CM8 Internacional

Clipping Internacional - 03/07/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

03/07/2019 08:48

(Lula Marques)

Créditos da foto: (Lula Marques)

 
NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

Polícia Federal
quer acessar as contas do jornalista Glenn Greenwald. A Polícia Federal brasileira, tutelada por Sérgio Moro, pediu um relatório das atividades financeiras do jornalista do The Intercept, que pôs em causa a imparcialidade da Lava Jato. Numa audiência realizada na terça-feira na Câmara dos Deputados, Sérgio Moro foi questionado diversas vezes, por deputados da oposição, se a Polícia Federal teria realmente pedido ao Conselho um relatório sobre as atividades financeiras de Glenn Greenwald, mas o ministro da Justiça não respondeu diretamente à questão. (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/323Kpom

The Intercept Brazil
e seu editor fundador, Glenn Greenwald, publicaram uma série de artigos de investigação que expõem sérios indícios de corrupção envolvendo Sergio Moro, ministro da Justiça do país. A reportagem enviou ondas de choque em todo o establishment político do Brasil. Também levou a muitas ameaças específicas contra membros do The Intercept Brazil, Greenwald e sua família. Agora, os ataques de Bolsonaro e Moro foram severamente escalados. A polícia federal brasileira solicitou formalmente uma investigação sobre as finanças de Greenwald, O governo brasileiro deve interromper imediatamente as investigações sobre Glenn Greenwald e The Intercept Brazil. (FREEDOM OF THE PRESS, EUA) | bit.ly/2XH0eC9

Desmatamento
desenfreado da Amazônia impulsionado pela ganância global por carne. Investigação expõe como o enorme setor de carne bovina do Brasil continua a ameaçar a saúde da maior floresta tropical do mundo. As vacas pastavam sob o sol amazônico do meio-dia. Era uma cena idílica de tranquilidade pastoral. Mas esta pastagem é uma terra que a fazenda foi proibida de usar para o gado desde 2010, quando foi embargada pela agência ambiental Ibama para o desmatamento ilegal. (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2Xl9o2S

Os magnatas
aventureiros da carne que quase derrubaram um governo. Como o estranho caso de um ex-presidente secretamente gravado por executivos do setor revelou onde está o poder no Brasil. Joesley Batista, no dia 17 de maio de 2017, um dos controladores da maior empresa de empacotamento de carne do mundo, a JBS, foi ao encontro do então presidente Michel Temer e secretamente o registrou endossando pagamentos a um político notoriamente corrupto preso. para a corrupção política. Por isso, os círculos financeiros brasileiros chamam aquela data de “O dia de Joesley”. (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2FR5RmW

A França
alerta que revisará com lupa o acordo com o Mercosul antes de ratificá-lo. Paris alerta que só assinará o pacto se forem respeitadas as "linhas vermelhas" no meio ambiente e as garantias para os agricultores. (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/2LwpmVD

Com Bolsonaro
, a fatura já está salgada para o meio ambiente. Candidato do agronegócio, o presidente de extrema-direita eleito por seis meses multiplica as decisões prejudiciais ao meio ambiente, defendendo o "desenvolvimento". Bolsonaro faz de tudo para atrapalhar o trabalho da agência de proteção ambiental Ibama. (L’EXPRESS, França) | bit.ly/321TzBT

Joesley Batista
, o rei da carne que levou à prisão o ex-presidente brasileiro. "Todo mundo vai acabar atrás das fechaduras", alertou há algumas semanas Joesley Batista, magnata do setor agroalimentar que prendeu o presidente brasileiro Michel Temer com uma gravação comprometedora. Dono da JBS, maior empresa de processamento de carnes do mundo, este empreendedor de 44 anos também é dono de um banco em seu conglomerado J & F e da marca Havaianas, os famosos chinelos vendidos no mundo. (LE POINT, França) | bit.ly/2FR2rkd

Vergonha, eles não têm! No Brasil os militares amam nazistas. O exército brasileiro pagou um tributo oficial a um comandante condecorado por Hitler e assassinado em 1966 durante a ditadura. (L’HUMANITÉ, França) | bit.ly/2JklkNn

O acordo da União Europeia e o Mercosul
está ameaçado. Membros da maioria presidencial de Emmanuel Macron, líderes e deputados ecologistas e agricultores ameaçados pelo escopo do acordo alteraram a agenda do compromisso acordado. A porta-voz do governo, Sibeth Ndiaye, disse que "a França, no momento, não está pronta para ratificar" o acordo. Posteriormente, o ministro da Transição Ecológica, François de Rugy, condicionou a aplicação do pacto UE / Mercosul ao respeito, por parte do Brasil, de seus compromissos em relação ao desmatamento da Amazônia. (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2LxY9Sp

Moro
foi questionado pela Câmara dos Deputados do Brasil. O Ministro da Justiça do Brasil, Sergio Moro, compareceu perante a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados para tentar explicar o escândalo desencadeado pela publicação de conversas com promotores da Lava Jato, onde foi revelada a pressão que Moro exercia como juiz para abordar o caso contra o líder do PT Lula da Silva. Moro se esquivou das perguntas sobre as revelações vazadas e disse que tudo não passava de uma "operação política partidária". (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2FPA2ea

