CM8 Internacional

CM8 Internacional - 16/03/2017

"Rio de Janeiro: cinco tiros mataram Marielle, ativista de direitos humanos. Marielle Franco foi executada, junto com seu motorista após denunciar abusos e a violência nas favelas. De outra parte, na Amazônia, foi morto um ambientalista que lutava pelos direitos dos povos indígenas." (La Repubblica, Itália)

16/03/2018 12:15

Divulgação

Créditos da foto: Divulgação

 
1 - ESPECIAL: O ASSASSINATO DE MARIELLE FRANCO

LA REPUBBLICA, ITÁLIA

Rio de Janeiro: cinco tiros mataram Marielle, ativista de direitos humanos. Marielle Franco foi executada, junto com seu motorista após denunciar abusos e a violência nas favelas. De outra parte, na Amazônia, foi morto um ambientalista que lutava pelos direitos dos povos indígenas.

http://www.repubblica.it/esteri/2018/03/15/news/rio_de_janeiro_cinque_colpi_per_marielle_attivista_dei_diritti_umani-191373742/

RFI, FRANÇA

“O tráfico não opera da forma como Marielle foi executada”, diz delegado. Para Orlando Zaccone, Para ele, a morte de Marielle Franco tem forte conotação política. Delegado da polícia civil do Rio de Janeiro, ele faz parte de um grupo de policiais civis e militares, suprapartidário, autointitulado “Policiais Antifascismo”, que propõe o debate de uma nova política de segurança, tendo a garantia dos direitos humanos como prioridade.

http://m.br.rfi.fr/brasil/20180315-o-trafico-nao-opera-da-forma-como-marielle-foi-executada-diz-delegado

LA VANGUARDIA, ESPANHA

Luto no Brasil. Marielle Franco, a voz guerreira das favelas que foi silenciada pelas balas. Mulher, mãe, feminista, negra e nativa da Favela da Maré, o assassinato em plena rua da vereadora esquerdista consterna milhares de pessoas no Rio de Janeiro e outras cidades do país.

http://www.lavanguardia.com/internacional/20180315/441548890762/marielle-franco-favelas-guerrera.html

THE GUARDIAN, INGLATERRA

Protestos foram realizados em todo o Brasil depois de uma popular vereadora da cidade do Rio e seu motorista terem sido morto a tiros por dois homens no que tudo indica ter sido um assassinato encomendado. Marielle Franco, de 38 anos, foi uma política influente que se tornou uma voz para as pessoas desfavorecidas nas agitadas favelas que são o lar de quase um quarto da população do Rio de Janeiro, onde a pobreza, a brutalidade policial e os tiroteios com traficantes são rotina.

https://www.theguardian.com/world/2018/mar/15/marielle-franco-shot-dead-targeted-killing-rio

PÁGINA 12, ARGENTINA

Marielle Franco lutou pela defesa das mulheres e pelo fim da violência que parte do próprio Estado . A perícia inicial confirmou que não há elementos de roubo na cena e se supõe ter sido um assassinato político por conta das recentes denúncias que a vereadora havia feito contra a militarização do Rio de Janeiro e a crueldade contra os mais vulneráveis.

https://www.pagina12.com.ar/101880-mensaje-de-odio-disciplinador

PÁGINA 12, ARGENTINA

Quatro disparos para matar uma lutadora social. A líder feminista e afro-americana Marielle Franco foi assassinada por supostos paramilitares no Brasil. A execução do jovem líder do Partido do Socialismo e da Liberdade sacudiu o Palácio do Planalto e a aventura militar de Temer, que convocou seus ministros com urgência. Demonstrações em massa denunciaram a violência e exigiram justiça.

https://www.pagina12.com.ar/101878-cuatro-tiros-para-matar-a-una-luchadora-social

PÁGINA 12, ARGENTINA

Artigo de Eric Nepomuceno: “Uma morte que traumatiza”

https://www.pagina12.com.ar/101769-una-muerte-que-traumatiza

LIBÉRATION, FRANÇA

Marielle Franco, uma renovação na esquerda brasileira, cai sob balas. Ativista infatigável dos direitos humanos contra a violência policial nas favelas, ela foi assassinada na quarta-feira no Rio. Ela tinha 38 anos.

http://www.liberation.fr/planete/2018/03/15/marielle-franco-renouveau-de-la-gauche-bresilienne-tombe-sous-les-balles_1636429

RFI, FRANÇA

Jornais europeus especulam se assassinato de Marielle Franco teve motivação política. O assassinato da vereadora do PSOL, Marielle Franco, e de seu motorista, Anderson Pedro Gomes, na noite de quarta-feira (14), no Rio de Janeiro, repercute na imprensa europeia. Os jornais especulam se o crime foi político.

