CM8 Internacional

Clipping Internacional - 11/02/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; do Mundo; e Artigos/entrevistas

11/02/2020 08:19

(STEFANO FIGALO/BRAZIL PHOTOS/LIGHTROCKET/GETTY IMAGES)

Créditos da foto: (STEFANO FIGALO/BRAZIL PHOTOS/LIGHTROCKET/GETTY IMAGES)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

GOVERNO BOLSONARO/BOLSA-FAMÍLIA
. Governo Bolsonaro congelou Bolsa Família mesmo nas regiões mais pobres do Brasil. Uma em cada três das cidades mais carenciadas não teve novos apoios entre junho e outubro de 2019. Em todos os 200 municípios mais pobres houve um recuo na cobertura e no ritmo de atendimento a novas famílias. Num levantamento que considera os 200 municípios de menor rendimento per capita, apontados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2017, em todos houve um recuo na cobertura e um ritmo de atendimento a novas famílias muito menor do que em períodos anteriores. O Governo de Bolsonaro passou a controlar a entrada de beneficiários no programa desde o ano passado. A fila de espera, que havia sido extinta em julho de 2017, voltou e, em janeiro, cerca de um milhão de famílias aguardava uma resposta do Ministério da Cidadania. (Expresso, Portugal) | tinyurl.com/trgwcrv

ESTADO POLICIAL. No Brasil entre violência e pobreza. E nas favelas a polícia também mata crianças. Após os anos de integração desejados por Lula, nas favelas do Rio todos os dias há uma guerra entre traficantes de drogas e policiais. Um conflito implacável, no qual as vítimas são crianças cada vez mais inocentes. Parece que um século se passou desde que as famosas falas de Tom Jobim, o mestre que descreveu a cidade do Rio de Janeiro como um paraíso tropical, perderam o significado. Isso ocorre porque, a poucos quilômetros do aeroporto internacional da cidade, existe um conglomerado que reúne 16 favelas onde você mora em estado de guerra. É lá, no Complexo La Maré, o lugar onde cerca de 130 mil pessoas vivem à mercê de uma política de morte. (Espresso, Itália) | tinyurl.com/u844tob

GOVERNO BOLSONÁRIO/RELAÇÕES EXTERIORES.
EUA removem Brasil de lista de países em desenvolvimento, podendo afetar comércio brasileiro. Departamento de Comércio dos EUA anuncia retirada do Brasil de lista de países em desenvolvimento, o que pode reduzir os benefícios do Brasil em questões comerciais. Desta forma, o Brasil poderá perder vantagens tarifárias e longos prazos para negociações comerciais, além de a medida poder ampliar a capacidade do presidente americano, Donald Trump, de investigar o grau de apoio do Estado aos produtos brasileiros exportados. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/uhwhffg

GOVERNO BOLSONARO/ÍNDIOS. Um plano de choque para desenvolver atividades de mineração em territórios dos índios brasileiros. Jair Bolsonaro apresentou ao Congresso um projeto de lei que autoriza as atividades de mineração em territórios reservados aos nativos americanos. Atividades de agricultura, pecuária e petróleo também seriam permitidas. (Les Echos, França) | tinyurl.com/uslecjz

AMAZÔNIA. Após novo recorde na Amazônia, analista alerta: 'Assistiremos desmatamento onde nunca tivemos'. O desmatamento da Amazônia em janeiro bateu um novo recorde, segundo dados oficiais e mais que dobrou em janeiro em comparação com o ano anterior. Foi a maior área desmatada no mês de janeiro desde 2015, quando esses dados começaram a ser coletados. Os números seguem uma lógica de ampliação sem precedentes do desmatamento na Amazônia, com crescimento de 85% em 2019. "O que nós vimos no ano passado é que grande parte do desmatamento continuou após o fim das chamas e isso se repete agora em janeiro também", declarou o pesquisador sênior Paulo Moutinho, do IPAM. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/shnym2h

LULA. O retorno tímido do ex-presidente Lula. O Partido dos Trabalhadores festejou seus quarenta anos junto com seu antigo Chefe de Estado, ainda inelegível, e que recusa a qualquer autocrítica. (Le Monde, França) | tinyurl.com/vqkzbhj

ÍNDIOS. Marcio Santilli: "O governo brasileiro vai piorar a situação dos ameríndios". O fundador do Instituto Socioambiental (ISA), uma ONG de defesa ambiental, acredita que o desejo do governo Bolsonaro de liberalizar a atividade econômica na região amazônica não faz nada para atender aos interesses dos indígenas. (Les Echos, França) | tinyurl.com/wrhyobu

BOLSONARO. Jair Bolsonaro se recusou a falar à imprensa sobre a morte do miliciano ligado à sua família acusada de participar do assassinato de Marielle Franco. Ao deixar o Palácio da Alvorada, em Brasília, na segunda-feira, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro alertou a imprensa de lá que não iria falar com eles, porque suas palavras seriam "distorcidas". (La Diária, Uruguai) | tinyurl.com/rw499bz

