CM8 Internacional

Clipping Internacional - 12/06/2019

Notícias internacionais sobre o Brasilm em especial as repercussões do 'Morogate' Notícias do Mundo; e Artigos

12/06/2019 11:37

(Suamy Beydoun/AGIF via AP)

Créditos da foto: (Suamy Beydoun/AGIF via AP)

 
NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

AINDA AS REPERCUSSÕES DO AFFAIR MOROGATE

THE INTERCEPT, EUA | O senador Bernie Sanders urge o Judiciário brasileiro a liberar Lula na esteira da exposição do caso de corrupção judicial. O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva deveria ser libertado da prisão e sua condenação deveria ser anulada, disse o senador por Vermont. O deputado democrata da Califórnia, Ro Khanna, pede à administração federal que investigue o caso que prendeu o ex-presidente por acusações de corrupção, após a denúncia do Intercept que mostrou que o juiz Sérgio Moro tramava com promotores para condenar Lula e impedir o Partido dos Trabalhadores de voltar ao poder. | bit.ly/2WAHyzk

DEMOCRACY NOW, EUA |
The Intercept: Juiz colaborou com promotores para colocar o ex-presidente Lula e outros atrás das grades | bit.ly/2ICAw8a

RIFONDAZIONI COMUNISTA, Itália |
Lula, preso político. Por volta da Páscoa, o Papa Francisco escreveu uma carta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A carta foi divulgada no início de junho. Aqui alguns trechos. | bit.ly/2IAdcb5

THE NEW REPUBLIC, EUA |
A conspiração para desacreditar a esquerda do Brasil. Em uma era paranóica, a confirmação fornecida pela mais recente exposição do The Intercept é incomum. The Intercept traz matéria em que o juiz Sérgio Moro secretamente auxiliou a promotoria no caso de Lula, uma violação ética flagrante em um sistema de justiça que depende da imparcialidade do magistrado presidente. Moro já foi nomeado ministro da Justiça na administração de Jair Bolsonaro, um direitista radical que venceu as eleições presidenciais em 2018, depois que Lula foi impedido de concorrer. | bit.ly/2R2w7PQ

THE GUARDIAN, Inglaterra |
Bolsonaro de boca fechada enquanto seu ministro enfrenta pedidos de demissão por causa do escândalo Lula. Sérgio Moro tinha ligações "totalmente inapropriadas" com os promotores. Moro é o principal rival de Bolsonaro, Lula, antes das eleições no Brasil. | bit.ly/2wLoO5H

PÁGINA 12, Argentina |
O ex-juiz e atual ministro da Justiça brasileiro, Sérgio Moro, se corrompeu. É assim que Alfredo Attie, juiz do Tribunal de Justiça de San Pablo e presidente da Academia Paulista de Direito, afirmou: "O sistema legal é corrompido quando o princípio do juiz natural se rompe", disse Attie. | bit.ly/2XEZZV1

PÁGINA 12, Argentina |
Depois do Morogate, Lula analisa seus próximos passos: "A verdade pode ficar doente mas nunca morre". Lula esperançoso. Ele analisou com seus advogados o escândalo causado pelo site The Intercept, que relatou a cumplicidade do ex-juiz Sergio Moro e do Ministério Público para montar os casos no processo Lava Jato. | bit.ly/2KcRjC5

SPUTNIK NEWS, Rússia |
Condenação de Lula pode ser anulada após vazamentos, diz o advogado criminalista Yuri Sahione. Segundo a reportagem do The Intercept, as mensagens trocadas apontam para uma “colaboração proibida” entre o então juiz federal responsável por julgar a Lava Jato em Curitiba e os procuradores, a quem cabe acusar os suspeitos de integrar o esquema de corrupção. Nas conversas, Moro supostamente orienta Deltan Dallagnol sobre como deveriam ser os próximos passos da operação, dando pistas, indicando testemunhas e até mesmo antecipando decisões. STF vai julgar suspeição de Moro ainda este mês | bit.ly/2MKYqUt

SPUTNIK NEWS, Rússia |
'Verdade não morre': Lula se pronuncia pela 1ª vez após conversas entre Moro e Dallagnol. Reunido por duas horas com os seus advogados em Curitiba, onde está preso desde abril do ano passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se disse surpreso com as revelações das mensagens entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador Dallagnol. "A verdade fica doente, mas não morre nunca", declarou Lula ao advogado José Roberto Batochio. | bit.ly/2Zgl8Fc

