CM8 Internacional

Clipping Internacional - 04/02/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

04/02/2020 09:09

(Retuers)

Créditos da foto: (Retuers)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

GOVERNO BOLSONARO/EDUCAÇÃO.
Desmonte da Educação com Bolsonaro é inédito desde ditadura, diz antropóloga especialista em Ensino Superior. "Desde meados de 1980, quando começa a redemocratização, a gente já tem um incremento nos níveis de educação fundamental. "O que nós assistimos nas últimas décadas, foi justamente o atendimento dessa demanda educacional por parte dos últimos governos de Lula e de Dilma Rousseff", diz a professora. Na contramão dessa história o governo de Jair Bolsonaro "tem um grande descaso, não só pelo Ensino Superior, mas pela Educação em geral, pela pesquisa, pelo desenvolvimento científico". "Me parece que estamos diante de uma situação bastante inédita, porque esse desmonte não aconteceu nem durante a ditadura, o regime militar. Corte de 30% para universidades federais, corte de pesquisa, corte de bolsa, proibição de professores participarem de eventos fora do país, tudo isso vai impactando de forma muito negativa tudo que foi sendo construído ao longo desses últimos 30 anos", conclui. (RFI, França) | tinyurl.com/r2lvwo5

DISCRIMINAÇÃO SEXUAL. O 24 da camisa de Kobe Bryant é usado contra a homofibia. O número que o místico jogador utilizava no basquete se convert no Brasil em símbolo da liberdade sexual. (El País, Espanha) | tinyurl.com/uvo9xc4

ÍNDIOS. A Survival International acusou o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, na segunda-feira de elaborar um "plano genocida" contra os povos indígenas, depois de nomear o missionário evangélico Ricardo Lopes como o novo chefe da Fundação Nacional do Índio (Funai) para as comunidades indígenas isoladas. (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/r7gxdno

BOLSONARO. Bolsonaro e Moro. Uma guerra fria no verão brasileiro. Com a eleição presidencial de 2022 como pano de fundo, presidente e superministro protagonizaram esta semana mais um de muitos braços-de-ferro. E já contam espingardas e munições. Tudo, no entanto, por trás de sorrisos e elogios públicos. (Diário de Notícias, Portugal) | tinyurl.com/wpn2p4v

BOLSONARO. Brasil criticado por voltar atrás no financiamento da luta contra o “terror”. Congresso corta remessa financeira para órgão de crimes financeiros por temer Bolsonaro poder se voltar contra adversários políticos. (Financial Times, Inglaterra) | tinyurl.com/v36yjd5

BOLSONARO. Jair Bolsonaro atacou os governadores nordestinos por não aderirem ao plano de criação de escolas militares "Se eles querem continuar formando militantes e desinformando, está tudo bem", disse o presidente. O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, mais uma vez atacou os governadores dos estados do nordeste brasileiro, uma região dominada politicamente pelo Partido dos Trabalhadores e outros setores da esquerda, por não aderir principalmente ao plano de Bolsonaro de construir escolas militares no país. Segundo o presidente da ultradireita, naquela região o sistema educacional forma militantes e desinformação, e é por isso que oito dos nove governadores da região não aderiram à iniciativa promovida pelo Ministério da Educação. (La Diária, Uruguai) | tinyurl.com/t3u5zeb

CORONAVÍRUS. “Coronavírus chegará com certeza ao Brasil”: especialista fala sobre desafios que país deve enfrentar em caso de epidemia. Para Nancy Bellei, consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia, o “coronavírus chegará com certeza ao Brasil”. “Espero que seja depois do Carnaval”, completa a especialista, que também é professora da Universidade Federal de São Paulo, e teme que a epidemia desembarque antes do previsto no país. Ela contou afirmou que, além dos custos com possíveis pacientes contaminados, um dos desafios cruciais que o Brasil poderá enfrentar, numa epidemia “mesmo controlada” do coronavírus, será a demora no resultado dos testes, hoje integralmente feitos pela Fundação Fiocruz. (RFI, França) | tinyurl.com/v4jxs4o

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA.
Cristina Kirchner denunciou a AFIP por manobras ilegais durante o período Macri. Ela publicou nas redes dois documentos que mostram os processos do ‘lawfare’ contra ela. A vice-presidente disse que desde a chegada de Macri ao governo " foram criados verdadeiros grupos de trabalho" de diferentes agências estatais para articular "uma perseguição feroz e sem precedentes" contra ela. Em duas apresentações, uma perante a justiça federal de Río Gallegos e outra antes da AFIP, ela explica como os macristas operaram clandestinos para montar um julgamento de execução fiscal. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/upcgg56

EUA. Confusão com o atraso nos resultados da convenção democrática em Iowa. Funcionários citam os esforços do "controle de qualidade". O atraso criou confusão generalizada entre as campanhas presidenciais e rumores de todos os tipos de falhas técnicas se espalharam pelo Estado. Especialistas em segurança cibernética disseram que o aplicativo usado nos ‘caucuses’ foi construído às pressas e não foi testado adequadamente. Os resultados serão publicados aqui quando estiverem disponíveis. (The New York Times, EUA) | tinyurl.com/qwwwb36

