CM8 Internacional

Clipping Internacional - 30/08/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

30/08/2019 10:50

Bombeiro combate incêndio na Amazônia (Joédson Alves/EFE)

Créditos da foto: Bombeiro combate incêndio na Amazônia (Joédson Alves/EFE)

 
1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA.
Edson Fachin, do STF novo pedido de libertação de Lula da Silva. O antigo presidente brasileiro pode ainda recorrer da decisão. A defesa pede que o tribunal partilhe conversas reveladas e apreendidas na Operação Spoofing e que envolvem o nome de Lula da Silva. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/32cL8CU

PROCURADOR-GERAL
. Bolsonaro escolhe português para Procurador-Geral da República Alcides Martins, atual procurador-geral adjunto, de 70 anos, nascido em Vale de Cambra, assume como interino. Mas observadores acreditam que poderá manter-se indefinidamente no cargo "porque é tudo o que o presidente sempre quis: ultracatólico, conservador e discreto". (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/32cLnhi

PT
. Líder da bancada do PT no Senado: "O futuro de Bolsonaro está nas mãos das elites brasileiras". Humberto Costa diz que o PT está trabalhando para ser "um partido mais humilde e mais amplo que possa trabalhar em conjunto com seus aliados". (La Diária, Uruguai) | bit.ly/2Hy6RgG

INDÍGENAS
. Teme-se por tribos isoladas da Amazônia, quando incêndios irrompem em reservas protegidas. Incêndios eclodiram em 131 reservas indígenas de 15 a 20 de agosto. O presidente de extrema direita do Brasil, Jair Bolsonaro, que tem sido amplamente criticado por não responder rapidamente à crise, emitiu um decreto na quinta-feira proibindo incêndios na Amazônia por 60 dias - um movimento que os ambientalistas descreveram como amplamente simbólico. Mas há resistência. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2L9ycrN | bit.ly/30L8lvy

EDUCAÇÃO
. “Future-se”: comunidade acadêmica fará de tudo para derrotar projeto do governo. Terminou nesta quinta-feira a consulta pública aberta pelo Ministério da Educação para o programa Future-se, lançado para promover maior autonomia financeira nas universidades e institutos federais por meio de incentivo à captação de recursos próprios e ao empreendedorismo. Apresentado pelo governo como o grande programa da Educação até o momento, o Future-se vem enfrentando grande rejeição nas universidades públicas e corre o risco de ser o primeiro projeto importante a fracassar no governo Bolsonaro. Sputnik Brasil conversou sobre o tema com Antônio Gonçalves Filho, presidente do Andes – Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2Lvp3ZN

BOLSONARO
. Para integrante do grupo Brasileiras de Paris, misoginia de Bolsonaro não começou com a esposa de Macron, mas com Dilma. Lançada na manhã desta segunda-feira (26), a hashtag #DesculpaBrigitte subiu rapidamente no Twitter, após a notícia de que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro teria reagido rindo a um insulto no Facebook à primeira-dama francesa, um post que ele chegou a compartilhar em suas redes sociais. A tradutora gaúcha Bruna Beffart, que faz parte desta comunidade e acompanhou a iniciativa desde o seu surgimento no grupo, comenta as motivações que levaram as brasileiras a prestarem solidariedade à primeira-dama da França. (RFI, França) | bit.ly/2ZDZBpZ

BOLSONARO
. 'Fascismo' do governo Bolsonaro é culpado pelos incêndios na Amazônia, afirma Maduro. O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, acusou o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, de destruir e entregar a Amazônia à oligarquia do país. "A Venezuela condena e repudia a atitude de Jair Bolsonaro no Brasil de entregar a Amazônia aos seus amigos, à oligarquia latifundiária brasileira que a está destruindo, a Venezuela repudia e elevamos nossa voz de protesto e solidariedade com o povo brasileiro", afirmou o líder venezuelano. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/2NETgbm

BOLSONARO/TRUMP
. Bolsonaro agradece a Trump por seu apoio aos incêndios na Amazônia. O presidente brasileiro disse que a posição de seu colega americano era essencial para defender a soberania dessa região na cúpula do G7. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/34cEQF4

