CM8 Internacional

CM8 Internacional - 10/06/2018

Lula já é o candidato oficial do PT. Foi postulado com um texto que foi lido por Dilma no congresso do partido. Ele disse estar confiante de que a Justiça Eleitoral não cederá à chantagem e lhe permitirá concorrer nas eleições de outubro. Ele disse que seu objetivo é recuperar a felicidade dos trabalhadores e acabar com seu sofrimento. (Página 12, Argentina)

10/06/2018 09:11

Ato nacional de lançamento da pré-candidatura de Lula a presidente do Brasil, em Contagem. (Foto: Ricardo Stuckert)

Créditos da foto: Ato nacional de lançamento da pré-candidatura de Lula a presidente do Brasil, em Contagem. (Foto: Ricardo Stuckert)



No exterior, se discute o desprezo de Trump pelos demais países do G-7 e suas consequências enquanto Putin se diverte; na Argentina, Macri passou a rejeitado e seus conterrâneos reprovam o acordo com o FMI, economistas franceses acusam Macron de governar para os ricos e há ainda a reunião de Trump com Kim Il-sung em Cingapura. No Brasil, o lançamento da candidatura de Lula e sua liderança nas pesquisas, mesmo preso, dominam o noticiário no exterior sobre o Brasil

1- NOTÍCIAS DO MUNDO

Página 12, Argentina

Macri na descendente. Para três em cada quatro argentinos o acordo com o FMI é má gestão e não uma pechincha. O acordo com o FMI acentua a queda na aprovação popular do presidente. Uma pesquisa do Centro de Estudos de Opinião Pública para a página 11 revela que dois em cada três argentinos avaliam mal a administração do governo, três em quatro veem a situação econômica mal e não querem um acordo com o FMI e mais de seis em dez acreditam que o tarifaço não era necessário.

https://www.pagina12.com.ar/120622-para-tres-de-cada-cuatro-es-mala-gestion-y-no-ganga

Esquerda.net, Portugal

Eleições na Eslovênia: triunfo da direita populista. O quadro partidário é muito fragmentado, tendo nove forças políticas ultrapassado a cláusula-barreira de 4%, nas eleições de 3 de junho. O partido nacional-conservador SDS foi o mais votado, mas a formação de um novo executivo não se afigura fácil.

https://www.esquerda.net/artigo/eleicoes-na-eslovenia-triunfo-da-direita-populista/55521

Público, Portugal

Economistas da campanha de Macron acusam-no de favorecer os mais ricos. As reformas económica do Presidente francês estão a alienar os que lhe deram a vitória, advertem os três especialistas.

https://www.publico.pt/2018/06/09/mundo/noticia/economistas-da-campanha-de-macron-acusamno-de-favorecer-os-mais-ricos-1833842

Al Jazeera, Catar

Kim Jong-un chega a Cingapura antes da cúpula histórica. O presidente dos EUA, Donald Trump, deve chegar a Cingapura às 12h30 (horário de Brasília), antes das esperadas negociações nucleares.

https://www.aljazeera.com/news/2018/06/kim-jong-jet-arrives-singapore-landmark-summit-180610052755681.html

El Espectador, Colômbia

Guatemaltecos pedem demissão de seu presidente em razão da "incapacidade" de responder a emergências. Com velas acesas e chefiadas por estudantes universitários, os guatemaltecos exigiram justiça não apenas para as vítimas da erupção do vulcão Fuego, mas também para os afetados, que não recebem assistência humanitária.

https://www.elespectador.com/noticias/el-mundo/guatemaltecos-piden-renuncia-de-su-presidente-por-incapacidad-para-atender-emergencia-articulo-793531

A Reunião de Cúpula dos G-7

The Guardian, Inglaterra

Trump mostra seu desprezo pelos aliados do G7. Na cúpula, o presidente atacou a UE e o Canadá no comércio, pediu gentileza à Rússia, mostrou entusiasmo com o encontro com o ditador da Coréia do Norte e disse que saberia “no primeiro minuto” se a reunião seria bem sucedida. Em seguida voou para Cingapura para seu encontro com Kim Il-Sung, deixando um rastro de confusão e frustração entre os aliados tradicionais dos EUA.

https://www.theguardian.com/us-news/2018/jun/09/trump-g7-allies-comments-russia-north-kore

Página 12, Argentina

Trump foi isolado na reunião de cúpula do G-7 no Canadá. Os países ricos do G7 se distanciaram das decisões do presidente dos Estados Unidos. Há poucos que acreditam que o mundo é um lugar mais seguro depois que o magnata rompeu o acordo de 2015 com Teerã, que limita as atividades nucleares iranianas que poderiam ser usadas para o desenvolvimento de uma bomba atômica.

https://www.pagina12.com.ar/120599-trump-quedo-aislado-en-la-cumbre-de-canada

Diário de Notícias, Portugal

Trump avisa G7: "Se retaliarem estão a cometer um erro". Debaixo de "fogo amigo" pela decisão de impor tarifas às importações de aço e alumínio, o presidente dos EUA, Donald Trump, esteve na cimeira do G7, no Quebec, para se defender e propor a criação de uma zona de livre comércio

https://www.dn.pt/mundo/interior/trump-avisa-g7-se-retaliarem-estao-a-cometer-um-erro-9427031.html

Le Monde, França

Vladimir Putin brinca sobre o "falatório inventivo" dos países do G7. O líder russo falou de Xangai, onde há uma reunião com a China, Índia e Irã, sobre o documento final do G7 antes de os EUA voltarem.

https://www.lemonde.fr/international/article/2018/06/10/vladimir-poutine-ironise-sur-le-babillage-inventif-des-pays-du-g7_5312453_3210.html

