CM8 Internacional

Clipping Internacional - 10/10/20149

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

10/10/2019 07:29

(Joédson Alves/EFE)

Créditos da foto: (Joédson Alves/EFE)

 


1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

ESTADO POLICIAL
. O escândalo de tortura que Bolsonaro considera noticiar um "absurdo" e Moro, "um" mal-entendido ". Procuradores do ministério público denunciam que a polícia enviou para recuperar o controle de prisões violentas no Pará está abusando sistematicamente de prisioneiros.Agentes federais enviados pelo Ministério da Justiça do Brasil a algumas das prisões mais violentas do Estado do Pará supostamente implementaram uma rotina de tortura e atrocidades "em escala industrial", de acordo com a denúncia assinada por 17 dos 28 promotores do Ministério Público Federal atuando nesse Estado. As práticas usuais que incluem ataques diários com bolas de borracha e gás de pimenta, empalamento anal e perfuração dos pés com unhas, entre outras barbaridades. (El País, Espanha) | bit.ly/2MGwuOn

CHICO BUARQUE. “A não assinatura de Bolsonaro é para mim um segundo Prémio Camões”. Jair Bolsonaro deu a entender que não assinará o diploma do Prémio Camões que Chico Buarque venceu este ano. Cerimónia será em Portugal, mas ainda não tem data marcada. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2VsMgA4

CHICO BUARQUE
. Após fala de Bolsonaro, Portugal diz que entrega do Prêmio Camões a Chico acontece em 2020 em Lisboa. O ministério da Cultura de Portugal tenta ser diplomático após a declaração do presidente Jair Bolsonaro de que "tem até dezembro de 2026" para assinar o diploma do Prêmio Camões ao escritor Chico Buarque. A premiação internacional é patrocinada conjuntamente por Portugal e pelo Brasil e o ministério da Cultura português disse à RFI que “a cerimônia de entrega acontece em 2020, em Portugal”. (RFI, França) | bit.ly/2OyncWX

AMAZÔNIA.
"O prejuízo para o Brasil foi muito grande", admite o presidente da Embratur sobre Amazônia. A forte repercussão internacional negativa dos incêndios na Amazônia causou um prejuízo imediato ainda incalculável para o turismo brasileiro, admite Gilson Machado Neto, à frente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). Ele reconhece que a imagem do Brasil no exterior foi "pulverizada”. (RFI, França) | bit.ly/2p5NIfM

BOLSONARO
. Veto da França ao Brasil na OCDE é 'bastante grave para política externa', segundo a especialista Tanguy Gaghdadi. O governo brasileiro acusou na última terça-feira (8) a França de bloquear sua entrada no comitê do clima (OCDE). (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/313hKOy

BOLSONARO
. Outra denúncia por fraude eleitoral contra o Ministro do Turismo de Bolsonaro. Segundo o Ministério Público, que já havia acusado Antonio de promover "candidatos fantasmas" para aumentar a arrecadação do Partido Social Liberal (PSL), que no ano passado levou Bolsonaro ao poder, o ministro também se envolveu em práticas ilegais de "casa B". Nesse caso, a denúncia refere-se a gastos na campanha daqueles "candidatos fantasmas" que não foram declarados perante as autoridades eleitorais, conforme previsto em lei. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2AVAgOl

BOLSONARO
. Campanha de Bolsonaro paga com verbas desviadas. Segundo a imprensa internacional, o ministro do Turismo brasileiro criou candidaturas falsas de forma a poder receber verbas estatais. Estas terão sido usadas nas despesas de campanha de Bolsonaro à presidência. Foi divulgado ainda que Haissader confirmou à polícia que centenas de milhares de reais foram desviados pelo atual ministro do Turismo para pagar as despesas de campanha e as da campanha de Bolsonaro à presidência. O ministro, entretanto, negou as acusações e Bolsonaro recusou-se a demiti-lo. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2q3sHTD

BOLSONARO
. No Brasil, o caso dos "laranjas" provoca uma crise no partido do presidente Bolsonaro. Vários líderes do Partido Social Liberal suspeitos de apropriação indébita de fundos públicos. Segundo o Ministério Público, que entregou os resultados de sua o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, é suspeito de estar no centro de um vasto caso de desvio de verbas da campanha. O escândalo envolveria, em várias regiões do Brasil, quadros do Partido Social Liberal (PSL), partido do presidente Jair Bolsonaro. Em última análise, poderia ter sérias consequências para o futuro do movimento. (Le Monde, França) | bit.ly/329vVDe

BOLSONARO
. Bolsonaro rompe com o seu próprio partido. Após fase de especulação, a rutura está confirmada. "Ele já está afastado do PSL", disse Luciano Bivar, o presidente dos sociais liberais, um dia depois do chefe de estado o ter criticado em público. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/316w20F

