CM8 Internacional

Clipping Internacional - 08/08/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo e especial sobre as repercussões da decisão do STF sobre a prisão de Lula; e Artigos

08/08/2019 09:26

(AFP)

Créditos da foto: (AFP)

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO
. Os dados mostram o desmatamento ‘explodindo’, mas Bolsonaro rejeita o rótulo de “Capitão Motosserra”. Os dados mostram que 2.254 quilômetros quadrados de mata foram devastadas em julho, enquanto o presidente diz que Macron e Merkel "não perceberam o Brasil sob nova administração". Falando em São Paulo na terça-feira, o presidente do Brasil atacou os líderes da França e da Alemanha - que manifestaram preocupação com o aumento da destruição desde que Bolsonaro assumiu o cargo em janeiro. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2Kmc0dN

BOLSONARO
. O autoritarismo de Bolsonaro: humilhação de vítimas da ditadura e ameaças a jornalistas. O presidente do Brasil ataca o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil denegrindo a memória de seu pai, preso e morto na ditadura. O jornalista Glenn Gleenwald, que publicou áudios do atual ministro da Justiça demonstrando o peso político do julgamento contra Lula, fala com o El Diário. "Pode ser o fim da democracia brasileira", diz Gleenwald sobre as ameaças diretas de Bolsonaro de que ele poderia ir para a cadeia. (El Diário, Espanha) | bit.ly/2Yzulwv

BOLSONARO
. Bolsonaro corta recursos para a imprensa. Em guerra aberta contra o poderoso grupo de mídia Globo, Jair Bolsonaro decidiu tocá-lo no bolso. Em vez de pagar jornais para publicar seus relatórios trimestrais, as empresas agora poderão fazê-lo gratuitamente na internet, de acordo com um pedido publicado esta semana. Essas publicações legais compõem uma boa parte das receitas dos jornais. "Espero que o Valor Econômico se recupere", disse ironicamente o presidente brasileiro sobre o jornal econômico do Grupo Globo. (Les Echos, França) | bit.ly/2YFvumt

MOURÃO
. O vice presidente Mourão afirmou em Santa Cruz do Sul, no RGS, com relação aos tremores de saúde da presidente alemã Angela Merkel: “O nosso presidente Donald Trump dando uma encarada na Merkel. Eu acho que foi por isso que a Merkel começou a ter uns tremores de vez em quando", afirmou Mourão segundo o jornal O Globo. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2KnKf4h

ÍNDIOS
. Garimpo representa a morte para os índios, diz 1ª deputada federal indígena. A deputada federal Joenia Wapichana (Rede-RR) afirma que o garimpo em terras indígenas, bandeira do presidente Jair Bolsonaro. "O garimpo não traz benefício e melhoria nenhuma. Para os indígenas, representa a morte", diz a coordenadora da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Povos Indígenas em entrevista à Sputnik Brasil. A congressista é a segunda representante indígena da história do Congresso brasileiro. O primeiro foi Mário Juruna, deputado federal de 1983 a 1986. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2YWbN4J

REFORMA DA PREVIDÊNCIA
. Reforma previdenciária no Brasil passa pelo voto crítico na Câmara dos Deputados. Legislação é considerada nos meios financeiros como essencial para restaurar a confiança do investidor. (Financial Times, Inglaterra) | on.ft.com/2M4kGaL

AS REPERCUSSÕES DA DECISÃO DO STF SOBRE LULA

PÁGINA 12, Argentina | O STF impede outra atropelada em Lula. O Supremo Tribunal Federal determinou em sessão de urgência, por dez votos a um, que Luiz Inácio Lula da Silva permaneça detido na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba revogando a medida publicada horas antes por um juiz de primeira instância que determinou sua transferência para uma prisão em San Paulo. A decisão, contra a arrogância da operação Lava Jato, estabelece um precedente que pode favorecer o líder petista. Desta vez o Tribunal não consentiu em um ultraje que parecia exagerado até mesmo para políticos de direita como o presidente da Câmara de Deputados Rodrigo Maia, do Democratas. | bit.ly/2TejXV2

