CM8 Internacional

Clipping Internacional - 04/06/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

04/06/2019 08:07

(Arquivo/EFE)

Créditos da foto: (Arquivo/EFE)

 

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

EL TELÉGRAFO, Equador |
A maioria dos brasileiros se recusa a portar armas. Mais de 70% da população brasileira rejeita a flexibilização de armas fora de casa decretada recentemente pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, segundo uma pesquisa de opinião pública. | bit.ly/316Y4ud

EL MERCÚRIO, Chile |
73% dos brasileiros são contra a flexibilização do porte de armas promovida por Bolsonaro. A pesquisa realizada pelo Ibope também revelou que 61% dos consultados são contra as facilitar ter armas em casa. | bit.ly/2HSTnN1

BRAZIL WIRE, EUA |
SOS Rio: Polícia Militar mata 434 em 2019. A Polícia Militar do governador Wilson Witzel, aliado de Bolsonaro, está matando 5 pessoas por dia. A maioria das vítimas são jovens afro-brasileiros. Muitos estão sendo assassinados ao estilo de execução com tiros a curta distância na parte de trás da cabeça, ou por atiradores de elite de helicópteros. | bit.ly/2WnjvIN

LE MONDE, França |
A ascensão da violência policial, o pesado balanço do novo governador do Rio. Depois que Wilson Witzel, eleito em outubro pela promessa de acabar com o crime, encorajou a polícia a "atacar as cabeças dos traficantes", o fogo dos policiais resultou em várias mortes nas favelas. | bit.ly/3131b6F

SPUTNIK NEWS, Rússia |
Atacar liberdade de expressão pode custar o cargo do ministro da Educação, diz procurador. A queda de braço instalada entre o Ministério da Educação (MEC) de um lado, e de outro professores e estudantes que foram às ruas de todo o Brasil em dois protestos no mês passado, pode custar o cargo do ministro Abraham Weintraub. Na última sexta-feira, o Ministério Público Federal (MPF) deu um prazo de 10 dias ao MEC para que cancele a nota oficial na qual a pasta não autoriza a divulgação e estímulo a protestos durante o horário escolar para professores, servidores, funcionários, alunos e até mesmo pais e responsáveis. | bit.ly/2HU6gqb

LA REPUBBLICA, Itália |
Mulheres que lutam pelos direitos humanos: Brasil, denúncia contra abusos policiais e execuções extrajudiciais. Mônica Tereza Benício é a companheira de Marielle Franco, vereadora municipal do Rio de Janeiro.  Mais de um ano após o assassinato de Marielle e seu motorista em 14 de março de 2018, as autoridades brasileiras continuam a não fornecer às famílias das vítimas e à sociedade uma resposta adequada. Desde então, Monica luta junto com a Anistia Internacional para pedir a verdade sobre sua morte e continuar as batalhas de Marielle. | bit.ly/2WIWb7I

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal |
Bolsonaro criticado por homenagear "funkeiro" controverso e se esquecer da rainha do samba, Beth Carvalho. Presidente brasileiro prestou tributo a Mc Reaça, músico que se suicidou depois de espancar a amante grávida. No entanto, omitiu-se na morte de Beth Carvalho e após prêmio Camões a Chico Buarque, por exemplo. | bit.ly/2JVc593

LA DIÁRIA, Uruguai |
Presidente da Câmara dos Deputados acha que o governo Bolsonaro não tem uma "agenda" e alerta para "colapso social" | bit.ly/2Xt8y5c

SPUTNIK NEWS, Rússia |
Tensão entre Bolsonaro e Maia: governo mantém narrativa de 'governar elegendo inimigos'. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez duras críticas ao governo no último domingo, afirmando que o país está caminhando para o "colapso social". O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em entrevista ao jornal O Globo, na noite do último domingo, afirmou que o governo Bolsonaro "não tem uma agenda formulada" e que o país está "caminhando de forma rápida para o colapso social". | bit.ly/2IlyvNu

EURONEWS, Portugal |
Cacique Raoni recebe apoio em França. Raoni está a terminar um périplo pela Europa, onde veio pedir apoio e uma acção urgente de proteção do ambiente e dos povos indígenas. Em conversa com os jornalistas em Lyon, Raoni manifestou vontade de ir a Brasília para se encontrar com o presidente Brasileiro. Diz que quer falar com Bolsonaro para que pare de fazer "besteiras" na Amazônia. | bit.ly/319j5ET

LE FIGARO, França |
As 5 questões envolvidas no caso da denúncia de estupro a Neymar. | bit.ly/2HXTLu1

LA VANGUARDIA, Espanha |
Neymar terá que testemunhar perante a polícia por divulgar imagens íntimas. O atacante do PSG está sendo investigado pelas autoridades em dois processos diferentes, mas eles estão relacionados. | bit.ly/2ESK6Tz

NOTÍCIAS DO MUNDO

DINAMARCA |
A centro-esquerda da Dinamarca deve vencer eleição com mudança anti-imigração. Os social-democratas devem voltar ao poder nesta semana depois de apoiar políticas outrora de extrema-direita. Combinando temas à esquerda na questão do bem-estar social e direita com a imigração, provavelmente trará de volta os socialdemocratas ao poder nesta semana, enquanto os eleitores abandonam o governo de centro-direita e a extrema direita. (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2HU0DII

