Clipping Internacional

Clipping Internacional - 15/04/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo e especial da decisão de Trump de sair da OMS; e Artigos/entrevistas

15/04/2020 09:06

 

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO/CORONAVÍRUS.
Os líderes arriscam vidas minimizando o coronavírus. Bolsonaro é o pior. O novo vírus do coronavírus, que já infectou pelo menos 1,8 milhão de pessoas em 185 países, tornou-se um teste global da qualidade da governança. A gravidade do surto em muitas nações dependeu de quão bem - ou mal - os governantes responderam a ele. Os melhores desempenhos até agora incluem Nova Zelândia, Taiwan, Coréia do Sul e Alemanha. De longe, o caso mais grave de improbidade é o do presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Quando as infecções começaram a se espalhar em um país de mais de 200 milhões de pessoas, o populista de direita descartou o coronavírus como "uma gripezinha" e instou os brasileiros a "enfrentar o vírus como um homem, caramba, não um menino". Pior, o presidente tentou repetidamente minar as medidas tomadas pelos 27 governadores estaduais do país para conter o surto. (The Washington Post, EUA) | tinyurl.com/tmjqlx9

BOLSONARO/MANDETTA. Mandetta retorna à corda bamba por continuar criticando Bolsonaro. A disputa entre o presidente e o ministro mostra o desgoverno diante do vírus. Depois de solicitar um "discurso único" ao governo em uma entrevista, Mandetta desapareceu da cena pública e em Brasília ele já está especulando com sua demissão, embora ontem o vice-presidente Hamilton Mourão tenha defendido sua continuidade. Como muitos ministros e altos funcionários, como Bolsonaro, Mandetta é um militar aposentado, além de um deputado de direita. (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/s7qe928

BOLSONARO/CORONAVÍRUS. Enquanto o presidente do Brasil desafia o coronavírus, dois governadores estão infectados. O que acontece no Brasil é de cinema: enquanto o presidente insiste em negar a gravidade do coronavírus e viola as medidas de isolamento, dois governadores que tomaram medidas estão infectados. (El Espectador, Colômbia) | tinyurl.com/r348p6l

GOVERNO BOLSONARO. Divergências na crise. Coronavírus no Brasil: agora o vice-presidente também ataca o Ministro da Saúde. Hamilton Mourão criticou Luiz Henrique Mandetta, que já enfrenta o presidente Jair Bolsonaro há vários dias. De qualquer forma, eles ainda o mantêm no cargo. (El Clarín, Argentina) | tinyurl.com/r3xoymh

CORONAVÍRUS. Recorde de óbitos por coronavírus no Brasil. É a primeira vez que mais de 200 mortes são registradas em um dia. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/va4e43s

CORONAVÍRUS. Brasil ultrapassa 1.500 mortes e 25.000 casos de COVID-19. O Brasil registrou nas últimas 24 horas 204 mortes por coronavírus, elevando o número total de mortes para 1.532, enquanto o número de casos confirmados agora é de 25.262, informou o Ministério da Saúde. (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/qpwjr7m

CORONAVÍRUS. Dois governadores de estado brasileiros testaram positivo para o novo coronavírus na terça-feira, no coração turístico do Rio de Janeiro e no estado da floresta amazônica do Pará, tornando-se os últimos líderes a contrair a doença à medida que ela se espalha pelo país. O governador do estado do Rio de Janeiro disse na terça-feira que testou positivo para o novo coronavírus, tornando-se o mais recente líder do governo brasileiro a contrair a doença à medida que ela se espalha pelo país. (The New York Times, EUA) | tinyurl.com/rrgea9n

DESMATAMENTO. Desmatamento no Brasil em 2020 tende a ser maior do que foi em 2019, diz especialista. Os alertas de desmatamento na Floresta Amazônica bateram o recorde histórico para o primeiro trimestre de 2020, comparado ao mesmo período dos últimos quatro anos, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020 foram emitidos alertas para 796,08 km² da Amazônia, aumento de 51,45% em relação ao mesmo período de 2019, quando houve alerta para 525,63 km². (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/vzs7kf7

DESMATAMENTO. Ataque televisionado contra mineração ilegal na Amazônia irrita o governo do Brasil e leva ao saque. O ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, demitiu o principal agente ambiental do país, de acordo com um aviso do governo publicado na terça-feira, depois que um programa de notícias transmitiu um ataque dramático à mineração ilegal na floresta amazônica. A medida parece ser a mais recente tentativa do governo do presidente de direita Jair Bolsonaro de desfigurar a agência federal do meio ambiente Ibama, que atua na linha de frente da luta brasileira contra o desmatamento. (The New York Times, EUA) | tinyurl.com/wj2kz9q

