CM8 Internacional

Clipping Internacional - 20/02/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

20/02/2020 09:08

Fábrica da Petrobras em Brasília (Ueslei Marcelino/Reuters)

Créditos da foto: Fábrica da Petrobras em Brasília (Ueslei Marcelino/Reuters)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

GREVE DOS PETROLEIROS
. Trabalhadores petroleiros do Brasil em greve há 18 dias. Os trabalhadores petroleiros do Brasil estão em greve há 18 dias. O protesto foi despoletado pelo despedimento de 396 colegas da Petrobrás. Desde então, a equipa negocial ocupou a sede da empresa que se recusava recebê-la. Terça-feira milhares de pessoas manifestaram-se no Rio de Janeiro em solidariedade. (Esquerda.net, Portugal) | tinyurl.com/tyy59yw

GREVE DOS PETROLEIROS. Petroleiros suspendem greve na Petrobras de forma temporária. Na noite da quarta-feira (19), a Federação Única dos Petroleiros (FUP), anunciou a suspensão temporária da greve da categoria. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/w82pfuu

PETROBRÁS. Petrobras obtém o maior benefício de sua história graças à venda de ativos. A companhia petrolífera brasileira, que sofre uma greve de 19 dias, ganha US $ 9 bilhões em um exercício marcado pelo desinvestimento do estado. (El País, Espanha) | tinyurl.com/yxysvll7

LULA. O ex-presidente e líder da oposição PT, Luiz Inácio Lula da Silva, foi interrogado hoje oficiosamente pela Polícia Federal por ordem do Ministro da Justiça, ex-juiz Sérgio Moro, que pediu para abrir uma investigação para descobrir se ele violava a Lei de Segurança Nacional por vincular o presidente Jair Bolsonaro aos grupos parapoliciais do Rio de Janeiro. Isso foi noticiado hoje pelo presidente do Partido dos Trabalhadores da oposição, Gleisi Hoffmann, que denunciou que o governo Bolsonaro "usa uma lei do regime militar em uma investigação preliminar em andamento que a Polícia Federal secretamente faz" para "tentar humilhar Lula”. (El Clarín, Argentina) | tinyurl.com/u2n9rd6

CINEMA. Com recorde de brasileiros e nova direção, Berlinale abre 70a edição cada vez mais militante. A 70a edição do Festival de Internacional de Cinema de Berlim, mais conhecido como Berlinale, começa hoje. O evento, que mudou de direção este ano, mantém sua programação engajada, abordando temáticas sociais do mundo todo. O Brasil bate recorde de participação, com 19 filmes, entre longas, curtas e coproduções, e volta a concorrer ao Urso de Ouro, principal prêmio da competição. (RFI, França) | tinyurl.com/s2j439d

ÍNDIOS. Política de Bolsonaro pode gerar tragédias aos povos indígenas isolados, diz especialista. Um levantamento mostrou que o Brasil é o país que possui o maior número de comunidades indígenas isoladas. "Na nossa avaliação há um risco muito forte e iminente de que ocorram tragédias contra povos indígenas na Amazônia, especialmente contra povos não contatados, povos livres ou de recente contato", afirmou Cezar Buzatto. Segundo ele, a política do estado brasileiro se manteve historicamente na linha de respeitar a decisão desses povos de se manterem isolados e não buscarem contato, mas há uma sinalização de uma suposta mudança nessa política por parte do presidente Jair Bolsonaro. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/wf8o7ny

BOLSONARO. Bolsonaro e as mulheres: "Não estupro porque é feia", "deviam ganhar menos", "queria dar o furo". Acusações de machismo contra o presidente vêm de longe mas a última, uma insinuação sexual sobre uma repórter, gerou revolta de mulheres, de políticos, de jornalistas e de juristas. Voltou até a falar-se em impeachment. “la queria um furo. Ela queria dar um furo a qualquer preço contra mim", disse na última terça-feira à saída do Palácio do Alvorada Jair Bolsonaro, enquanto ria, ao lado de uma claque de apoiantes, com o duplo sentido das suas palavras. A frase, considerada apenas o último caso de uma longa lista de momentos classificados de machistas ou misóginos da carreira política do hoje presidente da República, gerou uma onda de revolta entre mulheres, associações de jornalistas, políticos e juristas no Brasil. (Diário de Notícias, Portugal) | tinyurl.com/smjk6ey

