Cartas do Mundo

Carta de Berlim: II Encontro Internacional da Frente de Brasileiras e Brasileiros pela Democracia e Contra o Golpe (FIBRA)

 

12/08/2019 14:44

 

 
De 16 a 18 de agosto próximos se reúne em Berlim o II Encontro Internacional da FIBRA - Frente de Brasileiras e Brasileiros pela Democracia e Contra o Golpe. A reunião acontecerá na sede da Fundação Rosa Luxemburgo (Rosa Luxembourg Stiftung), que apóia o encontro, na Franz-Mehring Platz, 1, Berlin 10243, Alemanha (contatos: fibra.infopresse@gmail.com, fibraberlim@gmail.com, fibracontraogolpe@gmail.comefibra.oficinas@gmail.com).

A FIBRA organizou-se a partir de 2016, quando houve o golpe parlamentar-jurídico, que, com apoio da mídia conservadora, depôs ilegalmente a presidenta Dilma Rousseff. Seu primeiro encontro internacional realizou-se em janeiro de 2017, em Amsterdã, Holanda, reunindo 107 participantes de 22 coletivos de diferentes países. Estiveram presentes também os advogados do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin, Valeska Martins e Geoffrey Robertson (que representa Lula perante o Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos), o jornalista e militante do PT Breno Altman, o sociólogo Emir Sader, também militante do PT, o então deputado federal pelo PSOL, Jean Wyllys, Kalynka Cruz-Stefani, professora da Universidade Federal do Pará, Francisco Dominguez, professor da Universidade de Middlesex, no Reino Unido, Tadeu Porto, da Federação Unificada dos Petroleiros (Brasil) e Márcia Tiburi, filósofa e escritora.

Já agora a FIBRA reúne mais de 65 coletivos e grupos na Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina. Seu segundo encontro tem por tema geral “Fomos, Somos e Seremos Resistência”. O objetivo desta vez é debater, propor e organizar a resistência, em concatenação com as atividades no Brasil, contra os retrocessos impostos em todas as frentes pelo atual governo de Jair Bolsonaro. Estarão presentes, como convidados, Jean Wyllys e Marcia Tilburi, ambos atualmente vivendo fora do Brasil devido a ameaças de morte que receberam, Breno Altman, Maria Dantas, brasileira de nascimento e hoje eleita deputada para o Congresso Espanhol pela Aliança Repubicana de Esquerda da Catalunha, Renata Souza, deputada estadual no Rio de Janeiro pelo PSOL, e James Greene.

O encontro começa na sexta-feira, 16, pela manhã, com credenciamento e uma entrevista com imprensa e mídias a partir das 10h30, na sala 121 da Fundação Rosa Luxemburgo, de que participarão os convidados que já estiverem presentes (confirmados Breno Altman, Jean Wyllys, Marcia Tiburi, Maria Dantas e Renata Souza).

A abertura oficial, aberta ao público, acontecerá na sexta-feira a partir das 18 horas, com a mesa Diálogos de um Brasil que Resiste”, com a participação dos convidados e mediação de Bárbara Santos, atriz e militante do grupo de artistas Kuringa, em Berlim.

O sábado, 17, será reservado para encontros dos diferentes grupos temáticos de trabalho que formularão propostas de ação e para a “Carta de Berlim”, que deverá ser aprovada no domingo pela manhã. A sessão é restrita aos participantes inscritos e credenciados para o encontro.

No domingo 18, pela manhã haverá a aprovação da Carta e o encerramento com um ato pela liberdade do ex-presidente Lula, aberto ao público.

Durante os três dias haverá duas exposições fotográficas. A primeira terá por tema Marielle Franco, com curadoria do grupo Articulação de Mulheres Pretas. A segunda tem por tema “As ruas do mundo são nossas”, com fotos de Ricardo Stuckert e dos coletivos e grupos que compõem a FIBRA. Haverá uma “Roda de Conversa”, liderada por Márcia Tilburi.

No sábado à noite haverá uma sessão do “Cinema Verão”, às 20 horas, com debate conduzido por Jean Wyllys.

Além do apoio da Fundação Rosa Luxemburgo, o encontro conta com a colaboração local do Fórum Resiste Brasil - Berlin, formado por grupos de trabalho, coletivos e movimentos berlinenses.

Deve-se também assinalar que além de brasileiras e brasileiros residentes definitiva ou temporariamente fora do Brasil, a FIBRA conta com a participação de muitas pessoas de outras nacionalidades.

Quadro Sintético.

II Encontro Internacional da Frente de Brasileiras e Brasileiros pela Democracia e Contra o Golpe.

Data: de 16 a 18 de agosto de 2019.

Local: Fundação Rosa Luxemburgo/Rosa Luxembourg Stiftung, Franz Mehring Platz, 1, Berlin 10243, Alemanha.

Resumo da Programação:

dia 16/8 - Credenciamento, encontro dos convidados com a imprensa a partir das 10h30, sala 121 da Fundação.

18 horas - Painel de Abertura: "Diálogos de um Brasil que Resiste” (Aberto ao Público), com a participação dos convidados. Mediação de Bárbara Santos.

dia 17/8 - Reunião dos Grupos de Trabalho, reservada aos inscritos e credenciados na FIBRA.

20 horas - “Cinema Verão”, aberto ao público e apresentado por Jean Wyllys.

dia 18/8 - Aprovação da “Carta de Berlim” e encerramento, com Ato aberto ao público pela Liberdade do Ex-presidente Lula às 12h30.

Durante o Encontro haverá duas exposições fotográficas: “Marielle Franco” e “As Ruas do Mundo são Nossas”. “Roda de Conversa” com Marcia Tiburi.



Conteúdo Relacionado