A Polícia Federal
, subordinada ao ministro Sérgio Moro, investiga as finanças do jornalista Glenn Greenwald. A Polícia Federal (PF) – corporação equivalente ao FBI e que é subordinada ao ministro Sergio Moro – pediu ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) informações sobre as movimentações feitas pelo jornalista americano Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil. A publicação da nota gerou reações. Em sua página no Twitter, Greenwald declarou que a ação da PF, se confirmada, estaria configurada como "abuso de poder". Em uma mensagem direta a Moro pela rede social, o jornalista do The Intercept Brasil sugeriu que ele "investigue tudo o que quiser". (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2J7uk9O

Cuba
acusa Bolsonaro de manobra política pró-EUA para promover o bando de charutos de Cohiba. A proibição de vender os famosos charutos Cohiba cubana no Brasil é uma manobra política para evitar fontes de renda para uma ilha, publicou ou oficial Granma. (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2XJIqpW

O projeto de reforma da previdência
do presidente brasileiro avança na Câmara dos Deputados. O projeto de lei, que definiria uma idade mínima para a aposentadoria, ficaria aquém das economias inicialmente previstas de US $ 323 bilhões. (THE WALL STREET JOURNAL, EUA) | on.wsj.com/2XmYizt

Ex-ministros brasileiros
rejeitam políticas educacionais de Jair Bolsonaro. Dezenas de ex-ministros da Ciência e Tecnologia do Brasil repudiaram as políticas do presidente desse país, Jair Bolsonaro, para o sistema científico. Por meio de um documento intitulado "A Ciência Brasileira em Alerta", publicado na terça-feira, os ex-titulares de ciência denunciaram os cortes orçamentários nos sistemas educacional e científico do país. (ÚLTIMAS NOTÍCIAS, Venezuela) | bit.ly/323LTiq

A campanha anticorrupção
do Brasil foi exposta como corrupta - e poderia derrubar Jair Bolsonaro. Relatórios revelando o juiz na investigação de corrupção Lava Jato - agora o ministro da justiça - não só interferiram, mas dirigiram o caso de acusação contra Lula, dão um grande golpe ao presidente brasileiro. (THE INDEPENDENT, Inglaterra) | bit.ly/2RPjvMi

NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. O eclipse. Logo depois de colocá-lo no centro da campanha, Macri viu sua celebração do tratado do Mercosul com a União Europeia eclipsada. O governo francês condicionou a aplicação do pacto e anunciou que "não está pronto para ratificar o acordo". A porta-voz do governo, Sibeth Ndiaye. "a França, no momento, não está pronta para ratificar" o acordo. (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2LxY9Sp

EUROPA
. Christine Lagarde, primeira mulher a presidir o Banco Central Europeu. Por seu turno, a conservadora alemã Ursula von der Leyen será a primeira mulher a presidir a Comissão Europeia. (LA VANGUARDIA, Espanha) | bit.ly/2Jm6Igq

FRANÇA.
A França reduz o triunfalismo pelo acordo UE-Mercosul e esclarece que "ainda" não está pronta para assiná-lo. O governo francês diz que examinará "cuidadosamente" o texto antes de se comprometer com ele. A França tem sido um dos países mais relutantes a fechar o acordo com o Mercosul devido à pressão de seus agricultores, especialmente pelas importações de carne bovina e açúcar. (EL DIÁRIO, Espanha) | bit.ly/321UthL

EUROPA
. Christine Lagarde, escolha controversa à frente do BCE. Ao nomear o presidente do FMI, os europeus fizeram uma escolha política e não tecnocrática: ela não é nem economista nem uma banqueira central. (LE MONDE, França) | bit.ly/2FMmkbZ

ALEMANHA
. Toda a Alemanha apoia a capitã Carola Rackete. A capitã do Sea-Watch 3 foi finalmente libertada terça-feira à noite pelos tribunais italianos. Tornou-se o símbolo da rebelião contra a ausência de resgate de refugiados no Mar Mediterrâneo e empurrou de volta as costas italianas. (LE SOIR, Bélgica) | bit.ly/321U133

G-20.
Khashoggi: G20 em Riad deve ser cancelado sem avanço na investigação ao assassínio. Uma perita da ONU que investigou o assassínio do jornalista Jamal Khashoggi defendeu hoje que a convocação da próxima reunião do grupo das 20 principais economias para a Arábia Saudita deve ser anulada se não houver avanços na investigação. (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/2NxyxHW

EUA
. Condições inadequadas nos centros de fronteira, detalhadas no relatório do “Guardião” do governo. As condições de superlotação estão mais disseminadas nos centros de migrantes ao longo da fronteira sul do que o inicialmente revelado, disse um novo relatório. As descobertas perturbadoras incluem celas em pé, crianças sem chuveiros e refeições quentes, e detentos clamando desesperadamente por liberação. (THE NEW YORK TIMES, EUA) | nyti.ms/2JjQdBH

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Jonathan Watts
– Brasil (The Guardian, Inglaterra) | “Não devemos fazer um escambo da floresta amazônica por hambúrgueres e bifes - O acordo comercial UE-Mercosul é uma boa notícia para a indústria de carne bovina do Brasil, mas devastadora para a floresta tropical e o meio ambiente.” | bit.ly/30bWwhd

Evgeny Morozov
– Facebook (Le Monde Diplomatique, França) | “Facebook vai atrás das finanças – mudar ou morrer.” | bit.ly/321UxOx



Conteúdo Relacionado