CM8 Internacional

Clipping Internacional 09/12/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

09/12/2019 08:53

Praticantes de candomblé recém-iniciados participam de uma cerimônia no Rio de Janeiro em 2015. (Lianne Milton/The Washington Post)

Créditos da foto: Praticantes de candomblé recém-iniciados participam de uma cerimônia no Rio de Janeiro em 2015. (Lianne Milton/The Washington Post)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO
. Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, que já havia anunciado que não participaria da premissa de Alberto Fernández em 10 de dezembro, nem enviará representante em seu lugar. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/yx86bw3p

AMAZÔNIA. Imprensa internacional noticia assassinato de mais dois indígenas no Brasil. Agências de notícias internacionais e o jornal britânico The Guardian deste domingo (8) destacam o assassinato de dois índios da etnia Guajajara em um ataque a tiros no Maranhão neste sábado (7), apenas um mês após a morte de Paulino Guajajara. Além disso, dois indígenas ficaram feridos pelos disparos. (RFI, França) | tinyurl.com/rjllhjq

BOLSONARO. Bolsonaro veta viagem do ministro da posse de Fernández na Argentina. O presidente Jair Bolsonaro vetou à viagem do ministro da Cidadania, Osmar Terra, que seria ou seria enviado do país para a posse de Alberto Fernández na Argentina, na próxima terça-feira. Nos últimos dias, o presidente eleito da Argentina, no entanto, se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em Buenos Aires, e enviou uma mensagem de "respeito" e "apreço" ao presidente brasileiro. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/r4eeauj

AMAZÔNIA. Dois indígenas mortos em uma reserva ecológica no Brasil. Dois brasileiros indígenas da etnia Guajajara foram mortos a tiros no sábado enquanto andavam de moto em uma estrada que atravessa a reserva ecológica de Cana Brava, no Maranhão. Dois outros foram feridos por balas disparadas pelos ocupantes de um carro. O ataque ocorre um mês depois que outro indígena, um ativista ambiental pertencente a um grupo de voluntários nativos conhecidos como guardiões da terra de Arariboia, foi morto na mesma área em confronto com madeireiros ilegais nos quais um deles também morreu. Dos 300 crimes que ocorreram na última década, apenas 14 foram julgados, segundo uma contagem divulgada pela Human Rights Watch em setembro. (El País, Espanha) | tinyurl.com/rctrku5

AMAZÔNIA. Fogo contra os defensores da Amazônia matou dois "Guardiões da Floresta". Ministro da Justiça promete ações policiais, mas o presidente Bolsonaro fica calado. Há um mês, Pualino Guajajara, líder da patrulha dos "Guardiões da Floresta". Surpreendido com o primo de um grupo de madeireiros ilegais, ele foi baleado com dois tiros no peito. Ontem foi a vez de outros dois membros da tribo: um carro branco passou na BR-226, a artéria que corta a Amazônia brasileira, desacelerou na frente do grupo de indígenas que voltava de uma reunião em matéria de segurança e disparou inúmeros tiros. Raimundo e Firmino Guajajara morreram, outros dois ficaram gravemente feridos. (La Repubblica, Itália) | tinyurl.com/rwrm6dn

PENTECOSTALISMO. 'Soldados de Jesus': neopentecostais armados atormentam as minorias religiosas do Brasil. Gangues estão ameaçando praticantes de candomblé e fechando templos. Relatos de violência religiosa no Rio aumentaram oito vezes em três anos, dizem as autoridades. "Ninguém quer macumba aqui", disse um deles a Figueiredo, usando um insulto étnico, de acordo com testemunhos que ele forneceu às autoridades. “Você tem uma semana para acabar com tudo isso.” Eles dispararam no ar e foram embora, deixando Figueiredo com uma escolha impossível: sua fé - ou sua vida. (The Washington Post, EUA) | tinyurl.com/rxbrxc9

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. Após 24 anos dirigindo o clube, o macrismo perde a eleição no Boca Juniors. O partido no poder é derrotado nas eleições pela lista encabeçada por Jorge Ameal, e que lidera com Riquelme como candidato a segundo vice-presidente. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/rccahsc

ARGENTINA. Macrismo deixa uma herança pesada: o peso da dívida de curto prazo. O governo deixará uma dívida pública relevante em moeda estrangeira e uma capacidade de pagamento limitada. A renegociação será uma prioridade. “O Macrismo deixará uma dívida pública relevante em moeda estrangeira e uma capacidade de pagamento limitada. Para piorar a situação, uma parte importante desses passivos expira no curto prazo - US $ 26.000 milhões no primeiro semestre de 2020, praticamente dobrando as atuais reservas líquidas”, alertou a consultora Ecolatina no domingo. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/vvg4ed9

