CM8 Internacional

Clipping Internacional - 07/06/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil e especial sobre a viagem de Bolsonaro; Notícias do Mundo; e Artigos

07/06/2019 09:20

Uma multidão marchou até a Plaza de Mayo para repudiar a visita de Bolsonaro à Argentina (Leandro Teysseire)

Créditos da foto: Uma multidão marchou até a Plaza de Mayo para repudiar a visita de Bolsonaro à Argentina (Leandro Teysseire)

 

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

A VIAGEM DE BOLSONARO À ARGENTINA

PÁGINA 12, Argentina | "Seu ódio não é bem vindo aqui". Manifestação e show musical em repúdio à visita de Bolsonaro. O repúdio ao presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, foi ouvido ontem na Plaza de Mayo. Movimentos sociais, sindicatos, líderes e partidos políticos, movimentos culturais e direitos humanos, brasileiros e argentinos gritavam: "Seu ódio não é bem vindo aqui!", no festival organizado para refutar a visita do Estado do líder ultradireitista a Buenos Aires. | bit.ly/2IuN7ub

PÁGINA 12, Argentina |
O presidente argentino colocou o boné. Ele recebeu Bolsonaro, que pediu "Deus para esclarecer os argentinos" para que eles votem em Macri nas eleições. Resta saber quanto ajudará esse apoio. Ao grito de "Seu ódio não é bem-vindo", uma multidão repudiou na Plaza de Mayo a visita por suas posições racistas, homofóbicas e ultraliberais. | bit.ly/2InTEGU

SPUTNIK NEWS, Rússia |
Quais são as motivações de Bolsonaro na sua posição sobre eleições na Argentina? O presidente Jair Bolsonaro realiza sua primeira visita oficial à Argentina e reitera o apoio à reeleição do presidente Mauricio Macri. O encontro dos dois presidentes se dá bem no início da disputa de Macri por seu segundo mandato. Bolsonaro já se mostrou temoroso com a possibilidade de vitória da chapa de Cristina Kirchner, que lidera as pesquisas de intenção de voto. Macri tenta superar o péssimo desempenho econômico do país para se reeleger. | bit.ly/2I5dKXL

EL PAÍS, Espanha |
Macri e Bolsonaro apostam em um rápido acordo entre o Mercosul e a União Europeia. Manifestações de protesto contra a primeira visita oficial do presidente brasileiro à Argentina | bit.ly/2ZbE87W

SPUTNIK NEWS, Rússia |
Bolsonaro defende aliança política com Macri 'para Argentina não virar nova Venezuela'. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, defendeu mais uma vez a reeleição do atual presidente da Argentina Mauricio Macri ao cargo nas eleições de 27 de outubro deste ano. O Brasil quer "ser um parceiro nessa aliança, não só na economia, mas com um objetivo maior, que é a liberdade", disse o presidente em visita a Buenos Aires. “Eu conclamo o povo argentino. Que Deus abençoe a todos eles, porque terão pela frente agora, no mês de outubro, eleições.” | bit.ly/2WvJjm8

RFI, França |
Em visita à Argentina, Bolsonaro e Guedes avaliam criação de moeda comum. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, cumprimenta o presidente da Argentina, Mauricio Macri, na Casa Rosada, em Buenos Aires, Argentina, em 6 de junho de 2019. Plano de criação do "peso real" veio à tona durante encontro entre empresários, enquanto uma manifestação contra Bolsonaro e Macri acontecia na Praça de Maio.  | bit.ly/2MyVuKj

LA VANGUARDIA, Espanha |
Macri e Bolsonaro anunciam que o acordo de livre comércio com a União Europeia é "iminente". Depois de mais de duas décadas de negociações entre os dois blocos, o acordo final poderia ser fechado este ano. | bit.ly/2Ky0n3P

LES ECHOS, França |
Jair Bolsonaro em visita oficial a Buenos Aires. O acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia e a crise na Venezuela estão na agenda das discussões entre o presidente brasileiro e seu colega argentino Mauricio Macri. | bit.ly/2XD6mb2

EL MERCÚRIO, Chile |
Bolsonaro se reúne com Macri e chama os argentinos para votar "com razão e não com emoção" Durante sua visita a Buenos Aires, o chefe de Estado brasileiro voltou a dar seu apoio a uma possível reeleição do atual chefe da Casa Rosada, a cinco meses das eleições presidenciais da Argentina. | bit.ly/2Whi0ao

