CM8 Internacional

Clipping Internacional - 02/06/2017

A saída de Donald Trump do Acordo de Paris é um crime contra a humanidade, ainda que sua ignorância sobre a ciência climática o impeça de ver as coisas.

02/06/2017 12:10

Carta Maior

Créditos da foto: Carta Maior

AS REPERCUSSÕES NO MUNDO DA SAÍDA DOS EUA DO ACORDO DE PARIS
The Nation, EUA
A saída de Donald Trump do Acordo de Paris é um crime contra a humanidade. Isso é assassinato, ainda que sua ignorância teimosa sobre a ciência climática o impeça de ver as coisas assim.
https://www.thenation.com/article/donald-trumps-withdrawal-paris-accords-crime-humanity/
Los Angeles Times, EUA
Editorial: A mais clara evidencia até agora de que Trump está transformando os Estados Unidos numa força para o mal no mundo.
http://www.latimes.com/opinion/editorials/la-ed-trump-paris-climate-change-china-european-union-20170601-story.html
The New York Times, EUA
Trump retira os Estados Unidos do Acordo do Clima alegando ser uma ameaça à economia norte-americana. O meio ambiente sofrerá em consequência, dizem aliados e rivais. Ao fazê-lo Trump afirmou: “fui eleito pelos cidadãos de Pittsburgh, não Paris.” A decisão foi um balde de água fria a chefes de estado, ativistas do clima, executivos empresariais e mesmo alguns membros da equipe do próprio presidente.
https://www.nytimes.com/2017/06/01/climate/trump-paris-climate-agreement.html?hp&action=click&pgtype=Homepage&clickSource=story-heading&module=a-lede-package-region&region=top-news&WT.nav=top-news&_r=0
Le Monde, França
Clima: o advento de um Estados Unidos derrotista. Editorial: ao abandonar o Acordo de Paris, os Estados Unidos de Donald Trump foge da batalha pelo clima. O século 21 não será “norte-americano” como foi o século 20.
http://www.lemonde.fr/idees/article/2017/06/02/climat-une-amerique-defaitiste_5137652_3232.html
La Repubblica, Itália
O fim do século norte-americano. O anúncio da retirada do Acordo de Paris sobre o clima chega cem anos depois da entrada do país na Primeira Guerra Mundial: é o sinal que Trump fez os Estados Unidos abdicar do papel primaz no planeta.
http://www.repubblica.it/esteri/2017/06/02/news/la_fine_del_secolo_americano-167014197/
The Guardian, Inglaterra
A saída do Acordo de Paris é mais prejudicial aos Estados Unidos que ao clima. O abandono pelos Estados Unidos do acordo sobre o clima traz riscos, mas a unidade do resto do mundo e os custos cadentes de energia limpa são motivos para esperança. Análise do editor de meio ambiente do jornal, Damian Carrington.
https://www.theguardian.com/environment/2017/jun/01/donald-trump-paris-climate-deal-pullout-us-impact
The Guardian, Inglaterra
A reação no mundo ao anúncio de Trump de dar as costas ao Acordo de Paris
https://www.theguardian.com/environment/live/2017/jun/01/donald-trump-paris-climate-agreement-live-news
El País, Espanha
Expressiva condenação internacional à retirada dos Estados Unidos do Acordo de Paris. França, Alemanha e Itália advertem que o pacto não pode ser renegociado.
http://internacional.elpais.com/internacional/2017/06/01/actualidad/1496350760_788673.html
Página 12, Argentina
Reação de Roma, Paris e Berlim: “não há plano B”
https://www.pagina12.com.ar/41555-no-hay-plan-b
The Washington Post, EUA
Os objetivos do Acordo de Paris já eram difíceis de serem alcançados. Com a saída será praticamente impossível. O alvo de reduzir o aquecimento global a um valor abaixo de um aumento de 2 graus Celsius sobre as temperaturas da época pré-industrial podem estar fora de alcance, dizem cientistas.
https://www.washingtonpost.com/business/economy/us-move-makes-already-tough-target-harder-to-hit/2017/06/01/6bbca3f8-4706-11e7-a196-a1bb629f64cb_story.html?hpid=hp_hp-top-table-main_climateimpact-830pm%3Ahomepage%2Fstory&utm_term=.34f68fe5b2c5
The Washington Post, EUA
Se os Estados Unidos dão suas costas às questões climáticas, Índia e China se apresentam. Mas os maiores poluidores asiáticos não serão capazes de substituir os incentivos financeiros que os Estados Unidos tinham colocado na mesa.
https://www.washingtonpost.com/world/asia_pacific/as-us-backs-away-from-climate-pledges-india-and-china-step-up/2017/06/01/59ccb494-16e4-4d47-a881-c5bd0922c3db_story.html?utm_term=.d14fd83ac145
Público, Portugal
Trump tira EUA do Acordo do Clima, por ser "um mau negócio". Presidente diz que quer voltar a negociar um pacto climático, "mais justo" para os contribuintes norte-americanos. O resto do mundo critica a acção unilateral e reafirma o compromisso com as metas de Paris.
