CM8 Internacional

Clipping Internacional - 09/10/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

09/10/2019 10:08

 

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA
. Lula, candidato ao Nobel da Paz. Às vésperas do anúncio do Prêmio Nobel, Luiz Inácio Lula da Silva foi indicado pela mais poderosa central sindical dos EUA, o AFL-CIO, cujo presidente Richard Trunca o visitará nesta quinta-feira na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba. Lula se tornou o mais notório "prisioneiro político" do mundo, como o chamam de Chomsky a Mélenchon. (Página 12, Argentina) | bit.ly/35j5M6L

LULA
. Da prisão, Lula pede ao centro sindical brasileiro que intensifique a luta contra o "projeto destrutivo" de Bolsonaro. O ex-presidente escreveu uma carta da cela em que está presente desde abril de 2018. A carta foi lida durante uma das audiências plenárias do 13º Congresso Nacional da Central Única de Trabalhadores. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/35hB0uY

ESTADO POLICIAL
. A guerra ao crime no Brasil cobra seu preço nos pobres do Rio. Mortes de crianças em batidas policiais agitam a oposição. Kauê Ribeiro dos Santos, 12 anos, estava empinando pipa e brincando com os amigos quando foi morto a tiros durante um dos frequentes ataques da polícia militar nas favelas da cidade. “A polícia acaba atirando, eles não se importam com quem morre”, disse a mãe de Kauê, Mônica Ribeiro, logo depois que seu filho foi morto no mês passado. "Nós nos escondemos, nos jogamos no chão, nos enterraríamos em um buraco no chão, se pudéssemos." (The Wall Street Journal, EUA) | on.wsj.com/30VUaDb

CORRUPÇÃO ELEITORAL
. Whatsapp admite envio ilegal de mensagens nas eleições de 2018. “Na eleição brasileira do ano passado houve a atuação de empresas fornecedoras de envios maciços de mensagens, que violaram nossos termos de uso para atingir um grande número de pessoas", disse o gerente do WhatsApp, Ben Supple. A prática viola as regras do serviço para chegar a públicos maiores. Reportagens publicadas pela Folha de S.Paulo durante o ano de 2018 revelaram que empresários impulsionaram disparos de mensagens por Whatsapp contra o então candidato do PT, Fernando Haddad. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2Vrg7ch

CORRUPÇÃO ELEITORAL
. WhatsApp admite envio massivo de mensagens de forma irregular nas eleições ganhas por Bolsonaro. Empresários apoiadores do então candidato Jair Bolsonaro pagaram pelo envio de mensagens em massa contra o adversário do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad, que acabou derrotado nas eleições de 2018, revelou a Folha de São Paulo. "Na eleição brasileira do ano passado houve a atuação de empresas fornecedoras de envios massivos de mensagens, que violaram os nossos termos de uso para atingir um grande número de pessoas", afirmou o gestor de políticas públicas e eleições globais do WhatsApp, Ben Supple. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2IzFG5y

CORRUPÇÃO ELEITORAL
. Gerente do WhatsApp reconhece envio ilegal de mensagens em massa na campanha presidencial brasileira em 2018. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2VsKfEj

ACORDO EU-MERCOSUL
. Brasil diz à França que o acordo Mercosul-UE tem que ser aprovado. O governo brasileiro garante que não há motivos para se opor a este acordo comercial, uma vez que cumpriram os requisitos básicos e também respeitaram o cuidado com o meio ambiente. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/2MxpOSC

BOLSONARO
. Bolsonaro intensifica ataque ao maior jornal do Brasil. Presidente da República chamou Folha de S. Paulo de "panfleto ordinário" que desce "às profundezas do esgoto" e governo convoca boicote de publicidade privada ao jornal. Em causa, notícia de que um delator implicou o chefe de Estado em escândalo de corrupção do seu partido. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/33hoJ7W

BOLSONARO
. "Pare de perguntar besteiras!", disse Bolsonaro após ser consultado sobre casos de tortura em prisões no Pará. O presidente pediu a Deus para "lavar a cabeça da imprensa que temos". Enquanto estava na entrada da residência presidencial tirando selfies com um grupo de apoiadores, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, se retirou abruptamente do local depois que um jornalista lhe perguntou o que pensava dos casos de tortura nas prisões no estado de São Paulo. Pará - no nordeste do país - denunciado pelo Ministério Público no início de outubro. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2OvaisK

AMAZÔNIA EM CHAMAS
. Incendiários estão colocando fogo na Amazônia. Esta equipe de elite de bombeiros está em seu caminho. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/2Ox0LBq

