Cinema

A música dos quintais da Jamaica

Quem se lembrar de Buena Vista Social Club terá toda razão. Só que na Jamaica

06/06/2021 14:02

 

 
Dreadlocks envoltos em nuvens de fumaça de estranhos cigarros e o ritmo contagiante do reggae dão o tom do documentário Inna de Yard: The Soul of Jamaica. Estamos nas montanhas de Kingston para um encontro de veteranos compositores e cantores de reggae. Eles estão reunidos para gravar um segundo disco juntos e preparar uma turnê pela Europa. Quem se lembrar de Buena Vista Social Club terá toda razão.

O diretor inglês Peter Webber (Moça com Brinco de Pérola) acompanhou os ensaios, uma apresentação apoteótica do grupo em Paris e ouviu as histórias pessoais de Cedric Myton, Winston McAnuff, Kiddus I, Judy Mowatt e Ken Boothe. Embora nem todos tenham se profissionalizado e enriquecido como Judy e Ken, nem ficado tão célebres quanto Bob Marley, Peter Tosh e Jimmy Cliff, carregam a mesma paixão pela música que os fez brilhar nos anos 1970 com a explosão mundial do reggae.

A intimidade com a maconha trouxe problemas para alguns na relação com os EUA, o que provavelmente prejudicou a continuidade de suas carreiras. Mas nem a rebeldia nem a idade de um Cedric Myton em nada alterou seus falsetes característicos. Assim como não danificou a voz impecável que rendeu a Kiddus I o epíteto de "Sinatra jamaicano".

O jeito relaxado e a musicalidade impressa nos movimentos do corpo são expressões de um caráter nacional. Em suas lembranças e considerações há lugar para a mística rastafári e a reverência aos maroons, os quilombolas jamaicanos que lutaram contra a escravidão. O reggae surgia como reverberação dessas tradições, fornecendo ao povo atualidade e liberação espiritual.

A expressão "Inna de Yard" equivale a "In the Yard" na língua patuá e se refere aos quintais onde o reggae foi inventado. Esse espírito descontraído e caseiro é mais perfeitamente encarnado por esses velhos menestréis do que por seus herdeiros sofisticados, alguns dos quais estão no documentário. O que não falta ao filme é simpatia, ritmo e a alegre insubordinação do reggae.

>> Inna de Yard: The Soul of Jamaica está na plataforma Reserva Imovision





Conteúdo Relacionado