CM8 Internacional

Clipping Internacional - 21/02/2020

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

21/02/2020 08:54

Ensaio da escola de samba Mangueira, no Rio de Janeiro (Ana Ionova)

Créditos da foto: Ensaio da escola de samba Mangueira, no Rio de Janeiro (Ana Ionova)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

CARNAVAL DA RESISTÊNCIA
. Carnaval do Rio se posiciona contra a retórica divisiva de Bolsonaro. Enquanto o Rio de Janeiro se prepara para começar o Carnaval, a Mangueira é uma das várias escolas de samba que usam o maior festival do mundo como plataforma de protesto. Este ano, o desfile da Mangueira vai contar a história de Jesus nascido na favela que defende os “profetas da intolerância”. O tema da escola se depara com um cenário de profunda polarização no Brasil desde que o país elegeu um presidente ultraconservador que ganhou fama com comentários ofensivos sobre mulheres, negros, gays e indígenas. Bolsonaro também prometeu afrouxar o controle de armas, criminosos promissores “morrerão como baratas na rua” pelas mãos da polícia. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/yx699a29

CINEMA DA RESISTÊNCIA. Cinema brasileiro é alvo de “sabotagem”, diz Kléber Mendonça, membro do júri da Berlinale. Para ele, a 7ª arte no Brasil vive um momento de histórico. No entanto, as mudanças recentes na política cultural do país são vistas como uma ameaça para o diretor do premiado Bacurau. Esta edição da Berlinale é marcada por um recorde de filmes brasileiros, como 19 longas, curtas, documentários e coproduções, presentes em diferentes seleções. “O cinema brasileiro tem uma longa história, muito variada, resultado de 15, 20 anos de muito trabalho duro, construindo políticas que nos ajudam a fazer filmes, não apenas no Rio de Janeiro e São Paulo. E é exatamente isso que estão tentando destruir nesse momento. É uma sabotagem”, lançou o cineasta ao ser questionado por diferentes jornalistas sobre o estado da cultura no Brasil. (RFI, França) | tinyurl.com/wjl5n82

PESTICIDAS. Brasil se torna o principal mercado mundial de pesticidas altamente perigosos, diz ONG. Fazendas de soja, milho e algodão transformaram o Brasil no principal mercado de pesticidas altamente perigosos, disse o projeto de jornalismo do Greenpeace no Reino Unido, Unearthed, em comunicado à imprensa nesta quinta-feira, citando os resultados de uma investigação conjunta com uma ONG suíça. A investigação foi conduzida após a visita de dezembro do relator especial da ONU, Baskut Tuncak, ao Brasil, quando ele criticou o governo do país da América Latina por desencadear "uma onda catastrófica de pesticidas tóxicos, desmatamento e mineração que envenenarão gerações". O funcionário da ONU também alertou sobre as altas chances de uma "epidemia de envenenamentos por pesticidas". (Sputnik News, Rússia) | tinyurl.com/t93kbx6

BRUMADINHO. A mineradora brasileira Vale perde US $ 1,6 bilhão em 2019 devido ao desastre de Brumadinho. Os números vermelhos se devem a despesas e provisões para o desastre que matou 270 pessoas e para as quais parte de sua cúpula é acusada de homicídio culposo. (El País, Espanha) | tinyurl.com/uvayc6k

CEARÁ: MOTIM DA PM. Senador do Ceará baleado ao tentar invadir quartel tomado por policiais militares amotinados. Cid Gomes, irmão do ex-candidato à presidência do Brasil Ciro Gomes, não corre perigo de vida, mas o ministro Sérgio Moro enviou a Força Nacional de Segurança Pública para o Ceará a pedido do governador do estado. (Público, Portugal) | tinyurl.com/v5cfdek

