CM8 Internacional

Clipping Internacional - 20/03/2020

(Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos)

20/03/2020 09:12

(Reprodução/Twitter)

Créditos da foto: (Reprodução/Twitter)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO
. O coronavírus tem feito estragos a Bolsonaro. Reprovação popular e problemas com a China. O presidente foi objeto de um panelaço em praticamente todas as capitais do país, no momento em que recebe uma advertência da China, que termina termos diplomáticos "recomendou" deixar de ser mensageiro dos EUA. A doença progride vertiginosamente, cresceu quase cem por cento no Rio de Janeiro. "Fora Bolsonaro" e "Bolsonaro, miliciano", milhares de indignados acompanhados de batucadas improvisadas com potes e garfos gritaram na noite de quarta-feira em San Pablo, Rio de Janeiro, Brasília e outros grandes centros urbanos onde a classe média mostra sinais de estar farto do presidente. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/uhfynhn

BOLSONARO. Protestos antibolsonaro agitam panelas nas varandas. Pessoas em prédios altos e casas em todo o país batiam em utensílios vazios, acendiam e apagavam as luzes e gritavam “Bolsonaro fora!” (The Statesman, Índia) | tinyurl.com/rofvlhn

BOLSONARO. Bolsonaro enfrenta os primeiros “panelaços” de repúdio. Sondagem mostra que caiu abaixo dos 30% o apoio ao governo e que 64% estão insatisfeitos com o comportamento do presidente em relação à crise do coronavírus. O filho do presidente abriu uma crise diplomática com a China. Um vigoroso protesto contra o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tomou conta da maioria das capitais de Estado no Brasil e muitas cidades do interior, na tarde e na noite desta quarta-feira. No dia anterior já ocorrera um “panelaço” em pelo menos cinco cidades. Os brasileiros, muitos em casa, de quarentena devido à epidemia de Covid-19, bateram panelas, buzinaram, gritaram contra Bolsonaro e até projetaram dizeres antipresidente em fachadas de prédios. (Esquerda.net, Portugal) | tinyurl.com/ul6rlmv

BOLSONARO. Coronavírus começa a corroer apoio público e político a Bolsonaro. Há três pedidos de impeachment a visar Bolsonaro por causa da sua gestão da epidemia. Em todo o país voltaram a ouvir-se panelas e tachos contra o Presidente. O jantar dos brasileiros passou esta semana a ser acompanhado de um som que provavelmente não pensavam voltar a ouvir tão cedo: panelas a bater. As consequências da epidemia global do novo coronavírus no Brasil estão longe de poderem ser calculadas, mas já abriram uma grave crise política para o Governo e sobretudo para o Presidente Jair Bolsonaro. Pouco mais de um ano depois de ter tomado posse, o capitão do Exército reformado enfrenta o momento mais crítico do seu mandato e corre um sério risco de nem sequer o terminar. (Público, Portugal) | tinyurl.com/rfz6nzj

BOLSONARO. Bolsonaro e López Obrador atraem críticas pela resposta ao coronavírus. Os líderes do Brasil e do México ignoraram os conselhos médicos enquanto a América Latina começa a quebrar. (Financial Times, Inglaterra) | tinyurl.com/tqk44jo

BOLSONARO. No Brasil, panelaço contra a inação de Jair Bolsonaro com o coronavírus. Uma onda de protestos contra a atitude irresponsável do presidente resultou em uma mudança de postura e na declaração do estado como um "desastre público. Eles agora acolhem cada uma de suas intervenções: quarta-feira à noite, novamente, um grande panelaço ressoou em várias cidades do Brasil, Rio, São Paulo, Brasília ou Porto Alegre, para protestar contra a gestão calamitosa da crise de coronavírus por Jair Bolsonaro. O terceiro em apenas dois dias. "Fascista!", " Bolsonaro lá fora! "," Vá se foder ...! Confinada em seus apartamentos, com concha ou espátula, em fogões ou panelas, uma parte do país decidiu acalmar sua raiva e fazer ouvir sua voz ameaçadora. (Le Monde, França) | tinyurl.com/usz3fo8

BOLSONARO. Crescem as críticas a Bolsonaro pelas ações erráticas de seu governo contra a pandemia do coronavírus. Um pedido de impeachment foi apresentado no Parlamento contra o presidente; Além disso, as declarações de seu filho ameaçam deteriorar as relações com a China. A pandemia de coronavírus que afeta o mundo inteiro pode ter importantes consequências políticas no Brasil, onde o presidente de extrema direita Jair Bolsonaro suporta ataques de diferentes frentes, bem como seu apoio, ambos política e popularmente, eles estão ficando menores. Depois de subestimar a doença, chamando o surto em seu país de "histeria", vários membros do partido que o acompanharam durante sua visita oficial aos Estados Unidos contraíram o vírus, incluindo dois ministros, General Augusto Heleno, chefe do portfólio de Segurança Institucional, e Bento Albuquerque, chefe do Ministério de Minas e Energia. Mesmo assim, as medidas de seu governo para conter a propagação da doença demoraram a chegar. (La Diária, Uruguai) | tinyurl.com/t8mjv2f