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, Venezuela |
O presidente da Argentina, Mauricio Macri, recebeu seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, em meio a vários protestos de cidadãos argentinos que expressaram sua insatisfação com a chegada do presidente brasileiro no país latino. Movimentos sociais, sindicais e políticos da esquerda repudiaram nesta quinta-feira em Buenos Aires a visita à Argentina do presidente brasileiro, a extrema-direita Jair Bolsonaro. | bit.ly/2WiFPOV

EL PAÍS, Uruguai |
"Real peso", a moeda que Argentina e Brasil negociam. Eles vão consultar o Paraguai e o Uruguai e podem incluir a Venezuela sem Maduro. O Mercosul terá uma moeda comum como a União Europeia tem o euro? Bem, aparentemente, o projeto está no caminho certo, a ponto de a Argentina e o Brasil estarem conversando há algum tempo | bit.ly/2WSflrR

LA POLITICA ON LINE, Argentina |
Bolsonaro pressiona Macri pela barragem hidroelétrica de Garabí. O presidente brasileiro destacou publicamente seu interesse, mas em La Rosada o projeto não convence em razão de seus múltiplos conflitos ambientais. | bit.ly/2KwcYVf

LA POLITICA ON LINE, Argentina |
Bolsonaro propôs uma moeda comum para resolver a inflação argentina. Por sua vez, Macri fez outro anúncio inesperado que provocou surpresa em altos funcionários, afirmando que no final do mês o acordo com a União Europeia seria assinado. | bit.ly/2WtZCjh

OUTROS ASSUNTOS

LE MONDE, França | Brasil enfrenta o risco da "idiocracia". O nível intelectual de Jair Bolsonaro é questionado pela imprensa e muitos de seus concidadãos, mas o caos que ele mantém pode ser parte de sua estratégia política. | bit.ly/2I0o4A6

RFI, França |
"Eu quero que Neymar pague pelo que fez": imprensa francesa repercute entrevista de Najila. A mídia francesa continua seguindo cada capítulo da acusação de estupro e agressão de Neymar. Sites de jornais, televisões e rádios francesas destacam a entrevista que a suposta vítima, Najila Mendes de Souza, concedeu ao SBT na véspera. | bit.ly/2QQttwg

EL DIÁRIO, Espanha |
Apicultores brasileiros registram 500 milhões de abelhas mortas em três meses e apontam para o uso indiscriminado de agrotóxicos. De acordo com uma investigação científica com uma amostra de 30 abelhas, 80% ingeriram ou tiveram contato com o pesticida Fipronil antes de morrer. O governo já aprovou este registro de 121 novos produtos feitos com agrotóxicos. Em 2005, apenas 91 registros foram aprovados, enquanto no ano passado eles foram 450, um recorde histórico. | bit.ly/2K3wWHv

EL MUNDO, Espanha |
Brasil bate recordes de violência: mais de 65 mil assassinatos em um ano. O gigante sul-americano triplica o índice "epidemia de violência" da OMS. Especialistas alertam que os números podem piorar depois que Bolsonaro facilitou o acesso às armas. | bit.ly/2K5guGH

ABC, Espanha |
Brasil bate recorde de assassinatos com 65 mil mortes. Jovens negros são as principais vítimas da violência, que pode aumentar com a liberação do comércio de armas. | bit.ly/2KA1gZF

LE MONDE, França |
Justiça destrava a venda de gasodutos da Petrobras para a Engie. O grupo estatal espera vender ativos para reduzir sua dívida e focar novamente suas atividades petrolíferas. | bit.ly/31dtOhs

THE WASHINGTON POST, EUA |
Os novos líderes do Brasil estão desafiando a tradição da democracia participativa. Aqui está o porquê. Em risco estão os conselhos que enfocam as deficiências, o meio ambiente, o trabalho infantil, a segurança pública e as questões. LGBT. | wapo.st/2Wr2fm5

THE WASHINGTON POST, EUA |
No Brasil, acusação de agressão sexual contra o astro do futebol Neymar desencadeou um debate intenso. As alegações de uma modelo provocaram discussões acaloradas sobre consentimento e atitudes sobre celebridades. | wapo.st/2IpJSE9