MILÍCIA. Chefe da milícia brasileira investigado pela morte da vereadora e ativista Marielle Franco. Magalhães da Nóbrega, ex-capitão da elite da polícia carioca, foi morto em um tiroteio com agentes no município de Esplanada, no estado da Bahia, onde estava escondido. (El Mundo, Espanha) | tinyurl.com/vd7bpxn

MILÍCIA. Suspeito no assassínio de Marielle temia ser morto e domingo foi mesmo. 11 perguntas e respostas sobre o caso. Adriano Nóbrega, suspeito de liderar milícia especializada em crimes por encomenda, temia ser morto para "queima de arquivo", disse o próprio, na quarta-feira, ao seu advogado. E, no domingo de manhã, foi mesmo. Mas qual a ligação dele com a execução de Marielle? E com a família Bolsonaro? (Diário de Notícias, Portugal) | tinyurl.com/uy7t6zj

MILÍCIA. Morto o assassino que sabia tudo sobre o homicídio de Marielle Franco. Escondido desde meados de 2019, Adriano Magalhães da Nóbrega, conhecido como "Capitão Adriano", muito próximo de Bolsonaro, foi uma testemunha importante do assassinato do ativista de direitos humanos e vereador do Rio e seu motorista. (La Repubblica, Itália) | tinyurl.com/w53rsrk

AMAZÔNIA. Brasil envia forças para combater o desmatamento. O Brasil autorizou sua força nacional de segurança pública a apoiar esforços para combater o desmatamento na Amazônia, em meio a preocupações de que 2020 possa ver outro aumento na destruição da maior floresta tropical do mundo. (The Sydney Morning Herald, Austrália) | tinyurl.com/rkebxbr

SÃO PAULO/ENCHENTES. Chuvas torrenciais causam estragos em São Paulo. A tempestade transbordou dos rios e causou um sério impacto no transporte. A economia local sofreu perdas de 25 milhões de dólares. (El Periódico, Espanha) | tinyurl.com/s4q9fdf

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA/CUBA.
Trump coloca médicos cubanos na linha tiro enquanto o calor aumenta na economia da ilha. Depois que os aliados dos EUA expulsarem missões de saúde estrangeiras, Havana alerta que os pacientes pagarão o preço mais alto pela campanha contra seu esquema. Um programa médico cubano que ajudou algumas das comunidades mais pobres do mundo se tornou o alvo mais recente das tentativas crescentes do governo Trump de pressionar a economia em crise de Havana. Apelidada de "médicos cubanos", a célebre missão médica humanitária foi fundada mais de meio século atrás, após a revolução de Fidel Castro.. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/wjaxnl5

ARGENTINA. Serão dobradas as receitas para a Agência Nacional de Promoção Científica e Tecnológica - Conicet -em 2020. Foram anunciados também aumentos para os projetos de pesquisa. "A ideia é voltar para recuperar os recursos humanos que estávamos perdendo nesses quatro anos", disse o ministro Salvarezza, da Ciência, Tecnologia e Inovação. Os pesquisadores e técnicos que desejam iniciar uma carreira na Conicet terão duas vezes mais oportunidades do que nos anos anteriores. Isso foi determinado pelo governo nacional, que ordenou o dobro da renda para as duas carreiras, além de um aumento nas doações para projetos de pesquisa. "Essa decisão está alinhada com uma ideia: recuperar parte dos recursos humanos que estávamos perdendo nesses quatro anos", afirmou ainda o ministro. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/v7uqlrw

EL SALVADOR. Blitz do exército presidencial no Parlamento. "Um autogolpe", denuncia a oposição Salvador, blitz do exército presidencial no Parlamento. (La Repubblica, Itália) | tinyurl.com/vjm2n58

EL SALVADOR
. Nayib Bukele, de tirar selfies na ONU para entrar com os militares no Congresso de El Salvador. O presidente salvadorenho invadiu neste domingo escoltado por soldados no Parlamento para exigir que a oposição aprove um empréstimo para financiar um plano contra o crime. (El Diário, Espanha) | tinyurl.com/qlb2zfh

EL SALVADOR. O que está acontecendo em El Salvador? Três chaves para entender o caos que o próprio presidente desencadeou. El Salvador está passando por tempos difíceis: não apenas milhares de pessoas estão tentando fugir da violência em caravanas migrantes, mas o presidente Nayib Bukele usa a força militar para forçar o Congresso a conceder um empréstimo controverso. (El Espectador, Colômbia) | tinyurl.com/ufx2lrf

BOLÍVIA. Evo Morales em Cuba por razões médicas. O ex-presidente da América Latina deve passar uma semana na ilha antes de retornar à Argentina, onde vive no exílio. (Tribune de Genève, Suíça) | tinyurl.com/rxd46sw

