CM8 Internacional

Clipping Internacional - 13/03/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

13/03/2019 08:29

 

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

THE GUARDIAN, Inglaterra |
Bolsonaro sob fogo por difamar uma repórter que cobriu o escândalo envolvendo seu filho. "Bolsonaro is Fake News" tornou-se uma das principais hashtags no Brasil depois que o presidente compartilhou "informações falsas" para atacar uma jornalista. Os principais jornais, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo e a Ordem dos Advogados do Brasil, criticaram o presidente. goo.gl/h11vQD

RFI, França | Cineasta belga-marroquino que acusou repórter brasileira de querer arruinar Bolsonaro se justifica em novo artigo no Mediapart. Em texto anterior, datado de 6 de março, Rhalib questiona a ética jornalística publicando uma entrevista com a repórter que, segundo ele, teria a motivação de arruinar o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e provocar sua destituição. Mediapart despublicou o texto e defendeu os jornalistas do Brasil. goo.gl/AmSCPT

LE MONDE, França | A luta de Erica Malunguinho, deputada transgênero no Brasil de Bolsonaro. A primeira mulher transexual eleita para a assembleia legislativa em São Paulo, com trinta anos, assumirá o cargo na sexta-feira. Uma história notável em um país varrido por uma corrente reacionária. goo.gl/b4dP3m

AS REPERCUSSÕES DA PRISÃO DOS ASSASSINOS DE MARIELLE

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | Coincidências que ligam Bolsonaro aos suspeitos do crime de Marielle agitam internet. Ronnie Lessa, acusado dos disparos, mora no mesmo condomínio do presidente da República. E uma filha sua teria namorado Carlos Bolsonaro. O suspeito de guiar a viatura de onde saíram os tiros foi fotografado abraçado ao chefe de estado. goo.gl/4SfMqY

THE SYDNEY MORNING HERALD, Austrália | Ex-policial acusado de assassinato de 'heroína' vereadora do Rio de Janeiro tem link com Bolsonaro. Dois ex-policiais foram presos em conexão com o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco e seu motorista, disseram promotores do Rio de Janeiro. Lessa mora no mesmo condomínio abastado à beira-mar onde o presidente brasileiro Jair Bolsonaro tem uma casa. Flavio Bolsonaro, filho do Presidente, foi acusado de ter ligações com as milícias do Rio enquanto era deputado do estado do Rio de Janeiro. Ele é atualmente senador. goo.gl/BoKbvH

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | Notícias da ligação de Bolsonaro a suspeitos do crime aterrorizam assessora de Marielle. Um ano depois do crime, Fernanda Chaves, a assessora que seguia no carro e sobreviveu, conta ao DN os pormenores daquela noite, quais as suas impressões da investigação e porque, desde então, prefere omitir o seu paradeiro. goo.gl/4RVkdu

EL DESCONCIERTO, Chile | A ligação dos presumíveis assassinos de Marielle Franco com as milícias do Rio e a família Bolsonaro. Até agora não há indicação de que a participação direta com o Bolsonaro no crime de Marielle Franco. O que há são coincidências que mostram que pelo menos dois suspeitos que participaram do ataque ao conselheiro tinham alguma relação com a família presidencial, morando no mesmo complexo residencial ou porque o filho do presidente empregava dois parentes dele em seu escritório. goo.gl/7ZCjzx

LE MONDE, França | Dois policiais foram presos pelo assassinato do eleito Marielle Franco. A vereadora do Rio de Janeiro foi morta a tiros no dia 14 de março de 2018. Seu assassinato provocou uma onda de indignação no Brasil e no exterior. Marielle Franco, uma mulher homossexual, nascida em uma favela e comprometida contra o racismo, a homofobia, a violência policial e a milícia nas áreas pobres da cidade, foi morta a tiros aos 38 anos de idade. Ela era uma conselheira do Partido do Socialismo e Liberdade (PSOL, à esquerda). goo.gl/DM8ck1

THE GUARDIAN, Inglaterra | Dois ex-policiais foram detidos pelo assassinato de Marielle Franco. Franco, uma política inovadora que nasceu em uma das maiores favelas do Rio e se tornou uma voz para as pessoas carentes da cidade, foi morto em um tiroteio junto com seu motorista, Anderson Gomes. Ela criticou os assassinatos cometidos pela polícia nas favelas onde cresceu e participou de um inquérito da legislatura estadual de 2008 sobre as gangues paramilitares que dominam grandes áreas do estado do Rio de Janeiro. Conhecidas como milícias, esses grupos geralmente incluem policiais. goo.gl/wks7i4

