Cartas do Mundo

Carta de Berlim: Os falsos amigos geopolíticos

 

06/12/2018 13:30

 

 

Não, car@ amig@ petista, não estou falando de Ciro Gomes.Também não, car@ amig@ pedetista, não estou falando de Haddad, nem de Lula. Nem de Boulos, nem de Manuela, outr@s amig@s.

Estou falando de um conceito linguístico, sobre palavras muito semelhantes ou mesmo iguais em diferentes línguas, mas com significado inteiramente diverso.

Exemplo: fui assistir outro dia um filme austro-alemão, Der Trafikant, que se passa em Viena, na época do Anschluss, da anexação da Áustria ex-imperial pela Alemanha hitlerista neo-imperial. Conta a história fictícia da amizade de um jovem com o notório Sigmund Freund. Logo pensei, antes de ver o filme: deve ser algo sobre cocaína, que a gente sabe que Freud usava. Ledo e Ivo (para brincar com o nome de conhecido poeta brasileira) engano. Traduzir o título por “O Traficante”, coisa que não duvido que venha a acontecer, seria um erro monumental. Correto seria, indiretamente, “A Tabacaria”, ou “O Dono da Tabacaria”, porque “Trafikant”, em alemão-austríaco, quer dizer isto, o dono de uma “Tabak Trafik”, uma Tabacaria…

Enfim, escrevo isto para fazer um alerta. O mundo da reflexão séria hoje está perplexo diante de muita coisa que vem acontecendo: Bolsonaro no Brasil, Lega na Itália, Vox na Andaluzia, os mais antigos Trump e Brexit. O mundo parece dominado por Steve Bannon e John Bolton.

No meio da confusão, surgem interpretações as mais variadas. Numa delas, de Yanis Varoufakis, sempre respeitável e instigante, leio que Bolsonaro é parte do novo “nacionalismo internacional” emergente.

Varoufakis não teve ter visto a foto de Bolsonaro fazendo continência perante a bandeira norte-americana, nem visto o vt com ele fazendo o mesmo perante John Bolton, um dos atos mais repulsivos da subserviência brasileira a Washington desde o famoso “o que é bom para os Estados Unidos é bom pra o Brasil”, de Juracy Magalhães.

Mas há raízes mais antigas e mais complexas. Olhemos a palavra “nacionalismo”. Entre a Europa e o Brasil, é um falso amigo. Na Europa, “nacionalismo” é, em 99% das ocasiões, sinônimo de xenofobia, exclusão, violência, extrema-direita. Acontece que na América Latina não. “Nacionalismo” significou na História anti-imperialismo e inclusão dos marginalizados. Embora possa ter tido variantes autoritárias.

Acontece que é muito difícil para um europeu, mesmo com o horizonte amplo de Varoufakis, discernir uma outra semântica que não a europeia. E que a nossa mídia - sobretudo a mainstream - mas mesmo a alternativa, tende a copiar. Outro exemplo, que já está fazendo fortuna entre nós: “populismo”. Na Europa, a palavra é usada sobretudo pelos liberais para se contraporem à esquerda e à extrema-direita. Porque eles, em geral, são de direita, e querem evitar caracterizações como estas, de “esquerda” e “direita”. Então “populismo” é uma palavra cômoda, obliterando a diferença ideológica entre “esquerda “ e “direita”. Vira tudo igual: o que não pretende ficar ao “centro” liberal (sinónimo de “equilíbrio”) vira “populismo”, definido vulgarmente como uma preferencia pela ideia de “o povo” se opõe às “elites”, e como sinônimo de “desequilíbrio”.

Na America Latina “populismo” foi uma palavra tradicionalmente usada pela direita contra as esquerdas ou centro-esquerdas. Que eu me lembre, notas eruditas de hoje à parte, o Getúlio de 30 - 45 não era definido como populista, a não ser no final, quando do “queremismo”, o desejo do povo de que ele permanecesse no poder, contra as oligarquias “liberais” e a esquerda caudatária que queriam depo-lo. O de 50 - 54, fundador da Petrobras, trabalhista ao extremo, sim, este era “populista”. Lacerda e a Tribuna da Imprensa que o digam. Leonel Brizola era “populista”, numa dimensão em que, parece, Ciro Gomes jamais será, a ão ser que consiga dobrar seu ego ressentido.

Enfim, amig@s, cuidado com as palavras. Elas, como as cartas, não mentem jamais. Mas os seres humanos, através delas, sim. Ou se enganam. E elas, as palavras, ao cruzarem oceanos e tempos, mudam de significado.

Conteúdo Relacionado