CM8 Internacional

Clipping Internacional - 20/08/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

20/08/2019 09:21

 

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA
. Preso há 500 dias, Lula sente a maré virar a seu favor. Antigo presidente se revigorou com as revelações, das reportagens da Vaza Jato, de parcialidade de Sergio Moro e de ilegalidades cometidas pela equipa de acusação. E com a decisão recente do Supremo de vetar a sua ida para uma prisão comum. Ele garante que só quer sair da cadeia plenamente inocentado e "para fazer muita política". (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2ZgH4Ud

VAZAJATO.
Procuradores da Lava Jato utilizaram chats de grupo para solicitar dados sujeitos a sigilo bancário sem autorização judicial. Tais pedidos foram dirigidos ao atual chefe do Conselho de Controle de Atividades Financeiras - COAF. Além de incentivar secretamente investigações de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), colaborando de forma proibida com o então juiz Sérgio Moro. Além de usar partidos e grupos da sociedade civil para orientar suas diretrizes políticas, se reunir em segredo com os banqueiros em ano eleitoral, os promotores encarregados da operação Lava Jato também usaram o Telegram para obter informalmente dados secretos do Federal Reserve, ou seja, sem qualquer controle da Justiça.(La Diária, Uruguai) | bit.ly/33KlhUt

BOLSONARO
. Bolsonaro usa vídeo de caça a baleias na Dinamarca para criticar... a Noruega. O Presidente da República do Brasil tem criticado a Noruega por ter suspendido a ajuda para combater o desflorestamento da Amazónia. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2TP6ymx

BOLSONARO
. Nova polêmica. Após a suspensão da ajuda norueguesa à luta contra o desmatamento na Amazônia, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro voltou a atacar a Noruega e sua caça, mas usando imagens erradas, o que provocou piadas nas redes sociais. Ele publicou um vídeo questionando a Noruega, mas as imagens eram das Ilhas Faroe, pertencentes à Dinamarca. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/2TLJftW

AMAZÔNIA
. Bolsonaro é criticado pela Amazônia. Os governadores dos estados amazônicos do Brasil se uniram para criticar o governo de Jair Bolsonaro, condenando suas infelizes declarações, as medidas aplicadas no setor ambiental e, acima de tudo, os preocupantes números do desmatamento na região, que em julho aumentaram em 278. por cento em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Esses números também levaram à suspensão da colaboração econômica entre a Noruega e a Alemanha, países que mantinham um fundo de preservação de florestas tropicais. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2ZbFZcx

AMAZÔNIA
. O Brasil sedia uma reunião regional sobre mudança climática coordenada pela ONU em Salvador (nordeste) desde segunda-feira, em meio a uma polêmica sobre a preservação da Amazônia após as polêmicas posições do presidente de extrema-direita Jair. Bolsonaro. Mais de 3.000 participantes (políticos, ONGs, representantes de organizações internacionais) de 26 países participam até sexta-feira, no encontro "Semana do Clima da América Latina e Caribe". A reunião, também organizada na Ásia e na África, deverá se preparar para a cúpula climática da ONU, a ser realizada em 23 de setembro, em Nova York, e a conferência climática (COP25), a ser realizada em dezembro, em Nova York. Santiago do Chile. (La Presse, Canadá) | bit.ly/2Nl5Yvy

AMAZÔNIA
. Amazônia: Governadores criticam política de Bolsonaro. Os governadores dos estados da Amazônia brasileira criticaram as iniciativas do governo do presidente Jair Bolsonaro que levaram à suspensão, pela Noruega e Alemanha, de suas contribuições para o Fundo Amazônia, que financia a preservação do "pulmão do planeta". (La Presse, Canadá) | bit.ly/2z6zYmP

MEIO AMBIENTE
. Imprensa alemã fala em sanções contra o Brasil por política ambiental de Bolsonaro. A revista Der Spiegel e o jornal semanal Die Zeit, duas das principais publicações da Alemanha, afirmaram que "é hora de sanções contra o Brasil" por conta da política ambiental brasileira. "A Europa não deve ficar de braços cruzados enquanto um preconceituoso cético da ciência, movido pelo ódio, sacrifica vastas áreas de floresta para pecuaristas e plantações de soja", disse a revista Der Spiegel. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/33PaCb1

CHILE
. Família do Comandante Ramiro denuncia provável extradição ao Chile de ex-frentista. Depois de 17 anos de prisão no Brasil, que foi condenado pelo assassinato de Jaime Guzmán e o sequestro de Cristián Edwards, poderia voltar a cumprir sua sentença no Chile, no que tem sido chamado de movimento “silencioso, ilegal e arbitrário”, pelos parentes do antigo frentista. (El Desconcierto, Chile) | bit.ly/30cYK0w

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. As boas vindas dos mercados internacionais para o novo ministro Hernán Lacunza. Ele assume a frente do Ministério da Economia no meio de uma cena do risco país de 13,6%, até 1883 pontos, e a queda das ações argentinas nos Estados Unidos para 15,8%. Apesar do feriado local, ativos argentinos entraram em colapso em Nova York. (Página 12, Argetnina) | bit.ly/2Mt3VGs

