CM8 Internacional

Clipping Internacional - 30/10/2019

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

30/10/2019 09:33

(AP Photo/Andre Penner)

Créditos da foto: (AP Photo/Andre Penner)

 

1 - NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA.
Parabéns de Lula a Alberto Fernández da prisão. "A América Latina está redescobrindo lentamente seus laços de fraternidade". "Boa sorte para você e Cristina", deseja o ex-presidente prisioneiro. A carta manuscrita da prisão de Curitiba, onde o líder do Partido dos Trabalhadores está detido desde abril de 2018, também dá um abraço à vice-presidente eleita Cristina Kirchner e convoca-os a "cuidar de nossos irmãos com amor e irmãs argentinas”. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2ozc8hS

LULA
. STJ aceita pedido de defesa de Lula e suspende julgamento no TRF-4 sobre sítio. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) atendeu nesta terça-feira (29) pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e determinou a suspensão do julgamento sobre a anulação do processo do sítio de Atibaia no TRF-4. Embora o julgamento desta quarta-feira pudesse anular parte do processo, fazendo com que ele voltasse para a fase de alegações finais na 1ª instância, a defesa prefere que essa questão de ordem seja analisada somente na apelação levada ao TRF-4. A apelação é mais ampla e discute vários pontos que podem levar a anulação do caso.(Sputnik News, Rússia) | bit.ly/36kGaXu

MARIELLE FRANCO.
Caso Marielle pode parar no STF após citação do nome do presidente Bolsonaro. O caso da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes pode ir parar no Supremo Tribunal Federal. O motivo, segundo o Jornal Nacional, seria a citação do nome do presidente da República por um dos suspeitos. De acordo com a reportagem, o caderno de visitas do condomínio Vivendas da Barra, onde morava Ronnie Lessa, suspeito de ter atirado contra Marielle e Anderson em 14 março de 2018, e o então deputado Jair Bolsonaro, registrou a visita de outro acusado no caso, Élcio Queiroz, no dia do crime. (Sputnik News, Rússia) | bit.ly/34hsjiO

INDÍGENAS
. Vila Galé: grupo hoteleiro português quer construir hotel de luxo em terras indígenas. O segundo maior grupo hoteleiro português já anuncia no seu site o hotel de luxo que quer construir do sul da Bahia, Brasil. Só que a terra pertence aos índios Tupinambá. O Intercept mostra como um organismo de Estado, a Embratur, pressiona a Fundação Nacional do Índio para parar o processo de demarcação da reserva indígena. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2PvMk1e

BOLSONARO
. Bolsonaro continua irado com o triunfo de Alberto Fernández. Ele também criticou Macri porque ficou "no meio do caminho" com o ajuste. Ele persistiu em sua posição de não parabenizar Alberto Fernández pela vitória eleitoral de domingo e também insistiu que ele "espera o pior" da administração da Frente de Todos, por estar "intimamente ligado" a Lula Da Silva e Evo Morales. Bolsonaro também criticou Macri por "ficar no meio do caminho" e se aproximar de "bandeiras esquerdistas contra o conservadorismo". Nesse sentido, ele desejou a vitória da aliança certa no segundo turno do Uruguai para ter um governo "mais alinhado conosco".(Página 12, Argentina) | bit.ly/36b9lwa

BOLSONARO
. Dirigentes do alto escalão americano, grandes empresários e chefes de Estado, como o brasileiro Jair Bolsonaro, prestigiam nesta segunda-feira (29) o “Davos do deserto”, um fórum econômico promovido pela Arábia Saudita. O reino saudita deseja recuperar o fracasso do evento de 2018, que foi boicotado pela comunidade internacional em decorrência do assassinato do jornalista opositor JamalKhashoggi.(RFI, França) | bit.ly/2MZODYx

BOLSONARO
."Canalhas, patifes". Bolsonaro nega envolvimento no caso Marielle e insulta rede Globo. De acordo com uma reportagem da estação televisiva, um dos suspeitos do assassinato esteve no condomínio de Bolsonaro no dia do homicídio e disse que queria falar com o então deputado federal. Em resposta, ele insultou a rede Globo pela transmissão de uma reportagem que o coloca na investigação. "Vocês são canalhas, patifes e querem acabar com o Brasil", afirmou Jair Bolsonaro, visivelmente exaltado, num vídeo de 24 minutos transmitido na rede social Facebook. Bolsonaro, que se encontra na Arábia Saudita, acusou o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, de ter dado informações à televisão sobre um processo ainda em segredo de justiça.(Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2Nn0n6s