BOLSONARO. Brasileiros, atônitos com a parcimônia de Bolsonaro ante o coronavírus. Panelas nas janelas pedem medidas mais eficazes e um presidente à altura. Apenas alguns dias atrás, o Brasil ainda estava brincando sobre o coronavírus. Uma infinidade de memes com brasileiros tomando banho alegremente durante as inundações, passando tudo ("o coronavírus que luta") ou alertando o Covid-19 para não subestimar seus concorrentes locais: dengue, zika ou chikungunya. Pouco a pouco, esses vídeos foram desaparecendo dos grupos do WhatsApp e deram lugar a aconselhamento médico e a 'ficar em casa'. (El Mundo, Espanha) | tinyurl.com/w6f9gzu

CORONAVÍRUS. Praias, bares e restaurantes do estado brasileiro do Rio de Janeiro vão fechar a partir de sábado e pelo menos por 15 dias, numa medida de prevenção da pandemia da Covid-19, anunciou o governador Wilson Witzel. Decreto, publicado na quinta-feira à noite, prevê ainda a suspensão de ligações terrestres, marítimas e aéreas com qualquer outro estado brasileiro com "circulação do vírus confirmada". O governador também determinou a proibição da circulação de transportes públicos entre a capital do Rio de Janeiro e a restante região metropolitana do estado. (Diário de Notícias, Portugal) | tinyurl.com/vkcol7b

CORONAVÍRUS. Coronavírus força o Brasil a selar fronteiras enquanto região luta para controlar pandemia. O Brasil fechou suas fronteiras com oito países vizinhos na quinta-feira, juntando-se a outros países da América do Sul em uma quarentena em todo o continente, enquanto as autoridades lutam para controlar a propagação do coronavírus. (The Wall Street Journal, EUA) | tinyurl.com/wc49f3j

CORONAVÍRUS. Coronavírus: Brasil nega entrada para europeus. Vários países asiáticos também são afetados pela medida. (Le Soir, Bélgica) | tinyurl.com/sg4orwr

CORONAVÍRUS/BOLSONARO. Jair Bolsonaro, presidente cético quanto ao coronavírus. Numa época em que os líderes mundiais estão travando uma "guerra" contra o coronavírus, Jair Bolsonaro está levantando uma voz totalmente discordante, causando desconforto e preocupação no Brasil, inclusive em seu campo. Desde o início da pandemia, o presidente da extrema direita teve como única linha de conduta a denúncia da "histeria" ao redor do Covid-19 e multiplica as provocações. A partir dessa intervenção sem novo anúncio, os comentaristas retiraram na quinta-feira um exercício completamente fracassado de comunicação política e mantiveram o "espetáculo patético" de um Jair Bolsonaro removendo e colocando sua máscara uma dúzia de vezes, para finalmente deixá-lo cair em um ouvido. (Le Nouvel Observateur, França) | tinyurl.com/we4rbas

CLÃ BOLSONARO. "Eduardo Bolsonaro contraiu vírus mental", acusa embaixador chinês. Deputado culpou a China pela pandemia de Coronavírus. O representante diplomático do maior parceiro comercial do Brasil exige que ele retire essas palavras e se desculpe perante o povo chinês. (Diário de Notícias, Portugal) | tinyurl.com/sgtgrkm

CLÃ BOLSONARO. COVID-19: a polêmica cresce entre Brasil e China. O Brasil pediu na quinta-feira ao embaixador chinês uma "retratação" pela publicação de mensagens "ofensivas" contra o presidente Jair Bolsonaro, um de cujos filhos causou uma briga com Pequim por causa do coronavírus. (La Presse, Canadá) | tinyurl.com/yx238m8z

CLÃ BOLSONARO. 'Tiro no próprio pé': Embaixada da China volta a exigir desculpas de Eduardo Bolsonaro. Em mensagem publicada em sua página oficial no Twitter, a Embaixada da China no Brasil voltou a defender um pedido de desculpas claro e definitivo do deputado federal Eduardo Bolsonaro, que sugeriu que Pequim é a culpada pela pandemia do Covid-19 no mundo. Chamando as falas do filho do presidente brasileiro Jair Bolsonaro de "irresponsáveis", o principal organismo diplomático chinês no país refutou as mensagens postadas horas mais cedo pelo parlamentar, que negou ter atacado o povo chinês na quarta-feira. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/u4onvrj