ESPANHA. Apologia do franquismo vai ser crime em Espanha. O governo espanhol trabalha numa reforma do Código Penal que fará com que a exaltação da ditadura passe a estar tipificada como crime. Além disso, o executivo de coligação entre PSOE e Unidas Podemos vai baixar as penas para o crime de “sedição” o que pode afetar o caso dos independentistas catalães atualmente presos. (Esquerda.net, Portugal) | tinyurl.com/ttprgks

EUA. Trump apresenta um orçamento com cortes sociais e mais gastos militares. O plano apresentado pela Casa Branca chega a 4,4 bilhões de euros e inclui cerca de 750.000 milhões em defesa. (El País, Espanha) | tinyurl.com/v8kvp8j

EUA. Eleições nos EUA: Partido Democrata sob pressão em New Hampshire. Os eleitores de New Hampshire votam na primária na terça-feira, uma semana após o fiasco eleitoral de Iowa. As pesquisas mostram, apesar do pequeno número de delegados a serem escolhidos, o peso da dinâmica eleitoral em uma pesquisa que ocorre ao longo de cinco meses. (Les Echos, França) | tinyurl.com/ufn29n8

IRLANDA. Sinn Fein exige entrar no governo da Irlanda depois de ser o partido mais votado. A antiga ala política do IRA, que se tornou o principal partido de esquerda, ganhou 24,5% dos votos. (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/uzoexz6

ALEMANHA. Crise da CDU, partido de Angela Merkel. O poder de Angela Merkel está em turbulência. A renúncia do segundo colocado do Chanceler, depois da ofensiva de extrema direita na Turíngia, coloca o país em incerteza. (Le Figaro, França) | tinyurl.com/tqlr84r

FRANÇA. Paris: mais de 3.550 moradores de rua identificados no final de janeiro, segundo a prefeitura. (Le Parisien, França) | tinyurl.com/rg8437d

FILIPINAS. Filipinas darão um fim ao acordo de tropas com os EUA. O presidente Rodrigo Duterte Duterte, que desaprovou abertamente a aliança militar dos dois países, tomou a decisão depois que os Estados Unidos revogaram o visto de um de seus aliados próximos, o senador Ronald dela Rosa. "Já era hora de confiarmos em nós mesmos, fortaleceremos nossas próprias defesas e não confiaremos em nenhum outro país", disse o porta-voz de Duterte, Salvador Panelo, em um briefing regular, citando o presidente. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/w3ea3vh

CORONAVIRUS. O marco de mil mortos é alcançado na China. Mais de 40 mil pessoas foram contaminadas, segundo as últimas estatísticas. (Libération, França) | tinyurl.com/s9k5ds7

CHINA/CORONAVÍRUS. Por que o Ocidente está exagerando no coronavírus. Há um ditado que diz que as falhas são espessas onde o amor é fraco. Esse provérbio é verdadeiro quando se trata do tratamento feito pelo Ocidente, especialmente pelos EUA, da China. O governo dos EUA e a mídia norte-americana parecem aguardar uma oportunidade para manchar a imagem da China. Os EUA lidam com os assuntos da China como se a maior economia do mundo estivesse sofrendo de algum tipo de ansiedade de substituição pendente. (Global Times, China) | tinyurl.com/v3qc3fk

CHINA/CORONAVIRUS. O efeito econômico do coronavírus: temores da globalização pela China. A China desempenha um papel muito importante na economia mundial e a crise do coronavírus pode ter consequências longas e profundas em todo o mundo. (El diário, Espanha) | tinyurl.com/yx6uzq3q

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eric Nepomuceno – Brasil (Página 12, Argentina) | “Bolsonaro destruiu o país em 400 dias” | tinyurl.com/wlyt22n

Carlos Carujo, dossier – Neoliberalismo (Esquerda.net, Portugal) | “Extrema-direita e liberalismo, a nova receita do sistema” | tinyurl.com/ulfctzh

Mario Goloboff – Argentina (Página 12, Argentina) | “A noiva de Maurício” | tinyurl.com/uu8db3f

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “Como Trump enganou. Ele pretendia ser diferente. Mas estava mentindo” | tinyurl.com/rj3e5ax

Mempo Giardinelli – Argentina (Página 12, Argentina) | “Elogio do Gorila” | tinyurl.com/wff2r7c

Thomas Pietroiw-Chabassier - Oscar (Le Monde Diplomatique, França) | “’Parasita’, para ler nas entrelinhas” | tinyurl.com/r5p64hq

Robert Scheer – EUA (Truthdig, EUA) | “A máquina dos Clintons fará de tudo para parar Bernie Sanders” | tinyurl.com/yx3rmx7z

Thomas Lovejoy – Amazônia (Foreign Affairs, EUA) | “A Amazônia está chegando ao ponto de não retorno. Desmatamento ameaça alimentos e suprimentos de energia da América do Sul | tinyurl.com/wr6bshl

Conteúdo Relacionado