CM8 Internacional

Clipping Internacional - 05/07/2019

(Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos)

05/07/2019 10:08

 

 

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA
. Alberto Fernández visitou o ex-presidente em sua cela. Estou feliz por ter visto o Lula mais uma vez: “ele está inteiro e esperançoso e é uma figura importante para os argentinos, que têm um enorme reconhecimento por ele", comentou Alberto Fernández logo após deixar a Superintendência da Polícia Federal no Noite fria da noite de Curitiba. Ele "é um homem indevidamente encarcerado" declarou o candidato presidencial da Frente de Todos. (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2JqEotk

ACORDO COM EUA
. O presidente da Argentina, Mauricio Macri, revelou na quinta-feira, 4 de julho de 2019, que seu governo está conversando com as autoridades brasileiras com o objetivo de promover um acordo de livre comércio com os Estados Unidos. Isto foi afirmado pelo presidente durante um evento com industriais realizado na Confederação das Empresas de Médio Porte (CAME), durante um discurso em que questionou aqueles que criticam o recente acordo entre o Mercosul e a União Europeia. (EL TELÉGRAFO, Equador) | bit.ly/2RYnGp8

MEIO AMBIENTE
. Afinal, o que esperar da agenda ambiental do Brasil na atual administração? Nos últimos dias, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelou um aumento de 60% no desmatamento na Amazônia brasileira em comparação com o mesmo período do ano passado. Desde antes de assumir o cargo, o presidente Jair Bolsonaro vem sendo alvo de fortes críticas devido a sua atitude polêmica no que diz respeito à agenda ambiental. Por conta desse cenário de desconfiança, o chefe de Estado francês, Emmanuel Macron, exigiu garantias do governo brasileiro quanto à questão ambiental para levar adiante um aguardado acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, bloco do qual o Brasil faz parte. (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2Yxe1IJ

O SUICÍDIO.
Empresário se mata em frente ao ministro de Minas e Energia. O empresário Sadi Gitz, dono de fábrica no setor de cerâmica, atirou contra a própria cabeça durante evento em Sergipe. Estavam presentes o governador do estado, Belivaldo Chagas, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Antes de se matar Giltz chamou o governador de Sergipe de mentiroso antes de se matar. Ele também teria afirmado que a Petrobras é culpada pelos preços de gás. (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2JdGbTA

SERGIO CABRAL
. Ex-governador do Rio admite compra de votos para sediar os Jogos Olímpicos. Sérgio Cabral admitiu subornos a membros do Comitê Olímpico Internacional em audiência perante as autoridades judiciais do Brasil. (EL PERIÓDICO, Espanha) | bit.ly/2xxLUNA

SERGIO CABRAL
. Jogos Olímpicos de 2016: ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, disse que subornou para que eles fossem no Estado. A compra por 2 milhões de dólares foi feita com a ajuda do ex-presidente da Federação Internacional de Atletismo Lamine Diack. (LE MONDE, França) | bit.ly/2Xt2spd

SAÚDE PÚBLICA
. No Brasil, frango contaminado por salmonela bloqueado pela alfândega do Reino Unido foi revendido no mercado doméstico. Esse escândalo foi revelado por uma investigação do "Repórter Brasil". Entre as empresas infratoras estão as gigantes do agronegócio JBS e BRF. (LE MONDE, França) | bit.ly/2xuHkQ9

SERGIO CABRAL
. Ex-governador do Rio diz que distribuiu subornos para ganhar os Jogos Olímpicos de 2016. Entre os nomes citados por Sergio Cabral como tendo vendido seus votos estão o saltador olímpico Sergei Bubka e o nadador russo Alexander Popov, duas lendas do esporte. (LE NOUVEL OBSERVATEUR, França) | bit.ly/2XVloN6

MEIO AMBIENTE
. Fundo que apoia preservação da Amazónia em risco de acabar. Governo extinguiu dois comités responsáveis por gerir recursos, o que criou impasse. rincipais doadores do Fundo Amazônia, Noruega e Alemanha reuniram-se na quarta-feira com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para discutir o impasse criado a partir da extinção, pelo governo federal, de comitês responsáveis pela gestão do fundo. (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/2RVdsWF

