não vai concordar com vários dos abusos que estão sendo propostos", argumenta. https://goo.gl/m3EA1S

SPUTNIK NEWS, Rússia | Funai, 51 anos: quem vai cuidar dos índios do Brasil? Criada em 5 de dezembro de 1967, a Fundação Nacional do Índio (Funai) chega aos 51 anos com a incerteza de quem não sabe para onde ir. Acuado por posturas polêmicas do governo eleito, o órgão responsável pela proteção dos direitos dos povos indígenas deve sofrer mudanças radicais em 2019, que, na prática, poderão comprometer sua própria finalidade. https://goo.gl/6dwch7

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | Grafitti com beijo de Bolsonaro e Trump durou 48 horas até ser apagado. Obra em Maracanaú, perto de Fortaleza, foi alvo de tinta azul, apenas 48 horas depois de ter sido desenhada por Yuri Souza, de 21 anos. Entretanto, viralizou nas redes sociais .https://goo.gl/BLWgJC

EL TELÉGRAFO, Equador | Brasil registra 54,8 milhões de pessoas vivendo na pobreza, 26,5 % da população total. O estudo revela que a proporção de pessoas no cinturão da extrema pobreza no Brasil também aumentou, de 6,6% da população em 2016 para 7,4 em 2017, passando de 13,5 milhões para 15,2 milhões. As estatísticas fazem parte do Resumo de Indicadores Sociais 2018, divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). https://goo.gl/5AXKXj

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Boaventura Sousa Santos – Economia Política (Página 12, Argentina): “Explicar a igualdade ao 1% mais rico” https://goo.gl/frs3Sa

Olivier Bot – Pelo Mundo, Europa (Tribune de Genève, Suíça):“A França amarela, a Europa escura” https://goo.gl/dfqFB5

Timothy Snider, entrevista – Sociedade e Cultura (El Mundo, Espanha): “Se nada fizermos, a extrema direita seguirá crescendo” https://goo.gl/Xqc7V8

Ishaan Taroor – Poder e Contrapoder (The Washington Post, EUA): “Pode crescer  um internacionalismo de esquerda contra Trump e a extrema direita?” https://goo.gl/XAU98L

Bryan Mier– Política, Brasil (Brasilwire, EUA): “Por quê Bolsonaro venceu? Além dos clichês” https://goo.gl/cEgvHz

Conteúdo Relacionado