BOLSONARO
. Líderes indígenas denunciam na Europa as “graves violações” sofridas por seus povos sob o governo Bolsonaro. A comitiva, composta por sete chefes representativos, estará presente em um dos dias do Sínodo na Amazônia convocado pelo Papa Francisco. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/2OzEgMh

BOLSONARO.
Bolsonaro diz que fica no partido e compara crise a "discussão de marido e mulher". O presidente brasileiro Jair Bolsonaro afirmou na quarta-feira que "por enquanto" permanecerá no Partido Social Liberal (PSL), comparando a crise nesta formação política a uma "discussão entre marido e mulher", segundo a imprensa local. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2q1xAfO

BOLSONARO.
Bolsonaro veta projeto que beneficiaria as escolas no Brasil. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vetou na quarta-feira um projeto de lei que garantiu a atenção de psicólogos e assistentes sociais a estudantes de escolas públicas, com a justificativa de custos excessivos que o Estado não pode assumir. (Telesur, Venezuela) | bit.ly/2LZuWj7

BOLSONARO.
Jair Bolsonaro diz que seu partido está "queimado". A declaração surpreendeu os líderes do PSL, partido que Bolsonaro ingressou no início do ano passado e usou como plataforma eleitoral. (El País, Uruguai) | bit.ly/2B0VqKK

MEIO AMBIENTE
. Óleo contamina praias do Brasil 'muito provavelmente da Venezuela', diz ministro. Governo diz que navio estrangeiro parece ter causado o derramamento, em acusações que provavelmente prejudicarão ainda mais as relações Brasil-Venezuela. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2AY1O5J

MALUF
. A mais alta instância da justiça francesa, a Corte de Cassação, rejeitou o último recurso da família Maluf contra a condenação na França, em outubro de 2015, por lavagem de dinheiro. A decisão definitiva foi publicada no dia 25 de setembro, Maluf pode recorrer à justiça europeia após condenação definitiva na França por lavagem de dinheiro. (RFI, França) | bit.ly/35fFP82

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

CRISE CLIMÁTICA
. As 20 empresas responsáveis por um terço de todas as emissões de carbono. Novos dados mostram como as empresas de combustíveis fósseis cuja exploração incansável das reservas mundiais de petróleo, gás e carvão pode estar diretamente ligada a mais de um terço de todas as emissões de gases de efeito estufa na era moderna. Novos dados de pesquisadores de renome mundial revelam como essa coorte de empresas estatais e multinacionais estão conduzindo a emergência climática que ameaça o futuro da humanidade e detalha como eles continuaram a expandir suas operações, apesar de conhecer os perigos da indústria. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2IAutlo

ARGENTINA
. Pobreza, padres e política: por que o peronismo está de volta na Argentina. Enquanto "padres nas favelas" tentam preencher a lacuna deixada pelo Estado, o movimento populista está em ascensão novamente. (Financial Times, Inglaterra) | on.ft.com/2OyCXgI

ARGENTINA
. Pesquisas continuam a dar clara vantagem à Frente de Todos sobre Macri em face das eleições argentinas. A aliança Fernández-Fernández deve vencer no primeiro turno de 27 de outubro, segundo pesquisas. 54 % a 33 %. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2OAJCXz

EQUADOR
. Adeus Lenin. Dezenas de milhares de manifestantes pediram a renúncia de Lenín Moreno. Dezenas de milhares de pessoas marcharam para Quito no âmbito da greve nacional contra o ajuste realizado pelo governo do presidente do Equador, Lenín Moreno, seguindo as receitas do FMI. A multidão foi liderada pelo movimento indígena, mas sindicatos, estudantes, grupos de mulheres e organizações sociais também se dobraram. Enquanto o governo pediu para abrir o diálogo, por outro lado, enviou a polícia e os militares para reprimir. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2MuV2tf

EQUADOR
. Greve geral paralisa Equador enquanto presidente defende medidas de austeridade. Presidente Lenin Moreno retorna a Quito em movimento surpresa depois de mudar temporariamente o governo para longe da capital. Uma greve geral paralisou grande parte do Equador na quarta-feira, com os protestos de uma semana contra a decisão do presidente Lenin Moreno de eliminar os subsídios aos combustíveis e o governo lutando para restaurar a ordem. (The Wall Street Journal, EUA) | on.wsj.com/2OzErap

EQUADOR
. Diante dos protestos, Lenin Moreno propõe negociar com os adversários no Equador. Na quarta-feira, os principais sindicatos de sindicalistas se uniram aos protestos contra as reformas econômicas promovidas pelo governo, enquanto as autoridades começaram a buscar aproximações com os opositores para dialogar. (La Jornada, México) | bit.ly/3149Ww2