The Washington Post, EUA

Em meio a uma disputa com Trudeau, Trump tira os EUA da declaração conjunta do G-7. Numa reunião acirrada que acabou com os laços entre os Estados Unidos e seus aliados mais próximos, o presidente tuítou que ele havia dito a autoridades norte-americanas que retirassem o apoio a um comunicado do G7 que ele havia assinado poucas horas antes. O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, criticou duramente a política comercial de Trump no sábado, dizendo que os canadenses "não serão tangidos".

https://www.washingtonpost.com/business/economy/trump-floats-end-to-all-tariffs-threatens-major-penalties-for-countries-that-dont-agree/2018/06/09/a06350be-6bf1-11e8-bea7-c8eb28bc52b1_story.html?utm_term=.68ae8ea79841

Democracy Now, EUA

Com Trump isolado no G7, o presidente francês sugere um novo “G6”. O presidente Macron afirmou: “Os outros seis países do G7 representam um mercado maior que o mercado americano. Vamos enfrentá-lo, não há hegemonia mundial se encontrarmos uma maneira de nos organizarmos.”

https://www.democracynow.org/2018/6/8/headlines/with_trump_isolated_at_g7_summit_french_president_suggests_a_new_g6

Sputnik News, Rússia

Putin responde ao G-7: parem com esse lero-lero e resolvam questões concretas. A Rússia nunca abandonou o G8 e o país ficará feliz em ver os integrantes do grupo em Moscou, afirmou nesta segunda-feira (10) o presidente russo, Vladimir Putin. "No que se refere ao regresso da Rússia ao G7, não o abandonamos. Naquela época, os colegas se recusaram a vir à Rússia pelos motivos conhecidos. Ficaremos felizes em ver todos em Moscou", afirmou o líder russo durante a coletiva de imprensa na China.

https://br.sputniknews.com/russia/2018061011435604-putin-g7-cupula-china-ucrania/

2- NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

El Mercúrio, Chile

Preso há dois meses, Lula continua liderando a eleição presidencial no Brasil. A pesquisa, realizada em 6 e 7 de junho, indica que 30% do eleitorado votaria no ex-presidente, que cumpre pena de 12 anos e um mês.

http://www.emol.com/noticias/Internacional/2018/06/10/909275/Preso-hace-dos-meses-Lula-sigue-liderando-encuesta-presidencial-en-Brasil.html

The Guardian, Inglaterra

Ex-presidente do Brasil, Lula, preso para mantê-lo fora das eleições. Prof. David Treece e outros protestam contra a prisão do ex-presidente brasileiro. Na seção de cartas do jornal.

https://www.theguardian.com/world/2018/jun/08/brazils-ex-president-lula-imprisoned-to-keep-him-out-of-the-election-letters

Página 12, Argentina

Lula já é o candidato oficial do PT. Foi postulado com um texto que foi lido por Dilma no congresso do partido. Ele disse estar confiante de que a Justiça Eleitoral não cederá à chantagem e lhe permitirá concorrer nas eleições de outubro. Ele disse que seu objetivo é recuperar a felicidade dos trabalhadores e acabar com seu sofrimento.

https://www.pagina12.com.ar/120587-lula-ya-es-el-candidato-oficial-del-pt

L’Humanité, França

Brasil. "Lula, guerreiro do povo brasileiro", sai em campanha. Na prisão por dois meses, o ex-chefe de Estado pretende concorrer à presidência em outubro. Mesmo atrás das grades, as pesquisas o deixam confortável com essa escolha.

https://www.humanite.fr/bresil-lula-guerrier-du-peuple-bresilien-part-en-campagne-656477

Público, Portugal

Lula divulga manifesto de candidatura à presidência do Brasil. “Não posso me conformar com o sofrimento dos mais pobres e o castigo que está se abatendo sobre a nossa classe trabalhadora", escreveu o ex-Presidente.

https://www.publico.pt/2018/06/09/mundo/noticia/lula-divulga-manifesto-de-candidatura-a-presidencia-do-brasil-1833837

El Telégrafo, Equador

PT reafirma Lula como o único candidato em condições para a presidência. "Lula é nosso candidato porque ele é o único em posição de tirar o país da crise e pacificar o país", disse Hoffmann, "e não há outro líder político da estatura de Lula no país, com capacidade de interlocução popular de Lula." uma conferência de imprensa.

https://www.eltelegrafo.com.ec/noticias/mundo/8/pt-lula-candidato-inocencia

La Jornada, México

Vigília a favor da candidatura presidencial de Lula. Em Curitiba, milhares de manifestantes realizaram uma vigília nesta manhã em Curitiba, perto da cela onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saudar o lançamento de sua candidatura à presidência.

http://www.jornada.unam.mx/ultimas/2018/06/09/vigilia-en-favor-de-la-candidatura-presidencial-de-lula-8813.html

Diário de Notícias, Portugal

Exército e polícia recebidos a tiro na favela da Rocinha. Mais de mil efetivos do Exército e da polícia foram sábado recebidos a tiro quando iniciavam uma operação na Rocinha, a maior favela do Rio de Janeiro, no Brasil, segundo fontes oficiais.

https://www.dn.pt/mundo/interior/exercito-e-policia-recebidos-a-tiro-em-operacao-na-maior-favela-do-rio-de-janeiro-9426522.html

RFI, França

Jornalista lança livro em Paris sobre José Ibrahim, um dos maiores nomes do sindicalismo brasileiro. Ele foi o líder da primeira grande greve contra a ditadura militar no Brasil (1964-1985). Preso e torturado durante os anos de chumbo, ele foi exilado e entrou para a história do sindicalismo e da política, ao participar da fundação de várias centrais sindicais, além do Partido dos Trabalhadores (PT).

http://m.br.rfi.fr/brasil/20180608-maze-torquato

 

Conteúdo Relacionado