A POLÍCIA MILITAR DO CEARÁ ATIRA EM CID GOMES

Sputnik News, Rússia
. | Senador Cid Gomes leva tiro durante protesto no Ceará. O senador Cid Gomes (PDT-CE) levou um tiro no peito, nesta quarta-feira, ao tentar furar um bloqueio feito por policiais militares que protestavam em uma rua do Centro de Sobral, no Ceará. Segundo a imprensa local, o parlamentar teria chegado a um quartel da cidade, durante uma paralisação de agentes do setor de segurança pública, sobre uma retroescavadeira, tentando entrar no local. No meio do tumulto, tiros foram disparados e um deles acabou acertando o senador. De acordo com informações do Diário do Nordeste, o político foi levado para o Hospital do Coração de Sobral, mas ainda não há detalhes sobre seu estado de saúde. Embora alguns órgãos de imprensa afirmem que o projétil — ou projéteis — que atingiu o político seria uma bala de borracha, fontes próximas a ele dizem que o tiro teria sido disparado por uma arma de fogo. | tinyurl.com/rksn9ap

El Mundo, Espanha. | Polícia brasileira em greve atira em um senador tentando quebrar um motim policial com uma escavadeira em sobral no Ceará. O senador brasileiro Cid Gomes foi baleado na tarde de quarta-feira por agentes da Polícia Militar que protestavam no município de Sobral (interior do estado do Ceará, nordeste do país). Cansado de ver como as ruas estavam vazias de polícia, o senador, natural daquela cidade, subiu em uma escavadeira para quebrar a cerca do quartel e forçá-los a trabalhar. A lei não permite que a polícia entre em greve; portanto, nesse tipo de protesto, os agentes convocam seus parentes para ocupar as portas do quartel e impedir a saída de veículos para patrulhar. | tinyurl.com/vav2y8r

La Vanguardia, Espanha. | Senador brasileiro é baleado em protesto policial. O senador brasileiro Cid Gomes foi ferido na quarta-feira quando recebeu dois tiros durante um protesto policial no interior do estado do Ceará, no nordeste do país, embora sua vida não esteja em perigo. Em um vídeo publicado nas redes sociais, observa-se como o grupo de supostos agentes encapuzados que impedem a passagem começa a atirar objetos contra o veículo. | tinyurl.com/ry6ngkh

Telesur, Venezuela; | tinyurl.com/wck6jky

El Desconcierto, Chile | tinyurl.com/rczkykc

Diário Correo, Peru; | tinyurl.com/qma4dy2

La Jornada, México | tinyurl.com/ql7p8rs

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

TRUMP
. Donald Trump ofereceu perdão a Julian Assange se ele dissesse que a Rússia não estava envolvida no vazamento de e-mails do partido Democrata, um tribunal em Londres foi informado. A alegação extraordinária foi feita no tribunal de Westminster antes da abertura da próxima semana da batalha legal de Assange para bloquear tentativas de extraditá-lo para os EUA, onde ele é acusado de publicar documentos invadidos. Os advogados de Assange alegaram que, durante uma visita a Londres em agosto de 2017, o congressista Dana Rohrabacher disse ao fundador do WikiLeaks que "por instruções do presidente, ele estava oferecendo um perdão ou outra saída, se o Sr. Assange ... dissesse que a Rússia não tinha nada a ver com o DNC [Comitê Nacional Democrata] vaza. ”. Poucas horas depois, no entanto, Rohrabacher negou a alegação, dizendo que havia feito a proposta por sua própria iniciativa e que a Casa Branca não a havia endossado. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/rme7q77

ARGENTINA. FMI: "A dívida da Argentina não é sustentável". A Missão Técnica do Fundo solicitou uma redução "apreciável" pelos credores privados. A equipe que visitou a Argentina enfatizou que, como o governo sustenta, "não é economicamente nem politicamente viável" pagar a dívida aos detentores de títulos privados, o que abre as portas para negociações com eles. O FMI também apoiou as primeiras medidas econômicas adotadas pelo governo. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/tqdatr8

ARGENTINA. O Fundo Monetário Internacional considera insustentável a dívida da Argentina. A IMF disse que a dívida pública bruta da Argentina aumentou para cerca de 90% do produto interno bruto até o final de 2019. (The Wall Street Journal, EUA) | tinyurl.com/wlz2gwl

ARGENTINA. O FMI diz aos credores argentinos: vocês devem compartilhar a dor. O fundo diz que a dívida governamental é insustentável e deve ser reestruturada. (Financial Times, Inglaterra) | tinyurl.com/rzr25xv

TRUMP. Trump indultou vários criminosos de colarinho branco. O presidente dos EUA decidiu, nesta terça-feira, comutar a pena de vários criminosos condenados por fraude e corrupção, pertencentes à elite económica e política do país. Da lista fazem parte dadores de campanhas republicanas, um amigo do seu advogado, um comentador habitual da Fox News, entre outros famosos. (Esquerda.net, Portugal) | tinyurl.com/vlceuu4

