CM8 Internacional

Clipping Internacional - 17/07/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

17/07/2019 09:01

(Adriano Machado/Reuters)

Créditos da foto: (Adriano Machado/Reuters)

 
NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA
. Ex-diretor da Odebrecht diz ter sido “coagido” a denunciar Lula no caso do “sítio” de Atibaia. A “delação premiada” de Carlos Armando Paschoal na Lava-Jato foi decisiva para que o ex-Presidente fosse condenado a 12 anos e 11 meses de prisão. Uma das testemunhas-chave de um dos processos contra o ex-Presidente Lula da Silva, pelo qual foi condenado a quase 13 anos de prisão, admitiu ter sido “coagido” a construir um relato incriminatório. (Público, Portugal) | bit.ly/2XPE41t

LULA. Líderes e intelectuais latino-americanos denunciam perseguição política contra Lula. No México, em declaração conjunta, denunciaram a perseguição política que persiste contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os 25 signatários do documento que realizou uma reunião em Puebla, sudeste da Cidade do México, alertaram para a necessidade de responder à escalada da lei como instrumento de perseguição política no continente. (Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/2GgkpwF

VAZAJATO
. Governo brasileiro deve revelar investigações sobre jornalista Glenn Greenwald, diz STF. O principal tribunal do Brasil ordenou que o Ministério da Justiça do país revele se há alguma investigação sobre o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, cujo site de notícias on-line publicou material crítico sobre o governo de Jair Bolsonaro. Mensagens vazadas mostram um conluio impróprio entre Moro e promotores quando Moro era o juiz que condenou Lula. A condenação ajudou a impedir Lula de buscar a presidência novamente na eleição de outubro e Moro se tornou o ministro da Justiça do candidato vencedor, Bolsonaro. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2JBoMog

VAZAJATO
. Deltan Dallagnol pediu passagem e hospedagem para a família no Beach Park, diz jornal. O procurador Deltan Dallagnol teria dito em suposta conversa privada com a esposa, em julho de 2017, obtida pelo site 'The Intercept', que poderia condicionar uma palestra sobre combate à corrupção, no Ceará, 'ao pagamento de hotel e de passagens para todos nós'. Um mês depois, Dallagnol teria buscado convencer ao então juiz Sergio Moro a aceitar um convite da entidade. “Eu pedi pra pagarem passagens pra mim e família e estadia no Beach Park. As crianças adoraram”, disse Dallagnol. "Além disso, eles me pagaram um valor significativo, perto de uns 30k [R$ 30 mil]. Fica para você avaliar.", escreveu o procurador. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2LpwRhS

BOLSONARO
. Bolsonaro vai propor um acordo de livre comércio entre Mercosul e EUA, diz porta-voz. O presidente Jair Bolsonaro quer propor um acordo de livre comércio entre o Mercosul e os Estados Unidos quando assumir a presidência do bloco durante uma reunião na Argentina, informou o porta-voz da presidência Otavio Rego Barros nesta terça-feira. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2NUTvR9

BOLSONARO/QUEIROZ.
O presidente do STF decidiu nesta terça-feira suspender provisoriamente a investigação de corrupção contra Flavio Bolsonaro, senador e primogênito do presidente. A investigação sobre Flavio Bolsonaro começou uma série de alegados pagamentos irregulares aos Fabricio Queiroz, um motorista e consultor que trabalhou em seu gabinete quando era deputado estadual do Rio de Janeiro. E em que a investigação, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), um organismo público que combate a lavagem de dinheiro, solicitou e obteve anos de operações bancárias feitas por Bolsonaro filho e outros investigados. (El País, Espanha) | bit.ly/2GgixnP

BOLSONARO
. Bolsonaro ratifica a ideia de nomear seu filho embaixador em Washington. O presidente brasileiro diz que as críticas são "o sinal de que ele é a pessoa certa". (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2Sl5Ht0

MERCOSUL
. americano, que era desprezado pelos dois presidentes, vai servir sobretudo para celebrar acordo com a União Europeia, que foi uma vitória para o argentino, em ano eleitoral, e para o brasileiro, em crise de popularidade. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2O95w5A

VALE
. Empresa brasileira de mineração pagará £ 86 milhões pelo desastre que matou quase 300 pessoas. A Vale também concordou em pagar £ 150.000 para parentes próximos dos mortos quando uma represa desabou em sua mina de ferro em Brumadinho. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/32x3eAs

