CM8 Internacional

Clipping Internacional - 04/11/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

04/11/2019 09:50

Macri com seu Secretário Jurídico e Técnico, Pablo Clusellas (NA)

Créditos da foto: Macri com seu Secretário Jurídico e Técnico, Pablo Clusellas (NA)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO.
A Culpa é do porteiro? Ministério Público atua com rapidez para tentar ilibar o presidente Jair Bolsonaro de qualquer vínculo com o caso Marielle. “O porteiro mentiu”, afirmam as procuradoras. Mas nada garante que as gravações não tenham sido adulteradas. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/34ruC2Z

ASSASSINATO DE LÍDER INDÍGENA.
Sobrevivente da emboscada, indígena Guajajara relata o que viu. Dois líderes da tribo Guajajara foram atacados a tiro numa emboscada feita por madeireiros armados, na Amazônia brasileira, sexta-feira à noite. Um deles, Paulo Paulino Guajajara, morreu. O outro, Laércio Souza Silva, apesar de também atingido, conseguiu escapar. Por Thiago Domenici e Vasconcelo Quadros, Agência Pública. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2Ne3LSp

ASSASSINATO DE LÍDER INDÍGENA.
Morte do líder Guajajara: crimes contra indígenas se multiplicam no governo Bolsonaro, diz imprensa francesa. Sites de notícias da França destacam neste domingo (3) o assassinato do líder indígena Paulo Paulino Guajajara. Ele foi morto a tiros em Bom Jesus das Selvas (MA), durante um confronto com madeireiros, na noite de sexta-feira (1°). Para a imprensa francesa, esse tipo de crime vem se multiplicando desde que Jair Bolsonaro foi eleito. (RFI, França) | bit.ly/2NDdeBx

ASSASSINATO DE LÍDER INDÍGENA.
Novo assassinato de ativista indígena sacode a Amazônia. Paulo Paulino Guajajara foi morto a tiros na sexta-feira enquanto estava com outro líder indígena, que escapou. (El País, Espanha) | bit.ly/2WFLLDv

ASSASSINATO DE LÍDER INDÍGENA.
O assassinato de um guardião indígena sacode a Amazônia brasileira novamente. Ele foi atacado no meio da selva por cinco madeireiros ilegais e levou um tiro na cabeça. O assassinato de um guardião indígena em um confronto violento com madeireiros novamente abalou a Amazônia brasileira e expôs a delicada situação dos povos nativos diante das invasões ilegais daqueles que querem sua riqueza. Outro líder indígena, identificado como Laércio Souza Silva, foi ferido por uma arma de fogo no braço e nas costas, embora sua vida não esteja em perigo. Um madeireiro também está desaparecido, segundo a Secretaria de Direitos Humanos do Maranhão. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2Nx9P7e

DERRAMAMENTO DE ÓLEO.
Maré negra no Brasil. Em 29 de julho, as autoridades brasileiras detectaram um derramamento de óleo a mais de 700 km da costa do Estado da Paraíba. O petróleo começou a aparecer em 30 de agosto, no litoral nordeste, e depois se mudou para o sul, no estado da Bahia. Cerca de 2.000 km de costa foram afetados, incluindo a região de Abrolhos, perto da Bahia, um santuário para baleias jubarte e formações únicas de corais. (Le Monde, França) | bit.ly/32dbKmQ

DERRAMAMENTO DE ÓLEO.
Derramamento de petróleo no Brasil: "o pior ainda está por vir", alerta Bolsonaro. Em entrevista à emissora de TV Record, o presidente brasileiro está preocupado com o massivo encalhe de petróleo no litoral brasileiro desde agosto. Acreditando que o desastre ecológico continuará, ele aponta a responsabilidade da companhia de petróleo grega "Bouboulina". A empresa administradora do navio negou qualquer envolvimento. (Les Echos, França) | bit.ly/36xq11a

DERRAMAMENTO DE ÓLEO.
Espere "uma grande catástrofe". Jair Bolsonaro alertou sobre o derramamento de óleo no Brasil: “O pior ainda está por vir”. O presidente confirmou que o principal suspeito é um navio de bandeira grega. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/36uZ6TD

BOLSONARO
. Bolsonaro ameaça deixar Mercosul. Depois do Brexit, vem aí o Braxit? Governo Bolsonaro já avalia impacto econômico, diplomático a jurídico de uma saída do Mercosul, na esteira da eleição do "inimigo" Alberto Fernández como presidente da Argentina. Colunistas falam em insensatez e em fim do bloco sul-americano. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/34rvbtD