DESMATAMENTO. O Governo brasileiro justificou o aumento de 51% da desflorestamento da Amazônia em território nacional, no primeiro trimestre do ano, com o aumento dos esforços no combate à pandemia de covid-19. O vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, que chefia o Conselho Nacional da Amazónia, explicou que pessoas e empresas que vendem madeira ilegalmente extraída da floresta estão "aproveitando" a crise da saúde para aumentar as suas atividades. (Euronews, Portugal) | tinyurl.com/u474rbb

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA/TRUMP
. Trump, a primeiro em demissões pela pandemia no mundo. Em meio ao avanço incontrolável do coronavírus, o presidente está demitindo funcionários indocumentados de seus hotéis. Já 1.500 seriam demitidos pela empresa do presidente. Nos EUA 17 milhões de pessoas que perderam o emprego em três semanas. Nos EUA 17 milhões de pessoas que perderam o emprego em três semanas. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/tf4jxfc

EUA/TRUMP. 'Nojento': Tesouro retarda entrega de 70 milhões de cheques de estímulo Covid-19 para colocar o nome de Trump neles. Donald Trump está adiando ainda mais os pagamentos em dinheiro para milhões de americanos que lutam para pagar o aluguel e colocar comida na mesa para alimentar seu ego. (Common Dreams, EUA) | tinyurl.com/w56k8k3

EUA/BERNIE SANDERS. Porque Bernie Sanders apoia oficialmente a Joe Biden? Diante de Donald Trump, o senador de Vermont optou por uma rápida manifestação de apoio sem pré-condições. (L'Humanité, França) | tinyurl.com/sah5sbr

EUROPA. O Plano da UE para o desconfinamento coordenado. A Comissão Europeia apresentará recomendações aos Estados membros na quarta-feira para preparar um fim gradual ao confinamento. O roteiro a ser divulgado pelo presidente da Comissão, Ursula von der Leyen, estabelece três critérios de saída, incluindo um declínio prolongado na propagação do vírus. (Tribune de Genève, Suíça) | tinyurl.com/rmjkna5

CORONAVÍRUS. A OMS informou que três vacinas para a covid-19 estão sob avaliação clínica em humanos. Além disso, existem 67 outras vacinas em desenvolvimento; na melhor das hipóteses, eles estariam disponíveis para o próximo ano. (La Diária, Uruguai) | tinyurl.com/rdcfdmo

CORONAVÍRUS. O número de mortes como resultado do surto de coronavírus pode ser ainda maior do que as estatísticas oficiais sugerem, devido à subnotificação dos médicos, alertaram especialistas. Surgiram preocupações de que os pacientes podem estar morrendo de outras causas como resultado de não procurarem assistência médica quando se sentem mal durante a pandemia. Há também temores de que algumas mortes causadas pelo Covid-19 não tenham sido atribuídas ao vírus. (The Independent, Inglaterra) | tinyurl.com/r66gluk

CUBA. Médicos em Cuba superam fronteiras. No país, conhecido por seu sistema de saúde gratuito e de alto nível, a densidade de médicos é a mais alta do planeta. A "exportação" desse pessoal instituído pelo regime tornou-se uma das principais fontes de renda e uma atividade necessária para sobreviver à crise do coronavírus. (Libération, França) | tinyurl.com/uccr5lj

ISRAEL. Em Israel, um ministro da saúde que preocupa a população. Membro da comunidade ultraortodoxa, Yaakov Litzman demorou a cumprir as instruções de distanciamento e confinamento social, enfraquecendo seus coreligiosos, atingidos pelo Covid-19. Yaakov Litzman, provavelmente o ministro mais impopular de Israel, está sendo criticado desde que foi diagnosticado na quinta-feira, 2 de abril, como portador do coronavírus, assim como sua esposa. (Le Monde, França) | tinyurl.com/yx66lbvz

A DECISÃO DE TRUMP DE SAIR DA OMS

The Guardian, Inglaterra | Trump se volta contra a OMS para mascarar suas próprias falhas na crise do Covid-19. Decisão desonesta de deixar de financiar a Organização Mundial da Saúde colocará em risco a saúde pública mundial. Donald Trump foi condenado por colocar inúmeras vidas em risco na terça-feira, quando anunciou que os EUA estão congelando os pagamentos à Organização Mundial da Saúde (OMS) por lidar com a pandemia de coronavírus. | tinyurl.com/wl482cf | tinyurl.com/yx7jcg7w

