CM8 Internacional

Clipping Internacional - 05/06/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

05/06/2019 09:13

(Carl de Souza/AFP)

Créditos da foto: (Carl de Souza/AFP)

 

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

EL PAÍS, Espanha |
Onze ex-ministros da Justiça do Brasil atacam a política de segurança de Bolsonaro. Seis ex-titulares da Educação também acusam o presidente do Brasil de desmantelar as políticas públicas dos últimos 30 anos. | bit.ly/2WfruD4

Brazilwire, EUA |
O líder nazista Adolf Hitler tinha um ideal masculino do “ariano”: branco, heterossexual sem ancestralidade não branca - um alemão de raça “pura”. O Bolsonarismo também tem seu ideal “ariano”: o misógino machista e sádico cuja imagem é representada em duas pessoas de extrema direita a quem o presidente Jair Bolsonaro prestou tributo público: o Coronel Brilhante Ustra e MC Reaça. Por Cynara Menezes | bit.ly/2Kqe3xG

THE GUARDIAN, Inglaterra |
Desflorestamento da Amazônia brasileira bate recorte. Ambientalistas temem que 2019 seja um dos piores anos para desmatamento na memória recente. O desmatamento da Amazônia brasileira subiu no mês passado para o nível mais alto de maio desde o início do atual método de monitoramento, gerando preocupações de que o presidente Jair Bolsonaro esteja dando um passe livre para extração ilegal de madeira, agricultura e mineração. | bit.ly/2JZpahx

PÁGINA 12, Argentina |
O Ministério Público brasileiro solicitou ontem a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da prisão para regime semiaberto, o que lhe permite cumprir a sentença em sua casa, depois que um tribunal superior reduziu seus anos de sentença em um caso de prisão. corrupção ligada à operação Lava Jato. A Procuradora-Geral Adjunta da República, Aurea Nogueira, encaminhou o pedido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), o mais alto tribunal penal que reduziu Lula a 12 anos e um mês de prisão a oito anos e 10 meses. | bit.ly/2WMIPaz

RFI, França |
“Vitalidade da democracia é essencial para barrar ações de Bolsonaro”, diz Manuela D’Ávila em Paris. Manuela D’Ávila, ex-deputada federal pelo PC do B e candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad na eleição de 2018, faz neste momento um giro europeu. Aqui sua entrevista exclusiva à RFI. | bit.ly/2MtwPqE

SPUTNIK NEWS, Rússia |
Médicos brasileiros não têm disposição para trabalhar em áreas remotas, diz médico cubano. A partir desta quinta-feira (6) até a sexta-feira (7), os candidatos inscritos nas vagas remanescentes do Programa Mais Médicos poderão indicar o local onde querem trabalhar entre as vagas disponíveis. Até o momento o governo do presidente Jair Bolsonaro não conseguiu repor todos os postos que eram ocupados por médicos estrangeiros, sobretudo cubanos. | bit.ly/2wFeAUh

LE MONDE, França |
Diante de acusações de estupro, Neymar agrava seu caso tentando se defender. O craque do Paris-Saint-Germain é acusado de estupro por uma brasileira. Seu contra-ataque nas redes sociais prejudicou ainda mais sua imagem. | bit.ly/2MxLtNu

EL PAÍS, Espanha |
O ministro da Presidência do governo brasileiro - um dos homens fortes de Jair Bolsonaro - Onyx Lorenzoni, defende o direito dos cidadãos de ter armas, apesar do fato de o Brasil ter registrado 64 mil homicídios em 2017 - último ano para o qual há dados disponíveis - , atrás da Venezuela, mas bem à frente de países como Colômbia e México. Além disso, segundo levantamento do Ibope 70% dos brasileiros estão contra essa medida. | bit.ly/2HVd9re

LA VANGUARDIA, Espanha |
O Ministério Público Federal do Brasil enviou ao Superior Tribunal de Justiça uma opinião na qual considera que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, já tem tempo suficiente para que sua condenação passe para o regime semiaberto. | bit.ly/2JYvpCl

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal |
Alexandre Frota, deputado federal pelo PSL, o mesmo do presidente Jair Bolsonaro, vai indenizar em cinco mil euros, o juiz Luiz Eduardo Scarabelli. O parlamentar, ex ator pornô, concordou em pagar esse valor como compensação por ter dito que o magistrado julgara um caso em que ele era parte "com a bunda". Frota havia perdido um processo por danos morais contra Eleonora Menicucci, que fora ministra das políticas para as mulheres do governo de Dilma Rousseff. | bit.ly/2WKptTI

THE SYDNEY MORNING HERALD, Austrália |
Satélites mostram 740 quilômetros quadrados de floresta derrubados em 30 dias. A destruição da floresta tropical aumentou drasticamente desde que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro chegou ao poder. | bit.ly/2Ktbb2Z

LA JORNADA, México |
O Ministério Público Federal do Brasil solicitou ao Superior Tribunal de Justiça que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011) continue cumprindo sua pena, mas em regime semiaberto. A procuradora adjunta Áurea Lustosa Pierre pediu ao TSJ para determinar se Lula pode sair para trabalhar durante o dia e dormir na prisão, informou a mídia local. | bit.ly/2Xn7saZ

