CM8 Internacional

CM8 Internacional - 21/03/2018

O alto risco de defender direitos humanos no Brasil. Morte da vereadora Marielle Franco chama atenção para insegurança no país, um dos mais perigosos do mundo para ativistas. Programa de proteção sofre com falta de interesse do governo. De acordo com um relatório da Anistia Internacional divulgado em fevereiro, que cita números da Comissão Pastoral da Terra (CPT), ao menos 62 ativistas foram assassinados no Brasil em 2017

21/03/2018 08:44

 

 
1 - NOTÍCIAS SOBRE O BRASIL

Deutsche Welle Brasil, Alemanha

O alto risco de defender direitos humanos no Brasil. Morte da vereadora Marielle Franco chama atenção para insegurança no país, um dos mais perigosos do mundo para ativistas. Programa de proteção sofre com falta de interesse do governo. De acordo com um relatório da Anistia Internacional divulgado em fevereiro, que cita números da Comissão Pastoral da Terra (CPT), ao menos 62 ativistas foram assassinados no Brasil em 2017. 

http://www.dw.com/pt-br/o-alto-risco-de-defender-direitos-humanos-no-brasil/a-43057950

El País Brasil, Espanha

Apontadas como suspeitas pela execução de Marielle, milícias atuam no Rio sem serem incomodadas. Grupos de ex-policiais, militares e agentes na ativa não foram confrontados, garantindo expansão dessa força paralela. Dois milhões de pessoas vivem em áreas sob seu controle

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/03/19/politica/1521481656_961928.html

Página 12, Argentina

Santos e Temer intervêm na Venezuela. Os presidentes da Colômbia, Manuel Santos, e do Brasil, Michel Temer, se comprometeram ontem em Brasília a trabalhar “pela recuperação da democracia” na Venezuela, cuja crise provocou uma migração de venezuelanos para esses países. Segundo afirmaram, o país perturba a América Latina.

https://www.pagina12.com.ar/102849-santos-y-temer-intervienen-en-venezuela

El País, Espanha

Crônica de Eliane Brum: “O Brasil chora por uma mulher negra e lésbica e feminista”

https://elpais.com/elpais/2018/03/20/opinion/1521563964_872691.html

Le Monde, França

No Brasil, o assassinato da militante Marielle Franco suscitou uma onda de indignação sem precedentes.

http://www.lemonde.fr/ameriques/video/2018/03/20/bresil-l-assassinat-de-la-militante-marielle-franco-suscite-une-vague-d-indignation-sans-precedent_5273778_3222.html

RFI, França

O Brasil é um paradoxo em termos de gestão hídrica, diz o jornal francês Le Figaro. O jornal Le Figaro desta terça-feira (20) analisa as soluções ecológicas promovidas pelo 8° Fórum Mundial da Água, que acontece em Brasília. As árvores são uma alternativa ao concreto para ajudar na gestão dos recursos hídricos, afirma o título da matéria. O diário conservador também traz reportagem sobre o saneamento básico no Brasil e afirma que a gestão hídrica no país é um paradoxo.

http://m.br.rfi.fr/brasil/20180320-brasil-e-um-paradoxo-em-termos-de-gestao-hidrica-diz-le-figaro

RFI, França

"A indústria farmacêutica foca nas populações mais ricas", denuncia brasileira premiada pela Unesco. Por que algumas doenças simples, conhecidas há décadas ou há mais de cem anos, continuam a atingir as populações mais carentes do mundo? Porque a pesquisa da cura e erradicação dessas enfermidades teria um alto custo, sem retorno lucrativo para a indústria farmacêutica. É na contramão dessa tendência que trabalha a professora Rafaela Salgado Ferreira, diretora do laboratório de modelagem molecular da Universidade Federal de Minas Gerais, ganhadora do prêmio L’Oréal-Unesco para Jovens Talentos Femininos que se destacam nas ciências.

http://m.br.rfi.fr/brasil/20180320-rafaela-salgado-ferreira-premio-loreal-unesco

Sputnik News, Rússia

Documentário mostra imagens raras do Estado Novo e provoca debate sobre o período. Estreou nos cinemas brasileiros esta semana o filme "Imagens do Estado Novo 1937-45", dirigido por Eduardo Escorel e produzido por Cláudio Kahns. O longa-metragem revisa a herança do período ditatorial de Getúlio Vargas através de imagens raras.

https://br.sputniknews.com/cultura/2018031910775610-documentario-estado-novo-debate-periodo/

