CM8 Internacional

Clipping Internacional - 10/12/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

10/12/2019 09:05

 

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

AMAZÔNIA.
Os incêndios foram três vezes mais comuns nas zonas produtoras de carne do que no restante da Amazônia neste verão, segundo uma nova análise. Investigação revela que 70% dos alertas de incêndio da Nasa estavam nas zonas estimadas de compra por empresas de carne bovina, algumas das quais exportam para o Reino Unido. Crescem os pedidos de leis que exijam que as empresas revelem seus vínculos com o desmatamento. os eurodeputados pediram à UE que bloqueie a carne bovina que pode estar ligada ao desmatamento. "É absolutamente urgente que a UE imponha um dever legal às empresas europeias para garantir que suas cadeias de suprimentos estejam livres de desmatamento", disse Heidi Hautala, um eurodeputado finlandês. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/rom7eny

AMAZÔNIA. Banco Mundial instado a repensar o investimento em uma das maiores empresas brasileiras de carne bovina. Especialistas da ONU dizem que é impossível descartar que o gado criado em terras desmatadas ilegalmente acabe na cadeia de suprimentos de Minerva. O Minerva é o segundo maior exportador de carne bovina do Brasil e parte de seu produto é fornecido, direta e indiretamente, por pecuaristas da floresta amazônica. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/u22n9tn

CULTURA. "O governo está estrangulando o cinema": a indústria cinematográfica brasileira luta pela sobrevivência Uma exposição de filmes será aberta na segunda-feira com um programa menor depois que Bolsonaro cortou o financiamento público para as artes no início deste ano. Quando o presidente de extrema direita do Brasil, Jair Bolsonaro, cortou o financiamento público para as artes no início deste ano, a diretora do principal festival de cinema do país sabia que seu evento estava com problemas. Mas a luta pela sobrevivência do festival é sintomática de uma crise mais ampla que envolve o cinema brasileiro sob um presidente ultraconservador que identificou as artes como uma fonte fundamental de oposição ao seu governo e declarou que o estado tem "maiores prioridades" do que a cultura. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/qrwao8n

ARGENTINA. O presidente brasileiro informou três coisas diferentes no mesmo dia. Afinal, Bolsonaro decidiu que seu vice viajaria para a posse de Fernández. Alguns ministros expressaram o risco de não enviar ninguém em nome de seu país, uma das opções que o presidente avaliou no dia. O relacionamento com Fernández, a quem ele ataca desde julho, o irrita profundamente. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/wc28jol

ARGENTINA. Dignitários de toda a América Latina irão convergir em Buenos Aires na terça-feira para a posse presidencial de Alberto Fernández. O chefe do maior e mais importante vizinho da Argentina planeja ficar longe. "Eu não vou, está decidido", disse o presidente brasileiro Jair Bolsonaro depois de Fernández derrotar seu aliado, o presidente Mauricio Macri, nas pesquisas de outubro. A Argentina “escolheu mal”, disse Bolsonaro. "Eu encorajei o outro." (The Washington Post, EUA) | tinyurl.com/r3ayoun

ARGENTINA. Bolsonaro ficou com raiva de jornalistas que perguntaram se ele mandaria alguém para Buenos Aires. Bolsonaro contra a lista de convidados de Alberto Fernández. O presidente brasileiro disse que ainda não decidiu se terá um representante no pressuposto de Alberto Fernández e, em uma transgressão às normas elementares da diplomacia, disse que deseja analisar a lista de convidados para a cerimônia. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/wzodvq6

CÚPULA COP-25. Salles pede dinheiro a países ricos e recusa homenagem a indígenas mortos. Apesar de o ministro do Meio Ambiente do Brasil já estar em Madri desde a semana passada para a Conferência da ONU sobre as Mudanças Climáticas (COP 25), a primeira participação pública de Ricardo Salles no evento foi nesta segunda-feira (9). Salles foi um dos convidados de uma conferência promovida por organizações não-governamentais (ONGs), no espaço reservado às entidades. (RFI, França) | tinyurl.com/sr98dlc

CÚPULA COP-25. O Brasil à procura do futuro na COP25. Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, garante que não vai permitir retrocessos nas leis ambientais brasileiras. “Não aceitaremos retrocessos à política ambiental. O Parlamento brasileiro, o Congresso nacional, assumiu um compromisso com o mundo e eu cumprirei esse compromisso”. O ministro do Meio Ambiente, Pedro Salles, já não estava presente para o ouvir. (Público, Portugal) | tinyurl.com/rno7coy

CORRUPÇÃO. Bolsonaro 'diminuiu importância' de Moro e de combate à corrupção, diz cientista político. Após surfar com habilidade na onda do combate à corrupção, presidente Jair Bolsonaro diminuiu "importância" do seu escolhido para lidar com o tema, o ex-juiz Sergio Moro, segundo o cientista político Rodrigo Prando. Segundo ele, a própria força do nome de Moro, ícone do combate à corrupção e ao crime organizado que foi nomeado ministro da Justiça, contribui para o enfraquecimento da bandeira anticorrupção do atual governo. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/rj2cclp

AMAZÔNIA. França fará parceria com Estados do Brasil na Amazônia, ignorando Bolsonaro. A França e um grupo de estados brasileiros planejam anunciar uma parceria para preservar a floresta amazônica, disse o líder do grupo na segunda-feira, contornando o governo federal do Brasil depois de uma briga entre os presidentes dos dois países. Os incêndios na seção brasileira de floresta tropical, que representa 60% da Amazônia em geral e é vista como um baluarte contra a mudança climática, subiram em agosto ao ponto mais alto desde 2010. As chamas generalizadas provocaram protestos internacionais de que o Brasil não estava fazendo o suficiente para proteger sua floresta. (The New York Times, EUA) | tinyurl.com/u9ajsvn