MIGRANTES
. O navio Open Arms à deriva em um mar de acusações. O navio com 107 migrantes está no Mediterrâneo há 18 dias sem poder desembarcar. Espanha, Itália e a ONG que comanda o barco foram culpadas, revelando que a Europa não encontrou uma solução para os milhares de migrantes que escapam de seus países na África ... (Página 12, Argentina) | bit.ly/2MqXzY4

PARAGUAI.
Congresso do Paraguai abre investigação sobre polêmico acordo sobre Itaipu com Brasil. O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, nas últimas semanas, vem sendo criticado pelo acordo falho com o Brasil sobre o uso da energia da usina hidrelétrica. O acordo, assinado secretamente em 24 de maio, estipulava novos termos e disposições para Paraguai que, segundo críticos, implicariam no aumento de gastos paraguaios, entre outros danos. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2KKqKDh

EUA
. Com medo da recessão, a Casa Branca esboça planos para reforçar a economia. Autoridades da Casa Branca começaram a preparar opções para ajudar a sustentar a economia americana e evitar que ela caia em recessão, incluindo ponderar um potencial corte de impostos na folha de pagamento e uma possível reversão de algumas das tarifas do presidente Trump, segundo pessoas a par das discussões. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2Nl7oX4

UNIÃO EUROPEIA
. Boris Johnson pressiona a UE com um fim abrupto à livre circulação de trabalhadores. Cerca de 3,2 milhões de cidadãos comunitários residem atualmente no Reino Unido. (El País, Espanha) | bit.ly/2ZaMwEl

ALEMANHA
. A ascensão da extrema direita no leste coloca a política alemã em alerta. Em 1 de setembro, os estados da Saxônia e Brandenburgo vão às urnas. Não a Greta Thunberg, não às mesquitas, não aos refugiados. Sim para carne de porco, aviões e impropriedade política. O público aplaude com entusiasmo. Eles vieram para a cidade de Naunhof, no leste da Alemanha, para ouvir candidatos da extrema direita. Eles prometem uma nova "revolução pacífica 2.0". (El País, Espanha) | bit.ly/2KVKFxQ

ESPANHA
. Unidos Podemos envia uma nova proposta ao PSOE para retomar as negociações para um governo de coalizão e lança quatro propostas diferentes para a organização de um governo de coalizão ao PSOE. As negociações terminaram em julho sem acordo e sem investidura do candidato socialista Pedro Sánchez, que tem até 23 de setembro para levantar apoio para tentar novamente a investidura. (El Diário, Espanha) | bit.ly/2ZcTzjP

RÚSSIA E FRANÇA
. Em Brégançon, Emmanuel Macron estende a mão à Rússia "profundamente europeia". O chefe de Estado recebeu seu colega russo, Vladimir Putin, em uma atmosfera cordial. Mas os pontos de tensão entre os dois países continuam numerosos, da Síria à Ucrânia. (Le Monde, França) | bit.ly/2ZcTSet

ÍNDIA
. Um jovem casal indiano casou por amor. Então o pai da noiva contratou assassinos e matou o noivo. A Índia está mudando - mas não é rápida o suficiente para casais como Pranay Perumalla e Amrutha Varshini, cujo casamento desafiou o sistema de castas, uma antiga ordem social que ainda é difundida. O noivo era da casta “dalit”, chamada de “intocáveis”. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/2z9CCYR

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS


Mark Weisbrot – Argentina (The New York Times, EUA) | “Quem culpar pela crise econômica argentina?” A Argentina faz recordar o papel que o FMI teve na última depressão. Nos faz lembrar, também, da melhoria da vida sob o kirchnerismo. | nyti.ms/31S8ZYy

Eric Nepomuceno –
Brasil (Página 12, Argentina) | “Bolsonaro e o panorama na Argentina” | bit.ly/2NgYxWe

Maria Julio Bertotto
– Argentina( Página 12, Argentina) | “Uma República ou uma Monarquia?” | bit.ly/2NjS7FW

Michel Löwy, entrevista –
Brasil (Esquerda.net, Portugal) | “Dos governos de direita, Bolsonaro é o que mais tem traços neofascistas” | bit.ly/31NZnOk

Paul Krugman
– Economia Global (The New York Times, EUA) | “O mundo tem um problema alemão – a obsessão pelo débito que devora a economia” | nyti.ms/2Z5XkZ6

Edward Burmila
– EUA (The Nation, EUA) | “Supremacia branca é terrorismo, não uma diferença de opinião” | bit.ly/2Z1fLy6

Robert Muggah
– Brasil (Foreign Policy, EUA) | “Não está muito tarde para salvar a floresta amazônica brasileira” A chave pode estar na articulação com os negócios agrícolas. | bit.ly/2NlMUgO


Conteúdo Relacionado