MEIO AMBIENTE
. Danos podem ser irreversíveis nas praias atingidas por óleo no Nordeste do Brasil, diz oceanógrafa. A poluição por óleo de mais de 130 praias, em pelo menos 2.000 km no Nordeste do Brasil, é um desastre "sem precedentes" no país, diz Maria Christina Araújo, oceanógrafa da Universidade Federal. do Rio Grande do Norte (UFRN). Desde o início de setembro, grandes manchas de óleo de origem desconhecida mancharam praias paradisíacas desta região pobre, que dependem muito do turismo. (RFI, França) | bit.ly/2LYVhh8

MEIO AMBIENTE
. Misterioso derramamento de óleo se torna uma nova crise ambiental para o Brasil. Estima-se que 100 toneladas de petróleo derivam para a terra desde o início de setembro, poluindo algumas das praias mais puras do país e forçando as autoridades brasileiras a lidar com mais uma crise ambiental. O governo já passou por um exame minucioso e críticas severas, após uma temporada extraordinariamente intensa de incêndios florestais na Amazônia. Agora, o vazamento de petróleo foi constatado em pelo menos 132 praias que afetam 61 municípios em nove estados, disse o Ministério do Meio Ambiente do país. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2AXLnWO

OUTRAS NOTÍCIAS DO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO

L’Express, França | bit.ly/2pbdqiP


El País, Uruguai | bit.ly/2VqfnEp


El País, Espanha | bit.ly/2p37fNU


2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

EQUADOR
. Protestos se intensificam no Equador antes da grande mobilização contra Lenín Moreno. A polícia expulsa os manifestantes do Parlamento e o governo decreta o toque de recolher. Centenas de manifestantes, a maioria indígenas, invadiram a terça-feira na sede da Assembleia Nacional do Equador em meio a protestos iniciados na semana passada pelo aumento do combustível decretado pelo governo de Lenin Moreno. (El País, Espanha) | bit.ly/2LYHcR4

EQUADOR
. A greve se torna uma insurreição popular contra Moreno. A greve se volta para o seguro popular contra a MORENO. A situação é complicada para o celerado presidente Lenin Moreno, no Equador. Nos últimos dias, os movimentos se multiplicaram para protestar contra sua decisão, que entrou em vigor na última quinta-feira, para remover subsídios de combustível. No estado de emergência decretado pelo governo neoliberal, os nativos respondem por seu próprio "estado de emergência em todos os territórios indígenas". (L’Humanité, França) | bit.ly/2nv6Vae

TURQUIA
. Trump entregou a luta contra Isis na Síria, diz a Turquia, enquanto a ofensiva ameaça. Ancara diz que os militares cruzarão a fronteira 'em breve' e afirma que o presidente dos EUA deu sinal verde, contradizendo as negações dos EUA. Os líderes militares curdos dentro da Síria disseram que estavam preparados para a invasão e alegaram que houve um ataque do Isis contra sua antiga fortaleza de Raqqa. Mas relatórios da cidade sugeriram que o ataque foi em pequena escala. No entanto, aprofundou os temores curdos de que em breve se encontrariam lutando em várias frentes, contra a Turquia, Ísis e possivelmente unidades apoiadas pelo Irã ou pela Rússia alinhadas com Damasco, tudo sem apoio dos EUA. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2nyJMns

ARGENTINA
. Quando o denunciante é denunciado. A doutrina Bullrich (ministra da segurança) para silenciar vozes dissidentes não desiste. Três semanas após a eleição geral, Javier Smaldone, especialista em segurança de computadores, foi preso. Ele foi detido por mais de dez horas pelo especialista em segurança de computadores Javier Smaldone, conhecido por suas críticas à votação eletrônica e à Smartmatic. Ele é investigado por vazar dados da polícia chamados "The Leaks Cap", sobre os quais ele twitou. (Página 12, Argentina) | bit.ly/33c805S

FACEBOOK
. O monopólio do Facebook, em perigo. A pré candidata democrata Elizabeth Warren pretende dividir a empresa se ela se tornar presidente. O Facebook é um dos exemplos mais poderosos de fusão de negócios. Para Warren, dividir as grandes empresas de tecnologia favoreceria a concorrência. O debate sobre o uso de dados pessoais. Um vazamento reviveu o debate sobre a regulamentação de grandes empresas de tecnologia.. O desacordo entre as duas figuras restabeleceu a discussão sobre o poder econômico da rede social, manifestado, por exemplo, em seu projeto de criar sua própria criptomoeda, sem esquecer os múltiplos cruzamentos com a política em questões como o debate para maior criptografia de mensagens, uso de dados pessoais em campanhas eleitorais e disseminação de mensagens de ódio. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2AV1TH5

