CM8 Internacional

Clipping Internacional - 12/03/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

12/03/2019 09:51

(Adriano Machado/Reuters)

Créditos da foto: (Adriano Machado/Reuters)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal |
Mais uma de Bolsonaro: ele desmentiu o próprio Diário Oficial da União. Na sua edição de ontem o Jornal Folha de S. Paulo publicou uma reportagem sobre a nomeação do coronel Dídio Campos, ex-chefe da assessoria do exército, para a coordenação da estrutura de media digital do Palácio do Planalto. A informação acabou confirmada ao longo do dia no Diário Oficial, num despacho assinado pelo ministro da casa civil e braço direito político do presidente Onyx Lorenzoni. Na sequência, Bolsonaro reagiu: "Fake News". Ou seja, desmentiu a publicação do jornal do governo que lidera.  goo.gl/fKSpPB

EL PAÍS, Espanha | Brasil investiga candidaturas de mulheres fraudulentas para obter fundos públicos. O Ministério Público investiga dezenas de candidatos por suspeita de que o objetivo não é elegê-los, mas obter fundos públicos. O Partido Socialista Liberal (PSL) da extrema-direita, partido do presidente Jair Bolsonaro, supostamente, organizou um sistema de candidaturas femininas fraudulentas para desviar para seus cofres a maior parte do dinheiro público recebido por elas, segundo uma investigação do jornal Folha. A acusação investiga também candidatas de outros partidos. goo.gl/qcvjDP

LA VANGUARDIA, Espanha | O Ministério da Educação, no centro de várias polêmicas. O governo de Bolsonaro demite seis altos funcionários do Ministério da Educação. Suas estão enquadradas em uma série de mudanças provocadas pelo ministro, o colombiano Ricardo Velez, em meio a uma suposta crise dentro do ministério entre diferentes grupos de influência. Entre os demitidos estão o chefe do gabinete do Ministério da Educação, Tiago Tondinelli; o assessor especial do ministro, Silvio Grimaldo de Camargo; e o coronel da Aeronáutica Ricardo Wagner Roquetti. goo.gl/xttBnc

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | A pouco mais de 48 horas de se completar um ano sobre o crime, a polícia brasileira deteve dois suspeitos da morte da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco. Um policial reformado, que teria disparado, e um ex policial militar, que guiava o carro de onde saiu a rajada, são acusados de planejar o crime durante três meses. goo.gl/xPaMrR

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | Depois de Jean Wyllys, outra referência da esquerda abandona o Brasil. A filósofa Márcia Tiburi, candidata a governadora do estado do Rio de Janeiro nas últimas eleições, cansou-se de viver sob ameaças e a necessitar de proteção. Vai morar no nordeste dos EUA, em lugar não divulgado por segurança. goo.gl/UJjfRk

PÚBLICO, Portugal | Polícia do Rio de Janeiro detém dois suspeitos pelo homicídio de Marielle Franco. Os dois homens estariam dentro do automóvel usado no crime, que aconteceu a 14 de Março do ano passado. As identidades dos detidos ainda não foram confirmadas, mas se trataria do polícial militar reformado Ronnie Lessa, 48 anos, e o ex-polícia militar Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos. Ainda não se sabe se agiam a mando de alguém ou quais foram as motivações do crime. goo.gl/GFthjc

EURONEWS, Portugal | Dois polícias militares detidos por homicídio de Marielle Franco. A polícia civil brasileira deteve, esta terça feira, dois polícias militares suspeitos de envolvimento no assassinato da vereadora do Rio de Janeiro e ativista Mariellle Franco (PSOL), juntamente com o motorista, a 14 de março do ano passado. Os detidos serão um polícia reformado, Ronnie Lessa, e um ex-polícia militar, Élcio Vieira de Queiroz. goo.gl/BHy7WA

SPUTNIK NEWS, Rússia | Apesar de Bolsonaro, número maior de mulheres na Câmara pode reforçar. Mesmo com um Congresso Nacional de maioria conservadora, branca e masculina, o número de deputadas mulheres cresceu na atual legislatura. Conheça algumas das deputadas feministas que prometem rivalizar com o discurso conservador na Câmara dos Deputados. goo.gl/RKUDSW

*EL PAÍS, Espanha | Chuvas fortes deixam pelo menos 12 mortos em São Paulo. A tempestade causou deslizamentos de terra e danos em vários bairros da cidade mais populosa da América Latina. A cidade ficou paralisada. goo.gl/JnqgKo goo.gl/md3cDb

*EL MUNDO, Espanha | Pelo menos 12 mortos devido a um grande temporal em São Paulo. Ele provocou inundações em diferentes partes da região metropolitana de São Paulo e causou sérios danos. goo.gl/VGR7hL

*TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça | São Paulo: chuvas torrenciais fazem 11 mortos. Cinco pessoas morreram durante deslizamentos de terra e outras seis se afogaram, enquanto um novo episódio chuvoso é esperado. goo.gl/pi79R2

