Clipping Internacional

Clipping Mundo - 30/07/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

30/07/2021 10:44

(Sebastiao Moreira/EFE)

Créditos da foto: (Sebastiao Moreira/EFE)

 

1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

CINEMATECA/Incêndio destrói 2.000 cópias de filmes na Cinemateca. Um incêndio devastou quinta-feira um galpão da Cinemateca Brasileira de São Paulo que continha cerca de 2.000 cópias de filmes, fato considerado pelos cineastas como uma "tragédia prevista" pelo que denunciam como erros na política cultural do governo Bolsonaro. O prédio incendiado não é sede da Cinemateca, que fica em outro bairro de São Paulo. O depósito abrigou cópias dos filmes, muitos deles raros e às vezes em melhores condições do que os originais, dizem os especialistas. Cineastas, artistas e funcionários denunciam há meses uma política de “desmantelamento” da Cinemateca por parte da extrema direita do governo do presidente, Jair Bolsonaro. Em abril deste ano, um “Manifesto dos trabalhadores da Cinemateca Brasileira” alertou para o “risco de incêndio”, devido à falta de cuidado com “o material, os equipamentos, as bases de dados e as edificações”. (Tribune de Genève, Suíça; Jornal de Notícias, Portugal; La Jornada, México; Diario Correo, Peru; Euro news, Portugal) | bit.ly/3BYLUWH | bit.ly/3j27FfT | bit.ly/3ideOLd | bit.ly/3x9jBBj | bit.ly/3rIilnG

BOLSONARO MENTE/ Bolsonaro proferiu 1682 declarações “falsas” ou “enganosas” sobre o coronavírus só em 2020. Um relatório da ONG Artigo 19, organização internacional que defende a liberdade de expressão e o direito à informação, revelou que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, proferiu 1.682 declarações “falsas” ou “enganosas” sobre o coronavírus só em 2020, contribuindo para o agravamento da crise de saúde pública provocada pela pandemia no país. O relatório detalha que desde Janeiro de 2019, quando Bolsonaro assumiu a presidência, até a crise de saúde pública atingir o seu nível mais elevado, já em 2021, o Presidente brasileiro fez 2.187 declarações “falsas” ou “distorcidas”. (Público, Portugal) | bit.ly/3leXLu6

BOLSONARO E STF-1/ Bolsonaro acusa a Suprema Corte de "cometer um crime" ao endossar medidas anticovid. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, redobrou seus ataques ao STF, afirmando que o tribunal superior "cometeu um crime" ao endossar as medidas de saúde impostas pelas autoridades locais para conter a Covid-19. Bolsonaro, um negador fervoroso da severidade do Covid-19, costumava dizer que o mais alto órgão judicial do país deu todos os poderes às administrações regionais e municipais para combater a pandemia, impedindo o seu Governo de agir, se for caso disso, contra o saneamento medidas. No entanto, o Supremo Tribunal Federal esclareceu novamente que realmente decidiu que as três esferas de poder (federal, regional e municipal) deveriam trabalhar em conjunto com medidas para "proteger a população" do coronavírus. (El Diário, Espanha; Últimas Notícias, Venezuela; Última Hora, Paraguai) | bit.ly/2V6kGwL | bit.ly/3i93XBL | bit.ly/37773jh

BOLSONARO E STF-2/ Bolsonaro insinua que a autoridade eleitoral quer favorecer Lula. Ele levanta a suspeita de que o presidente do TSE, Luis Roberto Barroso se recusa a mudar o sistema de votação eletrônica porque sua intenção é favorecer Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições do próximo ano. “Quem tirou Lula da prisão e o habilitou a voltar a disputar as eleições é quem vai contar e fiscalizar os votos nas próximas eleições”, acrescentou. Depois de três anos insistindo que tinha indícios de fraude no sistema de votação eletrônica, o presidente, que admitiu a possibilidade de tentar a reeleição no próximo ano, exibiu relatos já investigados e negados pelas autoridades eleitorais. Além das duras críticas ao presidente da Justiça Eleitoral, Bolsonaro atacou Lula, seu provável rival nas eleições de 2022 e que, segundo as pesquisas, o derrotaria com ampla vantagem de 58% dos votos contra 31%. (El Diário, Espanha) | bit.ly/377ydH1

VACINAÇÃO/ Favelas do Rio de Janeiro recebem a primeira campanha de vacinação em massa contra o coronavírus. A Maré, maior complexo de favelas do Rio de Janeiro, teve o primeiro dia de vacinação em massa contra o coronavírus nesta quinta-feira. Cerca de 150 mil pessoas moram na comunidade da Maré, no Rio de Janeiro. O processo de imunização, que vai até 1º de agosto, faz parte de um estudo que busca conhecer os efeitos diretos e indiretos da vacinação em massa em uma comunidade. Até agora, 317 pessoas morreram de Covid-19 e cerca de 6.800 foram infectadas na Maré, que por meio do trabalho comunitário lançou uma campanha eficaz para reduzir o efeito da pandemia. “A Maré é uma área conturbada, amotinada; é uma área onde no início da pandemia a mortalidade era o dobro da do Rio de Janeiro, que era a maior entre as capitais do Brasil”, disse o pesquisador Fernando Bozza. (Página 12, Argentina; El Clarín, Argentina) | bit.ly/3zMNKrO | bit.ly/2WHbjo1