LA VANGUARDIA, Espanha | Dois policiais foram presos no Brasil como suspeitos do assassinato da ativista de direitos humanos, Marielle Franco. O assassinato a tiros da vereadora se deu quando ela estava dirigindo para casa e foi meticulosamente preparado por três meses há quase um ano. goo.gl/kp3f8n

PÁGINA 12, Argentina | Detidos suspeitos de assassinar Marielle. Um deles, Ronnie Lessa mora no condomínio em que mora Jair Bolsonaro. Dois dias antes do aniversário de um ano do crime de Marielle Franco, eles capturaram o suposto assassino Ronnie Lessa, um sargento aposentado do Rio de Janeiro. Elcio Vieira Queiroz também foi preso. goo.gl/i45pR1

ESQUERDA.NET, Portugal | Polícia prende suspeitos do assassinato de Marielle Franco. Dois antigos polícias militares foram detidos esta madrugada por participação no assassinato da vereadora Marielle Franco e do seu motorista Anderson Gomes. goo.gl/MxG41B

RFI, França | Descartar mandante do crime seria insulto, diz viúva de Marielle Franco. Ela fez a declaração antes de viagem aos EUA onde passará o aniversário da morte de Marielle ao lado da ativista negra Angela Davis, inspiradora da luta de Marielle, num debate na Universidade de Princetown. goo.gl/hJGtde

SPUTNIK NEWS, Rússia | Polícia apreende peças de 117 fuzis M-16 na casa de amigo do acusado de atirar em Marielle. A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou peças para montar 117 fuzis, do modelo M-16, na casa de um amigo do policial militar Ronnie Lessa, localizada no bairro do Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro. goo.gl/qSddcx

SPUTNIK NEWS, Rússia | Mãe de Marielle diz que resposta é incompleta: 'é preciso saber quem mandou matar'. A mãe de Marielle Franco, Marinete Silva, afirmou que sentiu alívio com a prisão dos suspeitos pelo assassinato de sua filha nesta terça-feira (12), mas destacou que a vitória é incompleta. De acordo com ela, "já era sem tempo termos uma resposta", mas afirmou que a resposta para o crime "está incompleta". goo.gl/572iiV

EL DIÁRIO, Espanha | Dois policiais no Brasil são detidos como suspeitos no assassinato da ativista Marielle Franc, crítica dos abusos policiais. "É inegável que Marielle Fanco foi sumariamente executada por causa de suas ações políticas pelas causas que estava defendendo", diz a denúncia apresentada pelo Ministério Público para pedir a prisão do acusado. goo.gl/wdkfxE

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | Morte de Marielle. "Olhar as fotos de quem metralhou o carro é um sentimento que ainda não processei". Sobrevivente do atentado à vereadora do Rio, assessora Fernanda Chaves ainda espera a resposta principal: quem a mandou matar? Governador do estado sugere que suspeitos façam delação goo.gl/sc7egJ

LA REPUBBLICA, Itália | Assassinato de Marielle Franco: dois ex-policiais presos no Brasil. A ativista, vereadora do Rio, ficou conhecida por suas batalhas em defesa dos direitos civis. O delegado encarregado do caso disse: "assassinato premeditado. Franco foi sumariamente executada por causa de suas ações políticas". O assassino vive no mesmo condomínio que o presidente Jair Bolsonaro. goo.gl/8ECusZ

PÚBLICO, Portugal | Suspeito de assassinar Marielle foi detido, agora falta encontrar “os mandantes". Dois antigos agentes da Polícia Militar brasileira com ligações ao crime organizado foram detidos esta terça-feira, quase um ano depois da morte da vereadora do Rio de Janeiro. Família e colegas dizem que o crime não foi cometido "por razões pessoais". goo.gl/MaEg9d

THE NEW YORK TIMES, EUA | Ex-policiais são presos pelo assassinato de Marielle Franco, política e ativista brasileira. As prisões oferecem o sinal mais concreto ainda de que a sra. Franco e seu motorista, Anderson Gomes, foram alvo de membros de um submundo do crime dirigido por ex-policiais e atuais. Os aliados de Franco há muito suspeitam que esses grupos, conhecidos como milícias, podem ter visado a vereadora em retaliação por seu ativismo contra a brutalidade policial e sua defesa dos direitos humanos. goo.gl/s2xGYZ