ARGENTINA |
Risco país saltou para 1015 pontos, recorde na época “Cambiemos”. Apesar de todos os gestos do governo em favor dos mercados, Wall Street acentua seu desencanto com as políticas econômicas do macrismo. No mercado, a percepção da insolvência cresce na economia argentina. O risco país tocou ontem o máximo de 1015 pontos. Ultrapassou o recorde anterior do macrismo de 1012 pontos do 25 de abril. (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2KwO33A

ARGENTINA |
Demonstração contra a violência sexista. Dezenas de milhares de mulheres protestaram ontem em Buenos Aires contra os crimes do machismo e pela legalização do aborto. (TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça) | bit.ly/2Z9RyRY

EUA e CHINA |
EUA e China criam nova Guerra Fria. No Fórum de Segurança de Cingapura, o ministro da Defesa chinês promete "lutar" "se alguém ousar separar Taiwan da China". (LE MONDE, França) | bit.ly/2wzkkij

EUA |
Na Califórnia, todos os candidatos do Partido Democrata são à esquerda. Os quinze contendores presentes na convenção de seu partido estavam pelo menos de acordo em uma coisa: bloquear o caminho para os moderados. (LE MONDE, França) | bit.ly/2Xtsbde

EUA |
Bernie Sanders quer que os democratas façam uma campanha direta, “sem meias palavras”. O senador se apresenta como o pai das ideias democratas atuais e ataca a opção moderada de Joe Biden. (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/31axlwT

EUA |
Os EUA começam a pedir informações sobre perfis nas redes sociais para entrar no país. Turistas, estudantes e trabalhadores devem informar quais redes sociais usam e quais são seus nomes de usuário para obter um visto de entrada. Também é necessário revelar os e-mails e números de telefone que foram usados nos últimos cinco anos. Apenas alguns vistos diplomáticos permanecem fora dos novos requisitos. (EL DIÁRIO, Espanha) | bit.ly/2W7Ca6F

EUA |
Legisladores do Partido Republicano discutem votação para bloquear as novas tarifas de Trump no México, no que seria um ato dramático de desafio. (THE WASHINGTON POST, EUA) | wapo.st/2wCrnHi

MÉXICO |
México alerta sobre retaliação por tarifas nos EUA. Ao enfatizar a negociação, as autoridades mexicanas alertam para um contrataque. (THE WALL STREET JOURNAL, EUA) | on.wsj.com/2If3Y47

FILIPINAS |
O presidente das Filipinas alega ter "curado" sua homossexualidade com "mulheres bonitas".  No passado, Rodrigo Duterte chegou a dizer que os homens estão mais bem preparados para governar e vieram oferecer "42 virgens" aos turistas que viajaram para as Filipinas. (LA VANGUARDIA, Espanha) | bit.ly/2IgSZHq

JULIEN ASSANGE |
Suécia se recusa a emitir um mandado de prisão contra Assange por estupro. Justiça rejeitou o pedido do Ministério Público sueco por não considerá-lo proporcional à sua situação atual de prisão, uma vez que ele acredita que é possível questionar Assange com uma ordem de investigação criminal europeia. Três dos crimes pelos quais Assange foi investigado na Suécia foram prescritos e o da violação será feita em agosto de 2020.(EL DIÁRIO, Espanha) | bit.ly/2WDOdwM

ECONOMIA MUNDIAL |
Mapa: a evolução dos salários no mundo. (EL DIÁRIO, Espanha) | bit.ly/2WKEG74

FRANÇA |
Pobreza a “Île-de-France”, a região de Paris mais rica em desigualdade. As disparidades estão aumentando e a “guetização” está aumentando no território mais rico da França. A valorização dos bairros próximos à capital está aumentando. O preço dos imóveis e a distribuição geográfica da habitação social explicam em parte essa evolução. (L’HUMANITÉ, França) | bit.ly/2wBdIAa

CHINA |
China cresce 30 anos depois de Tiananmen, mas repressão continua tabu. Pequim não se desculpou nem revelou o número de mortos, mas, por seu perfil global, aumenta o apelo por aumento de responsabilidade. | bit.ly/2WmQcGf

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Phillip Inman – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Donald Trump está punindo o México, mas sua briga real é doméstica.” | bit.ly/314HyLm

Tamara Lajtman
– Argentina (Pagina 12, Argentina) | “Macriland- os EUA na Argentina de Macri” | bit.ly/2Xp3xdO

Paul Krugman
– EUA (The New York Times, EUA) | “Trump faz os EUA irresponsáveis novamente – porque ‘tarifas’ não são um ‘mundo beleza’”. | nyti.ms/31bnUO3

Sophie McBain
 - EUA (The New Stateman, EUA) | “Donald Trump não que ser presidente dos EUA. Ele quer ser rei.” | bit.ly/2XrX1mq

Ralph Nader
– EUA (Truthdig, EUA) | “A sociedade norte-americana está em rápida decadência” | bit.ly/317VEvt

Brian Winter
– Brasil (Americas Quaterly, EUA) | Os Bolsonaros  tentam se comportar (as meias, por ora) – com uma recessão crescente e sussurros de impeachment, o presidente brasileiro tenta ser um enfoque menos confrontacional” | bit.ly/2KpnsFS

Conteúdo Relacionado