CM8 Internacional

Clipping Internacional - 05/08/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

05/08/2019 08:55

(Adriano Machado/Reuters)

Créditos da foto: (Adriano Machado/Reuters)

 

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO
. A verborragia sem filtro de Bolsonaro satura até seus assessores e aliados. Após duas semanas de uma polêmica atrás da outra, os que estão à volta do presidente buscam um modo de que ele se exponha menos. Que Jair Bolsonaro tenha posturas polêmicas não surpreende a ninguém. Mas nas últimas duas semanas o presidente do Brasil fez tantas e tão variadas declarações inflamadas que geraram preocupação em seus assessores no Palácio do Planalto, distanciou-o de aliados políticos e renovou na oposição a intenção de submetê-lo a um processo de impeachment. (La Nación, Argentina) | bit.ly/2Yl3PXw

BOLSONARO. Ministro francês das Relações Exteriores ironiza “emergência capilar” de Bolsonaro. O ministro de Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, ironizou neste domingo (4) a "emergência capilar" que levou Jair Bolsonaro a cancelar o encontro com ele na segunda-feira (29), durante sua viagem ao Brasil, em uma entrevista no Journal du Dimanche. É a primeira vez que ele fala publicamente sobre a "desfeita" do presidente brasileiro. (RFI, França) | bit.ly/2Khju1n

BOLSONARO
. Jair Bolsonaro diz que desarmar as pessoas não impede ataques como nos EUA. Segundo o presidente do Brasil, os tiroteios que os Estados Unidos sofreram neste fim de semana não seriam impedidos pelo desarmamento da população. Donald Trump, de quem Bolsonaro se diz um grande admirador, é também um defensor do porte livre de armas. (El Espectador, Colômbia) | bit.ly/2yKiHPT

MORO. Moro omitiu palestra remunerada em prestação de contas. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, omitiu uma palestra remunerada que realizou enquanto ainda era o juiz responsável pela Lava Jato, em 2016. "Ano passado dei uma palestra lá para eles, bem organizada e bem paga", disse Moro ao falar sobre o episódio em conversa no Telegram com o procurador Deltan Dallagnol em maio de 2017. Normas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estabelecem que juízes devem comunicar sua participação em atividades que podem ser enquadradas como "atividade docente". (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2YNroaM

VAZAJATO
. Dois meses de Vaza Jato: tudo sobre as reportagens que abalaram Moro. Na primeira semana de junho, o site The Intercept Brasil começou a revelar, a conta-gotas, troca de mensagens comprometedoras entre o juiz da Lava Jato, hoje ministro de Bolsonaro, e o procurador-chefe da operação. E nada no Brasil ficou como dantes. A imagem do ministro mais popular do governo foi, no mínimo, arranhada - a única pesquisa sobre o tema revelou perda de 10 pontos na sua aprovação - assim como a de toda a “task force” do ministério público que conduziu a Lava Jato, principalmente a do seu chefe, Deltan Dallagnol, que, revelou o site, além de trocar mensagens com o juiz, ainda lucrou com a operação e cometeu ilegalidades que lhe podem valer punições. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/31gVZex

DITADURA
. O Brasil ainda lida com a última ditadura. O presidente de direita questiona o relatório da Comissão da Verdade sobre violações de direitos humanos cometidas entre 1964 e 1985. Reinventar a história da ditadura no Brasil tem sido uma constante na agenda da nova direita brasileira e se repetiu em centenas de manifestações a favor da intervenção militar. Durante sua carreira política, Bolsonaro, 64, nunca escondeu a nostalgia que sente pelo regime militar e desde que chegou ao poder em 1 de janeiro, o ultradireitista mantém o tom que usou como candidato. (El Telégrafo, Equador) | bit.ly/2MG0ICo

NOTÍCIAS DO MUNDO

CHINA
. O yuan da China afunda em meio a temores de que Pequim possa desistir das negociações comerciais dos EUA. As tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China ameaçam desencadear uma guerra cambial total, depois que Pequim permitiu que o yuan caísse abaixo do patamar anteriormente defendido. Mas a decisão de segunda-feira sugere que Pequim não vê qualquer perspectiva de chegar a um acordo em sua disputa comercial com Washington à luz da ameaça do presidente dos EUA na semana passada de impor mais tarifas aos produtos chineses. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/31mJPRB

ARGENTINA
. Macrismo: uma catástrofe social da herança. Quatro milhões de pobres e um milhão de desabrigados por ano. A pesquisa domiciliar permanente da Indec mostra o custo da política de desvalorização e a queda salarial para 2018. No primeiro trimestre de 2019, a pobreza cresceu para 34,1% e a taxa de desabrigo para 7,1. A pobreza, para o primeiro trimestre do ano em curso, subiu para 34,1%, e a miséria para 7,1%, apesar da implementação naquele período de vários recursos extraordinários de renda adicional para pessoas em situação de pobreza. vulneráveis e assalariados em geral. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2YJq8ld

