CM8 Internacional

CM8 Internacional - 11/01/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

11/01/2019 10:09

 

 


1 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. Com tochas. Marcha massiva contra o tarifaço. Uma multidão respondeu ao pedido de sindicatos e organizações sociais para repudiar "a determinação do governo de favorecer grandes empresas de serviços". Com tochas em suas mãos, eles marcharam em direção ao Congresso em protesto para um freio aos aumentos contínuos. (PÁGINA 12, Argentina) https://goo.gl/vMd8Zc 

EXTREMA DIREITA. O mapamundi se encheu de ultradireitistas. De Le Pen e Salvini na Europa, passando por Duterte, nas Filipinas, até Bolsonaro, no Brasil. Steve Bannon, ex conselheiro de Trump, mudou-se para Bruxelas, onde fundou "O Movimento" com o objetivo de federar todos os partidos nacionalistas e de extrema-direita e tomar o Parlamento Europeu pelas eleições de maio. (PÁGINA 12, Argentina) https://goo.gl/9NwsWk 

FRANÇA. "Não é porque somos" coletes amarelos "que não temos respeito pela polícia” e “a polícia com a gente, diziam os “coletes amarelos” quando as manifestações começaram em novembro. Essas palavras de ordem desapareceram pouco a pouco, dando lugar à desconfiança, até ao medo. O olhar dos manifestantes de Oise contra policiais tornou-se ambivalente, mas a violência de ambos os lados se acentua face a face. Semana após semana, a violência perpetrada em ambos os lados aumentou. O movimento agora está se transformando face a face entre "coletes amarelos" e a aplicação da lei. (LE MONDE, França) https://goo.gl/cxBkd8 

VENEZUELA. Maduro jura pelo segundo mandato: será presidente da Venezuela até 2025. O presidente tomou posse acompanhado de críticas de opositores e boa parte da comunidade internacional. Maduro prometeu "defender a independência e integridade absoluta do país, para tentar trazer prosperidade social e econômica" para os venezuelanos. (EL DIÁRIO, Espanha) https://goo.gl/tt1fpN 

ITÁLIA. Salvini defende uma primavera europeia de extrema-direita. Matteo Salvini encontrou-se esta quarta-feira com os líderes do seu congénere polaco em busca de criar “uma Primavera europeia” nacionalista. O ministro do Interior italiano e líder do partido de extrema-direita Liga insistiu também na recusa em aceitar refugiados. (ESQUERDA.NET, Portugal) https://goo.gl/gGxcZn 

REINO UNIDO. Corbyn irá desapontar os adeptos do segundo referendo Brexit: ele exigirá novas eleições. O líder trabalhista falará antes da votação do Parlamento e indicará que "somente um novo governo pode lidar com a Europa". Os pró-europeus de esquerda e centro-esquerda e todos os apoiadores de um segundo referendo Brexit ficaram desapontados. Disse Corbyn: “A divisão real no Reino Unido não é entre brexiters e anti-Brexit, mas entre os poucos ricos e muitos pobres. Somente quando esta falha tiver sido remediada, a do Brexit será curada ". (LA REPUBBLICA, Itália) https://goo.gl/TmZXuo 

EUA. A Casa Branca considera desviar recursos destinados a ajuda em desastres  para construir o muro. Autoridades da Casa Branca consideraram desviar a ajuda de Porto Rico, Flórida, Texas e Califórnia para construir um muro de fronteira sob uma declaração de emergência. (THE NEW YORK TIMES, EUA) https://goo.gl/i1ckzJ 

EUA. Para manter o governo fechado, a Casa Branca se aventura em território desconhecido. A Casa Branca pediu às agências para que uma lista de serviços fosse retomada para minimizar o impacto público da paralisação federal. É parte de um esforço para manter grande parte do governo em funcionamento enquanto o presidente tenta uma longa batalha por um muro de fronteira. (THE WASHINGTON POST, EUA) https://goo.gl/zKBeXe 

ÍNDIA. Com a proximidade das eleições, a luta de castas se agudiza. Agora quando 200 milhões de indianos estão em greve, o primeiro ministro escolheu privilegiar as castas superiores lhes garantindo quotas de contratos. (L’HUMANITÉ, França) https://goo.gl/5L1xxm 

ESQUERDA EUROPEIA. Conheça os nacionalistas de esquerda da Europa. A ascensão de líderes como Sahra Wagenknecht e Jean-Luc Mélenchon marca uma virada importante contra a livre circulação na Europa - às custas dos imigrantes. (THE NATION, EUA) https://goo.gl/RhG5FR 