FACEBOOK
. O monopólio do Facebook, em perigo. A candidata democrata Elizabeth Warren pretende dividir a empresa se ela se tornar presidente. O Facebook é um dos exemplos mais poderosos de fusão de negócios. Para Warren, dividir as grandes empresas de tecnologia favoreceria a concorrência. O debate é, também, sobre o uso de dados pessoais. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2AV1TH5

INDONÉSIA.
Os enormes incêndios e a névoa tóxica da Indonésia causarão problemas de saúde nos próximos anos. Atualmente, a Indonésia está passando por uma situação de emergência ambiental. Milhares de hectares de floresta estão queimando em todo o vasto país, causando a liberação de fumaça tóxica na atmosfera. Isso levou a cenas apocalípticas misteriosas de céu vermelho escuro, ruas desertas e pessoas com o rosto coberto de máscaras. Tais incêndios enviam enormes quantidades de carbono para a atmosfera. O último surto maciço, em 2015, viu os incêndios emitirem mais gases de efeito estufa do que todo o país. Eles também são um desastre para os orangotangos e outros animais selvagens da floresta. (The Conversation, EUA) | bit.ly/2pUWmOF

EUA
. Republicanos se afastam de Trump e negociam com os democratas sanções à Turquia. A senadora Lindsey Graham, aliada leal do presidente, apresenta um projeto bipartidário para sancionar o governo de Erdogan. Trump diz que os EUA não apóiam a ofensiva turca na Síria. (El País, Espanha) | bit.ly/2OuZawd

EUA
. No caso do impeachment do presidente Donald Trump, o Congresso luta com um presidente obstrutivo. Força irrefreável encontra objeto inamovível. (The Economist, Inglaterra) | econ.st/2MsR04L

CURDOS
. Trump: "Os curdos não nos ajudaram na Normandia". O presidente dos EUA usa esse argumento para justificar a retirada dos EUA do norte da Síria, (El Periódico, Espanha) | bit.ly/2M3CfXe

CURDOS
. Na Síria, Erdogan lança seu ataque aos curdos. O exército turco atacou várias localidades no nordeste da Síria na quarta-feira antes de iniciar uma operação terrestre, resultando em pelo menos 15 mortes e milhares de deslocados. (Le Monde, França) | bit.ly/3139Ch9

ALEMANHA
. Filmado pelo atirador no caso do atentado antissemita na Alemanha, o ataque a Halle foi transmitido por 35 minutos ao vivo no Twitch. Uma gravação visualizada por 2.200 pessoas. "Até agora, os algoritmos de filtragem não têm sido muito bons em detectar a violência na transmissão ao vivo", disse Jillian Pterson, professora de criminologia. (Le Nouvel Observateur, França) | bit.ly/2IAoDAs

ALEMANHA
. O assassino de Halle, na Alemanha, havia planejado o ataque por pelo menos uma semana. Seu manifesto antissemita foi divulgado online. O texto de 10 páginas foi então publicado on-line por Stephan Baillet, com imagens das armas que ele usaria. (La Repubblica, Itália) | bit.ly/2VBGfkU

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Pedro Ferreira de Souza, entrevista – Brasil (El País, Espanha) | “Brasil subsidia até a saúde dos mais ricos” | bit.ly/2MuL2jW

José Crispiniano
– Brasil (Brasil Wire, EUA) | “20 vias em que o ‘lawfare’ levou ao estado de exceção no Brasil” | bit.ly/35qZt1d

George Monbiot
– Meio Ambiente (The Guardian, Inglaterra) | “O golpe de mestre dos grandes poluidores foi culpar você e eu pela crise climática” | bit.ly/2p5YeDS

Richard Heede - Meio Ambiente (The Guardian, Inglaterra) | “Já é hora de controlar os gigantes da indústria fóssil antes que sua ganância sufoque o planeta.” | bit.ly/2VEiBEt

Noah Feldman
– EUA (The New York Times, EUA) | “Esta é uma crise constitucional. O que acontecerá a seguir? Com a confrontação aberta entre o Congresso e o presidente, nenhuma solução simples está disponível.” | nyti.ms/2M2f7bu

Rafael Correa, entrevista
– Equador (Página 12, Argentina) | “O governo Lenin Moreno está clinicamente morto” | bit.ly/2IBDBX6

Alejandro Collia
– Argentina (Página 12, Argentina) | “O macrismo e o derrame da desigualdade” | bit.ly/325OZSO

Franklyn Ramírez Gallegos
– Equador (Le Monde Diplomatique, França) | “No Equador, o neoliberalismo, de surpresa” | bit.ly/2QxvkcD



Conteúdo Relacionado