LE FIGARO, França | goo.gl/MxZaKx 

EL PAÍS, Espanha | goo.gl/9gR5t6 

CORRIERE DELLA SERA, Itália | goo.gl/kcwmY6 

THE WALL STREET JOURNAL, EUA | goo.gl/rzj1bb 

DIÁRIO DE NOTÍCIAS, Portugal | goo.gl/xPaMrR

PÚBLICO, Portugal | goo.gl/GFthjc 

THE WASHINGTON POST, EUA | goo.gl/h6Fsze | goo.gl/f4CFDa 

LIBÉRATION, França | goo.gl/nBK96q 

TRIBUNE DE GENÈVE, Suíça | goo.gl/LMtYz6 

EL ESPECTADOR, Colômbia | goo.gl/Xk5Xh9 

EL MERCÚRIO, Chile | goo.gl/ufjBEa 

LA JORNADA, México | goo.gl/vcVw3g 

EL DESCONCIERTO, Chile | goo.gl/2kB7mY 

LA DIÁRIA, Peru | goo.gl/YVRnoC 

AL JAZEERA, Catar |  goo.gl/VASXAL 

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA
. O governador da Califórnia, Gavin Newsom (D), imporá uma moratória indefinida sobre a pena de morte, argumentando que o custo, a finalidade e o desequilíbrio racial entre os condenados à morte tornam a punição imoral e um “fracasso” da política pública. observações planejadas divulgadas por seu escritório. (THE WASHINGTON POST, EUA) | goo.gl/vrpTNo 

*REINO UNIDO. Theresa May sofreu uma segunda derrota humilhante em seu acordo com o Brexit, quando os parlamentares o rejeitaram com uma maioria esmagadora de 149, dando um novo golpe à sua autoridade arruinada. Faltando apenas 17 dias para o Reino Unido deixar a UE, os defensores de ambos os lados da divisão do Brexit imediatamente começaram a manobrar para assumir o controle dos próximos passos do processo, em uma série de votos importantes nos próximos dias. (THE GUARDIAN, Inglaterra) | goo.gl/quBiss 

ARGENTINA. O buraco sem fundo do país. Superado pelo dólar, que subiu ontem para 42,50 pesos, apesar do fato de que a Central trouxe as taxas para 62,54%, o ministro da fazenda Dujovne reconhece o fracasso e implora ao FMI para outra mudança nos acordos: que eles autorizem a vender parte do resgate de dólares para ver se você pode controlar os movimentos da moeda. (PÁGINA 12, Argentina) | goo.gl/68CkU1 

EUA e CUBA. A volta das antigas políticas dos EUA contra Cuba. Os Estados Unidos vão reforçar as medidas de embargo contra Cuba a partir de 19 de março, marcando o retorno de antigas políticas de isolamento ineficazes por 60 anos. (LE SOIR, Bélgica) | goo.gl/rmxYLj 

URUGUAI. O presidente do Uruguai demite o chefe do exército por suas críticas aos julgamentos contra repressores. Guido Manini Ríos, o general demitido, não descarta se dedicar à política depois de censurar o Judiciário e questionar a reforma das aposentadorias militares. (EL PAÍS, Espanha) | goo.gl/k8C2e9 

VENEZUELA. O governo de Nicolás Maduro investiga Guaidó pela crise de eletricidade na Venezuela. O Supremo Tribunal da Venezuela abriu uma investigação preliminar em janeiro a Guaidó a pedido da Saab por protestos encenados naquele mês. (LA VANGUARDIA, Espanha) | goo.gl/QnD2MX 

EUA. Escândalo em admissão a Universidades atinge estrelas de Holywood e outros pais ricos. Os procuradores federais acusaram 50 pessoas em um esquema descarado de comprar vagas nas turmas de calouros de Yale, Stanford e outras escolas de grande nome. O escândalo revelou os elaborados esquemas com que alguns pais ricos utilizam para colocar seus filhos em universidades americanas renomadas. (THE NEW YORK TIMES, EUA) | goo.gl/QTTJex 

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eric Nepomuceno – Brasil ( Página 12, Argentina): “O clã Nepomuceno e os exterminadores” | goo.gl/keDEkQ

Ana Paula Lisboa – Brasil (Americas Quaterly, EUA): “’Nosso corpo, nossa voz’: o assassinato de Marielle Franco, um ano depois” | goo.gl/ehRm6r

Ben White – Israel (The Independent, Inglaterra): “Israel é a única democracia do Oriente Médio? Os comentários de Netanyahu desmontaram essa ilusão” | goo.gl/kDVyLc



Conteúdo Relacionado