http://m.br.rfi.fr/brasil/20180315-jornais-europeus-especulam-se-assassinato-de-marielle-franco-teve-motivacao-politica

ESQUERDA.NET, PORTUGAL

Lisboa: homenagem a Marielle Franco. No Rio de Janeiro e em Lisboa, centenas de pessoas homenagearam a vereadora do PSOL, assassinada esta quarta-feira. O Bloco de Esquerda apresentará um voto de pesar esta sexta-feira.

https://www.esquerda.net/artigo/lisboa-homenagem-mariella-franco/53808

THE NEW YORK TIMES, EUA

Assassinato no Rio de Janeiro de vereadora abala o Brasil. “Quantos mais terão que morrer para essa guerra acabar?”, escrevera no twitter Marielle Franco pouco antes.

https://www.nytimes.com/2018/03/15/world/americas/killing-of-rio-de-janeiro-councilwoman-critical-of-police-rattles-brazil.html?rref=collection%2Fsectioncollection%2Famericas&action=click&contentCollection=americas&region=stream&module=stream_unit&version=latest&contentPlacement=1&pgtype=sectionfront

THE WASHINGTON POST, EUA

Chorando, cantando e clamando com raiva, milhares se reuniram na frente da Câmara de Deputados do Estado do Rio de Janeiro na quinta-feira para dizer adeus a uma vereadora negra atingida por quatro tiros, um assassinato bruto que chocou o Brasil e levantou questões sobre a eficácia da intervenção do exército na segunda maior cidade do país.

https://www.washingtonpost.com/world/the_americas/rio-councilwomans-murder-puts-army-takeover-in-spotlight/2018/03/15/faccf070-287e-11e8-a227-fd2b009466bc_story.html?utm_term=.24a719d55e76

LOS ANGELES TIMES, EUA

Vereadora combativa do Rio de Janeiro, que lutava pelos marginalizados da cidade, foi assassinada a tiros. Milhares lamentam e choram sua morte.

http://www.latimes.com/world/la-fg-brazil-marielle-franco-20180315-story.html

PÚBLICO, PORTUGAL

Vereadora crítica da Polícia Militar assassinada no Rio de Janeiro. Marielle Franco foi atingida com quatro tiros na cabeça quando seguia num automóvel. Marcada vigília para esta quinta-feira em Lisboa.

https://www.publico.pt/2018/03/15/mundo/noticia/vereadora-critica-da-policia-militar-assassinada-no-rio-de-janeiro-1806715

SPUTNIK NEWS, RÚSSIA

O assassinato de Marielle Franco choca o Brasil. Devido à repercussão, PGR quer federalizar a investigação sobre seu assassinato. Segundo nota oficial divulgada pelo Ministério Público Federal (MPF), a procuradora geral da República, Raquel Dodge, pretende federalizar a investigação do assassinato da vereadora no Rio.

https://br.sputniknews.com/brasil/2018031610750539-pgr-marielle-franco-raquel-dodge/

TELESUR, VENEZUELA

A ONU quer transparência na investigação da vereadora assassinada Mareille Franco. A organização solicitou uma investigação independente para que tenha credibilidade.

https://www.telesurtv.net/news/onu-investigacion-asesinato-marielle-franco-brasil-20180315-0057.html

EL TELÉGRAFO, EQUADOR

O Brasil repudia a morte de uma vereadora do Rio de Janeiro.. Marielle Franco denunciou o aumento da violência policial nas favelas e opôs-se à intervenção militar da segurança do Rio de Janeiro decretada por Temer. O Brasil está em estado de convulsão nacional diante da execução, com quatro tiros na cabeça, por assassinos contratados, da vereadora da oposição Marielle Franco, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). https://www.eltelegrafo.com.ec/noticias/mundo/8/brasil-repudia-el-asesinato-a-tiros-de-una-concejala

El MERCÚRIO, CHILE

Exige-se uma investigação "imediata e rigorosa" para o crime da vereadora no Rio de Janeiro. "Não há dúvidas quanto ao contexto, motivação e autoria do assassinato de Marielle Franco", disse a Anistia Internacional.

http://www.emol.com/noticias/Internacional/2018/03/15/898804/Exigen-investigacion-inmediata-y-rigurosa-por-crimen-de-concejala-en-Rio-de-Janeiro.html

DW BRASIL, ALEMANHA

Deputados europeus pressionam UE a agir após morte de Marielle. Bancada de esquerda do Parlamento Europeu condena assassinato da vereadora e pede que Bruxelas suspenda imediatamente as negociações comerciais com o Mercosul. Parlamentares fazem ato com cartazes em homenagem à carioca.