BOLSONARO
. "Bolsonaro traidor",gritam militares em Brasília. Nova previdência, que prejudica baixas patentes e favorece generais e outros oficiais, causa revolta na categoria que mais defendia o presidente e ex-capitão. Congresso Nacional invadido pela comoção. (em vídeo). (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/2WrdmrT

BOLSONARO
. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, negou nesta terça-feira, completamente exaltado, qualquer conexão com o assassinato da vereadora de esquerda do Rio de Janeiro Marielle Franco, que foi executada em março de 2018, e insultou a televisão Globo, que revelou que seu nome aparece nas investigações.Enfurecido, Bolsonaro, que está na Arábia Saudita, postou um vídeo de 23 minutos cheio de desqualificações, no qual ele acusou fortemente a Globo e contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que ele acusou de vazar a investigação em segredo sumário no curso.(La Vanguardia, Espanha) | bit.ly/31XQuBz

BOLSONARO
. Exaltado e aos gritos, Jair Bolsonaro negou estar ligado ao assassinato da vereadora Marielle Franco. Segundo reportagem especial da Globo, o nome do chefe de Estado aparece nas investigações pelo assassinato da política militante de direitos humanos e insultou a televisão Globo, que revelou que o nome do chefe de estado aparece nas investigações. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/2Pwydc4

BOLSONARO
.Bolsonaro foi citado no inquérito do assassinato de Marielle Franco. O possível envolvimento do executivo brasileiro indica que a investigação deve passar para o Supremo Tribunal Federal (STF).De acordo com os detalhes revelados pela investigação, um dos suspeitos teria visitado a residência de Bolsonaro antes de cometer o crime.(Telesur, Venezuela) | bit.ly/2No3E5r

ARTE
. Neste verão, como incêndios queimaram partes da floresta amazônica no Brasil, e o presidente do país, Jair Bolsonaro, desconsiderou a indignação internacional por isso, o coreógrafo Bruno Beltrão se perguntou se a dança poderia dar uma contribuição significativa ao seu país. "O Brasil está queimando e estamos apenas realizando muitos gestos abstratos". O coreógrafo Bruno Beltrão está desafiando as convenções do hip-hop enquanto luta com a política volátil de seu país. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/2JwXLlk

AMAZÔNIA
. Os rastros da China na Amazônia. A insaciável demanda por alimentos do gigante asiático, assim como seus planos de investimento em infraestrutura para transportar gado e soja de suas empresas, incentivam o desmatamento na Amazônia brasileira. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/2BXlbfG

2 - NOTÍCIAS DO MUNDO

ISRAEL
.WhatsApp processa empresa israelense, acusando-a de invadir telefones de ativistas. O spyware do NSOGroup supostamente usou em ataques cibernéticos a advogados e jornalistas. O WhatsApp lançou um processo sem precedentes contra uma empresa de armas cibernéticas, acusada de estar por trás de ataques secretos a mais de 100 ativistas de direitos humanos, advogados, jornalistas e acadêmicos em apenas duas semanas no início deste ano. Várias mulheres previamente alvejadas por ciber-violência e indivíduos que enfrentaram tentativas de assassinato e ameaças de violência, bem como seus parentes, também foram vítimas dos ataques, acredita a empresa.(The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/2BT1i9h

ARGENTINA.
Alberto Fernández em busca de rearmar a integração regional. Ele viaja ao México para se encontrar com López Obrador e convoca o Grupo Puebla em Buenos Aires. Em sua primeira viagem como presidente eleito, Fernández mostrará sua intenção de sustentar uma aliança progressista como nos dias da Unasul. O Grupo Puebla se reúne novamente em um momento de turbulência regional.(Página 12, Argentina) | bit.ly/2NoiFV4

CHILE
.13 mulheres desaparecidas. "Onde eles estão? Nós os queremos vivas". Grupos feministas relataram que continuam desaparecidos desde o início dos protestos contra o governo de SebastiánPiñera. Casos de violência sexual e ataques lesbofóbicos também foram relatados. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2BW0657