El País, Espanha |
Suprema Corte suspende transferência de Lula para prisão comum em São Paulo. A defesa solicitou que a resolução aguardasse a decisão do STF sobre os desmandos do Ministro Sérgio Moro, que poderia anular sua sentença | bit.ly/2OU8HhU

El Mundo, Espanha |
O Supremo Tribunal Federal suspendeu a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para uma prisão no interior de São Paulo, depois de ter sido ordenada pela Justiça Federal do Paraná. Ele havia sido designado para uma prisão de presos comuns na pequena cidade de Tremembé, a 150 quilômetros da capital paulista. Os advogados de Lula recorreram da decisão para a Suprema Corte, alegando que a prisão não tinha condições de abrigar o ex-presidente. Além disso, ressaltaram que, caso essas condições de segurança não fossem garantidas, o ex-presidente deveria ser libertado imediatamente. Para a presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, a vida de Lula estaria em perigo se fosse transferida para aquela prisão, que abriga alguns dos assassinos mais famosos do Brasil. | bit.ly/2ZO42zq

EL PERIÓDICO, Espanha |
A Suprema Corte suspende transferência de Lula para prisão comum em São Paulo. A defesa havia denunciado que sua transferência colocava o ex-chefe de Estado em perigo. Lula está na prisão de Curitiba. A decisão da juíza federal Carolina Lebbos de mandá-lo para a prisão de Tremembé foi revogada. Lebbos é considerada uma aliada incondicional de Sergio Moro. A situação de Moro, ministro da Justiça no governo de ultradireita, se tornou instável desde as mensagens que ele trocou com o promotor Deltan Dallagnol em seu tempo como magistrado e que estão relacionadas à imparcialidade no processo contra Lula. "Moro está agindo através da Polícia Federal para prejudicar Lula", disse a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, através da mídia social. A deputada também se referiu aos riscos de segurança | bit.ly/2YTxGBZ

LE MONDE, França |
Suprema Corte do Brasil suspende transferência da prisão do ex-presidente Lula. O ex-presidente de 73 anos atualmente cumpre pena de oito anos e dez meses de prisão por corrupção. Sua condenação, será reavaliada pelo STF, devido à suspeita de parcialidade do juiz que o sentenciou em primeira instância. Em junho, o site de investigação The Intercept Brasil publicou trocas de mensagens mostrando uma conivência entre este juiz e os promotores encarregados do caso. O juiz em questão, Sergio Moro, , é atualmente ministro da Justiça do presidente de extrema direita Jair Bolsonaro. Este último venceu as eleições de outubro, para as quais Lula era favorito antes de ser declarado inelegível três meses antes das eleições. | bit.ly/2YB3XT2

Diário de Notícias, Portugal |
Supremo suspende transferência de Lula para a prisão dos famosos. Corte mais alta do Brasil reuniu-se de urgência e votou, por 10 votos a um, manter Lula em Curitiba. Horas antes, juiz nomeado por Sergio Moro ordenara transferência para Tremembé, cadeia com celas coletivas e buraco no chão como casas de banho. Partido dos Trabalhadores considera iniciativa uma "perseguição". Assinada por um juiz, Paulo Sorci, nomeado pelo ministro da justiça Sergio Moro, que enquanto magistrado condenou Lula, a ordem causou ruído todo o dia. Desde logo do Partido dos Trabalhadores que a considerou "perseguição". Um assessor de Lula disse que a eventual "transferência para São Paulo, é retaliação pois ela é vista por muitos, inclusivamente no exterior, como injusta e arbitrária, ainda mais após os diálogos entre Moro e os procuradores. | bit.ly/31nNnms

The Washington Post, EUA |
O STF bloqueou a transferência de Lula. Um juiz havia ordenado que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fosse transferido para uma penitenciária para criminosos comuns, mas a Suprema Corte rapidamente impediu a transferência. Foi uma decisão por 10 a 1. Quase 100 parlamentares de centro-direita e de esquerda pressionaram o presidente da Suprema Corte, José Dias Toffoli, a decidir contra a transferência rapidamente. O Partido dos Trabalhadores de Lula disse em um comunicado que a transferência ordenada era "mais uma ilegalidade e um gesto de perseguição contra Lula". | wapo.st/2YxLwPd