COVID-19/ Brasil relata mais 1.318 mortes por Covid-19. O total se eleva a 554.497. Enquanto isso, o número total de casos aumentou para 19.839.369 após 42.283 novos casos terem sido detectados. O país sul-americano vive uma nova onda de infecções, que sobrecarrega os hospitais, disse o ministério. Até quarta-feira, 137,6 milhões de pessoas no Brasil haviam recebido pelo menos uma dose da vacina Covid-19, com 39,4 milhões de pessoas totalmente vacinadas. (Xihuanet, China; La Jornada, México) | bit.ly/3yajAyq | bit.ly/378Te3V

GEADA/ Geada destrói plantações no estado de São Paulo. As baixas temperaturas e a seca que atingiram o centro e o sul do Brasil nos últimos dias tornaram-se num pesadelo para os produtores de café. No estado de São Paulo, as mudanças de temperatura vão provocar perdas de até 70% nas colheitas. Os agricultores falam em "perdas catastróficas", as piores desde 1979, quando as baixas temperaturas arrasaram a produção de grãos de café. Os próximos anos serão muito difíceis. Para muitos produtores, o dinheiro que ganham na colheita alimenta a família durante todo o ano. (Euronews, Portugal) | bit.ly/3leTPJx

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA/ Tribunal argentino condena ex-militares e policiais por crimes na ditadura. Todos eles foram condenados pelos crimes de privação ilegal de liberdade agravada por violência e ameaças, aplicação de tortura agravada. Eles foram condenados a prisão perpétua por crimes contra a humanidade cometidos durante a última ditadura (1976-1983). O Tribunal Oral Federal 2 da cidade de Rosário considerou Jorge Alberto Fariña, ex-integrante do Destacamento de Inteligência do Exército 121, e os ex-policiais Federico Almeder, René Juan Langlois e Enrique Andrés López culpados pelos crimes cometidos contra trinta pessoas. O tribunal considerou que todos esses crimes constituem crimes contra a humanidade e que, portanto, não os prescreveram. (Página Siete, Bolívia) | bit.ly/3BZVSHC

GUATEMALA/ Guatemaltecos bloqueiam rodovias para exigir a renúncia de Giammattei. Pelo menos 20 trechos de estradas em várias partes da Guatemala foram bloqueados nesta quinta-feira por opositores para exigir a renúncia do presidente, Alejandro Giammattei, e da procuradora-geral, Consuelo Porras, supostamente por atos de corrupção. Os protestos se devem à suposta má gestão da pandemia do coronavírus pelo presidente, médico de profissão, mas também à corrupção e à falta de vacinas contra o covid-19. Por sua vez, a promotora é criticada pela demissão do promotor anticorrupção, Juan Francisco Sandoval, e por não investigar supostos atos anômalos no Executivo. (Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3i93XBL

NICARÁGUA/ O ex-chanceler da Nicarágua Francisco Aguirre Sacasa foi preso pela polícia. A prisão foi informada pelo Ministério Público que investiga supostos crimes contra o Estado. Ele estava vinculado a setores de oposição ao governo de Daniel Ortega. Em nota, ao Ministério Público indicou que o ex-embaixador da Nicarágua em Washington durante o governo do liberal Arnoldo Alemán (1997-2001) permanecerá 90 dias sob "detenção judicial" para ser investigado, embora não tenha revelado onde se encontra. (La Jornada, México) | bit.ly/3xdw0o1

PARAGUAI/ Uma bomba mata três soldados no Paraguai. O ataque ocorreu em uma área onde atua a guerrilha do Exército do Povo Paraguaio. Um caminhão, com apenas três tripulantes, estava acompanhado por outro com seis soldados, que repeliram os disparos subsequentes dos agressores estacionados na área. O porta-voz acrescentou que as forças de segurança estão revistando a área em busca dos autores do ataque, em uma estrada no departamento de San Pedro, ao norte. A guerrilha, que é financiada por sequestros e arrecadação do "imposto revolucionário" dos empresários agrícolas e pecuários do norte, matou oito militares em 2016 em um atentado que lembra esta quinta-feira. (El Periódico, Espanha) | bit.ly/3ifpsRE