Esquerda.net, Portugal | Trump corta financiamento à OMS. Depois da resistência a tomar as medidas necessárias contra a Covid-19, o presidente dos EUA põe em causa a seriedade da Organização Mundial de Saúde e acusa-a de encobrimento na propagação da pandemia. Trump justifica a medida com o elevado financiamento dos EUA em relação à China e acusa a organização de não se ter oposto às viagens a partir da China e de outros países. Desta forma, Donald Trump, que começou por se opor ao confinamento e que tem seguido uma conduta errática no combate à pandemia, lança as culpas para a OMS e debilita assim o importante trabalho desta organização. | tinyurl.com/uv8vg46

The New York Times, EUA | Trump, reprovado por sua resposta ao vírus, culpa a OMS e suspende fundos. Enfrentando críticas e números decrescentes de pesquisas, o presidente Trump disse que cortaria o financiamento ao analisar o papel da Organização Mundial da Saúde na crise. O anúncio veio quando Trump continuou irritado com as críticas à sua resposta à pandemia, que foi considerada muito lenta e ineficaz, falhando em adotar rapidamente medidas de saúde pública que poderiam conter o vírus. | tinyurl.com/wackf5x

Diário de Notícias, Portugal | Guterres critica Trump e diz que "não é o momento de reduzir" financiamento da OMS. O secretário-geral da ONU afirmou que este "não é o momento de reduzir o financiamento das operações" da Organização Mundial da Saúde (OMS), depois de Washington suspender a contribuição para a instituição. | tinyurl.com/u6pql2g

El Diário, Espanha | Trump suspende fundos dos EUA para a OMS em pandemia e acusa-a de esconder a expansão do coronavírus. O Secretário-Geral das Nações Unidas respondeu que "este não é o momento" e que o desempenho poderá ser revisto "quando virarmos a página da epidemia". Especialistas criticam a decisão de Trump de suspender o financiamento da OMS: "É um desastre absoluto". Os principais especialistas chamam a decisão de Donald Trump de cortar o financiamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) como um ato "condenável" que custará vidas, relata o The Guardian. Richard Horton, editor da revista científica The Lancet, escreveu no Twitter que a decisão do presidente Trump é "um crime contra a humanidade". | tinyurl.com/r9vvg84 | tinyurl.com/quxx8ff

Les Echos, França | Coronavírus: suspensão da contribuição dos EUA à OMS levanta sérias preocupações. Ao cortar os suprimentos americanos para a Organização Mundial da Saúde, Donald Trump provocou fortes reações na comunidade médica. Além do chefe da ONU, do qual a instituição depende, alguns líderes políticos também fustigaram a decisão norte-americana. | tinyurl.com/t45nrv7

Euronews, Portugal | Donald Trump está sendo acusado pelo Chefe de Redação da Revista Médica The Lancet "Cometer um crime contra a humanidade" com uma decisão de suspender ou financiar os Estados Unidos pela Organização Mundial de Saúde em plena luta contra o Covid-19. "Todos os cientistas, todos os profissionais de saúde, todos os cidadãos devem resistir e revoltar-se contra esta ameaça de solidariedade social", escreveu Richard Norton na rede social Twitter, numa publicação acompanhada pela hiperligação a uma notícia sobe deco da Casa Branca de suspender o apoio na OMS. | tinyurl.com/rcv38tg

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eduardo Febbro – Extrema Direita (Página 12, Argentina) | "Trump, Bolsonaro e Johnson: o eixo viral" | tinyurl.com/wb5zn23

Emir Sader – Brasil (Página 12, Argentina) | "Parlamentarismo verde oliva" | tinyurl.com/sdu86bu

Sergio Santesteban – Argentina (Página 12, Argentina) | "E o imposto sobre a herança? Uma derrogação de Martinez de Hoz" | tinyurl.com/ub35anc

Bruno Maia - Coronavírus (Esquerda.net, Portugal) | "Primeiras lições sobre a pandemia" | tinyurl.com/tab2r96

Vanessa Barbara – Brasil/coronavírus (The New York Times, EUA) | "Coronavírus e as certezas dos tolos" | tinyurl.com/vdzr7eg

Brazil Wire – Brasil (Brazil Wire, EUA) | "Como os EUA mataram a democracia no Brasil. De novo" | tinyurl.com/rc9edb8

Jesse Jackson – EUA/desigualdade (Common Dreams, EUA) | "Coronavírus ilustra nossa falha em criar uma sociedade justa" | tinyurl.com/wfxep9v



Conteúdo Relacionado