CM8 Internacional

Clipping Internacional - 09/09/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

09/09/2019 09:58

(Rodolfo Buhrer/Reuters)

Créditos da foto: (Rodolfo Buhrer/Reuters)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA.
Nova filtração sacode o Brasil: Promotores de Lava Jato assumem ação política contra Lula da Silva. Um dos novos áudios revelados mostra o promotor chefe, DeltanDallagnol, orquestrando um vazamento contra os ex-presidentes Lula da Silva e Dilma Rousseff através da TV Globo. Na ocasião, o procurador disse que a ilegalidade de suas ações era "um detalhe". (El Desconcierto, Chile) | bit.ly/2kaEugf

LULA.
Prêmio Sakharov para Lula? "Penso que a Europa ficaria honrada". O eurodeputado francês está a recolher assinaturas para candidatar Luiz Inácio Lula da Silva ao mais importante prémio europeu de direitos humanos. Se for bem-sucedido, o ex-presidente brasileiro ficará acompanhado de Nelson Mandela, Xanana Gusmão, Guillermo Fariñas ou, mais recentemente, Malala. Entrevistado em Bruxelas pelo DN, o político francês considera que Lula da Silva foi alvo de um julgamento "forjado" à medida dos interesses dos seus opositores. Além do mais, entende que por ser o "modelo de uma geração", o antigo presidente brasileiro já deveria receber uma distinção, que deixaria "a Europa honrada".(Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2m1VUMp

LAWFARE.
Mélenchon assina um manifesto com Lula para denunciar "julgamentos políticos". Entre os 200 signatários estão os ex-presidentes brasileiros e equatorianos Lula da Silva e Rafael Correa e o líder espanhol do Podemos Pablo Iglesias, assim como o Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Perez Esquivel. "O tempo para os julgamentos políticos deve parar", escrevem personalidades políticas de todo o mundo em um documento conjunto publicado no domingo . "Convidamos a vigilância para defender as vítimas desse tipo de operação, independentemente de sua afiliação política. Apelamos à cooperação global da resistência legal ", escrevem os signatários.(Le NouvelObservateur, França) | bit.ly/2kCrike

AMAZÔNIA
.'Caos, caos, caos': Amazônia ainda está em chamas enquanto o Brasil descarta 'alarido' por causa de incêndios. Uma odisseia de 2.000 km de estradas e rios através da floresta tropical revela consenso de todos os lados: Bolsonaro impulsionou uma temporada recorde de queima e inaugurou uma nova era de naufrágios. "Tudo começou nesta manhã", disse Valdir Urumon, chefe de uma vila indígena neste canto isolado do estado de Rondônia, enquanto o vasto pilar de fumaça pairava sobre as casas de palha de seu assentamento. No final da tarde, quando o Guardião chegou ao local, o fogo intensificou-se em um incêndio catastrófico, atravessando o norte por uma faixa de selva, com talvez três quilômetros de extensão. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2lLLeRV

AMAZÔNIA
. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro, sobpressão internacional para conter os incêndios que estão ocorrendo na Amazônia, está tentando reprimir os agricultores e madeireiros que limpam a terra queimando a floresta tropical.Mas ele enfrenta tradições, práticas, leis de longa data - e parte de sua própria retórica.(The Washington Post, EUA) | wapo.st/2kbFtgc

AMAZÔNIA
. Desmatamento aumenta na Amazônia brasileira em 222%. O estudo foi realizado por uma agência estatal que Bolsonaro tentou decapitar. Lula acusa o governo de extrema direita de estar por trás de desastres ambientais. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/2k6OJSz

AMAZÔNIA
. O desmatamento na Amazônia quase dobrou em um ano. (Le Figaro, França) | bit.ly/2kbBtMG

BOLSONARO
. Cirurgia de Bolsonaro: informação e propaganda. Cada operação foi envolvida em uma aura de misticismo. O presidente brasileiro, sempre desconfiado de seu número dois, Hamilton Mourão, reassumirá na quinta-feira, mesmo antes de receber alta. Uma sala clínica já foi contratada para fazer reuniões de gabinete. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2m7CENL

BOLSONARO
. Bolsonaro operou com "sucesso" de uma hérnia incisional. Esta é a quarta operação do presidente brasileiro após sua agressão há um ano. (Le Soir, Bélgica) | bit.ly/2m0wLlh

BOLSONARISMO
. 'Concurso de insultos': chanceler francês reage a declarações de Guedes contra Brigitte Macron. O chanceler francês afirmou que a diplomacia não é um "concurso de insultos", reagindo assim às declarações hostis do ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, contra a esposa do presidente da França. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2knwicF