O SUICÍDIO
. Empresário suicida-se em evento com ministro e governador. Sadi Gitz, cuja empresa de cerâmica estava em crise, chamou o governador estado do Sergipe de "mentiroso" e disparou contra a própria cabeça, em evento com centenas de pessoas. (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/2RTCGV6

MEIO AMBIENTE
. Brasil à beira de perder milhões de euros para preservação da floresta amazónica. Governo Bolsonaro extinguiu comités responsáveis pela gestão do Fundo Amazônia e os governos da Noruega e Alemanha admitem deixar de contribuir. Em dez anos, o Brasil recebeu mais de 1000 milhões de euros. (PÚBLICO, Portugal) | bit.ly/2xxiijy

SÉRGIO CABRAL
. Ex-governador preso diz que comprou votos para a Olimpíada do Rio. Um ex-governador do Estado do Rio de Janeiro, preso, disse a um juiz nesta quinta-feira que pagou cerca de US $ 2 milhões pelos votos dos membros do Comitê Olímpico Internacional para a cidade brasileira sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Sergio Cabral disse que pagou US $ 1,5 milhão em propinas através de intermediários ao ex-presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo, Lamine Diack. | wapo.st/30eueTu

SÉRGIO CABRAL
. Ex-governador do Rio admite propina. Os atletas dos esportes olímpicos Sergei Bubka e Alexander Popov foram denunciados por terem sido corrompidos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. (TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça) | bit.ly/2YD2hUY

REFORMA DA PREVIDÊNCIA
. A controversa reforma da aposentadoria dá o primeiro passo no Brasil, de que se trata? A proposta, apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro, busca endurecer o acesso às aposentadorias e imporá uma idade mínima para uma aposentadoria completa de 65 anos para homens e 62 para mulheres. Esta quinta-feira uma comissão parlamentar aprovou, então agora será votado pela Câmara e pelo Senado. (EL ESPECTADOR, Colômbia) | bit.ly/2xxM9Iu

MEIO AMBIENTE
. O desmatamento na Amazônia brasileira cresceu mais de 88% em junho e coloca as organizações em alerta para as ONGs de proteção ambiental, o aumento é consistente com a retórica e política do presidente Jair Bolsonaro, que "encoraja" a extração ilegal de madeira e "fortalece" ideia de impunidade entre aqueles que cometem esses crimes. (EL MERCÚRIO, Chile) | bit.ly/2Xtlfkj

NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. Frio extremo: o governo abandona os atingidos. Após a morte de cinco moradores de rua, clubes e universidades em todo o país lhes darão abrigo e comida quente. Reação solidária ao abandono do estado daqueles afetados pelo frio extremo. Quando a primeira morte foi conhecida, o governo só conseguiu responsabilizar a vítima. (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2L1LTua

EUA
. Apesar do discurso de unidade, Donald Trump politiza o Dia Nacional dos EUA. A "Homenagem à Nação" do Presidente permaneceu consensual, para a glória do Exército dos Estados Unidos. (LE MONDE, França) | bit.ly/2xxMwTo

VENEZUELA
. Diante de um Maduro imbatível, Guaido tenta uma manobra final. Na Venezuela, o autoproclamado presidente interino joga sua sobrevivência política. Organiza o dia do dia nacional um protesto anti-Maduro. Juan Guaido hoje paga seu erro de cálculo por pensar que o exército se juntaria a ele rapidamente. (LES ECHOS, França) | bit.ly/2L08185

ALEMANHA
. Na Alemanha, a ofensiva da extrema direita sobre as memórias. Os incidentes estão aumentando em frente aos memoriais do Holocausto, onde os revisionistas estão atacando a memória alemã. O surgimento do partido de direita radical AfD, que tem extremistas dentro dele, mudou os termos do debate público, ampliando os limites. (LE FIGARO, França) | bit.ly/323kahM