AMAZÔNIA. Assassinatos no Brasil provocam preocupações com o desenvolvimento de tensões na Amazônia. As vítimas eram membros da tribo Guajajara, conhecida por sua feroz defesa das terras amazônicas. O assassinato de dois líderes indígenas em uma rodovia rural na Amazônia levou a uma resposta rápida das autoridades policiais, em meio a preocupações de que um esforço para desenvolver a floresta tropical está cada vez mais estimulando a violência. Os dois estavam voltando de motocicleta em uma reunião no sábado com funcionários de uma unidade da empresa Eletrobrás para discutir compensação econômica por seu impacto ambiental local quando agressores abriram fogo de um carro em movimento. (The Wall Street Journal, EUA) | tinyurl.com/ubbqdrx

MOEDA. Investidores se aquecem diante do real desvalorizado. O real está na mira de uma recuperação após subida danosa. (Financial Times, Inglaterra) | tinyurl.com/w7bqnf4

BOLSONARO
. Jair Bolsonaro disse que "a âncora de seu governo são as Forças Armadas" e que "se Deus quiser" no futuro estará liderando o país. O presidente brasileiro comemorou a aprovação da lei de reestruturação da carreira e aposentadoria dos militares. “Não podemos fazer nada sozinhos. A grande âncora do meu governo são as Forças Armadas ”, disse Bolsonaro, que acrescentou:“ E se amanhã Deus quiser, os senhores estarão aqui na frente, representando muito bem o nosso país ...” (La Diária, Uruguai) | tinyurl.com/sqx8ese

AMAZÔNIA. França firma parceria com estados brasileiros na Amazônia. A França e um grupo de estados brasileiros planejam anunciar uma parceria para preservar a floresta amazônica, disse o líder do grupo, ignorando o governo federal do Brasil depois de uma briga entre os presidentes dos dois países. (The Sydney Morning Herald, Austrália) | tinyurl.com/wdxqthy

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. Na Argentina, Alberto Fernandez enfrenta o muro da dívida. Renegociar o pagamento da dívida e, ao mesmo tempo, incentivar o crescimento: o presidente eleito, que assume o cargo na terça-feira, terá que dar a prova de muita habilidade em um contexto econômico desastroso. (Le Monde, França) | tinyurl.com/utnxsw8

ARGENTINA. Prioridades claras, enormes desafios. Alberto Fernández assume: Tudo o que o novo governo enfrenta. O presidente que assume hoje já preparou um pacote de medidas que darão sua própria cor no início de seu governo. "Prata no bolso" e reformas judiciais no menu. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/wy8lmao

CÚPULA COP-25. Cúpula climática da COP25: o que aconteceu durante a primeira semana? Ativistas ficaram frustrados com a falta de urgência dentro das salas de negociação em Madri. No início da semana, um relatório sobre o "orçamento de carbono" do mundo revelou a que distância o mundo está do cumprimento dos objetivos do acordo climático de Paris. As emissões de gases de efeito estufa aumentaram 0,6% no ano passado - menos do que nos últimos anos, mas não o suficiente para virar a esquina. Johan Rockström, diretor conjunto do Instituto Potsdam de Pesquisa de Impacto Climático, disse: "Precisamos dobrar a curva [do aumento de carbono até a queda das emissões] no próximo ano". (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/rb5wdjb

ARGÉLIA
. Greve geral contra uma farsa eleitoral. Cria uma mobilização de denúncia e boicote às eleições presidenciais de 12 de dezembro, destinadas a permanecer intactas ou em regime onde ficam todas as cartas e o Exército. (Esquerda.net, Portugal) | tinyurl.com/w8xfjxc

EUA. Em guerra com a verdade. Uma investigação do jornal revela 18 anos de mentiras na guerra do Afeganistão. As autoridades americanas disseram constantemente que estavam progredindo. Eles não estavam, e sabiam disso. O jornal publica exclusivamente milhares de páginas de entrevistas com os protagonistas que desmantelam a narrativa oficial de que houve progresso no conflito. (The Washington Post, EUA) | tinyurl.com/tccwbpt

EUA. Os “Afghanistan Papers” : o Washington Post revela as mentiras de Bush, Obama e Trump sobre a guerra. Os documentos confidenciais obtidos pelo Washington Post revelam as mentiras mantidas pelas autoridades americanas sobre a guerra no Afeganistão há 18 anos, a mais longa da história americana. (Le Soir, Bélgica) | tinyurl.com/trrfpp2

AUSTRÁLIA. A Austrália Oriental e Sydney, em particular, foram cobertas na terça-feira com uma névoa de fumaça tóxica liberada por incêndios florestais que poderia se intensificar devido a condições climáticas "extremas". (La Presse, Canadá) | tinyurl.com/v9cxsbr

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eduardo Aliverti – Argentina (Página 12, Argentina) | “Macri se vai. A posse de Alberto Fernández será um dia para comemorar, com a necessidade de ficar alerta” | | tinyurl.com/yx2a7rng

Ana Luiza Munhoz, entrevista – Chile (Página 12, Argentina) | “Chile: a maioria da sociedade vive uma violência estrutural” | tinyurl.com/solr855

George Monbiot – Reino Unido (The Guardian, Inglaterra) |“Porque precisamos romper um embargo do órgão regulador da imprensa para expor as mentiras da imprensa sobre o Partido Trabalhista” | tinyurl.com/u9jpw2y

Barry Eichengreen – Europa (The Guardian, Inglaterra) | “A Europa pode ser reativada sem déficits orçamentários?” | tinyurl.com/uofa4cn

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “Donald Trump é ruim para os judeus. Há coisas mais importantes que sua tarifa de impostos.” | tinyurl.com/ufclega

Conteúdo Relacionado