CM8 Internacional

CM8 Internacional - 13/09/2018

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

13/09/2018 09:54

 

 

1 - NOTÍCIAS DO MUNDO

AUSTRÁLIA.
Políticos australianos de direita atacam menina, 9, por protesto contra o hino. Harper Nielsen se recusou a se levantar durante o hino nacional, para mostrar apoio aos povos indígenas. "Leve-a para fora da escola", disse Hanson em um vídeo postado no Facebook, no qual ela também a rotulou de "pirralho". Ela atacou os pais de nove anos de idade, dizendo: "Eu te digo, eu daria um chute na bunda." (THE GUARDIAN, Inglaterra)

https://www.theguardian.com/politics/2018/sep/12/tory-brexiter-group-publishes-plan-for-checks-away-from-irish-border

FRANÇA. Desigualdade e pobreza: o discurso duplo de Macron não passará. O presidente vai lançar amanhã sua estratégia de luta contra a pobreza. Associações, atores da solidariedade e autoridades eleitas alertam contra um plano que não aborda as causas reais dessa precariedade. Começando com a política de destruição social do governo. (L’HUMANITÉ, França

https://www.humanite.fr/inegalites-pauvrete-le-double-discours-demmanuel-macron-ne-passe-pas-660588

ARGENTINA. Temos que deter esses torturadores. Uma professora em uma escola em Moreno, fechado para protestar pela morte de outros dois outros professores foi sequestrada, espancada, introduzido no porta-malas de um carro, onde as três pessoas que atacaram você escreveu no abdômen, com um soco, num claro ato de tortura: "Olla no”. A legenda refere-se ao trabalho que está sendo feito pelos professores na escola, para alimentar os alunos e realizar nas ruas das classes externas. O sindicato responsabilizou o governo pela segurança dos educadores. (PÁGINA 12, Argentina)

https://www.pagina12.com.ar/141867-tenemos-que-parar-a-estos-torturadores

HUNGRIA. Parlamento Europeu denuncia "riscos de violação do Estado de direito" na Hungria. Os deputados exigiram que a grande maioria dos estados europeus desencadeasse o artigo 7 dos tratados da UE contra a Hungria. O artigo 7.º dos Tratados da UE, que é tão excepcional quanto estigmatizante, e já foi antes utilizado uma vez na história da UE (pela Comissão contra a Polónia no final de 2017), pode, por conseguinte, ser ativado em contra o governo de Viktor Orban por seu tratamento com os imigrantes. (LE MONDE, França)

https://www.lemonde.fr/europe/article/2018/09/12/le-parlement-europeen-declenche-une-procedure-contre-la-hongrie_5354033_3214.html

ESPANHA. A votação sobre a exumação do corpo de Francisco Franco para retirar seus restos mortais do cemitério nacional do “Valle de los Caídos” será hoje no Parlamento espanhol. EL PAÍS, Espanha)

https://elpais.com/politica/2018/09/13/actualidad/1536818667_370836.html

EUA. EUA tem maior participação de nascidos no exterior desde 1910. Os dados confirmam uma grande mudança em quem está vindo para os Estados Unidos: os recém-chegados são mais propensos a ter vindo da Ásia do que da América Latina. Alguns dos maiores ganhos foram em estados com as menores populações de imigrantes, sugerindo que eles estão se espalhando pelo país. O presidente Trump está planejando pagar ao México US $ 20 milhões para deportar imigrantes não autorizados para lá. (THE NEW YORK TIMES, EUA)

https://www.nytimes.com/2018/09/13/us/census-foreign-population.html?action=click&module=Top%20Stories&pgtype=Homepage

EUA. Tensões sobre raça e gênero moldam as eleições de meio mandato, refletindo o cisma na era Trump. Uma análise mostra a nítida divisão demográfica entre os partidos, com os democratas estabelecendo ou combinando recordes de diversidade entre os indicados e o Partido Republicano apoiando uma chapa masculina fortemente branca. (THE WASHINGTON POST, EUA)

https://www.washingtonpost.com/powerpost/raw-tensions-over-race-and-gender-shape-midterms-reflecting-schism-in-trump-era/2018/09/12/a27e80cc-aca0-11e8-a8d7-0f63ab8b1370_story.html?utm_term=.b8478cf0d545

FRANÇA. Presidente Macron uso sistemático de tortura por militares na guerra da Argélia. Ele anunciou sua decisão divisora no contexto de um pedido de esclarecimento sobre o destino de Maurice Audin, um matemático comunista e militante anticolonial que foi torturado pelo exército francês e desapareceu à força em 1957, no meio da sangrenta batalha da Argélia. pela independência da França. (THE WASHINGTON POST, EUA)

https://www.washingtonpost.com/world/europe/frances-macron-admits-to-militarys-systematic-use-of-torture-in-algeria-war/2018/09/13/6b0e85cc-b729-11e8-94eb-3bd52dfe917b_story.html?utm_term=.c67412dac275

