Cartas do Editor

O caminho se faz caminhando

 

19/07/2019 14:30

 

 
Aos nossos 300 mil leitores,

Este texto é destinado a você, assíduo leitor ou leitora de Carta Maior, os que chegaram recentemente ou aqueles que nos acompanham há quase vinte anos, atestando a credibilidade do nosso conteúdo junto à esquerda intelectual e militante.

Nós que sonhamos e analisamos o mundo, denunciando o desastre neoliberal e apontando caminhos ou pelo menos a direção que devemos caminhar. Já dizia os versos de Antonio Machado, “caminante, no hay camino, se hace camino al andar”.

E neste percurso, Carta Maior passou por várias crises desde sua criação, em 2001, seguindo os princípios do Fórum Social Mundial de Porto Alegre, que continuam apontando a direção ser caminhada. Esta é a nossa utopia.

Aliás, neste mundo em destruição, com Trumps e Bolsonaros, um Fórum Social Mundial com aquela garra e capacidade de mobilização nunca foi tão necessário quanto hoje.

Não se iludam, Bolsonaro não cairá facilmente e nos dará trabalho em 2022, se houver eleição. Somente o estudo, a leitura, a análise, o pensamento crítico, o planejamento, a difusão do conhecimento poderão nos tirar dessa situação.

Por isso, diante de tantas ameaças, recorro a cada um de vocês, em defesa desse projeto.

Hoje, Carta Maior conta com 308 mil leitores únicos, ou seja, mais de trezentas mil pessoas fidelizadas em nosso conteúdo. Entretanto, temos apenas 1.250 parceiros-doadores, apesar das inúmeras campanhas e solicitações que fizemos a todos.

Portanto, 1.250 pessoas estão financiado a leitura de mais de 300 mil; e nós estamos precisando de dinheiro para continuar e expandir nossas atividades.

Sabemos que estamos todos passando por dificuldades, mas precisamos pensar na dimensão da luta que estamos travando. Além disso, o que pedimos como valor mínimo não ultrapassa 1 real por dia.

Veja abaixo as possibilidades de doação (clique na imagem):



Antes de finalizar, gostaria de salientar que, ao contrário de vários veículos da Mídia Alternativa, que estão apostando em conteúdos audiovisuais, o que é legítimo naturalmente, Carta Maior continuará centrada na leitura de textos pela internet.

É por isso que jamais lotaremos nossa página com publicidade de Google e outras empresas, protegendo a concentração de nossos leitores que não podem, de forma alguma, serem bombardeados por anúncios publicitários, em particular, dos mesmos anunciantes que promoveram o golpe no país.

Não damos um centavo a essa gente.

Assim protegemos a credibilidade que conquistamos no campo da esquerda, distribuindo informação densa a nosso público fiel. Informação e também as cartas do mundo, nosso clipping internacional, reportagens de primeira linha, cobertura de cultura e arte e análises das melhores cabeças do Brasil e do exterior.

Fiquem com as palavras do poeta Antonio Machado, cujos versos foram eternizados por Che Guevara que continua apontando a verdadeira direção que devemos seguir.

Caminante
Caminante, son tus huellas
el camino y nada más;
Caminante, no hay camino,
se hace camino al andar.
Al andar se hace el camino,
y al volver la vista atrás
se ve la senda que nunca
se ha de volver a pisar.
Caminante no hay camino
sino estelas en la mar.
Antonio Machado (Campos de Castilha, 1912)

Boas Leituras,

Joaquim Ernesto Palhares
Diretor da Carta Maior

Conteúdo Relacionado