CHILE
. Os seis dias que abalaram o Chile. Maria Luísa Quaresma é uma cidadã portuguesa que vive no Chile há seis anos. Relata a repressão do regime de Piñera e a resposta da manifestação massiva com mais de um milhão de chilenos. Diz que o Chile é “um exemplo concreto” de “quando nos prometem futuros radiosos com “menos Estado e mais privatização”.(Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/2pu1wRR

CHILE
.A crise social veio para durar. Durante dez dias, as manifestações acontecem diariamente no país para denunciar as desigualdades sociais. Muito fraco politicamente, o Presidente Piñera tenta recuperar o controle anunciando uma vasta remodelação ministerial.(Le Soir, Bélgica) | bit.ly/2BXO5fI

AMÉRICA LATINA
.O comércio latino-americano caiu 10% em meio ao freio econômico global. A queda antecipada pela Cepal situa no comércio regional o nível mais baixo em uma década e situal no comércio regional o seu mais forte elemento o que mostra a deficiência nas conexões dos países do bloco. (El País, Espanha) | bit.ly/2Nn0H5a

BOLÍVIA
. Protestos violentos e agitação social continuam nas ruas da Bolívia. Os seguidores de Evo Morales e Carlos Mesa continuam se manifestando pelos resultados das eleições que deram ao atual presidente a vitória, mas que os oponentes chamam de fraude. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/36hahiH

EQUADOR.
Cayambe, centro da indignação indígena. O cantão andino, pioneiro na luta por direitos iguais, foi um dos iniciadores da vitoriosa queda de braço contra o governo e da liberalização do preço da gasolina. O executivo deve anunciar novas medidas econômicas. (Libération, França) | bit.ly/2BXlsPK

EUA
. Em três anos, os americanos perderam quatro meses de expectativa de vida. De acordo com estatísticas divulgadas quarta-feira pelo Centro Nacional de Estatísticas da Saúde, a expectativa de vida dos americanos era de 78,9 anos em média em 2014, contra 78,6 anos em 2017. Um primeiro declínio desde a epidemia de Aids na década de 1990. Segundo especialistas, essa queda é causada por overdose de opioides.(LesEchos, França) | bit.ly/2MXoYzK

REINO UNIDO
. Grã-Bretanha realizará eleição em dezembro, abrindo nova fase na odisseia do Brexit. A eleição devolve ao povo britânico a questão incômoda de como, ou mesmo se, o país deveria deixar a União Europeia. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/320mTaB

LÍBANO.
O primeiro-ministro do Líbano, Saad Hariri, renuncia no décimo terceiro dia de protestos. Esta decisão não implica eleições antecipadas. O Presidente da República pode nomear outra personalidade sunita para formar um novo governo.(Le Monde, França) | bit.ly/2JAfGrp

TRUMP
. A palavra de um soldado contra a de Donald Trump no inquérito de impeachment. O testemunho de Alexander Vindman, um veterano decorado, é difícil de ser descartado como um ataque partidário. (The Economist, Inglaterra) | econ.st/2WsbzCM

3 - ARTIGOS/ENTREVISTAS

Atílio Boron - Argentina (Página 12, Argentina) | “Agonia e morte do neoliberalismo na América Latina” | bit.ly/32ZnMBJ

Mario Wainfeld
– Argentina (Página 12, Argentina) | “Ganhadores e perdedores em movimento” | bit.ly/2JwPi1K

Alfredo Zaiat
– Argentina (Página 12, Argentina) | “A armadilha macrista é outra mina explosiva - irresponsabilidade política e desordem na gestão econômica” | bit.ly/2NoEJyL

Juan Arias
– Colombia (El País, Espanha) | “Marielleestá viva e reencarnada em Bogotá” | bit.ly/2MXv4jy

Rafael Correa
– Equador (Le Monde Diplomatique, França) | “Equador, um país destruído em dois anos” | bit.ly/36mfINw

Isadora CepedaBeccar
– Chile (Jacobin, EUA) | “Nós vamos construir um novo Chile” | bit.ly/2WpiH37

Conteúdo Relacionado