https://www.publico.pt/2017/06/01/mundo/noticia/os-eua-saem-do-acordo-do-clima-para-depois-voltarem-a-entrar-diz-trump-1774307
Diário de Notícias, Portugal
Trump diz adeus a Paris. UE e China querem salvar clima. Donald Trump confirmou ontem a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas, tornando-o num dos três países, a par da Síria e Nicarágua, que ficam fora do entendimento e distanciando-se dos seus aliados. Mas não exclui voltar, em termos ditados por Washington. País vai cessar já o cumprimento das ações não vinculativas do acordo. Obama critica decisão e acusa sucessor de "rejeitar o futuro"
http://www.dn.pt/mundo/interior/trump-diz-adeus-a-paris-ue-e-china-querem-salvar-clima-8527086.html
Le Figaro, França
Clima: Os grandes empresários norte-americanos estão chocados e desapontados pela decisão de Trump
http://www.lefigaro.fr/conjoncture/2017/06/02/20002-20170602ARTFIG00035-climat-les-grands-patrons-americains-choques-et-decus-par-la-decision-de-trump.php
Boston Globe, EUA
Após a decisão já esperada de Trump de retirar os Estados Unidos do Acordo de Paris estimulou compromissos de resistência e demandas de cidades, estados e grupos regionais para que se cumpram os objetivos do acordo histórico por si mesmos.
https://www.bostonglobe.com/metro/2017/06/01/after-trump-decision-cities-and-states-vow-step-honor-pledge-curb-emissions/kvY73Y9mX2doELrSdMeDkN/story.html
Esquerda.net, Portugal
Alterações climáticas: Trump rasga acordo de Paris. Ao rasgar o acordo de Paris, sob o pretenso pretexto de dar impulso à economia norte-americana, Donald Trump confirma que a sua eleição como Presidente dos EUA “é um perigo global”.
http://www.esquerda.net/artigo/alteracoes-climaticas-trump-rasga-acordo-de-paris/49023
Al Jazeera, Catar
O mundo reage à saída dos Estados Unidos do acordo de Paris. Líderes, cientistas e gigantes tecnológicos condenam a decisão de Trump de deixar os Estados Unidos fora do histórico acordo climático de Paris.
http://www.aljazeera.com/news/2017/06/170602051722262.html
RT News, Rússia
“Não é bom para os Estados Unidos”, diz Elon Musk ao abandonar o papel de conselheiro de Trump após a retirada do Acordo de Paris. Ele cumpriu sua promessa de abandonar o presidente após sua atitude.
https://www.rt.com/usa/390530-musk-trump-paris-advisory-councils/
El Espectador, Colômbia
Decepção mundial pela decisão de Trump de retirar os Estados Unidos do Acordo de Paris. Enquanto Alemanha, França e Italia afirmara que o pacto não será renegociado, Reino Unido e Canadá defenderam o acordo e asseguram que continuarão combatendo a mudança climática. Também na ONU houve desilusão.
http://www.elespectador.com/noticias/el-mundo/decepcion-mundial-por-decision-de-trump-de-sacar-ee-uu-del-acuerdo-de-paris-articulo-696528
El Telégrafo, Equador
Os Estados Unidos, o país mais contaminante, se retira do Acordo de Paris. Donald Trump quer negociar um novo pacto.
http://www.eltelegrafo.com.ec/noticias/mundo/9/ee-uu-el-pais-mas-contaminante-se-retira-del-acuerdo-climatico-de-paris
BRASIL NA IMPRENSA INTERNACIONAL
Página 12, Argentina
Artigo de Emir Sader: PT, passado e futuro
https://www.pagina12.com.ar/41556-el-pt-pasado-y-futuro
Público, Portugal
A limpeza da "cracolândia" correu mal e foi parar aos tribunais. O prefeito de São Paulo foi travado devido à violência e à violação de direitos humanos no desmantelamento do grande supermercado de droga. Os consumidores começaram a instalar-se noutos pontos da cidade.
https://www.publico.pt/2017/06/02/mundo/noticia/a-limpeza-da-cracolandia-de-sao-paulo-presa-entre-os-tribunais-e-a-realidade-1774215
Diário de Notícias, Portugal
Polícia brasileira confisca 60 fuzis automáticas no aeroporto do Rio de Janeiro.
http://www.dn.pt/mundo/interior/policia-brasileira-confisca-60-espingardas-automaticas-no-aeroporto-do-rio-de-janeiro-8527410.html
RFI, França
Após 2 anos de recessão, Brasil cresce 1% no primeiro trimestre. O Brasil voltou a crescer, depois de dois anos de grande contração econômica. No entanto, ainda é prematuro dizer se o país saiu da pior recessão de sua história ou se terá uma recaída, em meio ao cenário de incerteza política.
http://m.br.rfi.fr/brasil/20170601-apos-2-anos-de-recessao-brasil-cresce-1-no-primeiro-trimestre
El Telegrafo, Equador
http://www.eltelegrafo.com.ec/noticias/mundo/9/janot-libero-informes-de-odebrecht-y-envio-a-fiscalias





Conteúdo Relacionado