TELESUR, Venezuela |
Lula da Silva: A Venezuela é uma questão para o povo venezuelano. O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio "Lula" da Silva rejeitou o fato de que o governo dos Estados Unidos e seus aliados reconheceram o deputado Juan Guaidó como autoproclamado presidente da Venezuela, já que ele considera que os assuntos do país correspondem ao povo nacional. | bit.ly/2QUbipr

NOTÍCIAS DO MUNDO

ISRAEL |
O magnata israelense Idan Ofer "contratou empresa de inteligência para influenciar a política tributária". Ofer, um bilionário com vastas participações nos setores de transporte, perfuração e mineração, pagou à Black Cube para ajudá-lo a minar um painel de assessoria nomeado pela Lapid que pretendia aumentar os impostos sobre sua lucrativa empresa de recursos naturais, segundo a investigação televisiva. A idéia era espalhar Lapid e os árbitros para continuar evitando altos impostos sobre seus lucros depois que Israel descobrisse um grande campo de gás natural offshore. (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2QXiRvF

EL SALVADOR |
Os problemas que o novo presidente Nayib Bukele deve enfrentar. A cortina se abre em El Salvador. No sábado, 1º de junho, tomou posse 0 novo presidente de El Salvador, Nayib Bukele, com um discurso curto, cheio de tiradas pessoais, mas frágil, sem peso, e isso não deixa de causar um pouco de medo. Sim, medo, porque os problemas que este país tem são horríveis e a gestão política, que começa com a mesa limpa, deve pegar o touro pelos chifres. (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2EXTWTV

HONDURAS |
O Suplício das hondurenhas pela ilegalização do aborto. Elas são forçadas a escolher entre procedimentos clandestinos ou continuar a gravidez contra sua vontade, de acordo com a Human Rights Watch. (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/2K1MWtC

REDES SOCIAIS |
Os últimos ataques terroristas de extrema direita mostram que o conteúdo da Internet, especialmente no YouTube, tornou-se parte fundamental da radicalização. (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/2QPUgZT

AUSTRÁLIA |
Batida policial na televisão pública. A ABC tinha divulgado documentos que mostravam que as forças armadas estavam a ser investigadas por crimes de guerra no Afeganistão. A polícia australiana fez esta quarta-feira uma batida no canal público. É a segunda vez esta semana que há uma intervenção policial na comunicação social neste país. (ESQUERDA.NET, Portugal) | bit.ly/2Zahk8p

ESPANHA |
Iglesias dá prioridade a programa e não a nomes num governo de coligação com o PSOE. O VI que "o mais sensato seria que houvesse um governo de coligação com o PSOE para garantir a estabilidade política e políticas progressistas". Revelou ainda que não tem contato com o líder socialista, Pedro Sánchez, há duas semanas. "Cabe-lhe a ele iniciar os contatos", indicou. (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/2IqE39H

FINLÂNDIA |
Finlândia tem seu primeiro primeiro-ministro de centro-esquerda em 20 anos. Antti Rinne assume o cargo à frente de uma coalizão de esquerda e centro. | bit.ly/2QXdk8r

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Emir Sader - Brasil e Argentina (Página 12, Argentina) | “Abraço de afogados” | bit.ly/2QXdk8r

Natalie Unterstell
– Brasil (Americas Quaterly, EUA) | “O Brasil não precisa escolher entre o meio ambiente e a economia. Os esforços do presidente Jair Bolsonaro para retroceder nas regulamentações ambientais reverteram anos de políticas inovadoras no Brasil.” | bit.ly/2XsZWLI

Eliana Brum -
Meio Ambiente (El País, Espanha) | “O potencial da primeira geração sem esperança” | bit.ly/2Z9pWvZ

Paul Krugman
– EUA (The New York Times, EUA) | “Mar-o-Lago chega à saúde dos britânicos. O “cronismo” da privatização e os acordos de negócios.” | nyti.ms/2wN78GF

Claudio Katz, entrevista –
Argentina (Jacobin, EUA) | “Argentina em seu labirinto – a ameaçadora crise econômica do país é o resultado da políticas neoliberais radicais” | bit.ly/2MxyIm5

Mathias Reymond
– Privatização ( Le Monde Diplomatique, França) | “Uma ilusão que perdura. Dossiê: privatizações, obstinação” | bit.ly/2K9Pciz

Conteúdo Relacionado