NOTÍCIAS DO MUNDO

ARÁBIA SAUDITA |
Autoridades de Trump aprovaram licenças nucleares sauditas após assassinato de Khashoggi. Sete licenças aprovadas para Riyadh pelo departamento de energia dos EUA. Democratas: "As decisões foram tomadas com base nos laços financeiros de Trump?". (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2Z8i65I

ECONOMIA GLOBAL
. | As guerras comerciais de Trump provocaram uma queda global nos investimentos, segundo o Banco Mundial. O Brexit e os litígios comerciais levam o índice de incerteza das políticas do banco a um nível recorde, diz o relatório. As guerras comerciais de Donald Trump com a China, o México e a Europa causaram uma queda global nos investimentos, de acordo com um relatório do Banco Mundial que prevê que o crescimento mundial neste ano voltará a níveis não vistos desde 2016. (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2WpX5ql

REINO UNIDO |
Corbyn responde a Trump: “O nosso sistema de saúde não está à venda”. A visita de Donald Trump a Londres ficou marcada pelos protestos nas ruas. Mas também pelo desejo dos EUA de ver o serviço público de saúde britânico na mesa de negociações do acordo comercial entre os dois países no pós-Brexit. (ESQUERDA.NET, Portugal) | bit.ly/2WbUKud

REINO UNIDO |
Demonstrações de Anti Trump em Londres durante o encontro entre o presidente dos EUA e May. Os manifestantes se concentraram perto de Downing Street e protestaram com um balão gigante ridicularizando o presidente ou um robô Trump que tuítas sentado em um vaso sanitário | bit.ly/2WqP30k

CUBA |
O presidente cubano, Miguel Diaz-Canel, declarou que Havana não será intimidada pelas novas restrições impostas por Washington. "Cuba não se deixará intimidar ou se distrair com novas ameaças e restrições, o trabalho, a criatividade, o esforço e a resistência são a nossa resposta, eles não foram capazes de nos sufocar, não poderão nos impedir, viveremos e venceremos", disse Diaz-Canel em sua conta no Twitter. O Departamento do Tesouro dos EUA anunciou novas medidas restritivas ao país. (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2EThDg9

COLÔMBIA |
O chefe do Exército colombiano liderou uma brigada acusada de matar civis. Documentos para os quais EL PAÍS teve batalhões de ligação de acesso com “falsos positivos”, a investigação de um massacre indígena e um caso de violência sexual. (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/2EMZTmL

EUROPA |
Uma análise das eleições para o Parlamento Europeu. Tanto a participação quanto o crescimento muito limitado dos partidos ultranacionalistas e antieuropeus impulsionam o projeto comum que provavelmente será conduzido habilmente pelo novo parlamento europeu que emergiu das urnas. (EL DIÁRIO, Espanha) | bit.ly/2WHriAL

EUA |
Republicanos do Senado avisam a Casa Branca contra as tarifas impostas ao México. Em um encontro contencioso no Capitólio, senadores disseram a altos funcionários da Casa Branca que eles se opunham aos planos do presidente Trump de impor tarifas às importações mexicanas. Horas antes, o presidente disse que os legisladores seriam "tolos" se tentassem detê-lo. (THE NEW YORK TIMES, EUA) | nyti.ms/2JXDIOO

FRANÇA |
Desigualdade. Por detrás dos discursos sobre a “Assistanat”, uma França favorecida que defende seus privilégios. As disparidades de riqueza continuam a aumentar na França, observa o novo relatório do Observatório das desigualdades, publicado hoje. O topo da escala é cada vez mais favorecido, especialmente em impostos e escolas, enquanto as categorias populares são atingidas pela precariedade. Tendência fortalecida desde a chegada do Presidente Macron. (L’HUMANITÉ, FRANÇA) | bit.ly/2HW6f5a

FRANÇA |
Um homem rico pode esconder muitos outros. Em seu relatório publicado na terça-feira, o Observatório das desigualdades observa que os superricos, aos quais muitos estudos e pesquisas foram dedicados, obscurecem os 10% de franceses que também fazem parte do grupo afortunado. Entre os indicadores utilizados: o patrimônio, o modo de vida e a qualidade da educação. (LIBÉRATION, França) | bit.ly/2HYoZRD

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Joseph Stiglitz – Meio Ambiente (The Guardian, Inglaterra) | “A crise climática é nossa terceira guerra mundial. E necessita uma resposta clara.” | bit.ly/2WsYRax

Eliane Brum
– Brasil (El País, Espanha) | “Parem de nos matar – os habitantes das favelas do Rio pedem ajuda contra a polícia que extermina aos jovens negros.” | bit.ly/2XqBQBr

Edward Castleton
– EUA (Le Monde Diplomatique, França) | “Socialismo nos Estados Unidos, por que só hoje? Renascimento de uma ideologia há muito desprezada.” | bit.ly/2WguTRM

Ryan Grim
– EUA (Democracy Now, EUA) | “Os novos progressistas no Partido Democrático em confronto com o ‘establishment’” | bit.ly/2HWwtoj

Colin Crouch
– Desigualdade (Die Zeit, Alemanha) | “Os superricos ameaçam a democracia” | bit.ly/2wBnceR



Conteúdo Relacionado