EUA
. General Motors: 23º dia de greve nos Estados Unidos. Na quarta semana de greve na General Motors dos EUA, as negociações parecem não ter fim à vista. Os trabalhadores exigem a defesa dos postos de trabalho ameaçados pelo fecho de fábricas, vinculação de temporários e seguros de saúde acessíveis. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/30Y5xdV

EUA
. A Casa Branca declarou guerra ao inquérito de impeachment da Casa na terça-feira, anunciando que não iria cooperar com o que chamou de um esforço ilegítimo "de derrubar os resultados das eleições de 2016" e preparando o cenário para um conflito constitucional com consequências de longo alcance. A carta veio horas depois que a Casa Branca bloqueou a entrevista de uma testemunha importante, o diplomata Gordon Sondland. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2VoTVzn

CHILE
. 22 agentes da polícia política de Pinochet condenados por crimes de há 45 anos. O Supremo Tribunal do Chile condenou esta segunda-feira 22 antigos agentes e quadros da polícia secreta do tempo da ditadura militar no Chile pelo homícidio de dois militantes de esquerda em 1974. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2p58UT5

AMÉRICA LATINA
. A desigualdade deixa os latino-americanos desconfiados. Os habitantes da região não confiam em seus representantes, instituições ou empresas, segundo o Latinobarómetro, porque não percebem que as políticas públicas e o progresso econômico beneficiam toda a sociedade, mas os mais poderosos. (El País, Espanha) | bit.ly/2ICAQop

BREXIT
. Bruxelas se cansa de Boris Johnson: "Você não quer um acordo, não quer uma extensão, não quer revogar o Brexit, quo vadis?" O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que já se perguntou sobre o "lugar no inferno para aqueles que promoveram o Brexit sem um plano de como realizá-lo", perde a paciência. O presidente da Eurocamara, após reunião com Johnson: "Existem duas alternativas: extensão ou Brexit sem acordo". Os líderes se reúnem em Bruxelas nos dias 17 e 18 de outubro, e o Brexit está marcado para 31, mas tudo ainda está bloqueado hoje. (El Diário, Espanha) | bit.ly/2AXDSzg

BREXIT
. Europa se prepara para os efeitos do Brexit. As esperanças de um acordo de última hora entre a Grã-Bretanha e a UE estão desaparecendo e agora os dois lados estão se preparando para as consequências de um Brexit não regulamentado, incluindo taxas alfandegárias mais altas, longos atrasos e maiores incertezas. Haverá muitos perdedores, mas também alguns beneficiários. (Der Spiegel, Alemanha) | bit.ly/2OvaTL0

HUNGRIA
. Sexo, cocaína e corrupção agitam eleições municipais na Hungria. Fidesz, de Viktor Orbán, espera manter Budapeste no domingo, após uma brutal campanha eleitoral. (Tribune de Genève, Suíça) | bit.ly/2Mqhwfd

CHINA
. O “politicamente correto” norte-americano mata o mercado da NBA na China. (Global Times, China) | bit.ly/2IBvFFc

HONG KONG.
Rastreando a interferência estrangeira em Hong Kong. O advogado Lawrence Ma afirma que os EUA têm apoiado os protestos por meio de grupos como o NED. Ma é especialista no que é indiscutivelmente o assunto mais sensível de Hong Kong: ele rastreia meticulosamente a interferência estrangeira percebida na Região Administrativa Especial (RAE). No Ocidente, em circunstâncias semelhantes, ele seria uma estrela da mídia. Com um sorriso, eu me disse que jornalistas locais, trabalhando em inglês ou chinês, raramente o visitam - sem mencionar estrangeiros. (Asia Times, Cingapura) | bit.ly/35en7xL

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Maria Skora – Polônia (Social Europe, Europa) | “A eleição parlamentar na Polônia – o futuro em jogo.” | bit.ly/2OuMwxb

Chika Unigwe
– Países não desenvolvidos (The Guardian, Inglaterra) | “Não existe apenas Greta Thnberg: porque ignoramos os ativistas inspiradores do mundo em desenvolvimento?” | bit.ly/2VqeITh

Luis Bruschtein
– Che Guevara (Página 12, Argentina) | “O homem novo” | bit.ly/2VsL1RJ

Barbara Panico e Esteban Magnani
– Educação (Página 12, Argentina) | “Google e Microsoft se (intro)metem na educação – o uso das plataformas nas aulas” | bit.ly/31W4dtn

Didier Billion
– Turquia (Le Monde Diplomatique, França) | “Turquia, aliado caprichoso, inimigo impossível” | bit.ly/321r5Yy

Marc Schulman
– Israel (Other News, Itália) | “O impasse Netanyahy-Gantz testa a democracia israelense ao limite” | bit.ly/2IB2p17


Conteúdo Relacionado