LA VANGUARDIA, Espanha | O ex-juiz que condenou Lula não vê "anormalidade" nos bate-papos com os promotores da investigação. O ex-juiz do caso da Petrobras, Sérgio Moro, atual ministro da Justiça do Brasil, não vê "anormalidade" nas conversas realizadas com os promotores da investigação para os quais acabou sendo condenado o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os chats, publicados no domingo pelo portal Intercept, apontam para o viés do Ministério Público, além de evidências de troca de informações e opiniões por meio de canais não oficiais entre promotores e juízes, algo que é estritamente proibido pela justiça brasileira. Enquanto isso, os filhos de Bolsonaro tentam desacreditar o jornalista que publicou a matéria. | bit.ly/31rzMva

LA VANGUARDIA, Espanha |
O Supremo Tribunal Federal discute libertar Lula enquanto questiona o ex-juiz que o condenou. Ministro da Justiça e ex-magistrado, Sérgio Moro, recebe apoio de Bolsonaro. | bit.ly/2WKt8Sk

EL PAÍS, Espanha |
Bolsonaro mostra publicamente seu apoio a Moro. O presidente brasileiro aparece com seu ministro da Justiça em uma cerimônia oficial. Até a tarde desta terça-feira ele não havia pronunciado sobre as acusações de imparcialidade do ex-juiz do "caso Lava Jato" | bit.ly/2WzfgoE

EL PAÍS, Espanha |
Editorial: Escândalo no Brasil. As revelações sobre irregularidades no processo contra Lula ameaçam uma nova crise política no país sul-americano. | bit.ly/2KfvXnq

EL MUNDO, Espanha |
O ministro da Justiça de Bolsonaro manobrou quando foi juiz para prejudicar Lula da Silva. Conversas privadas revelam que Sérgio Moro agiu com os promotores da Operação Lava Jato para prejudicar Lula e impedir o retorno da esquerda ao poder. | bit.ly/2KHVTYf

LE MONDE, França |
A revisão do caso Lula pelo STF foi adiada. Os advogados de Luiz Inácio Lula da Silva, ícone de esquerda que continua sendo uma das figuras mais influentes da oposição no Brasil, pediram à Suprema Corte por sua liberação. Domingo, em artigos explosivos, o site Intercept denunciou as manobras dos funcionários da investigação anticorrupção "Lava Jato" para evitar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se apresentasse à eleição presidencial em 2018, para a qual as pesquisas lhe indicavam a vitória. | bit.ly/2X9OGXH

LE NOUVEL OBSERVATEUR, França |
Revisão do caso Lula adiada. Pressão sobre o Ministro da Justiça. A Suprema Corte do Brasil adiou indefinidamente a decisão sobre a exigência de libertação do ex-presidente Lula, marcada para terça-feira, dois dias depois de revelações sobre o viés daqueles que o sentenciaram por corrupção. | bit.ly/2IaQNlJ

LE FIGARO, França |
Um complô para provocar a queda de Lula? Os magistrados anticorrupção conspiraram para mandar o ex-presidente para a prisão, segundo a imprensa. O Brasil foi abalado no início desta semana pelas revelações de um site de investigação, afirmando que os magistrados responsáveis pela operação anticorrupção da Lava Jato, conspiraram para enviar para a prisão o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e assim impedir seu eventual retorno ao poder na eleição presidencial do ano passado. | bit.ly/2Fhunh5 | bit.ly/2XajLdK

PÚBLICO, Portugal | Brasil sustém a respiração enquanto aguarda novos capítulos do “Vaza-Jato”. Bolsonaro encontrou-se com Moro pela primeira vez desde que mensagens com investigadores da Lava-Jato foram reveladas, mas não se pronunciou publicamente. Ministro vai ao Senado para a semana. | bit.ly/2F43D3a

PÚBLICO, Portugal | Defesa de Lula aposta na anulação da condenação após revelação de mensagens de Moro. Em causa está a parcialidade do antigo juiz Sérgio Moro ao orientar o Ministério Público nas investigações da Operação Lava-Jato. “A verdade fica doente, mas não morre”, reagiu Lula, segundo um dos seus advogados. | bit.ly/2KKXPzx

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | Dilma pede libertação imediata de Lula após revelação de mensagens. A ex-Presidente brasileira Dilma Rousseff pediu a libertação imediata do antigo chefe de Estado Lula da Silva, após a divulgação de uma troca de mensagens que coloca em causa a imparcialidade da operação Lava Jato. | bit.ly/31voBBF

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal |
Bolsonaro condecora Sérgio Moro no meio de polémica sobre alegada interferência no Lava Jato. O presidente do Brasil condecorou o ministro da Justiça e antigo juiz do processo Lava Jato com a Ordem de Mérito Naval. Moro já veio dizer que não encontra qualquer irregularidade nas mensagens que trocou com procurador do caso e que foram tornadas públicas pelo site The Intercept. | bit.ly/2R9eKgh