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA.
Denúncia sobre a violação da independência judicial. Macri montou uma Justiça “a la carte” e a ONU suspeita. A associação Ajus levantou uma denúncia forte e detalhada e as Nações Unidas solicitaram relatórios do governo. Pela primeira vez em quatro anos, a Organização das Nações Unidas adotou suas próprias suspeitas sobre a violação da independência da Justiça durante o governo de Mauricio Macri. Após uma apresentação dos advogados do grupo Ajus, a ONU deu ao governo 60 dias para responder às acusações de pressão, arbitrariedade e manipulações. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2WEMWTP

FACEBOOK
. Uma nova guerra de desinformação ameaça a campanha presidencial dos EUA. Facebook admite que não pensa controlar a veracidade dos anúncios políticos e detona a inquietação de uma repetição das táticas de 2016. (El País, Espanha) | bit.ly/2pDkuW4

EUROPA ORIENTAL.
Pesquisa revela que maioria dos europeus do leste tem medo de democracia. Trinta anos após a queda do Muro de Berlim, os europeus do leste de hoje têm medo do futuro da democracia, céticos em relação ao governo e aos principais partidos políticos e desconfiam da mídia, de acordo com uma nova pesquisa. A confiança na confiabilidade das informações fornecidas tanto pela mídia quanto pelos governos era baixa, com maioria clara em quase todos os países dizendo que não confiava na mídia para relatar as notícias de maneira justa ou honesta, ou nos governos para divulgar informações precisas e imparciais. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/32hr16a

BOLÍVIA
. Evo Morales denuncia uma tentativa de golpe na Bolívia: “Eles estão procurando por pessoas mortas”. O presidente boliviano rejeitou o ultimato lançado por um líder da oposição de Santa Cruz, que lhe deu "48 horas para renunciar". Morales convocou líderes sindicais e sociais para "defender o processo de mudança", enquanto o ministro do governo mencionou relatórios de inteligência que falam de preparativos para "ações violentas e de confronto". (Página 12, Argentina) | bit.ly/36yZqR8

TRUMP
. Como Trump reformulou a Presidência em mais de 11.000 tweets. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2r73cRz

CHILE
. "O Chile acordou": o legado de desigualdade da ditadura desencadeia protestos em massa. A rapidez dos protestos, a ira que se derramava nas ruas todos os dias, poderia ter sido surpreendente em qualquer lugar. Mas no país frequentemente elogiado como a grande história de sucesso econômico da América Latina, chocou o mundo. Durante três semanas, o Chile está em turbulência. Em um dia apenas, mais de um milhão de pessoas foram às ruas de Santiago, capital. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2PIp5kr

GUATEMALA
. Existem 'duas guatemaltecas' e essa é a que não come. 23,4% da população do país da América Central não tem o mínimo para cobrir a cesta básica. Nas áreas rurais, onde a mudança climática destrói as colheitas, é pior. É a Guatemala que passa fome. A Guatemala é conhecida por seus altos índices de violência. Mas não apenas machucam balas. A falta de comida, exacerbada pelas mudanças climáticas, mata e dificulta o desenvolvimento de metade dos filhos. (El País, Espanha) | bit.ly/2WLVbxh | bit.ly/2r9ea9f

HONG KONG
. Protestos em Hong Kong já dividem a sociedade civil. Hostilidades entre manifestantes e cidadãos cansados de cinco meses de violência nas ruas aumentam. Um debate político termina com quatro cidadãos esfaqueados, um vereador com a provável perda de uma orelha e o agressor ferido. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/2JOdflj

HAITI
. Jovens haitianos lutam pela mudança O país do Caribe mergulhou em uma crise política e social agravada nos últimos dias. A população exige a renúncia do presidente Jovenel Moise. (El Telégrafo, Equador) | bit.ly/33fjhD7

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eric Nepomuceno – Brasil (Página 12, Argentina) | “Os perigos de Bolsonaro” | bit.ly/2PIP7UQ

Perry Anderson – Brasil (Financial Times, Inglaterra) | “O desmonte do Brasil – uma visão estreita para a ascensão de Bolsonaro” | on.ft.com/2JM3wvu

Mempo Giardinelli
– Chile (Página 12, Argentina) | “O Chile e a questão constitucional” | bit.ly/2pItv0f

Luis Bruschtein
– Argentina (Página 12, Argentina) | “Macri é o Pernalonga?” | bit.ly/2WHJ6t0

Rachel Knaebel e Pierre Rimbert
– Alemanha (Le Monde Diplomatique, França) | “Alemanha do Leste, a história de uma anexação” | bit.ly/2NIJGm2




Conteúdo Relacionado