AMÉRICA LATINA/LAWFARE. Parlamento europeu debate 'perseguições judiciais' do 'lawfare' latino-americano. O que têm em comum o ex-presidente Lula e o separatista catalão Carles Puigdemont? Para seus advogados, é claro: ambos são vítimas do 'lawfare', o recurso a procedimentos judiciais para perseguir adversários, um tema debatido nesta quarta-feira (19) na Eurocâmara. Na América Latina, Luiz Inácio Lula da Silva denuncia um 'lawfare' contra ele e seu Partido dos Trabalhadores, assim como os ex-presidentes do Equador, Rafael Correa, e do Peru, Ollanta Humala, entre outros. O presidente argentino, Alberto Fernández, assegurou na véspera que essa prática "se instalou na Argentina" nos "últimos anos". Sua vice, a ex-presidente Cristina Kirchner, denuncia também uma "guerra jurídica" contra ela. Mas, o que é o 'lawfare'? "São as formas sutis, modernas, do século XXI, que substituem os golpes militares", resume Humala. (RFI, França) | tinyurl.com/wo5nw6k

ESPANHA. A nova lei do governo iguala violência sexual a violência de gênero e levará esses crimes a tribunais especializados. O projeto de Ministério da Igualdade garante uma rede de centros de atendimento especializados para vítimas de agressão sexual e assédio e treinamento para evitar estereótipos. (El Diário, Espanha) | tinyurl.com/vlu4ggo

EUA. As 'pérolas' racistas e sexistas de Michael Bloomberg, candidato à indicação no Partido Democrata. O bilionário, empresário e ex-prefeito arrasta uma história de declarações racistas, sexistas e classistas controversas. (El Periódico, Espanha) | tinyurl.com/tz8888v

ALEMANHA. O procurador-geral alemão suspeita que o autor do tiroteio em Hanau foi um extremista. A polícia encontra na casa do atirador uma nota manuscrita na qual ele diz que "certas aldeias" devem ser "exterminadas". (El Periódico, Espanha) | tinyurl.com/rcve4ca

ALEMANHA. Dois tiroteios contra bares de narguilé matam nove perto de Frankfurt. O suposto autor foi encontrado morto em sua casa. A promotoria antiterrorista alemã chamou a si a investigação, suspeitando de uma "motivação xenofóbica" para o ataque. (Le Monde, França) | tinyurl.com/rccpb9e

EUA. Os perdões de Trump agravam a crise da justiça nos Estados Unidos. "Sou o principal responsável pela aplicação da lei no país", diz o presidente. Essa não é a impressão geral. As críticas lançadas pelo presidente no Twitter à condenação proposta pelos promotores de Stone - posteriormente, em um movimento excepcional, analisado pelo Departamento de Justiça - colocaram o procurador-geral, William Barr, em uma situação embaraçosa, que o alertou que seus tweets tornam seu trabalho "impossível". (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/v25g65d

CHINA. As credenciais de imprensa de três repórteres do Wall Street Journal (WSJ) que trabalham em Pequim. A decisão da China veio depois que o WSJ publicou um artigo intitulado "A China é o verdadeiro doente da Ásia". O WSJ se recusou a se desculpar. Depois que a China revogou as credenciais de imprensa dos três repórteres, o Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que a China não deve "restringir o discurso". O conceito de liberdade de expressão desviou-se claramente de seu significado original na prática no Ocidente. Parece que alguns países e meios de comunicação ocidentais têm monopolizado a explicação da liberdade de expressão. Eles se consideram a personificação da liberdade de expressão, como se tudo o que dissessem representasse liberdade de expressão e quem se opõe a suas declarações a esteja minando. Além disso, esses países e a mídia não querem que o público não ocidental expresse suas opiniões, a menos que seja permitido. Isso é ridículo. (Global Times, China) | tinyurl.com/ujme6mt

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Samanth Subramanian – Índia (The Guardian, Inglaterra) | “Como os supremacistas hindus estão destruindo a Índia” | tinyurl.com/vyfgz9k

Claudio Scaletta – Argentina (Página 12, Argentina) | “Os limites da economia vulgar” | tinyurl.com/vgq8ffv

José Luis Lanao – Futebol (Página 12, Argentina) | “Os oligarcas da bola – multimilionários, banqueiros e xeiques, os novos donos do futebol” | tinyurl.com/wp5ezoo

Luis Arce, entrevista - Bolívia (Página 12, Argentina) | “Em três meses destruíram a economia boliviana” | tinyurl.com/qkrntc5

John Molyneux – Irlanda (Esquerda.net, Portugal) | “O falhanço da extrema-direita nas eleições da Irlanda” | tinyurl.com/syzokjx

The New York Times, editorial – EUA (The New York Times, EUA) | “Quando Donald Trump é a lei. Imaginem que se beneficia?” | tinyurl.com/tdmnmxy v

Xavier Vigna França (Le Monde Diplomatique, França) | “Fazer uma greve prolongada.“ | tinyurl.com/u8b6hsa

Conteúdo Relacionado