La Vanguardia, Espanha | bit.ly/33iy6oM


Le Figaro, França | bit.ly/2YySAe7


La Presse, Canadá | bit.ly/2KBfcAR


Le Nouvel Observateur, França | bit.ly/2TfUz1e


Público, Portugal | bit.ly/2KznARx


Tribune de Genève, Suíça | bit.ly/2OKXHne


El Telégrafo, Equador | bit.ly/2TmDQcI


El Mercúrio, Chile | bit.ly/2OVuQwi


La Jornada, México | bit.ly/2YRKVDg


Diário Correo, Peru | bit.ly/2KwtB1k


Últimas Notícias, Venezuela | bit.ly/2ZNOmfy


El País, Uruguai | bit.ly/2yNqMng


El Clarín, Argentina | bit.ly/2KACaZ6


La Nación, Argentina | bit.ly/2MKmllf


NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. Dois atos, dois modelos. Os encerramentos de campanha de Fernández e Macri. A “Frente de Todos”, de Fernández e Kirchner, fez seu ato de encerramento diante de uma enorme multidão em Rosário: "Queremos que as pessoas sejam felizes novamente, com os governadores no palco e discursos emocionados de seus candidatos. Macri fez o seu em um estádio fechado em Córdoba, diante de 5000 pessoas. (Página 12, Argentina) | bit.ly/31m8OUQ

EUA
. As pessoas têm medo de ser hispânicas': Trump visita um El Paso de luto e revoltado. O presidente Trump enfrenta protestos enquanto passa o dia em locais de tiroteios em massa no Texas e Dayton, Ohio. Com grande parte da retórica do próprio presidente refletida no manifesto anti-imigrante e racista do atirador de El Paso, muitos sentiram que a visita estava jogando sal na ferida de uma comunidade binacional, em grande parte latina, de luto. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2GV9kkV

HONDURAS.
Hondurenhos voltam às ruas para exigir a saída de Juan Orlando Hernández. O presidente do país da América Central foi apontado pela promotoria de Nova York por usar dinheiro das drogas para financiar sua campanha presidencial. (El País, Espanha) | bit.ly/2KxczjI

ECONOMIA MUNDIAL
. Economia global está ameaçada por uma overdose de dinheiro barato. A Europa é vencida pelo colapso das taxas. A taxa de juros de dez anos é negativa na Alemanha, França, Suíça, Suécia, mas também no Japão. (Le Monde, França) | bit.ly/2KzJBQ7

DEMOCRACIAS
. Nos cargos, mas não no poder. As democracias ocidentais estão se tornando ingovernáveis? Políticos às vezes dizem isso, mas significam coisas diferentes em diferentes países. (The Economist, Inglaterra) | econ.st/3369Ea7

MEIO AMBIENTE.
A mudança climática ameaça o suprimento mundial de alimentos, adverte as Nações Unidas. A terra e os recursos hídricos do mundo estão sendo explorados a uma taxa "sem precedentes", segundo um relatório da ONU. A janela para resolver o problema está sendo fechada. As crises alimentares podem desenvolver-se em vários continentes de uma só vez e levar a um aumento da migração transfronteiriça. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2KDFClJ

VENEZUELA
. A nova escalada dos EUA é "terrorismo econômico": Venezuela. A Venezuela acusou ontem os Estados Unidos de terrorismo econômico e de buscar uma ruptura no diálogo com a oposição, respondendo às novas sanções que congelam todos os seus bens em território norte-americano, uma decisão aplaudida pelo líder da oposição Juan Guaidó. (La Jornada, México) | bit.ly/2KiP1jE

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eric Nepomuceno – Brasil ( Página 12, Argentina) | “A indecente perseguição a Lula” | bit.ly/2P2gQBl

Emir Sader
– Brasil ( Página 12, Argentina) | “A causa Lava Jato se desfaz” | bit.ly/33k2pvj

Martin Granovski
– Argentina (Página 12, Argentina) | “Macri não alcança a vitória, nunca” | bit.ly/2yIUoCd

Paul Krugman
- EUA (The New York Times, EUA) | “Pirraça tarifária e riscos de recessão. Por que a guerra comercial amedronta tanto o mercado.” | nyti.ms/2YPruyV

Conteúdo Relacionado