CLÃ BOLSONARO. Filho de Bolsonaro enfurece Pequim por culpar China por crise de coronavírus. O embaixador de Pequim no Brasil lançou um ataque contundente ao filho de seu presidente de extrema direita, Jair Bolsonaro, depois que ele alegou que o Partido Comunista Chinês era o culpado pela crise de coronavírus que varre o mundo. "A culpa é da China", afirmou Bolsonaro no Twitter, retuitando uma mensagem que dizia: "A culpa pela pandemia global de coronavírus tem nome e sobrenome: o partido comunista chinês". Yang Wanming, o principal diplomata de Pequim no Brasil, exigiu uma retração imediata e desculpas pelo "insulto do mal", enquanto sua embaixada acusou Eduardo Bolsonaro de contrair "um vírus mental" durante uma recente viagem aos Estados Unidos. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/umwnmr2

RECESSÃO ECONÔMICA. Coronavírus e Paulo Guedes podem levar Brasil à recessão em 2020? Em meio ao avanço do novo coronavírus no Brasil, várias instituições financeiras decidiram rever suas previsões para a economia nacional neste ano, apontando até para o risco de uma recessão. No Brasil, onde as atividades econômicas já não estavam a pleno vapor antes da pandemia, a propagação do novo vírus está derrubando de maneira acentuada as expectativas dos consultores, com o JP Morgan e o Goldman Sachs, por exemplo, apontando para o risco de contração do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, enquanto outras instituições indicam crescimentos bem mais modestos do que os anteriores, entre zero e 1%. (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/trwept2

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

CORONAVÍRUS/CHINA.
Estratégia de bloqueio de coronavírus da China: durol, mas eficaz. O mundo ficou surpreso com a quarentena de Wuhan, mas parece ter funcionado. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/rc22mo5

CHILE. Chile adia referendo constitucional em meio a crise de coronavírus. Votação marcada para 26 de abril, provavelmente a ser realizada em outubro. Governo explora 'estado de catástrofe' para limpar arte de protesto. A votação para reescrever a constituição da era Pinochet do país deveria ocorrer originalmente em 26 de abril - uma data que o ministério da saúde do país agora prevê que será o auge do surto de vírus no país. Atualmente, o Chile tem 324 casos confirmados - o maior número per capita na América do Sul. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/u2v9oak

CORONAVÍRUS/ARGENTINA. Alberto Fernández anunciou a quarentena total até 31 de março. A decisão, que ele descreveu como "excepcional em um momento excepcional", foi anunciada após uma reunião com todos os governadores da propriedade de Olivos. Ele explicou que era para reduzir ao máximo a curva de contágios devido à epidemia de coronavírus, para que novos casos pudessem ser adequadamente tratados pelo sistema de saúde. Ele argumentou que tinha que chegar a essa decisão drástica porque as 30 medidas tomadas até agora não convenceram toda a população da conveniência de ficar em casa para evitar a propagação do vírus. Serão excluídas as atividades para garantir o fornecimento de itens essenciais, como alimentos, medicamentos e combustível. "O primeiro dever do governante é garantir a saúde e a integridade física dos habitantes. Se ficarmos em casa, todos nos preservaremos", definiu. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/rtuq383

CORONAVÍRUS/ARGENTINA. Quarentena: o governo definiu a lista de preços máximos. Medida para conter a especulação em meio à pandemia de coronavírus. Nesta sexta-feira, a resolução será publicada onde o governo, protegido pela Lei de Suprimentos e pelo Código Penal, obriga as empresas a estabelecer preços máximos oficiais e não limitar a oferta. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/vtarsan

CORONAVÍRUS/TRUMP. Trump anuncia medicamento antimalária não autorizado para o coronavírus. A Agência Federal de Medicamentos negou o anúncio do presidente sobre o uso de certos antivirais no tratamento do Covid-19. Com mais de 10.900 casos confirmados de coronavírus em alguns dias nos Estados Unidos e 163 mortes, o presidente Donald Trump apareceu na sala de imprensa da Casa Branca, ansioso por transmitir boas notícias à opinião pública parcialmente perturbada e parcialmente intrigada. e em parte ainda incrédulo em relação à gravidade da pandemia. (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/ut6wlx8

CORONAVÍRUS/ITÁLIA. Itália supera China com número de mortos. Em 24 horas, a Itália registrou 427 mortes devido ao Covid-19, atingindo um total de 3405. (Tribune de Genève, Suíça) | tinyurl.com/vl9jddk