CEARÁ: MOTIM DA PM. Brasil envia agentes da Força Nacional ao estado do Ceará depois de um MOTIM de policiais militares. Cerca de 300 agentes da Força Nacional de Segurança serão destacados em diferentes cidades do Ceará, onde vários batalhões da Polícia Militar cruzaram os braços para exigir um aumento salarial. Os protestos começaram na tarde de terça-feira, quando várias pessoas mascaradas e mascaradas - supostamente agentes - invadiram a sede da polícia em diferentes cidades do estado, incluindo Fortaleza, onde as rodas dos carros oficiais foram perfuradas. O episódio mais tenso ocorreu no dia anterior na cidade de Sobral, uma cidade localizada a 270 quilômetros de Fortaleza, onde policiais encapuzados ordenaram que comerciantes fechassem seus negócios e bloquearam o acesso a um batalhão do município. Lá, o senador brasileiro Cid Gomes, 56 anos, e irmão do ex-candidato à presidência trabalhista Ciro Gomes, tentaram atravessar a barreira criada pelos agentes com uma retroescavadeira que ele próprio dirigia e ficou ferido ao receber dois tiros. (La Vanguardia, Espanha) | tinyurl.com/u2395aj

GOVERNO BOLSONARO/PRIVATIZAÇÕES. Jair Bolsonaro disse que vai fazer a privatização do correio público. Em paralelo, o Congresso citará o ministro Augusto Heleno, que atacou as ações do Parlamento em relação ao orçamento. Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, no âmbito do lançamento de uma linha de crédito imobiliário de um banco federal, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro disse que a empresa postal pública está caminhando para sua privatização e que o a reforma administrativa, que ainda não foi enviada pelo Executivo ao Congresso, está "madura". (La Diária, Uruguai) | tinyurl.com/r4e4ab8

CEARÁ: MOTIM DA PM. Bolsonaro envia Forças Armadas para enfrentar tumulto policial no Ceará. O presidente do Brasil tomou essa decisão depois que grupos de policiais militarizados deste estado decidiram se rebelar exigindo um aumento salarial. O Ceará está passando por uma crise de ordem pública que atingiu seu auge no dia anterior, quando o senador trabalhista Cid Gomes foi baleado duas vezes no peito na cidade de Sobral. (El Periódico, Espanha) | tinyurl.com/rczufpf

BOLSONARO. Assessor de Bloomberg foi guru de relações públicas do líder de extrema direita do Brasil Jair Bolsonaro. O ex-assessor de Michael Bloomberg, Arick Wierson, que está promovendo a campanha presidencial do bilionário em 2020 e atacando Bernie Sanders, ajudou a eleger o demagogo de extrema-direita Jair Bolsonaro no Brasil. (Brazil Wire, EUA) | tinyurl.com/wvqjjkr

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA/MIGRANTES
. Como o “sonho americano” morreu na fronteira mais movimentada do mundo. É um lugar onde os mundos convergem, um vasto caldeirão de diferentes povos, tudo em busca de uma vida melhor. No entanto, a fronteira EUA-México também é, cada vez mais, um ponto focal para o sofrimento humano. (The Guardian, Inglaterra) | tinyurl.com/vtefddr

ARGENTINA. Saúde não tem preço. Remédios gratuitos para 15 milhões de pessoas. O ministro Ginés González García apresentou o novo Programa Corretivo para a distribuição gratuita de 50 medicamentos essenciais, que Macri havia descontinuado. Através dos 8000 centros de Atenção Básica, o programa alcançará 15 milhões de pessoas. "Estimamos que o programa chegue a 15 milhões de pessoas e até o final do ano teremos entre 170 e 180 mil kits entregues", afirmou o ministro em entrevista coletiva no dia 5 de Olivos. O programa foi iniciado em 2002 pelo próprio González García, mas foi interrompido pelo governo de Mauricio Macri em 2016. "Não é apenas um programa de acesso a medicamentos, mas é um programa de distribuição de equidade, de melhoria do funcionamento da atenção primária, porque, se existem medicamentos, as pessoas vão mais para a atenção primária", abriu o ministro da Saúde. a conferência de imprensa em que foi apresentado o relançamento do Programa Remediar. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/s5lxzx6

BOLÍVIA. Um golpe dentro do golpe. Proibiram Evo Morales na Bolívia. O Supremo Tribunal Eleitoral confirmou que a indicação para a eleição do senado do ex-presidente não será autorizada. Razões estranhas foram usadas. Evo recorrerá à CIDH. (Página 12, Argentina) | tinyurl.com/srgguru

BOLÍVIA. Evo Morales sobre a rejeição de sua candidatura: "Um golpe na democracia". O ex-presidente da Bolívia reagiu assim depois que o Supremo Tribunal Eleitoral de seu país decidiu não aceitar sua indicação ao Senado nas eleições de maio próximo. (El Periódico, Espanha) | tinyurl.com/t9d3wvp