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | Sergio Moro tem a "total confiança" de Bolsonaro. O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, disse que o ministro da Justiça, Sergio Moro, é uma pessoa "da mais ilibada confiança do presidente", na sequência de reportagens do Intercept que puseram em causa a imparcialidade da Operação Lava-Jato. | bit.ly/2KJB2Uv

TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça | Adiado o reexame do caso Lula. Revelações explosivas colocaram o pedido de libertação de Lula de volta à agenda da Suprema Corte. | bit.ly/2IEyHaG

L’HUMANITÉ, França | A Corte Suprema reabre o caso Lula. Após as revelações sobre a parcialidade dos magistrados que presidiram o encarceramento do ex-chefe de Estado, a Suprema Corte reconsiderou seu pedido de libertação. A prova do uso ilegal da lei pode levar a novas eleições? | bit.ly/2X5DQSI

EL MERCÚRIO, Chile | Os advogados de Lula dizem que o ex-presidente está "surpreso" após a revelação de diálogos no caso Lava Jato. A defesa do ex-presidente brasileiro disse que ele não esperava a "velocidade" com a qual a "verdade" veio à tona e nem o "alto" grau de promiscuidade nos diálogos "entre os promotores e o juiz do caso contra eles. | bit.ly/2WZJg1z

EL TELÉGRAFO, Equador | Tribunal Superior do Brasil retomará debate sobre pedido de liberdade de Lula. | bit.ly/2XC0qzn

THE CLINIC, Chile | Editor que descobriu mensagens do Juiz Moro no caso de Lava Jato, disse que as pessoas só conhecem "1% do material". | bit.ly/2wQ88dm

EL PAÍS, Uruguai | Bolsonaro apoiou Moro; o PT pede sua demissão. O ministro da Justiça irá ao Senado na próxima quarta-feira para explicar sua visão sobre os vazamentos. | bit.ly/2I9GWws

EL CLARíN, Argentina | A Justiça brasileira vai analisar se vai libertar Lula da Silva após as acusações sobre a polêmica atuação do ex-juiz Sergio Moro. Os juízes aceleraram o tratamento do caso do ex-presidente, após a revelação de supostas interceptações telefônicas que questionam a imparcialidade do atual ministro da Justiça. | bit.ly/2IaPiUG

MEDIAPART, França | Aimparcialidade do juiz Moro fortemente questionada, Bolsonaro na rede. Questionado pelo jornal The Intercept, um dos homens fortes do regime Bolsonaro, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, é acusado de ter instrumentalizado - quando era magistrado - o caso de corrupção Lava Jato para prejudicar o governo. ex-chefe de estado Lula. Ele espera ser libertado em breve. | bit.ly/2IAnF6x

AL JAZEERA, Catar | Pedidos para que o ministro da Justiça renuncie após as mensagens vazadas. A OAB solicita a suspenção de Sergio Moro após a reportagem em que o antigo juiz se mostra tendencioso. | bit.ly/2wMc92e

IL FATTO QUOTIDIANO, Itália | O julgamento de Lula tinha um objetivo político. E Bolsonaro está em apuros novamente. | bit.ly/2RfSxNG

OUTRAS NOTÍCIAS DO BRASIL

EL TELÉGRAFO, Equador | Setor educacional convoca greve geral no Brasil. A União Nacional dos Estudantes (UNE) do Brasil confirmou na terça-feira, 11 de junho de 2019, a convocação da greve geral para a próxima sexta-feira14 contra as políticas implementadas pelo governo de Jair Bolsonaro. As organizações que farão parte da mobilização massiva expressarão sua insatisfação com a reforma da lei previdenciária e a perda dos direitos dos trabalhadores. Apoiam a CUT, o MST, a CNTTL entre outros. | bit.ly/2KEEcci

THE NEW YORK TIMES, EUA | Brasil não consegue substituir médicos cubanos, prejudicando a saúde de 28 milhões de pessoas. Por exemplo, uma clínica pública em Embu-Guaçu, no Brasil, agora tem um médico de cuidados primários em serviço apenas um dia por semana. Depois que Cuba convocou 8.517 médicos do Brasil, Jair Bolsonaro, o novo presidente do país, disse aos brasileiros que "podemos resolver esse problema". Até agora, ele fracassou, com milhões pagando o preço. | nyti.ms/2KGoEoo

