CM8 Internacional

Clipping Internacional - 24/07/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

24/07/2019 08:53

 

 

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO.
Bolsonaro ameaça desmantelar e censurar a indústria cinematográfica no Brasil. Durante o fim de semana o presidente criticou a Agência Nacional de Cinema (Ancine) por um suposto "viés ideológico e ataque à família". Curiosamente, nem mesmo meia semana se passou desde a crítica do presidente à Agência, para que eles anunciem na terça-feira uma autorização pública que levantará 530 mil reais para a produção de um documentário feito sob medida para Bolsonaro. (El Desconcierto, Chile) | bit.ly/2M7oqax

BOLSONARO. O presidente recuou após falar mal de governadores nordestinos. Seus comentários provocaram forte reação dos governadores. Em sua visita a uma cidade nordestina ele buscou consertar o comentário depreciativo que fez sobre os nordestinos. (Boomberg, EUA) | bloom.bg/2SA8fnk

POLÍCIA DO RJ.
Chacina da Candelária: após 26 anos, PM segue 'autorizada a matar' pobres e negros, diz a cientista social Silvia Ramos, coordenadora do CESeC. Segundo o Observatório de Segurança, do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC), o Rio registrou 881 mortes atribuídas a policiais nos primeiros seis meses deste ano – um crescimento de 46% em comparação com o mesmo período do ano passado. O número confirma uma tendência observada nos últimos anos. "Este é um número absolutamente chocante e inaceitável. Oitocentas e oitenta e uma pessoas foram mortas no estado do Rio apenas entre janeiro e junho de 2019 por policiais em operações ou fora de operações. (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2Z54wAM

NAVIOS DO IRÃ
. Irã ameaça boicotar importações do Brasil se navios continuarem parados na costa brasileira.O Irã tem ameaçado cortar suas importações do Brasil, a menos que este permita o reabastecimento de pelo menos dois navios iranianos ancorados ao largo do porto de Paranaguá (PR) por falta de combustível. (SPUTNIK NEWS, Rússia) | bit.ly/2YgEAAO

CENSURA
. O setor cinematográfico brasileiro protesta vigorosamente sobre a ameaça de censura por Bolsonaro. Os recentes comentários do presidente brasileiro sobre a desativação da agência federal de financiamento de filmes ANCINE provocaram temores de que a indústria cinematográfica do país "está sendo desmantelada". Na quinta-feira, Bolsonaro voltou suas atenções para a indústria cinematográfica brasileira, com o presidente ameaçando fechar a ANCINE se recusasse a aplicar "filtros" apoiados pelo governo nos filmes em que investiu. (Holywood Reporter, EUA) | bit.ly/2yj0lWl

INDÍGENAS
. Le Parisien: Indígenas isolados da Amazônia ameaçados por Bolsonaro. O site do jornal Le Parisien reproduz nesta terça-feira (23), um vídeo divulgado na véspera através de um comunicado da ONG Survival International, a respeito de imagens raras dos Awá, no Maranhão. “Uma tribo isolada da floresta, ameaçada pela exploração da Amazônia”, explica Le Parisien. (RFI, França) | bit.ly/2SyWZaV

CORRUPÇÃO JOGOS OLÍMPICOS.
O escândalo sem fim de compra de votos para as Olimpíadas do Rio. A investigação "Unfair Play" traça a rota do suborno no Brasil depois que um ex-governador confessou que pagou a vários membros do COI para ser um local olímpico em 2016. (El País, Espanha) | bit.ly/2JOTtXe

BOLSONARO
. Bolsonaro cria confusão, censurando dados sobre desmatamento na Amazônia. O desmatamento da Amazônia brasileira está aumentando dramaticamente nos primeiros meses do ano e o presidente Jair Bolsonaro reagiu acusando os dados oficiais que evidenciam o desastre na selva brasileira. Segundo dados do Instituto de Pesquisas Espaciais divulgados na semana passada, o desmatamento aumentou 88% em junho em comparação com o mesmo mês do ano passado. Em apenas 30 dias, 920 quilômetros quadrados de cobertura vegetal foram perdidos (uma vez e meia o tamanho da cidade de Madri). (El Mundo, Espanha) | bit.ly/32PJFU3

MORO
. Polícia brasileira detém quatro suspeitos de ‘hackear’ celular de Sergio Moro. O Ministro da Justiça do Brasil foi implicado em uma série de controvérsias sobre mensagens vazadas no caso Lava Jato. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/2y9e16a

ACORDO MERCOSUL-UE
. Tribuna coletiva sobre o acordo Mercosul: "Este acordo participaria do desmantelamento das políticas brasileiras de interesse geral". Diversas associações pedem a Emmanuel Macron, em um fórum "mundial", que não conclua o acordo entre a UE e o Mercosul, que ameaçaria o meio ambiente no Brasil, mas também os direitos dos povos indígenas. (Le Monde, França) | bit.ly/2JMC4hz

BOLSONARO. Bolsonaro segue linha entre o pragmatismo e a guerra cultural. As vitórias comerciais (EU-Mercosul) e da reforma da previdência não sinalizam necessariamente redução do estilo ideológico, (Financial Times, EUA) | on.ft.com/2OdroNf

CRISE ECONÔMICA
. FMI corta previsão de crescimento do Brasil para 0,8% em 2019. Segundo o órgão, a baixa nas previsões sobre o Brasil refletem uma procura doméstica mais fraca do que o esperado e um menor otimismo diante das incertezas sobre a capacidade do governo levar adiante reformas económicas estruturais. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2JPnq9E

