CM8 Internacional

Clipping Internacional - 07/07/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil e a morte de João Gilberto; Notícias do Mundo; e Artigos

07/07/2019 13:42

 

 

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

VAZAJATO
. Apelos crescem para que o aliado de Bolsonaro se demita após um relatório 'devastador' sobre vazamentos. Em novas divulgações, a revista conservadora Veja diz que Sergio Moro, que liderou a Operação Lava Jato, é culpado de "irregularidades" graves. Jair Bolsonaro e seus partidários partidários tentaram retratar a enorme quantidade de revelações sobre a conduta de Moro na Operação Lava Jato como parte de um ataque de esquerda liderado. Mas os esforços para desqualificar as revelações foram prejudicados na sexta-feira, quando a revista conservadora mais influente do Brasil, Veja, publicou um relatório de primeira página apresentando novas divulgações prejudiciais sobre o ministro mais famoso de Bolsonaro. (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2Xo9abf

JOÃO GILBERTO.
Presidente da República de Portugal homenageia legado de João Gilberto. "Quem viveu essa época, e mesmo quem não a viveu, não esquece a novidade de João Gilberto, nem o seu legado", escreve o Marcelo Rebelo de Sousa, a propósito da morte do músico, este sábado, aos 88 anos. (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/2XxlFGg

BOLSONARO
. Jair Bolsonaro defendeu o trabalho infantil, que tira as crianças da escola e é considerado um crime contra os direitos das crianças. O presidente Jair Messias Bolsonaro nos acostumou, em seu meio ano de governo, a todas as surpresas e loucuras. O mais recente, no entanto, em uma transmissão ao vivo no Facebook nesta quinta-feira, criou algum horror para defender o trabalho infantil com estas palavras: "O trabalho dignifica homens e mulheres em qualquer idade". Suas declarações evocam a memória trágica do campo de concentração nazista em Auschwitz, um lugar no inferno onde crianças eram sacrificadas em crematórios. Na entrada do campo de extermínio está escrito, em alemão, "o trabalho dignifica o homem". (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/2XSWcXa

BOLSONARO. No Brasil, o presidente Bolsonaro defende o trabalho infantil. Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (IBGE), cerca de 2,5 milhões de menores de 5 a 17 anos trabalham no Brasil. (LE SOIR, Bélgica) | bit.ly/2NAqsCr

VAZAJATO.
Novas mensagens da “Vaza-Jato” mostram que Sérgio Moro cometeu ilegalidades. O juiz agiu como chefe do Ministério Público, chegando até a alertar para a falta de uma informação na denúncia de um réu. O que é ilegal. O ex-juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça do Brasil, agiu fora da lei na condução de processos da Operação Lava-Jato, cometendo “irregularidades” que demonstram a sua parcialidade de atuação. É essa a conclusão a que chega a revista Veja que, em conjunto com o The Intercept Brasil, analisou 649.511 mensagens trocadas entre o juiz e procuradores do Ministério Público. (PÚBLICO, Portugal) | bit.ly/2JjYIxK

VAZAJATO
. O que você faz quando os cruzados anticorrupção estão sujos? A Operação Lava Jato do Brasil deveria derrubar a cultura de propina do país. Em vez disso, trouxe corrupção para o coração do estado. (THE NEW YORK TIMES, EUA) | nyti.ms/2S2Kbcp

JORNALISMO
. Jornalistas apontam para crescimento do número de agressões por motivos políticos nos últimos anos. Entre os 38 jornalistas assassinados em todo o mundo no primeiro semestre deste ano, 2 são brasileiros. Assim o Brasil é o número 4 no ranking dos países mais perigosos para o exercício desta profissão na primeira metade de 2019. O que leva à insegurança da vida dos profissionais do jornalismo no Brasil? Entrevista com Maria José Braga, presidente da Fenaj. (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2L8mqiH

ECONOMIA.
Brasil registra pior fluxo cambial para junho desde 1982. Em junho deste ano, US$ 8,286 bilhões saíram a mais do Brasil do que entraram no câmbio contratado. É a pior cifra desde que o Banco Central (BC) começou a coletar os dados, em 1982. | bit.ly/32ciGSm

VAZAJATO
. Novas revelações questionam a imparcialidade de Sergio Moro no "caso Lava Jato". O juiz teria manobrado para manter o poder nas causas da operação, escondendo informações de um ministro da Suprema Corte. Moro teria manobrado para manter o poder nas causas da operação Lava Jato, na qual participa o ex-presidente Lula. (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/2xBrQKk

DEMOCRACIA
. Brasil, uma democracia onde as poderes colidem. Tribunais que legislam, parlamentares que se comportam como estadistas e um governo que busca mobilizar a sociedade para pressionar as instituições: bem-vindo ao Brasil de Jair Bolsonaro, onde os poderes estão colidem. (LE NOUVEL OBSERVATEUR, França) | bit.ly/2S4taii

MEIO AMBIENTE
. Desmatamento na Amazônia aumentou 88% em um ano no Brasil. Uma tendência que se ampliou desde a eleição de Jair Bolsonaro. (LE SOIR, Bélgica) | bit.ly/2XxmVJu

BOLSONARO
. Agressões, fofocas e corrupção. Assim está o partido de Bolsonaro. Nas últimas eleições, o PSL passou de um para 52 deputados, a maioria exóticos, e não soube lidar com o deslumbramento do poder. O presidente desculpa-se: "Para concorrer, fui pegando qualquer um". (DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal) | bit.ly/32cdhLb