*RFI, França | Primavera Literária de 2019 lança discussões sobre o Brasil e o futuro da literatura. “Qual Brasil? Qual Literatura?”: este foi o lema escolhido para a 6ª edição do Printemps Littéraire, (Primavera Literária, em português), lançada oficialmente nesta segunda-feira (11) na Fundação Calouste Gulbenkian, em Paris. goo.gl/5JBZqz

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

FILIPINAS
. Rodrigo Duterte chama mulheres no evento de igualdade de gênero ‘putas'. O presidente das Filipinas fala sobre as mulheres e a polícia, só que elas são "mulheres doidas". O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, continuou sua retórica ofensiva contra as mulheres, dirigindo-se à polícia feminina e à equipe do exército em uma conferência em homenagem a elas como "prostituta". As Filipinas de Duterte estão caminhando para o despotismo. (THE GUARDIAN, Inglaterra) goo.gl/rL5gZG 

ARGENTINA. Um tweet com os desejos expostos. Papelão da embaixada dos EU. “Perdeu Cristina” foi o teor do tweeter escrito na conta oficial da embaixada. Depois o apagaram e afirmaram que iriam investigar o ocorrido. O registro provocou reação imediata nas redes sociais. “Isso é interferência”, diziam. (PÁGINA 12 Argentina) goo.gl/NcfM47 

VENEZUELA. Regime de sanções de Washington contra Caracas é uma total hipocrisia, diz analista. Para o cientista político Yevgeny Ben, o regime de sanções dos EUA contra Venezuela é uma total hipocrisia, referindo-se às declarações do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que acusou uma petroleira russa de comprar petróleo venezuelano contornando as sanções americanas. (SPUTNIK NEWS, Rússia) goo.gl/htDJ1N 

VENEZUELA. A história do caminhão de ajuda humanitária queimou na Venezuela. Uma investigação do NY Times argumenta que os opositores venezuelanos, e não a polícia de Maduro, que incendiaram o auxílio. (LA VANGUARDIA, Espanha) goo.gl/zYhQZf 

VENEZUELA. América Latina: a oposição à “falha do disjuntor”. A energia elétrica ainda não foi restabelecida ontem na Venezuela. O golpista Juan Guaido pretendia aproveitar essa sabotagem para declarar o estado de emergência. Imagine-se que as grandes quedas de energia que regularmente atingem a Califórnia suscitassem a excitação internacional? Foi o que aconteceu desde que a Venezuela mergulhou, na tarde de quinta-feira, no escuro. (L'HUMANITÉ, França) goo.gl/vygff6 

*ARGÉLIA. Buteflika renuncia a outro mandato presidencial e adia eleições. O presidente da Argélia cede em parte à pressão da rua, mas pretende permanecer no poder vários meses até que seu sucessor seja eleito. (EL PAÍS, Espanha) goo.gl/H9Tazy 

*ARGÉLIA. "O regime argelino não quer deixar escapar o controle de transição". Segundo o pesquisador Amel Boubekeur, a renúncia de Abdelaziz Bouteflika a disputar um quinto mandato presidencial não encerrará o movimento de protesto. (LE MONDE, França) goo.gl/Hv5pnd 

*BREXIT. Londres arranca garantias adicionais. Theresa May obteve segunda-feira à noite em Estrasburgo melhorias "juridicamente vinculativas" para o acordo de retirada. Resta saber se isso será suficiente para conquistar a adesão, nesta terça-feira, dos deputados britânicos. (LE ECHOS, França) goo.gl/HBkp3y 

EUA. Uma tempestade de acusações de antissemitismo para a congressista que se atreve a questionar a relação entre os EUA e Israel. Muitos colegas democratas insinuaram que as declarações de Ilhan Omar são antissemitas e até mesmo que a relação dos EUA com Israel não pode ser questionada. "Opondo-se a Netanyahu e a ocupação não é o mesmo que ser antissemita", a congressista muçulmana afirmou. (EL DIÁRIO, Espanha) goo.gl/AqCier 

EUA
. Saúde pública para todos vs. saúde pública para menos: os cortes propostos por Trump coloca a questão da assistência à saúde no centro da corrida de 2020. (WASHINGTON POST, EUA) goo.gl/ZeVhgk

EUA. Glenn Greenwald: A recusa de Chelsea Manning em testemunhar contra o WikiLeaks ajudará a salvar a liberdade de imprensa. E Daniel Ellsberg elogia Chelsea Manning depois que ela foi presa novamente: "Eu não conheço ninguém mais patriótico” (DEMOCRACY NOW, EUA). goo.gl/dKBR2Y goo.gl/DFBJ6E

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Atilio Boron – Venezuela (Página 12, Argentina): “Criar o caos com o apagão” goo.gl/kAsojP

Paulo Krugman – EUA (The New York Times, EUA): “O poder dos miúdos ataques de raiva” goo.gl/GZQGQU

Naomi LaChance – EUA (Truthdig, EUA): “A mídia corporativa irá se retratar de suas mentiras sobre a Venezuela?”goo.gl/HxUc1e



Conteúdo Relacionado