PERU-1/Milhares de camponeses compareceram ao juramento de presidente de Pedro Castillo em Ayacucho. Foi uma festa popular. Uma festa andina. Uma tarde de entusiasmo, alegria e esperança. Milhares de camponeses, residentes da região andina de Ayacucho, vieram à histórica Pampa de la Quinua para o juramento simbólico de Pedro Castillo. O local fica a quase uma hora de carro da cidade de Huamanga, capital de Ayacucho. Em seu primeiro dia de mandato, o presidente peruano teve uma recepção massiva nesta região, onde venceu as eleições com 82% dos votos. Estiveram presentes O atual presidente e ex-presidente da Bolívia, Luis Arce e Evo Morales, o presidente do Chile, Sebastián Piñera e Alberto Fernández da Argentina. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3rKxIMv

PERU-2/ O presidente do povo pronto para assumir o Peru. O novo presidente do Peru, Pedro Castillo, prestou juramento ao tomar posse em 28 de julho. Dez dias antes, ele foi declarado vencedor do segundo turno da votação ocorrida em 9 de junho, com 50,13% dos votos. Reforma constitucional, justiça social… No discurso de posse, em 28 de julho, Pedro Castillo apresentou os objetivos de seu mandato. Nos primeiros minutos do seu discurso de inauguração, Pedro Castillo dirigiu-se aos povos originários e recordou a discriminação que viveram e que ainda hoje vivem. Também expressou a sua vontade de constituir "um governo do povo", que governe "com o povo e para o povo". (L’Humanité, França) | bit.ly/37a2mW6

VARIANTE DELTA/Documento da agência reguladora dos EUA cita a capacidade da variante delta de se espalhar entre os vacinados. Os cientistas ficaram tão alarmados com a nova pesquisa citada no documento interno do CDC, que a agência mudou significativamente a orientação da máscara para pessoas vacinadas antes mesmo de tornar os dados públicos. A apresentação interna mostra que a agência acha que está tendo dificuldades para se comunicar sobre a eficácia da vacina em meio ao aumento de infecções invasivas. A variante delta do coronavírus parece causar doenças mais graves do que as variantes anteriores e se espalha tão facilmente quanto a varicela, de acordo com um documento interno de saúde federal que argumenta que as autoridades devem "reconhecer que a guerra mudou". (The Washington Post, EUA) | wapo.st/3fwjZ7h

EUA-BIG TECHS/ Pesquisa: A esmagadora maioria dos eleitores dos EUA quer uma regulamentação robusta das empresas de tecnologia. Os defensores da quebra dos monopólios da Internet na quinta-feira apontaram para uma nova pesquisa que mostra o apoio público esmagador dos EUA para restringir o poder da Big Tech como evidência de que o Congresso deve avançar com projetos de lei antitruste destinados a regulamentar melhor algumas das corporações mais poderosas do mundo. Uma pesquisa nacional com 1.200 eleitores registrados descobriu que 81% de todos os entrevistados concordaram que as grandes empresas de tecnologia e mídia social têm" muito poder e influência sobre a política e o governo". Dois terços dos eleitores com tendência democrata, 76% dos independentes e 96% dos republicanos entrevistados concordaram com essa declaração. (Common Dreams, EUA) | bit.ly/2WDKLnx

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Emir Sader – Brasil (Página 12, Argentina) | “A maioria dos brasileiros rechaça Bolsonaro” | bit.ly/3ld0Tq5

Nathalia Urban – Brasil (Brasil Wire, EUA) | “Bolsonaro e a CIA conspiram contra a “nova maré rosa” na América do Sul” | bit.ly/2WEtvOX

Coletivo de Ongs ambientais na França – Amazônia (Le Monde, França) | “A Amazônia brasileira não cumpre mais seu papel de pulmão do planeta” | bit.ly/3C0J2Zo

Robert Reich – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “A Covid está enfrentando um ressurgimento nos Estados Unidos, assim como a política de Trump.” | bit.ly/3zRJ1VT

Arundhati Roy – Vigilância/Pegasus (The Guardian, Inglaterra) | “Esta não é uma espionagem comum. Nossos ‘eus’ mais íntimos agora estão expostos. O projeto Pegasus mostra que em breve poderemos ser todos governados por estados que sabem tudo sobre nós, enquanto sabemos cada vez menos sobre eles.” | bit.ly/3j8SotJ

Victor Manuel Ramos – Nicarágua (Telesur, Venezuela) | “Qual é a verdade na Nicarágua?” | bit.ly/3ffB59g

Pedro Castillo – Peru (UYPress, Uruguai) | “Discurso de posse de Pedro Castillo na presidência do Peru” | bit.ly/3j4uKOT

Ainda Chavez – EUA/Cuba (The Nation, EUA) | “Democratas estão aderindo às políticas de Trump com Cuba” | bit.ly/3j1Qmvn

Peter Bolton – EUA/Cuba (Counterpunch, EUA) | “Os EUA não têm como dar lições a Cuba sobre eleições ‘livres e justas’” | bit.ly/3zQpZPN

Conteúdo Relacionado