EQUADOR. Rafael Correa espera voltar ao Equador ainda este ano. O ex-presidente do Equador, Rafael Correa, anunciou que planeja voltar ao país em novembro ou dezembro deste ano para se registrar como candidato a vice-presidente ou embaixador nas eleições de 2021. (Últimas Notícias, Venezuela) | tinyurl.com/wsgkcnb

ALEMANHA. “O racismo é um veneno”: Angela Merkel reage a ataque terrorista. A chanceler alemã condenou o ataques que matou 10 pessoas na cidade de Hanau. Autor dos disparos foi encontrado morto e deixou manifesto de ódio racista e teorias da conspiração. (Esquerda.net, Portugal) | tinyurl.com/ubuz8ev

UCRÂNIA/CORONAVIRUS. Informações falsas sobre coronavírus desencadeiam cenas horríveis na Ucrânia. Os ucranianos evacuados da cidade chinesa de Wuhan, o epicentro do surto de coronavírus, foram recebidos com protestos e violência na quinta-feira ao voltarem à Ucrânia. Moradores com medo de pessoas potencialmente infectadas na cidade de Novi Sanzhary atiraram pedras nos 45 ucranianos e 27 estrangeiros evacuados e entraram em confronto com a polícia, segundo relatos da mídia local. As pedras quebraram uma janela do ônibus que transportava os evacuados, e não está claro se alguém ficou ferido. Vídeos postados nas mídias sociais mostraram dezenas de policiais arrastando manifestantes para longe. (The Washington Post, EUA) | tinyurl.com/rn8g9yq

PORTUGAL. Em Portugal, o parlamento nacional português aprovou na quinta-feira cinco leis que abrem caminho para a descriminalização da eutanásia. Estes continuam a ser emendados e aprovados pelo Chefe de Estado, contra um pano de fundo de protesto da Igreja e de alguns médicos. (Libération, França) | tinyurl.com/tf4b478

IRÃ. Eleições legislativas no Irã: os conservadores começam como favoritos. os iranianos votam nesta sexta-feira para eleger um novo Parlamento, em uma pesquisa em que os conservadores deixam favoritos, levados por um ressentimento popular contra o presidente moderado Hassan Rohani, alimentado, entre outros fatores, pela crise econômica que está vivendo o país. A abstenção pode muito bem ser forte nas eleições legislativas iranianas de hoje. Com a crise econômica e uma desconfiança no poder, os iranianos poderiam aborrecer as pesquisas nesta sexta-feira e favorecer a vitória dos ultraconservadores. (L’Express, França) | tinyurl.com/yx26luku

EUA. Roger Stone, ex-conselheiro de Donald Trump, condenado a três anos de prisão. Seu julgamento provocou polêmica em Washington por causa das interferências do presidente norte-americano no assunto. (Le Monde, França) | tinyurl.com/vlmnkfa

PARASITA. O filme “Parasita” significa um marco em Hollywood no longo caminho pela igualdade. Neste ano, quando o filme coreano Parasita se tornou o primeiro vencedor de língua não inglesa do Oscar de melhor filme, a elite de Hollywood ficou de pé e aplaudiu com entusiasmo. A vitória do Parasita foi um marco claro. Não só recebeu o maior número de votos dos membros da academia, como conquistou o sentimento da indústria. (Global Times, China) | tinyurl.com/tfahccf

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Mario Wainfeld – Argentina (Página 12, Argentina) | “O Fundo Monetário Internacional trouxe surpresas. Reconheceu que a dívida externa é insustentável e os credores privados devem fazer “uma contribuição apreciável.” | tinyurl.com/qmq4o9v

The Guardian, editorial - Alemanha (The Guardian, Inglaterra) | “A extrema direita alemã: um perigo real e atual.” | tinyurl.com/t3dv8qx

Franco Delle Donne – Alemanha (Página 12, Argentina) | “A extrema direita, o desafio da Alemanha.” | tinyurl.com/wuyxhs2

Leonor Rosas – Chile (Esquerda.net, Portugal) | “A primavera do Chile.” | tinyurl.com/sagyq7m

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “Warren, Bloomberg e o que realmente importa. Democratas deveriam estar falando sobre financeirização e fraude.” | tinyurl.com/vqppsjk

Conteúdo Relacionado