ECONOMIA
. Brasil evita recessão crescendo 0,4% entre abril e junho, o dobro do projetado. O forte progresso da construção, depois de 20 trimestres negativos, e da indústria e serviços injeta oxigênio na maior economia da América Latina. (El País, Espanha) | bit.ly/32fe5xZ

AMAZÔNIA
. Bolsonaro assinou decreto para proibir a queima por plantio por 60 dias. Procura colocar um ferio à multiplicação de incêndios na selva. A ONU convocou uma reunião para discutir questões ambientais durante a próxima Assembleia Geral, nos dias 20 e 23 de setembro em Nova York. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2zz1nOy

AMAZÔNIA
. “É preciso travar o negócio que vive da destruição da Amazônia”. Catarina Martins defendeu que, se, por um lado, o Brasil tem de ter a “solidariedade internacional para preservar a Amazônia”, por outro lado, devem ser aplicadas as sanções políticas, diplomáticas e económicas necessárias para travar esta tragédia: “Toda a solidariedade sim, mas para proteger a Amazônia”. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2ZJoLUc

AMAZÔNIA
. ONU propõe reunião sobre Amazônia durante sua Assembleia Geral em setembro. O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, levantou nesta quinta-feira (29) a possibilidade de organizar à margem da Assembleia Geral da ONU em setembro uma reunião específica ao lado sobre a situação na Amazônia, onde os incêndios se multiplicam. (RFI, França) | bit.ly/2Hydbok

AMAZÔNIA
. "Está muito perto": como a floresta amazônica pode se autodestruir. As mudanças climáticas e os incêndios provocados pelo homem podem desencadear um ciclo de desmatamento autoperpetuado, alertam os cientistas. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/30P00Y2

AMAZÔNIA
. Importante fabricante de roupas e calçados veta couro brasileiro após incêndios na Amazônia. A VF Corporation, dona de marcas como Timberland ou Vans, não usará couros do gigante sul-americano até garantir que sua origem não contribua para a destruição dos pulmões do mundo. (El País, Espanha) | bit.ly/2ZxhBqV

AMAZÔNIA
. A Polícia Civil do Estado do Pará, no norte do Brasil, identificou nesta quinta-feira e prendeu três suspeitos de causar incêndios em áreas de preservação da selva naquela região da Amazônia. Segundo o comissário José Humberto Melo, dois irmãos, proprietários da fazenda Ouro Verde e o gerente da propriedade, localizados na Área de Proteção Ambiental do Triunfo do Xingú, foram presos, acusados de queimar 5.000 hectares de floresta. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2HydvU4

AMAZÔNIA
. O decreto do presidente Jair Bolsonaro, que proíbe queimadas agrícolas por dois meses, entrou em vigor na quinta-feira. Anunciado para conter a propagação de incêndios na Amazônia e demonstrar a capacidade de resposta do Brasil ao desastre, o decreto do presidente Jair Bolsonaro que proíbe queimadas agrícolas por dois meses entrou em vigor na quinta-feira, mas muitos duvidam de sua eficácia. E há perplexidade. (Le Soir, Bélgica) | bit.ly/2Lhhju7

AMAZÔNIA.
Os EUA agora dizem que não apoiam a ajuda do G7 ao Brasil para a Amazônia, porque Bolsonaro não foi consultado. (El Mundo, Espanha) | bit.ly/2zuW3LN

AMAZÔNIA.
Amazônia: Bolsonaro minimiza a gravidade dos incêndios. "Não é verdade" que a floresta amazônica está "pegando fogo", disse Bolsonaro ao vivo no Facebook, acrescentando que "os incêndios deste ano estão abaixo da média nos últimos anos". (La Presse, Canadá) | bit.ly/2HBPXOh

AMAZÔNIA
. Fogo no pulmão do mundo. Os pecuaristas do Amazonas se defendem: desmatando para sobreviver. Os produtores rurais apoiam o presidente Jair Bolsonaro e afirmam que deixar a floresta intacta leva à insolvência. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/2LvpdAn

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA
. Empréstimos de quatro anos para chegar ao ‘default’. Standard e Poors classificaram a Argentina como inadimplente de pagamentos. Em meio ao colapso dos títulos de dívida após a "reescalonamento" do cronograma de pagamentos, a agência de classificação de risco colocou o país em "inadimplência seletiva". A empresa considerou que as medidas financeiras anunciadas pelo governo de Mauricio Macri constituem uma cessação de pagamentos de dívidas de muito curto prazo. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2MM1lex

