CM8 Internacional

Clipping Internacional - 04/09/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

04/09/2019 10:05

Espancamentos e tortura de adolescentes se repetem pelo país (Reprodução)

Créditos da foto: Espancamentos e tortura de adolescentes se repetem pelo país (Reprodução)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

ESTADO POLICIAL
. Assassinatos por policiais atingem uma alta de 20 anos no estado do Rio de Janeiro. Sob um projeto de lei apoiado pelo presidente do Brasil, eles poderiam se tornar ainda mais comuns. Bolsonaro foi eleito com a promessa de reprimir o crime. Ele pode reivindicar pelo menos uma vitória. Nos primeiros cinco meses deste ano, que também foram os cinco primeiros no cargo, as mortes violentas no país - incluindo homicídios, assaltos e roubos - foram 22% menores do que no mesmo período de 2018. Nesta pontuação, as estatísticas também são impressionantes. Entre janeiro e junho, a polícia do estado do Rio de Janeiro, um dos estados mais violentos do Brasil, matou 881 pessoas, ou cerca de cinco por dia. Isso representa um aumento de quase 15% em relação ao mesmo período do ano passado. A título de comparação, houve 2.964 homicídios no estado no mesmo período. | econ.st/2khRTmR

TORTURA.
Uma cruel vitrine do Brasil que ainda celebra a tortura. Cena de adolescente chicoteado por furtar barra de chocolate em São Paulo não é episódio isolado no país que maltrata jovens negros nas ruas e no sistema prisional. Enquanto tenta implorar a seu algoz pelo fim do açoite, com gritos abafados por uma mordaça, o adolescente de 17 anos recebe chicotadas pelo corpo despido, seguidas de risos e intimidações de outro homem que filmava a cena que viralizou nesta terça-feira. “Trata-se de uma situação de tortura, um crime hediondo e, ainda por cima, cometido com ares de sadismo”, diz Ariel de Castro Alves, integrante do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe), que acompanha as investigações. “Cobraremos punição aos responsáveis por esses atos bárbaros.” (El País, Espanha) | bit.ly/2lvtQB5

TORTURA.
Vídeo de adolescente negro açoitado por roubar chocolate causa indignação no Brasil. Filmagem de adolescente de 17 anos amordaçado traz comparação com o tratamento dos negros durante três séculos de escravidão. Nu e choramingando, as calças em volta dos tornozelos, o adolescente negro sacode e uiva de dor enquanto é chicoteado com cabo elétrico. "Você vai voltar?", Pergunta um de seus torturados. O jovem balança a cabeça, incapaz de falar porque foi amordaçado. Mesmo para os padrões brasileiros de racismo e crueldade, o chicote do garoto depois que ele foi pego roubando quatro barras de chocolate de um supermercado de São Paulo causou um choque profundo. As imagens de celular da provação do garoto foram amplamente compartilhadas, e muitos - incluindo o detetive que está investigando o caso . (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2lw20oi

TRABALHO ESCRAVO
. Resgatadas 59 vítimas de trabalho escravo em fazendas de café no Brasil. Uma operação de fiscalização resgatou 59 trabalhadores em condições de trabalho análogas à escravidão em fazendas de café, no final de agosto, no interior do Estado brasileiro de Minas Gerais. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2lygST7

SÍNODO AMAZÔNIA.
No Sínodo da Amazônia, sim aos índios, não a Bolsonaro. Políticos e militares, e, portanto, representantes dos governos latino-americanos, excluídos por decisão do Papa Francisco da assembleia episcopal agendada em Roma de 6 a 27 de outubro. Em vez disso, haverá representantes de povos indígenas, ambientalistas e cientistas, não Bolsonaro.(Il Manifesto, Itália) | bit.ly/2jZDsn4

AMAZÔNIA
. “Queimadas na Amazônia são um crime contra a humanidade”. Em entrevista, Chomsky defende que “as políticas de Bolsonaro são verdadeiramente criminosas e devem enfrentar forte oposição” e alerta que a emergência da crise ambiental, “a menos que seja rapidamente e seriamente abordada, condenará a vida humana organizada”.(Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2ksZ7V0

IDEOLOGIA DE GÊNERO
. Discussão sobre “ideologia de gênero” nas escolas do Brasil suscita debate na França. Praticamente no mesmo momento em que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro anunciava seu projeto de proibir o que qualifica como ensino da “ideologia de gênero” nas escolas, o assunto era tema de debate em uma universidade francesa. Os universitários criticaram a posição do chefe de Estado, mas também lembraram que essa não é uma especificidade brasileira, mesmo se o caso nacional mescla vestígios históricos que tornam a questão ainda mais complexa.(RFI, França) | bit.ly/2khRZuJ

TERRAS INDÍGENAS.
Nova crise à vista? Bolsonaro e presidente da Câmara divergem sobre terras indígenas.A discussão sobre a demarcação de terras indígenas gerou mais um ponto de divergência entre Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia. Após Jair Bolsonaro afirmar que vai pedir a revisão da demarcação de terras indígenas, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que não discutirá o tema, que classificou como polêmica desnecessária. Entrevista de Maurício Fronzaglia. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2lwh7y0