EUA
. "Alguém dirigiu nove horas aqui para caçar hispânicos". Os moradores de El Paso lembraram no domingo à noite as vítimas do massacre racista que desafia a essência da cidade e dispara uma fúria contra o presidente Trump. Uma frase é repetida em conversas entre os moradores de El Paso, no Texas, cidade de maioria hispânica, e nas declarações dos políticos locais: "Ninguém dessa comunidade poderia ter feito tal coisa". (El País, Espanha) | bit.ly/2MFP1vN

EUA
. Confissão de Patrick Crusius após o massacre em um shopping no Texas: "Meu objetivo era matar o maior número possível de mexicanos". No manifesto publicado horas antes do tiroteio, o suposto autor se refere à chamada Grande Substituição, uma teoria da conspiração da supremacia branca que afirma que pessoas de ascendência europeia estão sendo substituídas e que "era uma resposta à invasão hispânica do Texas". (El Mundo, Espanha) | bit.ly/2YFqrBz

EUA
. No manifesto do suspeito do massacre em El Paso, Texas, um eco da linguagem de Trump. Se o presidente não inspirou o atirador, ele trouxe as ideias de polarização. Ainda que o presidente não tenha inspirado o atirador, ele trouxe ideias e pessoas polarizadoras para o centro da atenção. Em comícios, Trump tem advertido seguidas vezes que a América estava sob ataque de imigrantes que se dirigiam para a fronteira. "Você olha para o que está marchando, isso é uma invasão!", Declarou ele em uma manifestação. "Isso é uma invasão!" (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2yF1Xd0

EUA
. O ataque em El Paso se torna o 250º massacre norte-americano somente neste ano. Especialistas em violência armada dizem que os tiroteios em massa nos EUA aumentaram nas últimas décadas, e Donald Trump está exacerbando o problema. (The Independent, Inglaterra) | bit.ly/2YBJugb

CACHEMIRA
. Governo indiano revoga autonomia da Cachemira. Nacionalistas hindus adotaram um decreto abolindo o status especial desta região, disputada pela Índia e pelo Paquistão. O governo indiano anunciou na segunda-feira (5 de agosto) a revogação da autonomia constitucional da Caxemira, uma decisão explosiva para essa região rebelde cujo Paquistão também reivindica soberania. (Le Monde, França) | bit.ly/2yHcIeV

ITÁLIA
. Na Itália, ativistas antivacinas se lançam na política. Um novo partido está sendo realizado nas eleições regionais de Emilia-Romana, no norte da Itália, em novembro: o Movimento 3V, por "Queremos a verdade sobre as vacinas". Esta é a primeira vez no país para os opositores da vacinação compulsória, decepcionada com a linha estabelecida pelo Movimento Cinco Estrelas no poder. (Mediapart, França) | bit.ly/2OFoRMg

ARTIGOS/ENTREVISTAS

John Harris – Reino Unido (The Guardian, Inglaterra) | “Culpe os sanguessugas. Culpe os migrantes. Como a Grã Bretanha rendeu-se à austeridade.” | bit.ly/2MDKdab

David Schanzer
– EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Precisamos chamar o massacre de El Paso pelo que é: terrorismo inspirado em Trump.” | bit.ly/2YRS6PX

Mempo Giardinelli
– Argentina (Página 12, Argentina) | “Atenção, que eles são capazes de tudo.” | bit.ly/2YJEDcD

Luis Alberto Quevedo
– Argentina (Página 12, Argentina) | “A economia e o voto: o grande enigma.” | bit.ly/2OIPkbC

Jorge Galindo
– América Latina (El País, Espanha) | “Por que os latino-americanos se desencantam com a democracia? “ | bit.ly/2YFeBDd

Idoya Noain – EUA (El Periódico, Espanha) | Trump: quatro anos de discurso de ódio. Palavras e ações do presidente criaram um clima de hostilidade a migrantes e minorias étnicas e raciais.” | bit.ly/2Krzpcp

Jean-Pierre Cabestan, entrevista
- Hojg Kong (Le Figaro, França) | “Hong-Kong: a margem de manobra de Xi Jinping é estreita” | bit.ly/2YFkIHH

Martine Bular - Guerra Comercial (Le Monde Diplomatique, França) | “EUA e China. Onde a escalada vai parar? | bit.ly/2HmRdoX

Benoit Breville – EUA (Le Monde Diplomatique, França) | « De Robespierre a Charlton Heston. A cultura das armas nos EUA » | bit.ly/2KqzzAV

Conteúdo Relacionado