EUA
. O governo Trump está tentando reverter mais de 80 regras ambientais. Aqui estão alguns dos maiores. Uma delas é a reversão dos regulamentos sobre o metano, um potente gás de efeito estufa. Se a proposta for adotada, o governo não exigiria mais que as empresas de petróleo e gás inspecionassem e reparassem vazamentos de metano de poços e oleodutos. Metade dessas tentativas de reversão ambiental, como a nova reversão de metano, minará os esforços das administrações anteriores para reduzir as emissões e combater as mudanças climáticas. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2HuxPWD

COLÔMBIA
. O ex-número 2 das Farc, Iván Márquez, anuncia que retoma às armas. O paradeiro do dissidente é desconhecido há mais de um ano. Ele transmitiu um vídeo para anunciar “uma nova etapa da luta” armada. (La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/2ZBcUHr

ITÁLIA
. O governo da última oportunidade antes do desastre. Giuseppe Conte foi instruído na quinta-feira a formar um novo governo, no qual o Partido Democrata substituiria a Liga. É necessária uma ruptura, caso contrário, a extrema direita de Matteo Salvini provavelmente se fortalecerá. (L’Jumanité, França) | bit.ly/2Ln3JoW

HONG KONG
. A polícia de Hong Kong prende líderes ativistas antes de uma marcha proibida. Líderes pro democracia acusam as autoridades de buscar intimidar o movimento. (The Independen, Inglaterra) | bit.ly/2ZvjHri

REINO UNIDO
. Boris Johnson está enfrentando um terceiro processo legal para tentar bloquear a suspensão do parlamento depois que o tribunal superior de Belfast realizou uma audiência urgente por uma liminar contra o primeiro-ministro. O caso segue batalhas legais semelhantes lançadas na Escócia e na Inglaterra pela porta-voz da justiça do SNP, Joanna Cherry, e pela ativista Gina Miller. O caso da Irlanda do Norte está sendo apresentado por Raymond McCord, um defensor dos direitos das vítimas que argumentou que nenhum acordo é uma violação do acordo da Sexta-feira Santa. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2Zyz5lF

REINO UNIDO
. Suspensão do parlamento britânico: milhão e meio assinam petição contra. Depois de Boris Johnson ter pedido a suspensão do Parlamento e de Isabel II ter aprovado, a petição que se opõe a este ato conseguiu um milhão e meio de assinaturas em tempo recorde. Há ações judiciais contra e nas ruas foram milhares a dizer “parem o golpe”. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2NHIbGG

REINO UNIDO.
A medida de Johnson sobre a esfera do Parlamento britânico é legal? Preguntas e recomendações sobre a suspensão da atividade de Westminster. (El País, Espanha) | bit.ly/2ZoU23q

REINO UNIDO
. Johnson procura evitar a derrota acelerando negociações sobre o Brexit. A promessa de aumentar o "ritmo" das negociações de Bruxelas visa impedir que os conservadores votem no Partido Trabalhista. (Financial Times, Inglaterra) | on.ft.com/2UehMBm

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Raúl Dellatorre – Argentina (Página 12, Argentina) | “Terrorismo econômico” | bit.ly/2MI615f

Martin Granovski
– Argentina (Página 12, Argentina) | “Fantasiamos. “Reescalonar’ foi usado na Grécia, da mesma forma que na Argentina de Macri: o FMI interveio e os gregos perderam um quarto de sua riqueza”. | bit.ly/2ZCJ35u

Paul Krugman
– EUA (The New York Times, EUA) | “A fraude sobre os agricultores norte-americanos. Os maiores apoiadores de Trump são suas maiores vítimas”. | nyti.ms/2ZtfmVq

Liaquat Ahamed
– Desigualdade (The New Yorker, EUA) | “Os ricos não podem ficar mais ricos para a sempre. Podem?” (desigualdade vem em ondas. A questão é quanto desta última vai quebrar.) | bit.ly/2ZghlML

Oliver Stuenkel
– Venezuela (Americas Quaterly, EUA) | “Quatro sinais de que a estratégia de Trump para a Venezuela está saindo pela culatra” | bit.ly/2ZjUhvN

Conteúdo Relacionado