LULA
. Justiça do Brasil nega Lula usando as mensagens de Moro para sua defesa. Um tribunal rejeitou essa possibilidade, uma vez que os diálogos interceptados foram obtidos ilegalmente e não podem ser usados como prova em seus procedimentos.(El Periódico, Espanha) | bit.ly/2lvu9vJ

LULA
. Tribunal brasileiro nega a Lula uso de diálogos interceptados como prova. Juiz rejeitou o pedido para que fossem incluídas no processo as conversas entre procuradores da Operação Lava Jato e Sergio Moto, ex-magistrado e atual ministro da Justiça.(Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2lDChdi

CIÊNCIA E TECNOLOGIA
. Governo brasileiro corta mais de 5600 bolsas de mestrado e doutoramento. Este é o terceiro anúncio de cortes de bolsas universitárias em 2019. Medida representa uma poupança de 8,2 milhões de euros.(Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2kj5aLV

BOLSONARO
. Partidos brasileiros criam movimento contra Bolsonaro. Membros de 16 partidos políticos brasileiros e representantes da sociedade civil criaram um movimento chamado Direitos Já!, Fórum pela Democracia, a fim de defender a democracia que está sendo pisoteada pelo atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, publicou a Prensa Latina. O movimento é formado por organizações políticas com diferentes tendências, entre elas os Partidos dos Trabalhadores, Comunistas do Brasil, da Social Democracia Brasileira, Trabalhista Democrata, Democratas, Socialismo e Liberdade, entre outros.(Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/2jXWCcX

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

CRIMES DE GUERRA
. Grã-Bretanha, Estados Unidos e França podem ser cúmplices de crimes de guerra no Iêmen, armando e apoiando uma coalizão liderada pela Arábia Saudita que mata os civis como uma tática de guerra, informou um relatório da ONU. Um painel de especialistas da ONU compilou pela primeira vez uma lista de 160 oficiais e políticos militares que poderiam enfrentar acusações de crimes de guerra, incluindo Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, movimento rebelde houthi e forças militares do governo iemenita. Uma lista secreta daqueles com maior probabilidade de serem cúmplices foi enviada à ONU. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2kprVgY

REINO UNIDO.
Brexit. Em que votaram os rebeldes do Partido Conservador (“Tories”)e agora ocorrerá uma eleição? Movimento para bloquear Brexit sem acordo deixa governo sem maioria e segue para a eleição. O que aconteceu e o que acontecerá agora. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2lDSDmf

REINO UNIDO
. Parlamento dá um golpe fatal na estratégia de Johnson para o Brexit | O primeiro-ministro ameaça convocar eleições antecipadas se Westminster vencer. (El País, Espanha) | bit.ly/2jVTjmA

ARGENTINA. Sabor de nada.O ajuste pega forte a alimentação das crianças. O governo nacional “reperfila” a dívida. O governo de Buenos Aires "substitui" os menus nos refeitórios das escolas públicas, reduzindo e reduzindo a qualidade das rações. Os concessionários podem reduzir custos em detrimento da qualidade dos alimentos.O ajuste começa com legumes e frutas e concentra-se no sul da cidade, onde estão as crianças mais vulneráveis.Eles podem trocar um quarto de frango por um medalhão, uma banana por uma tangerina, um tomate por uma cenoura. Reclamações nas escolas e protesto do sindicato dos professores.(Página 12, Argentina) | bit.ly/2kiHmrx

YÊMEN.
Bombardeio saudita mata 100 presos no Iêmen. A coligação internacional liderada pela Arábia Saudita bombardeou este domingo uma prisão gerida pelas forças rebeldes Houthis na província de Dhamar. A organização humanitária Crescente Vermelho refere a existência de mais de cem mortos e dezenas de feridos.(Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2jYp8v1

HONG KONG
. Em Hong Kong, CarrieLam está pronta para retirar formalmente o projeto controverso. Segundo a imprensa local inglesa, o chefe do executivo renunciaria ao texto que permite a extradição para a China, na origem dos protestos.(Le Monde, França) | bit.ly/2lwZgqC

EUA
. Sanções dos EUA são projetadas para matar. As sanções dos EUA estão matando iranianos comuns aos milhares. Por meio de seu controle sobre o sistema bancário mundial, o poder sancionador dos EUA desrespeita a lei internacional de direitos humanos e representa uma ameaça para o mundo.(Jacobin, EUA) | bit.ly/2jZDVFQ

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

George Monbiot – Reino Unido (The Guardian, Inglaterra) | “A história será boa com os manifestantes climáticos de Heathrow que nos impedem de voar” | bit.ly/2kj51rR

Claudio Scaletta
– Argentina)(Página 12, Argentina) | “A queda da economia macrista. E, finalmente, a bomba o explodiu” | bit.ly/2lwZmyu

Tom Kibasi
– Reino Unido (The Guardian, Inglaterra) | “A estrepitosa estratégia de Boris Johnson caiu no primeiro obstáculo.” | bit.ly/2lYoTkq

Paul Krugman, entrevista
– Argentina (Página 12, Argentina) | “Estou buscando entender o desastre” | bit.ly/2kgHPdO

Juan Arias
– Brasil (El País, Espanha) | “O difícil pedido de desculpas de Jerusa a Lula” | bit.ly/2lzeoDR




Conteúdo Relacionado