CORONAVÍRUS/ALEMANHA. Explicação do sucesso alemão em conter a mortalidade por coronavírus. A Alemanha está entre o grupo de países com mais infecções, mas o número de mortes é significativamente menor que o resto. As chaves são a detecção rápida com testes, a capacidade de absorção de casos graves e sua cultura, pouco dada ao contato entre as pessoas. (El Periódico, Espanha) | tinyurl.com/tgjlqa5

CORONAVÍRUS/EUA. Coronavírus terá impacto ainda mais forte nos pobres dos EUA, diz HRW. A Human Rights Watch alerta que os riscos associados a esta epidemia são mais altos para pessoas que não têm emprego permanente, salários decentes ou acesso ao sistema de saúde. (El Periódico, Espanha) | tinyurl.com/yx55gzwh

ESPANHA. "Corona Ciao" (corona, coroa em espanhol) : confinados, os espanhóis protestam contra a monarquia. No momento do discurso do rei Felipe na noite de quarta-feira, os espanhóis saíram com suas panelas e frigideiras nas varandas para protestar contra os últimos escândalos que atingiram a família real. (Les Echos, França) | tinyurl.com/rjtlsq8

MÉXICO. Um juiz ordena que o presidente aja contra o COVID-19. Um juiz federal da Cidade do México ordenou na quinta-feira o presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador a tomar todas as medidas preventivas e ações necessárias para detectar as pessoas infectadas pelo coronavírus. (La Presse, Canadá) | tinyurl.com/rnu9joq

CORONAVÍRUS/ESPANHA. Espanha ordena o fechamento de todos os hotéis. O quarto país mais afetado pela pandemia de coronavírus no mundo ordenou o fechamento de todos os hotéis no território. (Le Soir, Bélgica) | tinyurl.com/r88uzx3

PETRÓLEO. O barril de petróleo a 20 dólares: quais consequências? Bombeie preços, políticas de austeridade, crises sociais, falências e queda de investimentos ... A queda nos preços do petróleo não será sem consequências. (La Tribune, França) | tinyurl.com/uuu4esm

ISRAEL. Manifestantes acusam Netanyahu de explorar pandemia por poder. Netanyahu e seus substitutos fecharam o sistema judicial de Israel pouco antes de seu julgamento por acusações de corrupção. (HuffPost, EUA) | tinyurl.com/v32xnhz

EUA/TRUMP. As palavras racistas de Trump provocam ódio e alimentam a xenofobia global. O presidente dos EUA, Donald Trump, se referiu ao novo coronavírus como "vírus chinês" pelo menos oito vezes em tweets e briefings da mídia em apenas dois dias, alimentando xenofobia generalizada e sentimentos racistas e até ataques físicos e verbais contra asiáticos americanos e minando os esforços globais para conter o vírus mortal. (Global Times, China) | tinyurl.com/rhf6log

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Joseph Stiglitz, entrevista – EUA/economia (Democracy Now, EUA) | “Os planos econômicos ‘trickle-down’ (‘gotejamento’) de Trump não são suficientes para enfrentar o desafio do coronavírus” | tinyurl.com/wlygns5

Eric Nepomuceno
– Brasil (Página 12, Argentina) | “Turbulência aguda” | tinyurl.com/tvv9tch

Tereza Campello, entrevista – Coronavírus/Brasil (Diário de Notícias, Portugal) | "No Brasil, o coronavírus vai ser um genocídio" | tinyurl.com/snvg9e5

Mario Wainfeld
– Coronavírus/Argentina (Página 12, Argentina) | “Alberto Fernández e o coronavírus: firmeza e diálogo” | tinyurl.com/wrvkmqw

Ricardo Forster – Desigualdade (Página 12, Argentina) | “Coronavírus: entre o perigo e a oportunidade. Os limites de uma ordem econômica e tecnológica que aprofunda as desigualdades.” | tinyurl.com/s38to9p

Frédéric Lordon – Coronavírus/Neoliberalismo (Le Monde Diplomatique, França) | “Os idiotas que nos governam” | tinyurl.com/tqlc8n7

Oliver Stuenkel – Coronavírus/Brasil (Americas Quaterly, EUA) | “Bolsonaro enfrenta sua grande crise – e está com dificuldades” | tinyurl.com/v27zspf

Branco Milanovic – Coronavírus/crise (Foreign Affairs, EUA) | “O real perigo da pandemia é o colapso social” | tinyurl.com/wf6rkbf

Appelbaum, Baker, Weisbrot e Hauser – EUA/crise (Common Dreams, EUA) | “O plano de estímulo de Trump: ainda fazendo tudo errado” | tinyurl.com/setnqbr




Conteúdo Relacionado