RIO DE JANEIRO
. Governador do Rio: aumento dos assassinatos da polícia "normal" continuará. Em meio a um aumento no número de mortes cometidas por policiais no Rio de Janeiro, o governador do estado diz que é "normal" que a taxa aumente e que provavelmente continuará subindo durante sua administração. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/30v3aj0

VAZAJATO
. Deltan Dallagnol usou a fama da operação Lava Jato para se beneficiar de palestras e livros. O chat privado mostra que o promotor falou com um colega sobre a criação de uma empresa em nome de parentes. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2Lpw6p0

NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA.
Diante dos ataques de Trump, as quatro democratas não se calam. As quatro deputadas norte-americanas foram atacadas por Trump com comentário xenófobos afirmarão que ele promove uma “agenda nacionalista branca’ e prometeram que suas vozes não serão silenciadas. (Página 12, Argentina) | bit.ly/32vT1V3

EUA
. A liderança republicana está em silêncio sobre o ódio de Trump contra os democratas. O presidente acusa dos racistas os quatro congressistas que "odeiam nosso país". (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2NZUbEX

EUA
. Os gigantes da tecnologia desperta o fogo no Congresso norte-americano. Preocupações sobre o poder das principais empresas de tecnologia ecoaram na capital do país na terça-feira, com políticos de ambos os partidos exigindo mais escrutínio regulatório do alcance dos gigantes da tecnologia e planos de expansão. (The Wall Street Journal, EUA) | on.wsj.com/2YZflnY

ALEMANHA
. A franja de extrema direita do partido populista Alternativa para a Alemanha (AfD) está ganhando terreno. Políticos do partido que uma vez se opuseram à ala e seu líder, Björn Höcke, abandonaram sua resistência e estão tomando medidas para abraçar os extremistas. (Der Spiegel, Alemanha) | bit.ly/2XRPEnH

FRANÇA
. Demitiu-se o ministro francês envolvido em polêmica com lagosta e champanhe. O governante é acusado de usar dinheiro dos contribuintes para promover jantares luxuosos e uma remodelação na sua residência oficial. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/30I3WcF

EUA
. A Câmara dos Representantes votou para condenar a linguagem de Trump como racista. A medida passou quase ao lado das linhas partidárias, com apenas quatro republicanos votando com os democratas, depois de uma briga partidária amarga. Foi a resposta dos democratas às observações do presidente Trump de que quatro congressistas de cor deveriam "voltar" a seus países. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2XMGkpY

PERU
. O ex-presidente Alejandro Toledo foi preso nos Estados Unidos. Alejandro Toledo, que liderou o país no início dos anos 2000, é requisitado no Peru, onde é acusado de receber US $ 20 milhões como parte de um escândalo de suborno que envolveu a região e deixou muitos os ex-presidentes do país na prisão. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2Ln3bBW

PARAGUAI
. Taxistas saem em caravana exigindo a supressão do Uber. As empresas de taxi por aplicativo deixariam sem trabalho cerca de 1500 motoristas de taxi em Assunção, o que representa a metade dos empregados do setor. (Diário Correo, Peru) | bit.ly/2xRQCpA

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Marcelo Zero – Brasil (Brazil Wire, EUA) | “Eduardo Bolsonaro, Calígula e a embaixada brasileira” | bit.ly/32x47ZO

Tariq Ali
, entrevista – Brasil (Esquerda.net, Portugal) | “Olha-se para Sergio Moro e não se vê a cara da Justiça” | bit.ly/2xPUt6z

Jorge Alemán
– Espanha (Página 12, Argentina) | “Cambiemos e a social democracia” | bit.ly/2xPJvhl

Afua Hirsch – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Trump e seu racismo do passado é cru, mas pode ser perigosamente efetivo” | bit.ly/2xObKwS

Joshua Leifer
– EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Aqui está a real razão pela qual Trump está atacando “o esquadrão”: está com medo de sua política” | bit.ly/2Z1R2G0

Theodore R. Johnson
- EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Donald Trump tem deixado isto claro: os únicos ‘norte-americanos reais’ são brancos e cristãos” | bit.ly/2JRpFrQ


Conteúdo Relacionado