CHILE. A tensão social corta pela metade o crescimento do Chile em 2019. O Banco Central reduziu o aumento do PIB de 2,5% para 1,2%, o pior resultado econômico em dez anos. (El País, Espanha) | tinyurl.com/qngl9lqv

BOLÍVIA. Evo Morales se apresenta como candidato a senador na Bolívia nas eleições de maio. Morales lidera a candidatura de seu partido à região de Cochabamba, onde iniciou sua carreira política, em uma lista a ser confirmada pelo órgão eleitoral. (El Diário, Espanha) | tinyurl.com/yx7uvrwe

CHINA. Um hospital de 1.400 leitos em Wuhan emergiu do chão em dez dias apenas. No epicentro do coronavírus, uma unidade de emergência foi construída em tempo recorde para lidar com o afluxo de pacientes. Um segundo deve ser lançado esta semana. (Tribune de Genève, Suíça) | tinyurl.com/qvk44qv

BREXIT. Três dias após o Brexit, Londres e Bruxelas já estão afiando as armas para um confronto em seu futuro relacionamento. "Não há razão para que um acordo de livre comércio implique em aceitar regras europeias", disse Boris Johnson em seu primeiro discurso importante desde que o Reino Unido deixou a UE. (Le Monde, França) | tinyurl.com/uvaqyeu

ARGENTINA. Província de Buenos Aires, sob o novo governo de Axel Kiciloff, eleito com Alberto Fernández, fecha acordo com detentores de títulos da província, deixado pelo governo anterior, aliado de Macri. Os termos revistos atraem o apoio de alguns credores em testes importantes antes da crise da dívida do governo. (Financial Times, Inglaterra) | tinyurl.com/rpgsyyc

REINO UNIDO. Jornalistas saem do local da entrevista após tentativa de impor instruções seletivas dos planos de Boris Johnson para o Brexit. Jornalistas saíram de um briefing de Downing Street sobre os planos de Boris Johnson para o Brexit depois que o diretor de comunicações do primeiro-ministro tentou restringi-lo a publicações e emissoras selecionadas. Entre os boicotes à reunião, estavam a editora política da BBC, Laura Kuenssberg, e Robert Peston, da ITV. O Partido Trabalhista acusa o primeiro-ministro de adotar táticas no estilo Trump. (The Independent, Inglaterra) | tinyurl.com/wvqvjel

PERU. A maioria parlamentar nas mãos de um general genocida, um coronel messiânico e uma seita. Apesar de insistirem na queda de Fujimori, os parlamentares lançaram uma clara prevalência da direita, com suas variantes, unidas pela ideologia da pena de morte. (Tiempo Argentino, Argentina) | tinyurl.com/wtng6co

CHINA. China deve estabelecer meta de 6% do PIB no combate a vírus mortais. Embora especialistas e autoridades estejam geralmente dizendo que a tendência de crescimento da economia chinesa a longo prazo - que ainda possui sólidos fundamentos econômicos - não mudou, isso está fazendo pouco para amenizar os temores do mercado. O banco central anunciou que injeta 1,2 trilhão de yuans (US $ 174 bilhões) no mercado, e os reguladores de valores mobiliários suspenderam atividades de venda a descoberto, mas essas ações não parecem ter tido grande impacto na confiança do mercado. (Global Times, China) | tinyurl.com/ulz2xbs

CHINA/CORONAVIRUS. China admite problemas na resposta do vírus enquanto o número de mortos chega a 426. A alta liderança da China admitiu "deficiências e dificuldades" em sua resposta ao surto de coronavírus, enquanto a mídia estatal disse que um novo hospital construído em ritmo vertiginoso começou a receber pacientes no epicentro da crise. Sessenta e quatro novas mortes foram confirmadas na terça-feira - superando o recorde de segunda-feira de registrar o novo maior aumento diário desde que o vírus foi detectado no final do ano passado, na cidade central de Wuhan. (Asia Times, Cingapura) | tinyurl.com/qkat4f6

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Raul Zaffaroni – Bolívia (Página 12, Argentina) | “Bolívia: o termostato foi rompido” | tinyurl.com/wyvfkxb

Analia Más – Argentina (Página 12, Argentina) | “Estado laico para viver e decidir” | tinyurl.com/slq8pzg

Claudio Scaletta – Argentina (Página 12, Argentina) | “O perigoso vírus do fiscalismo no governo de Alberto Fernández” | tinyurl.com/rjs9edw

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “Como os zumbis engoliram a alma do Partido Republicano. Todos com princípios deixaram o Partido.” | tinyurl.com/smkuhj6

Paul Krugman, entrevista – Desigualdade (Le Figaro, França) | “Estou pronto a pagar mais imposto para que a sociedade seja melhor” | tinyurl.com/u6u9oya

Andy Robinson – Brasil e Bolívia (La Vanguardia, Espanha) | “Corromper e privatizar no Brasil e na Bolívia.” | tinyurl.com/sl8j6vt

Erik Orsenna, entrevista – Extrema direita (Diário de Notícias, Portugal) | “Há líderes nos EUA, Reino Unido e Brasil que são três pilares da catástrofe.” | tinyurl.com/u4jqqv6



Conteúdo Relacionado