EUA
. 4 de julho, dia da independência dos EUA: Conflitos violentos em frente à Casa Branca, prisões por uma bandeira queimada. Trump pede unidade. Militantes anti-Trump e simpatizantes da direita se enfrentaram. Joe Biden: "Evento para acariciar o ego do Tycoon". (LA REPUBBLICA, Itália) | bit.ly/2RUY3pg

MIGRANTES
. O tratamento dos migrantes na Europa é vergonhoso. Mais desumano que Trump. É fácil criticar a política de migração de Washington, mas a abordagem adotada pela União Europeia é ainda mais escandalosa. Políticos na UE terceirizam os horrores e lavam as mãos de qualquer culpa. Editorial. (DER SPIEGEL, Alemanha) | bit.ly/2FRmXB5

VENEZUELA
. "Estou dececionado": venezuelanos começam a perder a paciência com Guaidó. Guaidó tornou-se presidente da Assembleia Nacional há seis meses e dias depois, após Maduro tomar posse para um novo mandato, disse que assumiria as responsabilidades de convocar eleições, jurando como presidente interino a 23 de janeiro. A 30 de abril, falhou a insurreição militar. Esta sexta-feira testa o seu apoio numa nova marcha. (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/2Xtr9lx

EUA.
Duas Américas, celebrando separadamente, mas um só lugar. De um lado do shopping, em 4 de julho, ouvintes ouviram Carole King. Por outro lado, ouviram o presidente saudar o poderio militar. (THE NEW YORK TIMES, EUA) | nyti.ms/2XSXHEO

EUA
. Uma América dividida se reúne com Trump colocando seu selo no 4 de julho. Multidões foram levadas em direções opostas em um shopping polarizado, com, de um lado "Make America Great Again" perto do Lincoln Memorial e, de outro, balões de “baby Trump” perto do Capitol. (THE WASHINGTON POST, EUA) | wapo.st/2Xqr7e4

DESIGUALDADE
. G7. Quando responsabilidade rima com desigualdade. Nesta semana, seis membros do C7 (uma organização que reúne a sociedade civil dos sete países membros do G7) reuniram-se em Paris para desenvolver propostas sobre desigualdades globais a serem apresentadas na próxima cúpula em Biarritz. (L’HUMANITÉ, França) | bit.ly/2NzFGYx

GRÉCIA
. Ameaça de um novo avanço da direita nacional-liberal. Alexis Tsipras e Syriza em apuros, os liberais da Nova Democracia não hesitam em incitar um demagogo e um refrão nacionalista nas primeiras eleições neste domingo para conquistar o poder em Atenas. (L’HUMANITÉ, França) | bit.ly/2FUe61D

GLENN GREENWALD.
'Brutal violação da liberdade de imprensa': Glenn Greenwald é alvo de investigação por parte do governo brasileiro após denúncias sobre corrupção. "Investigar criminalmente o jornalista Glenn Greenwald por publicar sobre a corrupção dentro do governo de Bolsonaro é uma violação brutal de seus direitos como repórter". (COMMON DREAMS, EUA) | bit.ly/2RUHeKW

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Alexandre Fortes – Brasil (Nacla, EUA) | “’Lawfare’ desmascarada no Brasil” | bit.ly/30dENWS

Attilio Boron
– EUA (Página 12, Argentina) | “A democracia nos EUA” | bit.ly/2XtfHqa

Eliane Brum –
Brasil (El País, Espanha) | “Uma guerrilha digital usa o aborto para conseguir seguidores – na disputa da direita com a direita pelas almas, os cliques e os votos, o MBL quer mudar sua imagem sem descontentar os fundamentalistas.” | bit.ly/2JdGD4e

Michel Cahen –
Brasil (Líbération, França) | “O retorno do Brasil colonial” | bit.ly/2JeD3XF

Robert Reich –
EUA (Truthdig, EUA) | “Moderados e centristas não são uma aposta segura” | bit.ly/2L1Zz8p

Conteúdo Relacionado