http://www.dw.com/pt-br/deputados-europeus-pressionam-ue-a-agir-ap%C3%B3s-morte-de-marielle/a-42999409

THE INTERCEPT BRAZIL, EUA

Líderes da direita respondem ao assassinato de Marielle Franco com abusos, politicagem e silêncio

https://theintercept.com/2018/03/15/marielle-franco-assassinato-direita-politicagem/

PÁGINA 12, ARGENTINA

https://www.pagina12.com.ar/101746-un-crimen-politico

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, PORTUGAL

https://www.dn.pt/mundo/interior/-policia-admite-que-vereadora-do-rio-pode-ter-sido-executada-9191062.html

CORRIERE DELLA SERA, ITÁLIA

http://video.corriere.it/marielle-franco-voce-ultimi/6bc1ac7c-289c-11e8-86ee-403ce21a628a

RFI, FRANÇA

http://m.br.rfi.fr/brasil/20180315-marielle-franco-do-psol-e-assassinada-no-rio-crime-pode-ser-politico

EURONEWS, PORTUGAL

http://pt.euronews.com/2018/03/15/rio-e-lisboa-homenageiam-marielle-franco

DEMOCRACY NOW, EUA

https://www.democracynow.org/2018/3/15/headlines/brazilian_human_rights_activist_marielle_franco_killed_in_apparent_assassination

LA NACIÓN, ARGENTINA

https://www.lanacion.com.ar/2117390-el-asesinato-en-rio-de-una-popular-concejala-conmociona-a-brasil

EL ESPECTADOR, COLÔMBIA

https://www.elespectador.com/noticias/el-mundo/asesinato-de-activista-y-concejala-en-rio-conmociona-brasil-articulo-744654

LA JORNADA, MÉXICO

http://www.jornada.unam.mx/ultimas/2018/03/15/indignacion-en-velatorio-de-marielle-franco-concejala-brasilena-asesinada-5542.html

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, VENEZUELA

http://www.ultimasnoticias.com.ve/noticias/internacionales/concejal-opositora-michel-temer-fue-asesinada-rio-janeiro/

2 - OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE O BRASIL

THE GUARDIAN, INGLATERRA

Poluição, doença, ameaças e assassinatos: esta fábrica no Amazonas é o elo? A morte de um líder comunitário brasileiro se seguiu às preocupações sobre a água contaminada em torno da indústria de alumínio em Barcarena no Estado do Pará. Mas seus proprietários noruegueses negam responsabilidade. Durante anos, as pequenas comunidades perto de um parque industrial em Barcarena, no estado brasileiro do Pará, reclamaram que uma planta de alumínio de propriedade da Noruega e outras fábricas contaminavam suas águas, causando diarréia e vômitos e envenenavam peixe e produtos locais. Em novembro, eles lançaram um pedido legal de US $ 154 milhões por danos ambientais e morais contra o governo do estado do Pará, a refinaria de alumina Hydro Alunorte e a fábrica de alumínio Albras. A empresa norueguesa Norsk Hydro possui 92% da Hydro Alunorte e 51% da Albras.

https://www.theguardian.com/world/2018/mar/16/brazil-pollution-amazon-aluminium-plant-norwegian

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, PORTUGAL

Lula diz em livro que está "preparado para ser preso". A Verdade Vencerá - o Povo Sabe Por Que Me Condenam é lançado hoje no Brasil. Na obra, o antigo presidente recusa refugiar-se em embaixadas,

https://www.dn.pt/mundo/interior/lula-diz-em-livro-que-esta-preparado-para-ser-preso-9190484.html

3 - NOTÍCIAS DO MUNDO

THE GUARDIAN, INGLATERRA

Jeremy Corbyn desafia os críticos e pede com respeito à Rússia. Líder trabalhista adverte contra a "intolerância a macartismo" após o ataque ao ex-agente russo. Jeremy Corbyn desafiou os críticos em seu próprio partido e advertiu o primeiro-ministro do Reino Unido contra "traçar o caminho antes das provas" sobre o envenenamento do russo espião da Inglaterra. Ele pede uma ação “calma e ponderada” e adverte contra o impulso a uma “nova guerra fria” com a Rússia.

https://www.theguardian.com/politics/2018/mar/15/corbyn-defies-critics-calls-for-calm-over-russia-nerve-agent-attack

LES ECHOS, FRANÇA

China: Trump prepara novo conjunto de medidas protecionistas. O governo norte-americano está planejando novas tarifas aduaneiras sobre dezenas de bilhões de dólares de bens importados, bem como restrições ao investimento e à imigração.

https://www.lesechos.fr/monde/etats-unis/0301441692801-chine-trump-prepare-une-nouvelle-salve-de-mesures-protectionnistes-2161443.php



Conteúdo Relacionado