Diário de Notícias, Portugal

Brasil vai pagar um milhão de dólares a índios xucuru. A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão judicial autónomo com sede na Costa Rica, decidiu que o Estado brasileiro deve pagar um milhão de dólares (cerca de 820 mil euros) aos índios xucuru, do estado de Pernambuco, por desrespeito e morosidade na demarcação dos seus territórios. Mais do que a quantia, o que preocupa o Brasil, com uma população de 900 mil indígenas de 240 povos diferentes, e outros países latino-americanos com perfil idêntico, é o precedente que se abre.

https://www.dn.pt/mundo/interior/brasil-vai-pagar-um-milhao-de-dolares-a-indios-xucuru-9201580.html

The New York Times, EUA

Trump Lauds Putin vitória. O chamado do presidente Trump para parabenizar o presidente Vladimir V. Putin por sua reeleição aconteceu dias depois que a Casa Branca impôs sanções à Rússia por se intrometer nas eleições de 2016 e em outros ataques cibernéticos. Trump foi contra o conselho de seus assessores e manteve o foco da chamada no que a Casa Branca disse ser "interesses compartilhados".

https://www.nytimes.com/2018/03/20/us/politics/trump-putin-russia.html?hp&action=click&pgtype=Homepage&clickSource=story-heading&module=first-column-region&region=top-news&WT.nav=top-news

The New York Times, EUA

Brasil iniciará nova etapa de vacinações de febre amarela, temendo novos surtos.

https://www.nytimes.com/2018/03/20/world/americas/yellow-fever-brazil-vaccinate.html?rref=collection%2Fsectioncollection%2Famericas&action=click&contentCollection=americas&region=stream&module=stream_unit&version=latest&contentPlacement=1&pgtype=sectionfront

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

The Guardian, Inglaterra

Os arquivos Cambridge Analytica. Altos executivos da empresa, do núcleo da violação de dados do Facebook, se gabavam de ter um papel fundamental em levar Donald Trump ao poder e disseram que usaram publicidade "não atribuível e não rastreável" para apoiar seus clientes nas eleições, de acordo com uma fonte que não quer aparecer.

https://www.theguardian.com/uk-news/2018/mar/20/cambridge-analytica-execs-boast-of-role-in-getting-trump-elected

Página 12, Argentina

Artigo de Eduardo Febbro: “O liberalismo coloniza na rede.”

https://www.pagina12.com.ar/102813-el-liberalismo-coloniza-en-la-red

The Wall Street Journal, EUA

Trump quer acelerar restrições aos investimentos e comércio da China. A Casa Branca pretende tornar mais difícil para as empresas chinesas adquirir tecnologia avançada dos EUA ou investir em empresas americanas.

https://www.wsj.com/articles/trump-to-ramp-up-trade-restraints-on-china-1521593091

L’Humanité, França

SNFC: a fatura salgada da privatização. A mudança no estatuto da empresa pública de transportes francês sairá mais cara que mantê-la na situação atual.

https://www.humanite.fr/sncf-la-facture-salee-de-la-privatisation-652406

Democracy Now, EUA

“Foi um crime”: 15 anos após a invasão dos Estados Unidos sob o falso pretexto de que Saddam Hussein escondia armas de destruição em massa, iraquianos ainda enfrentam traumas, destruição e violências.  O ataque ocorreu apesar do protesto mundial e da falta de autorização do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

https://www.democracynow.org/2018/3/20/a_criminal_war_15_years_after

The Washington Post, EUA

Steve Bannon, o assessor de Trump na campanha presidencial, supervisionou a coleção de dados do Facebook da Cambridge Analytica, de acordo com o ex-funcionário.

https://www.washingtonpost.com/politics/bannon-oversaw-cambridge-analyticas-collection-of-facebook-data-according-to-former-employee/2018/03/20/8fb369a6-2c55-11e8-b0b0-f706877db618_story.html?utm_term=.b2b5d83e8f1e

Público, Portugal

Cambridge Analytica, a empresa que manipula a democracia à escala global. Uma empresa especializou-se em usar dados recolhidos nas redes sociais para manipular as emoções dos utilizadores e conquistar votos para quem paga mais. Uma investigação do britânico Channel 4 começa a desmontar a teia montada pela Cambridge Analytica.

https://www.publico.pt/2018/03/20/tecnologia/noticia/ca-a-empresa-que-manipula-a-democracia-a-escala-global-1807409



Conteúdo Relacionado