ISRAEL. Netanyahu teria recebido US $ 300.000 para pagamento de advogados. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, é acusado de ter recebido pelo menos US $ 300 mil para pagar seus advogados por crimes de corrupção. "Este financiamento pode prejudicar a confiança pública no governo no contexto de integridade (...). Sob as circunstâncias, dar permissão para quebrar as regras não é justificado ou apropriado de uma perspectiva pública", disse o Comitê do Escritório do Controlador do Estado de Israel. (TELESUR, Venezuela) https://goo.gl/CJhAat 

VENEZUELA. ONU reitera apoio à Venezuela no novo mandato presidencial de Maduro. O responsável afirmou que o secretário-geral da ONU, António Guterres, reitera o seu apelo ao "diálogo político inclusivo" na Venezuela. (ÚLTIMAS NOTÍCIAS, Uruguai) https://goo.gl/xvZKT3 

2 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

EL TELÉGRAFO, Equador |
Protesto maciço no Brasil contra o aumento do preço do transporte. Milhares de brasileiros fizeram um protesto em massa ontem, em São Paulo, a maior cidade do país, contra o aumento do preço dos transportes públicos, para protestar contra a decisão do prefeito local, Bruno Covas, e do governador do estado, João Doria. Os participantes carregavam cartazes com mensagens como "reduções salariais e aumenta a taxa", "Sem cortes" ou "BolsoDoria quer roubar o povo", e gritavam "Vamos às ruas contra o aumento". https://goo.gl/uG2Czt

THE GUARDIAN, Inglaterra | 'Um jogo de paciência e persistência': a vida nos “desertos” da internet em São Paulo. Mais de 50% das pessoas ao redor do mundo agora usam a internet, mas na maior cidade do Brasil, os que têm ou não têm, às vezes, vivem a poucos metros de distância. Acesso universal à internet é improvável até pelo menos 2050, dizem especialistas. https://goo.gl/3SJAf4

PÁGINA 12, Argentina | O macho assustado. Em suas primeiras palavras como presidente, Jair Bolsonaro apontou como o principal inimigo a "ideologia de gênero" e seu ministro Damares Alves prometeu crianças de azul e meninas de rosa. O binarismo de gênero, embora ainda dominante, é percebido como uma ameaça: como o bolsonarismo o transformou no grande laboratório de sua restauração conservadora? https://goo.gl/QWt9Ac

ESQUERDA.NET, Portugal | O núcleo central do governo Bolsonaro – o protofascismo. O caráter do novo governo não significa que tenha sido implantado no Brasil um ‘regime fascista’, mas evidencia que há tendências fortes nessa direção. https://goo.gl/ZzNjg8

RFI, França | Maduro chama Bolsonaro de fascista durante posse para segundo mandato. O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, prestou juramento nesta quinta-feira (10) para um segundo mandato de seis anos, desafiando os Estados Unidos e grande parte da comunidade internacional, que consideram sua reeleição ilegítima. O líder venezuelano aproveitou a cerimônia para alfinetar o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro. https://goo.gl/UPd9Ux

RFI, França | Jornal francês questiona se Bolsonaro será capaz de pragmatismo político. Dois jornais franceses trazem análises nesta quinta-feira (10) sobre o governo de Jair Bolsonaro. Les Echos se pergunta se o novo presidente brasileiro será capaz de pragmatismo político. Le Figaro analisa a posição de Bolsonaro em relação à Venezuela. https://goo.gl/URZyhU

TRUTHDIG, EUA | O novo presidente do Brasil patrocinará um retorno à ditadura? Jair Bolsonaro começou seu mandato como presidente do Brasil no ano novo, exatamente como os defensores dos direitos humanos e ambientalistas temiam que ele fizesse - emitindo ordens executivas destinadas a grupos indígenas, afro-brasileiros descendentes de escravos e da comunidade LGBTQ. Ele declarou que sua posse significava "libertação do socialismo, valores invertidos, estado inchado e correção política".  https://goo.gl/b8Ev4X

OTHER NEWS, Itália | Os povos indígenas serão as primeiras vítimas do novo governo de extrema direita do Brasil https://goo.gl/b8Ev4X

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Robert Reich – Pelo Mundo, EUA (The Guardian, Inglaterra): “Trump está usando o governo como moeda de troca, como um ditador” https://goo.gl/46bJH8

Alexandre Ferro – Pelo Mundo, Venezuela (Página 12, Argentina): “De democracias e reconhecimentos” https://goo.gl/nz8uP8

Paul Krugman – Pelo Mundo, EUA (The New York Times, EUA): “O grande experimento “libertariano” de Trump – alimento contaminado cheira liberdade?” https://goo.gl/4mmHpf

Conteúdo Relacionado