BOLSONARO
. Jair Bolsonaro defende trabalho infantil. O presidente brasileiro apresentou seu exemplo pessoal para defender o trabalho infantil, gerando controvérsias. (TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça) | bit.ly/2XrIS88

COCAÍNA.
O militar que levava cocaína no avião presidencial agiu sozinho? (EL ESPECTADOR, Colômbia) | bit.ly/2FX5s2q

VAZAJATO.
Os novos vazamentos que atingem o ex-juiz da Lava Jato no Brasil. Depois de publicações feitas pela The Intercept Brazil das polêmicas conversas que questionam a imparcialidade do ex-juiz brasileiro, Sergio Moro, no caso de Lava Jato, novas revelações surgem. Desta vez foram publicados pela renomada revista Veja. (EL ESPECTADOR, Colômbia) | bit.ly/2S3kB7h

VAZAJATO.
Mea culpa pela revista Veja por ter tratado o ministro Moro como herói. Em editorial nesta sexta-feira, a publicação brasileira reconhece que durante o processo Lava Jato o ex-juiz não agiu de acordo com a lei. (LA DIÁRIA, Uruguai) | bit.ly/30hwXvj

STF.
Entrevista com o ministro Dias Toffoli. (EL CLARÍN, Argentina) | bit.ly/2FZaz1Y

BOLSONARO.
Não decola: o primeiro semestre de Bolsonaro, marcado por decepção. (LA NACIÓN, Argentina) | bit.ly/2S3csQf

BOLSONARO
. Bolsonaro defende o trabalho infantil. Suas declarações provocaram numerosas e duras críticas nas redes sociais. (LA JORNADA, México) | bit.ly/2LJv7PR

A MORTE DE JOÃO GILBERTO

THE GUARDIAN, Inglaterra | bit.ly/2Jxu4Qx | bit.ly/2XvVYB9 | bit.ly/2XvaQzK

PÁGINA 12, Argentina | bit.ly/2L5HTJ1

EL PAÍS, Espanha | bit.ly/2FS6zR5


LA VANGUARDIA, Espanha | bit.ly/32cQf6N


EL PERIÓDICO, Espanha | bit.ly/2LI2H8L


LE MONDE, França | bit.ly/2S1FnUO


LE FIGARO, França | bit.ly/2NEwTEH


LA REPUBBLICA, Itália | bit.ly/2XxCJHB


CORRIERE DELLA SERA, Itália | bit.ly/2NBRNnR


DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | bit.ly/2FZeoV5 | bit.ly/2xA2VqA | bit.ly/2XxlFGg

PÚBLICO, Portugal | bit.ly/2RWCQLq

THE NEW YORK TIMES, EUA | nyti.ms/2YETyS4


TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça | bit.ly/2xBxyvM


LIBÉRATION, FRANÇA |
bit.ly/2GbHyAD

THE INDEPENDENT, Inglaterra | bit.ly/2GbHyAD


EL MERCÚRIO, Chile | bit.ly/2NFH0sK


LA JORNADA, México | bit.ly/2YDN6Lb


NOTÍCIAS DO MUNDO

EXTREMA DIREITA
. A extrema direita. As teorias do assassino da mesquita de Christchurch na Nova Zelândia estão se infiltrando no discurso comum, alerta o relatório. Pesquisadores descobriram que redes organizadas de extrema-direita estão promovendo uma conspiração conhecida como teoria do "grande substituto". A teoria se sustenta numa paranoia de que os brancos estão sendo eliminados por meio da migração e da violência. Agora, o ISD descobriu que a ideologia outrora obscura entrou na política dominante e agora é referenciada por figuras como o presidente americano Donald Trump, o ministro do Interior italiano Matteo Salvini e Björn Höcke da Alternativa Alemã para a Alemanha (AfD). (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2L7L9ng

ARGENTINA
. Macri constrói um labirinto e Alberto sai por cima. Ilusão do futuro versus denúncia do caos, na campanha eleitoral. O governo quer envolver a Frente de Todos no emaranhado de um conflito entre o campo e a cidade que Fernández não propõe. A nova campanha da oposição retruca: "Juntos vamos colocar ordem no caos que estão nos deixando." (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2GbILYH

GRÉCIA
. Grécia vota para sair da sua pior crise. A classe média empobrecida do país punirá Tsipras nas urnas. Alguns dizem queganham 350 euros a menos por mês, outros 400. Alguns até perderam suas casas, seus empregos e suas vidas antigas. Uma década depois da tragédia financeira que sacudiu as fundações da União Europeia, a face da crise grega não é mais medida pelas vitrines fechadas ou pelos muitos mendigos da rua, mas pela perda do poder aquisitivo da classe média. (LA VANGUARDIA, Espanha) | bit.ly/2S3kZTh

IRÃ.
Irã quebra acordo nuclear enriquecendo urânio a um nível proibido. É oficial, o Irã começará a enriquecer urânio para mais de 3,67% "em poucas horas". Uma resposta a Donald Trump. (LE NOUVEL OBSERVATEUR, França) | bit.ly/2FZb5gq

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Martin Granovsky – Argentina (Página 12, Argentina) | “Macri desenterra a Alca” | bit.ly/2YHv0rK

Sergio Kiernan
– EUA (Página 12, Argentina) | “A guerra eterna é um bom negócio – o descontrolado orçamento militar dos EUA” | bit.ly/2Jse960

Thomas Piketty
– Europae (Le Monde, França) | “A criação monetária pode nos salvar?” | bit.ly/30hKK58

Robert Reich
– EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Não há esquerda vs. direita: é Trump e os oligarcas contra o resto” | http://bit.ly/2XyNePN

Conteúdo Relacionado