ARGENTINA. Fernández terá que limpar a bagunça de Macri. O presidente cessante deixou a economia em pior estado quando assumiu o cargo. Em 10 de dezembro, o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, começará um trabalho difícil. Mauricio Macri, seu antecessor, realizou o que há quatro anos parecia impossível: piorando a terrível situação econômica que ele herdou da nova vice-presidente de Fernández, Cristina Fernández de Kirchner. (Financial Times, Inglaterra) | tinyurl.com/wmsozus

OMC. Trump mutila a Organização Mundial de Comércio (OMC) à medida em que a guerra comercial se agrava. Uma ofensiva dos EUA contra a Organização Mundial do Comércio fecharia efetivamente o sistema para resolver disputas exatamente quando se faz mais necessário. (The New York Times, EUA) | tinyurl.com/yx55l976

COLÔMBIA. Milhares de colombianos desfilaram pacificamente neste domingo pelas ruas de Bogotá em uma mobilização que procurou deixar claro ao governo de Iván Duque que os protestos não param. O formato escolhido celebra um aspecto essencial do que, desde 21 de novembro passado, acompanha as marchas de trabalhadores, estudantes e diferentes grupos: música. (El País, Espanha) | tinyurl.com/qsg99l9

BOLÍVIA. Evo Morales, para ABC: “A OEA fortaleceu o golpe na Bolívia”. O ex-presidente boliviano torna a Organização dos Estados Americanos "cúmplice" no que descreve como um "golpe de estado" contra sua presidência. (ABC, Espanha) | tinyurl.com/vwtwtxt

FRANÇA. Reforma previdenciária: a semana de todos os perigos para o executivo. Após dois anos de consulta, e enquanto um movimento social de magnitude paralisa parte do transporte na França, o ministro Edouard Philippe de François Macron, revelará quarta-feira o conteúdo da reforma. (Le Monde, França) | tinyurl.com/uze7566

FRANÇA. A greve continua na França: situação caótica nos transportes. É uma semana decisiva pela frente na França e está começando a começar bem: o transporte público e o tráfego são fortemente. (Le Soir, Bélgica) | tinyurl.com/r662clc

UCRÂNIA. Ucrânia: um conflito congelado por mais de quatro anos. Enquanto os presidentes russo, ucraniano, alemão e francês se reúnem na segunda-feira, Le Figaro propõe encontrar as grandes datas de uma crise inacabada. (Le Figaro, França) | tinyurl.com/vfcobn2

HONG Kong. Protestos em Hong Kong marcam marca de 6 meses de manifestações. Centenas de milhares de manifestantes lotaram as ruas de Hong Kong em uma demonstração massiva de apoio. (HuffPost, EUA) | tinyurl.com/vzyy72q

EUA. A defesa dos sauditas por Trump fica ainda mais isolada após o tiroteio mortan na base norte-americana da Força Aérea dos EUA na Flórida. Depois que um atirador saudita matou três pessoas em uma base naval em Pensacola, na Flórida, alguns dos aliados republicanos do presidente Trump foram ao ar para condenar o ataque como um ato de terrorismo, pedindo uma interrupção no programa de treinamento que admitiu o atirador e pressionar fortemente o governo saudita a cooperar na investigação. (The Washington Post, EUA) | tinyurl.com/tpbzmgt

FRANÇA. O líder da França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, foi condenado a três meses de prisão com direito a sursis e 8 mil francos de multa por se opor à revista de seu partido. (Tribune de Genève, Suíça) | tinyurl.com/qo7mvpf

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Maísa Rojas - Desigualdade e Aquecimento Global (The Guardian, Inglaterra) | “Aquecimento global mais desigualdade é uma receita para o caos – apenas olhe para o Chile” | tinyurl.com/vetczex

Eduardo Aliverti – Argentina (Página 12, Argentina) | “Alberto Fernández assume e Macri se vai. Um dia para festejar, com a necessidade de estar alerta” | tinyurl.com/vpcwd8t

Boaventura Sousa Santos – Bolívia (Esquerda.net, Portugal) | “Evo Morales: a história o absolverá - Tal como antes Benito Juárez, Evo Morales foi um índio fora do lugar.” | tinyurl.com/r3qr3q6

Pablo Guimón – EUA (El País, Espanha) | “A política exterior de Trump perde o rumo na América Latina - A falta de uma estratégia para a região e decisões erráticas guiadas por interesses partidários marcam a gestão do presidente dos Estados Unidos.” | tinyurl.com/quwh2wb

Carolina Schmidt, entrevista – Conferência sobre o Clima (CO25) (El País, Espanha) | “O aquecimento global aprofunda as desigualdades já existentes” | tinyurl.com/vj7kduu

Marcos Roitman – Chile (La Jornada, México) | “Plutocracias, oligarquias e violência na América Latina” | tinyurl.com/v2kdvh4

Evgeny Morozov – Monopólios Digitais (Le Monde Diplomatique, França) | “Devemos decapitar os gigantes digitais?” | tinyurl.com/wl94fjz



Conteúdo Relacionado