ARGENTINA. Professores entram em greve por 48 horas na Argentina. A Frente da Unidade de Ensino e a União de Trabalhadores da Educação (UTE) realizam uma greve de 48 horas que começou na manhã desta quarta-feira, 12 de setembro, em franca rejeição das ofertas de aumento salarial propostas pelo governo argentino. (EL TELÉGRAFO, Equador)

https://www.eltelegrafo.com.ec/noticias/mundo/8/docentes-argentina-paro-protesta

ISRAEL. Espionagem e intimidação. Lobby israelense, o documentário proibido. Uma investigação do canal Al-Jazeera revela os métodos dos lobistas americanos favoráveis a Israel. Mas, ansioso para não alienar essas organizações em sua disputa com a Arábia Saudita, o Qatar congelou a transmissão do relatório. (LE MONDE DIPLOMATIQUE, França)

https://www.monde-diplomatique.fr/2018/09/GRESH/59047

2 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

L’HUMANITÉ, França

Lula declara que não será mais candidato, mas que fará campanha a partir de sua cela onde ele está arbitrariamente detido. Sob a pressão de um ultimato da justiça eleitoral, o ex-presidente do Brasil anunciou que Fernando Haddad, seu ex-ministro da Educação, o substituto durante a eleição. Depois de uma conspiração político-judicial, iniciada na sequência do golpe institucional de Estado em que Roussef foi desalojada da presidência, o fundador histórico do Partido dos Trabalhadores (PT) anunciou que não concorreria à a eleição presidencial de 7 de outubro. Na segunda-feira o Comitê de Direitos Humanos da ONU, novamente demandou ao Estado brasileiro garantir a Lula o pleno exercício de seus direitos políticos. Mas três dias antes, o juiz do TSE Felipe Salomão havia proibido as palavras "eu sou Lula" em materiais de campanha na mídia.

https://www.humanite.fr/bresil-lula-declare-forfait-mais-fera-campagne-du-fond-de-son-penitencier-660623

L’HUMANITÉ, França

Fernando Haddad, da sombra à luz. O ex-ministro foi um dos arquitetos das políticas de inclusão social do ex-presidente Lula. Defensor da reforma política, o candidato quer despertar a consciência política das novas classes médias.

https://www.humanite.fr/fernando-haddad-de-lombre-la-lumiere-660625

EL PAÍS, Espanha

Haddad, o herdeiro acidental de Lula que terá que aprender a falar com os pobres do Brasil. O ex-prefeito de São Paulo e acadêmico representa um apelo dirigido à classe média da esquerda, perdida após os escândalos de corrupção.

https://elpais.com/internacional/2018/09/10/actualidad/1536603104_581100.html

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal

Sara, a ex-feminista radical que agora organiza um congresso anti-feminista. Liderou "beijaços gay" em frente a igrejas e simulou castrar Bolsonaro. Hoje, diz reger-se pelos 10 mandamentos.

https://www.dn.pt/mundo/interior/sara-a-ex-feminista-radical-que-agora-organiza-um-congresso-anti-feminista-9838029.html

EL TELÉGRAFO, Equador

Fernando Haddad é o plano B de Lula da Silva Pablo. O ex-ministro da Educação quer aproveitar o apoio de seu mentor político. Com o ex-presidente brasileiro, o candidato de extrema-direita Jair Bolsonaro lidera as pesquisas. Mas o último enfrenta uma crescente rejeição dos eleitores por ser radical.

https://www.eltelegrafo.com.ec/noticias/mundo/8/fernandohaddad-candidato-brasil

TELESUR, Venezuela

O juiz do Supremo Tribunal Federal do Brasil, Edson Fachin, deu prosseguiria ou arquivaria uma nova queixa de corrupção contra o presidente não eleito Michel Temer. Ao longo de seu mandato, Temer já foi denunciado duas vezes por corrupção, lavagem de dinheiro e pertencimento a uma organização criminosa.

https://www.telesurtv.net/news/fiscalia-brasil-decision-nueva-denuncia-temer-20180913-0006.html

SPUTNIK NEWS, Rússia

Vazio de poder gerado no governo de Temer foi preenchido por militares. Falando sobre a corrida eleitoral no Brasil, o sociólogo argentino Ariel Goldstein opinou em entrevista à Sputnik Mundo que o fato de os militares não terem sido julgados pelos crimes cometidos na época da ditadura, influencia a ingerência antidemocrática das forças armadas nos assuntos do país.

https://br.sputniknews.com/opiniao/2018091112183073-brasil-eleicoes-bolsonaro-exercito-governo-temer/

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Ralph De Biasi e Sadik Khan – Meio Ambiente (The Guardian, Inglaterra)

“Como prefeitos de New York e Londres conclamamos todas as cidades para escapar dos combustíveis fósseis”

https://www.theguardian.com/commentisfree/2018/sep/10/london-new-york-cities-divest-fossil-fuels-bill-de-blasio-sadiq-khan

Eric Nepomuceno – Política, Brasil (Página 12, Argentina)

“As regras do jogo”

https://www.pagina12.com.ar/141857-las-reglas-del-juego

Conteúdo Relacionado