CENSURA
. Justiça veta censura literária homofóbica. Marcelo Crivella, prefeito do Rio, ordenou que fossem recolhidos exemplares de livro devido a imagem de beijo entre dois homens. O Tribunal de Justiça do Rio quis impedir inicialmente a ordem, depois permitiu-a. Caso foi para o Supremo Tribunal, que impediu a censura.(Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2lE8CB4

CENSURA
.O prefeito do Rio censura beijo gay na HQ Vingadores. Protestos estouraram e o Supremo Tribunal Federal declarou a censura "ilegal".(La Repubblica, Itália) | bit.ly/2m34bje

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. As províncias argentinas, cada vez mais no vermelho. A arrecadação caiu pela recessão; elas perderam os fundos coparticipativos em razão das "medidas de alívio" de Macri; elas sofreram o ‘default de seus títulos e suas dívidas dispararam pela desvalorização do peso. Os estados provinciais enfrentam um duro panorama. Em Buenos Aires, o governo da macrista Maria Eugenia Vidal multiplicou a dívida por 5,5 vezes. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2lCxo4p

ARGENTINA
. Pesquisas indicam que Alberto Fernández venceria as eleições do primeiro turno. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2kctPBK

EUA
. Republicanos e democratas denunciam as chocantes revelações sobre negociações com o Taliban. O anúncio chocante de Donald Trump de que ele havia cancelado conversas secretas de paz com o Taleban neste fim de semana provocou críticas e confusão, inclusive de seu próprio partido republicano. E o congressista republicano Adam Kinzinger, de Illinois, não deu trégua a Trump: "Nunca devem ser permitidos líderes de uma organização terrorista que não renunciou ao 11 de setembro e continua a ser má em nosso grande país. NUNCA. Ponto final ", ele tuitou logo após o anúncio de Trump, também via Twitter, na noite de sábado.(The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2kc5GLA

CHILE
. Homenagem às vítimas, 46 anos após o golpe de Pinochet. Milhares participam da Marcha pelos Direitos Humanos no Chile.(Página 12, Argentina) | bit.ly/2m0x2oj

CACHEMIRA
. Cachemira: silêncio ensurdecedor. No passado dia 4 de agosto, o governo indiano violou unilateralmente as condições que tinham estado na base da adesão de Jammu e Caxemira à Índia em 1947. Desde então, ele transformou a Caxemira num enorme campo de prisioneiros. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2kAy1va

TURQUIA
. "Não se pode fazer política com medo", afirmou EkremImamoglu, prefeito de Istambul, em entrevista ao El País. Imamoglu, que se tornou um emblema da oposição na Turquia, diz que não será intimidado pelas condenações dos políticos da oposição ou pelos obstáculos que o governo coloca para sua gestão. (El País, Espanha) | bit.ly/2kc5M5U

ALEMANHA
. Controvérsia na Alemanha pela eleição unânime de um neonazista para um cargo local. Ele foi apoiado por militantes do Partido Social Democrata Alemão (SPD) e da União Democrata Cristã (CDU). Stefan Jagsch venceu na quinta-feira passada a votação unânime do Conselho Local de Waldsiedlung, parte de um município de várias aldeias com apenas 2.500 habitantes no estado de Hesse (Alemanha Ocidental), para ser seu representante.(La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2lEmlYq

RÚSSIA
.Eleições regionais na Rússia: sériorevez para o poder de Moscou. Os candidatos apoiadospelas autoridades do Kremlim perderam em 20 dos 45 distritos da capital.(Le Soir, Bélgica) | bit.ly/2lLT3ac

REINO UNIDO
. A ‘trumpização’ da política no Reino Unido: Boris está detonando as normas da política. Suas táticas desafiaram repetidamente a tradição e os precedentes em uma sociedade que valoriza ontem como guia para o amanhã. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/2lLCqeN

REINO UNIDO
. Notícias de Boris Johnson: indignação com o plano ilegal e ‘monumentalmente’ ridículo do primeiro ministro de ignorar o Parlamento e forçar um Brexit sem acordo com uma segunda carta à União Europeia. (The Independent, Inglaterra) | bit.ly/2knwrwJ

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Juan Arías – Brasil (El País, Espanha) | "Bolsonaro está devorando Moro?" | bit.ly/2lFc5zc

Richard Partington
– Desigualdade (The Guardian, Inglaterra) | "Desigualdade: ela está aumentando. Ainda podemos revertê-la? | bit.ly/2k5pMXG

Robert Reich
– EUA (The Guardian, Inglaterra) | "Pode parecer o fim do mundo, mas os EUA têm motivos para esperança. Desigualdade, crise climática e Trump na Casa Branca podem causar desespero. Mas o país está pronto para se recuperar." | bit.ly/2kBwrJn

MempoGiardinelli
– Argentina (Página 12, Argentina) | "Atenção com a dolarização" | bit.ly/2lCFtpL


Conteúdo Relacionado