LGBT
. A comunidade LGBT do Brasil não confia em Bolsonaro para mantê-los seguros, então eles estão aprendendo a se proteger. Suportando ameaças de morte, ataques violentos e comentários homofóbicos de seu próprio líder, que disse uma vez: "O país mudou, o Brasil é um país homofóbico agora". (The Indpendent, Inglaterra) | bit.ly/312lWi7

NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. "Há sérias chances de que a eleição seja definida na primeira rodada". Mário Riorda assinala que a campanha de Macri busca compensar o voto econômico, que favorece a oposição, com um voto ideológico. Ele alega que, enquanto “Juntos pela Mudança” de Macri pode ganhar os eleitores para a direita, a “Frente de Todos” de Fernàndez/Kirchner pode fazer isso para o centro. Mario Riorda é especialista em comunicação política. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2yaipl6

AMÉRICA LATINA
. O FMI reduz drasticamente a previsão de crescimento para a América Latina em 2019. A economia da região crescerá 0,6%, em comparação com os 1,4% projetados até o momento. Brasil, a maior vítima desta revisão. (El País, Espanha) | bit.ly/2Yulrjf

REINO UNIDO
. Quem é Boris Johnson? O novo primeiro ministro britânico, ‘enfant terrible’ e encantador de serpentes. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2GqXsqT

QUÊNIA
. O ministro da Fazenda do país foi preso em caso de corrupção. Esperado terça-feira em Nairobi, o ministro francês da Economia, Bruno Le Maire, desistiu de sua visita, deixando de encontrar seu colega, Henry Rotich, preso. (Le Monde, França) | bit.ly/2YfJ279

FILIPINAS. Começa o julgamento de Maria Ressa, jornalista crítica do presidente Duterte. É o n-ésimo processo judicial contra a jornalista crítica das políticas do presidente filipino Rodrigo Duterte. Em causa, neste caso, um artigo escrito em 2012 no qual a mídia independente menciona os supostos vínculos entre Wilfredo Keng, um empresário filipino, e Renato Corona, ex-presidente do Supremo Tribunal do arquipélago. A editora de 55 anos enfrenta vários anos de prisão. (Le Figaro, França) | bit.ly/2OcioIi

EUA
. Departamento de Justiça dos EUA vai abrir ampla e nova investigação antitruste das grandes empresas de tecnologia. Inquérito sinaliza o profundo interesse de Barr no setor de tecnologia e ameaça empresas como Facebook, Google, Amazon, Apple. (The Wall Street Journal, EUA) | on.wsj.com/2Z75gp3

REINO UNIDO.
O que pensam os britânicos sobre Boris Johnson? Os índices de aprovação de Boris Johnson são surpreendentemente altos. Mas o novo primeiro-ministro enfrenta uma luta para reviver o Partido Conservador. (The Economist, Inglaterra) | econ.st/2Z7DybJ

EUA
. A audiência de Mueller será um ponto de virada? Robert Mueller responderá a perguntas na quarta-feira pela primeira vez desde que abriu sua investigação sobre o presidente Trump e a Rússia há mais de dois anos. Pode ser um programa de televisão fascinante. A verdadeira questão, no entanto, é se ela muda a cabeça de alguém em um país altamente polarizado. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2K07joy

UBERIZAÇÃO
. A vida frenética de um entregador de comida em Nova York. Um repórter do Times trabalhou por vinte e sete horas como entregador de bicicletas para serviços de entrega de alimentos e descobriu as vicissitudes que esses trabalhadores enfrentam em um mercado de trabalho em que o salário está diminuindo e a concorrência aumenta. (The New York Times, es, EUA) | nyti.ms/2JPnwy2

CHILE. Greve de professores termina após 50 dias de protesto. "A conclusão da greve depois de conhecer os resultados da votação realizada pelos professores, em que 67,37 por cento dos participantes optaram por destituir a mobilização contra 32,63 que estava inclinada a continuar", afirmou Aguilar. Ele expressou seu orgulho diante de tal mobilização, com a qual eles deram uma lição a um "governo arrogante" que se recusou a falar e que só apareceu na mesa de conversas quando a greve durou quatro semanas, segundo a Latin Press. (Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/2YmW6aI

COREIA DO SUL
. Guerra comercial no Extremo Oriente. Postos de gasolina e garagens na Coréia do Sul estão se recusando a encher ou consertar carros japoneses como parte de um crescente boicote de produtos japoneses desencadeados por tensões comerciais e políticas. Os sentimentos antijaponeses vêm se fortalecendo desde que o governo de Tóquio anunciou no dia 1º de julho que restringia as exportações de materiais usados na fabricação de semicondutores, uma grande indústria para a Coréia. Os dois vizinhos vêm trocando acusações desde então. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2y6D0XB

ARTIGOS/ENTREVISTAS

Boaventura de Sousa Santos – Brasil (Página 12, Argentina) | “Brasil, e agora?” | bit.ly/30XiTY7

Robert Skidelsky
- Teoria econômcia (Project Syndicate, EUA) | “A queda do império da teoria econômica” | bit.ly/2y5B0z2

The Guardian, editorial
– Reino Unido (The Guardian, Inglaterra) | “A visão do The Guardian sobre Boris Johnson: os anos de um palhaço” | bit.ly/2JU2E7i

Cas Mudde
– Reino Unido (The Guardian, Inglaterra) | “Boris Johnson é, de fato, o Trump britânico?” | bit.ly/30Zc7RX

Conteúdo Relacionado