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | IURD condenada por forçar esterilização de pastores. No caso mais recente, a Justiça brasileira impôs uma indemnização de 115 mil reais (mais de 26 mil euros); igreja nega problemas. Receitas da TV de bispo da IURD crescem 659% com Bolsonaro | bit.ly/2MK4RHp | bit.ly/2IAEFcX

HUFF POST, EUA | As elites financeiras do Brasil estão perdendo a fé no autoritário que ajudaram a colocar no poder. Um impasse político e uma economia enfraquecida estão deixando-as com pouco para continuar dando suporte ao presidente de direita Jair Bolsonaro, eleito no ano passado. | bit.ly/2X4xKlj

SPUTNIK NEWS, Rússia | A solução é alugar o Brasil'? À frente de Collor e FHC, a ideia agora é 'privatizar tudo'. O Brasil de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes nasceu sob o lema de menos Estado e de um impulso de intensidade inédita em direção à privatização. A Sputnik Brasil ouviu 2 economistas, 1 jurista e 2 deputados federais para explicar como o discurso privatista assumiu o protagonismo da política no país e quais são suas consequências imediatas. | bit.ly/2WEzzGk

THE WASHINGTON POST, EUA | Em uma nação com uma das maiores taxas de cesárea do mundo, a elite está contratando planejadores de estilo de casamento, maquiadores e fornecedores para transformar as operações em espetáculos, produzidos para o público. | wapo.st/2Wzru0w

AL JAZEERA, Catar | Chefe de Assuntos Indígenas do Brasil demitido em meio a pressão para desenvolver a Amazônia. A demissão do chefe da FUNAI ocorre no momento em que o presidente Bolsonaro busca abrir as terras de reserva para atividades comerciais. | bit.ly/2MJQ2oc

NOTÍCIAS DO MUNDO

TRUMP |
'Um padrão simples': como Trump chama vitória quando os fatos sugerem o contrário. O acordo enganoso do presidente com o México mostra suas táticas de reality shows - mas a mídia continua "mordendo a isca". (THE GUARDIAN, Inglaterra) | bit.ly/2KdFUSD

ARGENTINA | Foi o que sobrou. Miguel Pichetto terminou como o vice do candidato Macri. Depois de várias tentativas frustradas com os principais protagonistas Sanz e Urtubey, o lugar do vice oficialista terminou ocupado pelo “o amigo peronista”. Foi o que sobrou a Macri. A aposta é polarizar desde o início e apaziguar aos mercados. (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2MItG6v

ARGENTINA | A desigualdade de oportunidades. Segundo a Unicef e a Cippec, o quadro da Argentina hoje é de mais pobreza e menos educação. O trabalho das ONGs revela que existem fortes desigualdades no acesso à educação inicial e maternidade. . (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2X6jGb6

HONDURAS | "Honduras aprofundou o modelo neoliberal". Entrevista com Xiomara Castro, ex-candidata a presidente. Castro afirma que nesses dez anos após o golpe, os serviços públicos e os recursos naturais foram privatizados. Agora a saúde e a educação estão em risco. . (PÁGINA 12, Argentina) | bit.ly/2wM7QnQ

ITÁLIA | A UE avança no processo para sancionar a Itália por sua dívida. Juncker avisa Roma que o pais assumiu a "direção errada". (EL PAÍS, Espanha) | bit.ly/31u9HeU

EUA e Coréia do Norte | O meio-irmão de Kim Jong-un assassinado em 2017 era um informante da CIA, de acordo com o The Wall Street Journal. Kim Jong-nam foi morto na Malásia, onde viajou para se encontrar com agentes dos EUA, relata o jornal americano. (EL DIÁRIO, Espanha) | bit.ly/2Xa8meh

CHINA | Hong Kong: "Pequim tem os adversários no visor". O executivo pró-chinês da ex-colônia britânica decidiu permitir a extradição para a China. Depois de uma mobilização de um milhão de pessoas no domingo, o governo começa nesta quarta-feira a considerar o projeto, que será submetido à votação em 20 de junho. (LIBÉRATION, França) | bit.ly/2wOSz5N

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Maria Svart – Capitalismo (The Guardian, Inglaterra) | “O capitalismo não está quebrado. Está funcionando muito bem e somos o pior disso. Exploração é uma característica do capitalismo, não uma falha. Nosso sistema econômico é além de selvagem.” | bit.ly/2WFv4vj

Agustin Fontenla – Bolsonaro (Página 12, Argentina) | “A ultradireita europeia e Bolsonaro) | bit.ly/2WBs2Ii

Rodrigo Nunes – Brasil (Jacobin, EUA) | “Jair Bolsonaro é mais fraco que parece.” | bit.ly/2X6D6fP



Conteúdo Relacionado